GRIP - Conversão e ripagem de CDs em Linux

Aqui trataremos do Grip, um player/ripador/conversor de áudio para o Gnome. Com ele podemos transformar as faixas dos nossos CDs para o formato MP3 ou Ogg se desejarmos.

[ Hits: 12.225 ]

Por: Juliao Junior em 26/11/2008


Configuração do Grip



Vejamos agora as opções de configuração disponíveis no Grip e como usá-las. Ao clicar na aba "Configuração" verá a seguinte janela:
Linux: GRIP - configuração
Nessa aba temos várias opções disponíveis. A primeira está na "sub-aba" CD, onde podemos configurar o acesso ao drive específico. Em "Dispositivo de CD-ROM" indicamos o ponto de montagem do CD. Normalmente não precisaremos alterar nada. E as demais opções são auto-explicativas.

Vejamos a aba "Extrair". A opção "Extrator" oferece os vários programas instalados para fazer a ripagem. Como padrão, temos o cdparanoia.

Uma boa opção disponível aqui é a formatação do nome dos arquivos extraídos, disponível em "Extrair arquivo em formato". Por exemplo, se usarmos a expressão "~/mp3/%A/%d/%n.wav", os arquivos serão salvos dentro da pasta do usuário, sub-pasta mp3, dentro de outra pasta com o nome do artista (%A), dentro de mais outra pasta com o nome do disco (%d), e o arquivo terá o formato nomedoarquivo.wav (%n.wav). Veja algumas opções disponíveis:
  • t - número da faixa;
  • N - número de faixas do disco;
  • n - nome da faixa;
  • a - nome do artista da faixa;
  • A - nome do artista do disco;
  • d - nome do disco;
  • y - ano do disco.

Vejamos a próxima sub-aba, "Encode".
Linux: GRIP - Encode
Não cabe muitas explicações, pois a nomenclatura usada aqui é a mesma descrita no item anterior. Apenas um acréscimo óbvio: o tipo de formato que será convertido cada faixa. Na opção "Codificador" escolha um dos disponíveis em seu sistema. Pode ser o mp3encode, lame, oggenc etc. Em cada um as opções que surgem indicam como será a conversão.

Há várias outras opções disponíveis, como o acréscimo de informações para servidores. Mas isso ficará para um próximo artigo. Para começar a ripagem/conversão, volte à aba "Extrair" e clique em "Extrair e Codificar".

Até o próximo artigo.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Grip Player
   2. Configuração do Grip
Outros artigos deste autor

VRML - A Web ganhando vida!

Real Football 2012 - Futebol de qualidade no Android

Reconstructor: Crie seu próprio Linux liveCD

Inkscape - Introdução (Parte 3)

Finnix - Ótima distro para manutenção de sistemas

Leitura recomendada

VLC Media Player

Introdução ao APLINUX.com.br Mail Server 2005

Qemu e Kqemu no Ubuntu Dapper Drake 6.06 LTS

Monitorando o servidor Jabber 2 com o Bandersnatch

Usando o start-stop-daemon no Slackware

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts