Fuja da pirataria, use Last.fm

A cópia e distribuição ilegal de músicas tem se tornado um grande problema para gravadoras e bandas do mundo todo. A intenção desse artigo é mostrar que existe uma solução inovadora para ajudar a combater a pirataria. Mesmo sem MP3 você pode escutar as músicas de sua banda favorita sem gastar nada e ao mesmo tempo sem infringir lei alguma!

[ Hits: 10.141 ]

Por: walmer bittencourt junior em 30/09/2008


Fuja da pirataria use Last.fm



Linux: Last.fm logo
Uma das formas mais grosseiras e de maior porte nos tempos atuais com certeza é a pirataria de CDs. Há alguns anos um gravador de CD era algo muito caro, o que tornava muito difícil e caro gravar CDs com conteúdo ilícito, mas com os avanços da tecnologia o gravador de cd se tornou tão barato e comum quanto sandálias havaianas.

Isso deu início a cópia em massa de CDs de música, fazendo gravadoras perderem milhões todos os anos. Outro fato que agravou a situação foi a criação de programas p2p como limewire, emule, kazaa, shareaza entre outros. Isso mudou a mentalidade das pessoas e fez com que elas pensassem: "para que comprarei um cd original se eu posso baixar ou comprar no camelô?". Quantos de nós já não pensaram assim? Parece tão simples e inofensivo, porque não fazer?

O problema é que isso é ilegal e pra quem não sabe gera diversos problemas para o país e para as bandas que se esforçam em tocar para um povo que nem compra seus CDs. Uma solução seria ouvir as rádios por streaming que encontramos na internet. Porém isso ainda de certa forma é pirataria, pois muitas das rádios são de pessoas como eu e você e é claro que elas não possuem os CDs de todas as músicas que tocam. Outra solução e mais simples seria comprar o CD original de sua banda favorita, particularmente todos os CDs que tenho são originais, porém a maioria não custa muito barato. O que fazer então?

Last.fm

Eu desconhecia esse site até um de meus amigos me mostrar semana passada, a idéia é fantástica e bastante simples: construir um site onde você pode ouvir suas músicas favoritas sem precisar baixar "nada", direto de seu navegador ou através de um programa disponível no próprio site.

No site tem a opção de se cadastrar ou não, se o fizer você pode montar uma biblioteca com sua banda favorita e depois executar todas as músicas como se fosse um rádio. Alternativamente você pode baixar um plugin para o Firefox (tomara que em breve tenha pra Chrome também), disponível aqui. É muito simples e rápido de instalar, após a instalação basta reiniciar seu navegador e pronto, uma nova barra aparecerá abaixo das abas do Firefox.

Pontos negativos: devido a problemas com a licença, algumas músicas estão completas e outras não estão disponíveis ainda, porém creio que seja questão de tempo até isso se resolver. Como há muitas pessoas acessando o site, às vezes ele se torna instável e não conecta à sua rádio. Esse problema dificilmente ocorre com o plugin do Firefox.

Pontos positivos: além de fornecer esse serviço de GRAÇA, há uma seção vip onde você pode pagar uma quantia simbólica para ter alguns benefícios a mais, porém isso não se faz necessário. Outro aspecto muito interessante e que eu nunca tinha visto é o fato de o próprio site lhe sugerir músicas. Baseado na música que você está ouvindo, ele procura bandas com o mesmo estilo e que sejam bem semelhantes e executa ao fim da música que você estava escutando, novamente é fantástico! Eu uso e recomendo.

Site do Last.fm: http://www.lastfm.com.br

Plugin fire.fm

Além de ser totalmente legal, o Firefox possui um plugin muito bom onde você pode ouvir suas músicas favoritas direto de seu navegador. A instalação é muito simples e será explicada logo abaixo:

Download do plugin: https://addons.mozilla.org/en-US/firefox/addon/7684

Instalação: após clicar no link acima, você estará no site de plugins do Firefox, clique no link para fazer o download como mostra a figura abaixo:
Linux: Fuja da pirataria use Last.fm
Feito isso clique em instalar:
Linux: Fuja da pirataria use Last.fm
Reinicie seu navegador e pronto, seu plugin foi instalado.

