Funtoo + bspwm + Polybar + Rofi - Instalação e Configuração

Funtoo é um sistema operacional livre, baseado em Linux, baseado no Gentoo e iniciado em torno de 2008 por Daniel Robbins. Neste artigo demonstraremos como instalar em Dual Boot com o Ubuntu, além de instalarmos o gerenciador de janelas bspwm e aplicatuvos como: polybar, rofi e outros. [ Saiba+] https://pt.wikipedia.org/wiki/Funtoo

[ Hits: 7.565 ]

Por: Marcos Oliveira em 05/12/2018 | Blog: http://terminalroot.com.br/


Instalação do bspwm, polybar, rofi e outros



bspwm é um gerenciador de janelas leve, lado a lado, e minimalista escrito em C que organiza janelas em árvore binária completa. Seu tamanho instalado é menor que 600KB. O bspwm tem suporte para EWMH e múltiplos monitores. Ele responde apenas a eventos e mensagens X que recebe em um soquete dedicado de um programa incluído em seu pacote, o bspc. Via: https://wiki.archlinux.org/index.php/Bspwm_(Portugu%C3%AAs)

Polybar é uma ferramenta rápida e fácil de usar para criar barras de status. Ele tem o objetivo de ser facilmente personalizável, utilizando vários módulos que permitem uma ampla variedade de funcionalidades (editáveis), como a exibição de espaços de trabalho, a data ou o volume do sistema.

O Polybar é especialmente útil para gerenciadores de janelas que possuem uma barra de status limitada ou inexistente, como awesome ou i3 . O Polybar também pode ser usado em ambientes de desktop completos , como o Plasma . Via: https://wiki.archlinux.org/index.php/Polybar

Rofi é um launcher que começou como um clone de simpleswitcher , escrito por Sean Pringle e posteriormente expandido por Dave Davenport.

Instalamos da seguinte forma:

# sed 's/\"us\"/\"br-abnt2\"/g' /etc/conf.d/keymaps # para não ficar precisando usar o loadkeys toda hora
# USE="examples" emerge -a xorg-server xorg-x11 xf86-video-vesa bspwm xorg-drivers rxvt-unicode urxvtconfig

Criamos um usuário normal e em seguida definimos uma senha pro mesmo, logo em seguida saímos do root e entramos com o mesmo:

# useradd -m -G users,wheel,audio,video -s /bin/bash nome_do_seu_usuario
# passwd nome_do_seu_usuario


Com usuário normal:

mkdir -p ~/.config/{bspwm,sxhkd}
$ cp /usr/share/doc/bspwm-*/examples/bspwmrc ~/.config/bspwm/
$ cp /usr/share/doc/bspwm-*/examples/sxhkdrc ~/.config/sxhkd/
$ chmod +x ~/.config/bspwm/bspwmrc ~/.config/sxhkd/sxhkdrc
$ echo 'exec bspwm' > ~/.xinitrc
$ startx

Super + Enter

Depois usamos o URXVTConfig para customizar o rxvt-unicode, instalamos o Polybar e criamos seu arquivo de configuração.

# emerge -a polybar

Com o usuário normal:

mkdir $HOME/.config/polybar
$ cp /usr/share/doc/polybar/config.bz2 $HOME/.config/polybar/
$ cd $HOME/.config/polybar/
$ bzip -d config.bz2


Instalamos o Vim, Firefox, Rofi e Feh e configuramos o X para ficar em pt-BR e instalamos tema no Rofi.

su
# emerge -a vim firefox-bin rofi feh
# wget "https://gitlab.com/terminalroot/arch/raw/master/key" -O /etc/X11/xorg.conf.d/10-evdev.conf
# exit


Baixamos uma imagem da internet e usamos o feh para definir o papel de parede:

feh --bg-scale Downloads/wallpaper.jpg
$ vim .config/sxhkd/sxhkdrc # adicionamos a tecla super + d para abrir o rofi -show run
$ mkdir ~/.config/rofi
$ rofi -dump-config > ~/.config/rofi/config.rasi
$ wget https://raw.githubusercontent.com/ricwtk/rofi-themes/master/input-emph-topbar.rasi -O
$ ~/.config/rofi/input-emph-topbar.rasi
$ sed -i '/configuration {/a theme: "input-emph-topbar";' ~/.config/rofi/config.rasi


Depois ajustamos as configurações conforme o vídeo abaixo:
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Como Instalar o Funtoo pelo Ubuntu
   2. Instalação do bspwm, polybar, rofi e outros
   3. Customizando o Polybar, Rofi e Outros
Outros artigos deste autor

FreeBSD Release 11.1 - Introdução, instalação e customização

Adicione vídeos como papel de parede no seu Linux

Vamos usar Slack!

Como Rodar Shell Script e Python via Apache no Linux

Gerencie suas contas financeiras pessoais com Terminal Finances

Leitura recomendada

Criando pacotes no Slackware Linux

Otimizando o KDE com o Slackbuild

Configurando uma conta do Yahoo no Evolution

Instalando o bbpager do Blackbox

ArchLinux: Configuração pós-instalação

  
Comentários
[1] Comentário enviado por xerxeslins em 05/12/2018 - 18:42h

Bacana! Ainda não li o artigo, mas estou exatamente instalando o Funtoo (desde o dia 1, pois meu processador é lento. Está compilando Xfce agora).

Mas como o artigo é de Funtoo, eu vou logo favoritar. Sou um quase leigo em Funtoo, Gentoo e afins, mas sou curioso. Hehe

Lerei tudo com atenção e verei o vídeo oportunamente.

Parabéns pelo artigo.

--
If it ain't broke, fix it until it is.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 05/12/2018 - 18:47h

Sensacional! São três vídeos.

Assistirei todos.

Já me inscrevi.

Você poderia deixar sua opinião comparando Gentoo e Funtoo, por favor?

Obrigado.

--
If it ain't broke, fix it until it is.

[3] Comentário enviado por binbash em 05/12/2018 - 19:33h

Putz, receber um comentário seu logo de primeira assim, é muita honra pra mim! \o/

Xerxes, se você falasse que era leigo em Windows Vista eu acreditaria hahaha. Sobre as diferenças de Gentoo e Funtoo, está principalmente no Kernel, localização da árvore de diretórios do Portage e principalmente na documentação. Com o Gentoo as possibilidades de não dar certo são quase nulas, só seguir a documentação, já no Funtoo, há muito desencontro de informações, mas pra contornar elas, eu sempre recomendo usar ele com as dicas do Gentoo, evita qualquer tipo de surpresa. Aliás a única diferença é o comando 'ego' , pois o --sync do emerge, pode não funcionar, mas o 'ego sync' o substitui bem.

Valeu Xerxes, pela moral! Forte abraço!

"Primeiro eles te ignoram, depois riem de você, depois brigam, e então você vence."
Mahatma Gandhi
http://terminalroot.com.br/shell

[4] Comentário enviado por xerxeslins em 06/12/2018 - 10:38h

Obrigado pela resposta!

--
If it ain't broke, fix it until it is.

[5] Comentário enviado por albfneto em 07/12/2018 - 19:36h

Marcos Oliveira, quanto tempo não vejo você!
Muito bom seu Artigo, aborda a instalação de Funtoo, inclusive com os comandos novos dele....
FAVORITADO.
Estou pensando em fazer um Funtoo num pendrive persistente e vou me basear no seu excelente Artigo.
Parabéns!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[6] Comentário enviado por edps em 16/12/2018 - 20:33h

Ótimo artigo, da primeira vez que instalei o Funtoo utilizei o SystemRescueCD oficial, agora acho que é recomendado um próprio que baseia-se no Funtoo:

https://www.area31.net.br/wiki/RescueCD_oficial

Sobre o BSpwm também o utilizo no Slack, Gentoo e Void, sendo o ambiente padrão no último, de diferente da sua configuração uso o j4-dmenu-desktop em vez do dmenu.

Um abraço.

[7] Comentário enviado por binbash em 16/12/2018 - 21:24h

Fala, Albfneto! Pow, o mais legal de postar aqui no VOL é receber sempre o comentário de vocês. Valeu pelo apoio, vcs fortalecem mesmo. Boa ideia!
Abraços, irmão!


[5] Comentário enviado por albfneto em 07/12/2018 - 19:36h

Marcos Oliveira, quanto tempo não vejo você!
Muito bom seu Artigo, aborda a instalação de Funtoo, inclusive com os comandos novos dele....
FAVORITADO.
Estou pensando em fazer um Funtoo num pendrive persistente e vou me basear no seu excelente Artigo.
Parabéns!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].



[8] Comentário enviado por binbash em 16/12/2018 - 21:25h

Valeu, edps! O legal do Bspwm é que ele tem um gaps natural sem forçação de barra haha, forte abraço e obrigado pelo apoio! Abraços!


[6] Comentário enviado por edps em 16/12/2018 - 20:33h

Ótimo artigo, da primeira vez que instalei o Funtoo utilizei o SystemRescueCD oficial, agora acho que é recomendado um próprio que baseia-se no Funtoo:

https://www.area31.net.br/wiki/RescueCD_oficial

Sobre o BSpwm também o utilizo no Slack, Gentoo e Void, sendo o ambiente padrão no último, de diferente da sua configuração uso o j4-dmenu-desktop em vez do dmenu.

Um abraço.




Contribuir com comentário