Para usar o plugin é muito simples, basta clicar em seu botão. Depois vá em "start a station" e digite o nome da banda na caixa de texto:
Linux: Last.fm - start a station   Linux: Fire.fm - start a station
Clique em play e pronto, logo a música começa a tocar:
Linux: Last.fm - play music
Existem diversas opções como mostrar as bandas que você mais ouve, mostrar a foto do álbum e todos os dados sobre o mesmo. Se você clicar no nome da banda, abrirá em seu navegador o site do last.fm com as histórias da banda e toda a sua discografia, o que é muito interessante. Há ainda uma lista de bandas similares para se escolher:
Linux: Last.fm bandas   Linux: Last.fm - bandas similares
Acho que o fato de o próprio site recomendar bandas similares é o que torna o mesmo tão bom.

No geral o site é muito bom, estou usando já fazem duas semanas e nem sinto falta de minhas mp3, agora posso dizer que meu computador está livre.

Walmer Bittencourt Junior
Colméia - Grupo de Pesquisa em Software Livre
http://nuts.navhost.com

   

Páginas do artigo
   1. Fuja da pirataria use Last.fm
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Autenticando Documento com Blockchain e Ethereum

Servidor IM interno em 5 minutos (jabber)

Servidor FTP externo no Ubuntu 12.04 - Criação e configuração

Velox: Como configurar sua conexão após a mudança

Configurando sua placa wireless no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por renato.leite em 30/09/2008 - 13:28h

Ops, muito bom o artigo eu uso o Last.fm, mas geralmente quando toca uma musica maneira que eu não tenho, eu baixo... ehehe

Eu uso mais, quando eu não estou em casa...

[2] Comentário enviado por DanielGimenes em 30/09/2008 - 14:13h

o site é bom para conhecer novas bandas, mas não dá para ouvir exatamente o que você quer. Além disso o streaming atrapalha os downloads um pouco. Recomendo, mas não para substituir o mp3 ;)

[3] Comentário enviado por percival em 30/09/2008 - 15:57h

Eu javia "topado" várias vezes com o Last.FM por aí afora, mas nunca tinha tido a curiosidade de ver o que era, ou sequer testá-lo...

Mas li o artigo e instalei a extnsão no FX aqui e posso dizer que gostei MUITO.

Há alguns anos eu era cadastrado em uma rádio online ( Virgin Records se não me engano ), onde era possível montar sua própria seleção, baseada em sugestões e rankings... infelizmente este serviço não existe mais.

Mas o Last.FM acho que vai servir para o mesmo propósito.

Gostei muito do artigo, parabéns.

[4] Comentário enviado por Tenório em 30/09/2008 - 22:15h

Gosto muito do AccuRadio - http://www.accuradio.com/

Tem muitos canais e não precisa cadastrar-se.

[5] Comentário enviado por fulllinux em 30/09/2008 - 23:55h

Uso Last.fm já a algum tempo e é exclente...hauhauha...brother assino embaixo, muita qualidade nessa rádio!!!

Belo artigo, Abraço.

[6] Comentário enviado por powered1 em 01/10/2008 - 09:14h

otimo, ja coloquei o plug in com minha estação, show de bola!!!valeu!!


[7] Comentário enviado por percival em 01/10/2008 - 09:20h

Cara,

Tive que voltar aqui... 8^P

Muito bom mesmo o seu artigo, estou usando desde ontem o plugin e é perfeito. Parabéns mais uma vez.


Abraço.

[8] Comentário enviado por Teixeira em 01/10/2008 - 11:19h

Essa parte da legalidade tem dois aspectos.
O software pode ser legal.
O uso que se vai fazer dele, pode ser, ou não.

Tecnicamente falando, os fonogramas (a música gravada com finalidade comercial) estão protegisdos por uma legislação muito específica, que envolve direitos autorias, intelectuais e de execução.

Um fonograma está liberado apenas para audição individual, no âmbito doméstico, sendo sempre vedada a sua execução pública.
As emissoras comerciais de radio e tv pagam pela permissão de executar os fonogramas (ao mesmo tempo em que recebe um "jabá" das gravadoras para fazer a divulgação de seus produtos. Capitalismo é assim mesmo).
Nos bailes e shows também se paga para executar cada uma das músicas apresentadas.

Quando disponibilizamos um fonograma alheio por qualquer meio eletrônico de divulgação, estamos concorrendo para que os direitos citados sejam eventualmente violados por alguém.

Muita coisa considerada "legal" e que envolve a internet não é tão legal assim.

Por exemplo, o que se costuma chamar de "abandonware" simplesmente não existe sob o ponto de vista legal.

Os programas supostamente abandonados não fazem parte do acervo de domínio público assim de forma automática.
Para que sejam de domínio público, alguma coisa em especial tem de ocorrer, tipo uma doação por parte do autor/desenvolvedor.

Por exemplo, não se pode usar o antiquíssimo DOS 3.0 sob a alegação de que seja "abandonware".
Os direitos continuam pertencendo ao seu desenvolvedor, embora ele não dê mais assistência a esse produto.
Isso pode não ser correto, justo ou ético, mas é lei.

Ora, qualquer som (mesmo em streaming) que passe por nossa placa de som pode ser capturado.
Dessa forma o uso que se vai fazer desse som capturado (que pode em hipótese ser um fonograma), terá uma utilização imprevisível.

Portanto, temos que agir (individual ou coletivamente) com cautela para não nos tornarmos eventualmente criminosos, favorecermos o crime ou dar a parecer ou suspeitar de que estamos agindo criminosamente ou que tenhamos afinidade com o crime.

[9] Comentário enviado por percival em 01/10/2008 - 12:43h

Interessante, mas acho que não se aplica neste caso específico... a proprietária do Last.FM é a CBS, e tem sede fixa em Nova York.

[10] Comentário enviado por marcelovegano em 01/10/2008 - 14:11h

Para distros ligados a debian tem o last no respositório....

[11] Comentário enviado por grobsch em 01/10/2008 - 15:18h

Baixar e ouvir MP3 não é pirataria... vender cd pirata sim... vi uma reportagem sobre o Blip... blip.fm... no olhar digital...

[12] Comentário enviado por dbahiaz em 01/10/2008 - 23:16h

Realmente muito legal o last.fm, na verdade fiquei conhecendo atravez do Amarok, vi que tinha ele na opção Playlist. Tái uma dica se vc usa Amarok vc pode acessar a sua lista personalizada, global lista etc...

Ps: se não me engano no banshee e exaile tb .

[13] Comentário enviado por pardalz em 02/10/2008 - 14:59h

Não sei quanto às radios do shoutcast e aol music que veem listadas no winamp, ultimamente nao perco nem um segundo baixando musicas, uso essas radios me servem muito bem, se é pirata eu nao sei, mas o que os olhos nao veem o coração nao sente... eehehe vou testar.

[14] Comentário enviado por grandmaster em 02/10/2008 - 21:52h

Não conhecia. Vou dar uma olhada (quer dizer, escutada)

Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br


[15] Comentário enviado por cesar em 03/10/2008 - 08:16h

Legal,

Vou fazer uns testes com ele.

[]'s

[16] Comentário enviado por lcnrj em 04/10/2008 - 00:06h

Não tinha curiosidade...apesar de no amarok ter um link.Parece bom para conhecer as músicas. O plugin não instalou no meu firefox 3.0b5. Fui testar no amarok pediu usuario e senha. Parece bobagem, mas se eu me cadastrar tem certeza de que não vou pagar nadinha???
Tchau pessoal!

[17] Comentário enviado por demoncyber em 06/10/2008 - 00:33h

Parabéns pelo artigo :),
Heheh quem diria que o plugin do shell.fm geraria uma artigo tao bom parabens.

Abraços

Se alguem quiser saber um pouco mais osbre leis de propriedade intelectual e direito autoral procura pelo artigo 9610

[18] Comentário enviado por benneh em 10/10/2009 - 18:22h


O acesso ao Last.fm agora é pago! Mas existem alternativas gratuitas...
----------------------------------------------------------------------------------

É, infelizmente o serviço de músicas Last.fm começou a ser cobrado para todos os usuários de fora dos EUA, Reino Unido (UK) ou Alemanha. Mas, felizmente para todos aqueles que como eu adoram ouvir música, existem milhares de alternativas inteiramente grátis na grande rede! Basta pesquisar... Google neles!

Um abraço e boa sorte!

Benneh Carvalho
sempirataria.wordpress.com


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts