FreeBSD Release 10.0 - Introdução ao sistema

Esse artigo é uma pequena fonte de informações básicas sobre o FreeBSD Release 10.

[ Hits: 17.280 ]

Por: Perfil removido em 13/10/2014


Introdução



Conceitos básicos

FreeBSD é um sistema operacional livre, de código aberto e baseado no BSD.

Assim, podemos afirmar que FreeBSD é um Unix-Like. Seu desenvolvimento se iniciou a partir de um fork do BSD-Lite 4.4 em dezembro de 1993. FreeBSD não é somente o nome de um kernel, é também o nome do projeto de desenvolvimento de um sistema operacional completo.

O principal objetivo do projeto, é oferecer um sistema operacional livre e que possa ser livremente utilizado para quaisquer finalidades. FreeBSD oferece para o usuário comum, a verdadeira experiência em sistemas do tipo Unix sem limitar suas escolhas.

O time principal de desenvolvedores é conhecido por FreeBSD Core Team e equivale a uma diretoria executiva dentro do projeto. A função da diretoria executiva é decidir sobre os vários aspectos técnicos e os rumos que o projeto toma a cada nova versão.

Os membros da diretoria são eleitos a cada dois anos a partir de uma lista de candidatos notáveis. Os candidatos são escolhidos entre os committers, como são chamados os desenvolvedores com acesso de gravação na árvore de Subversion do projeto. Os committers são a nata dos programadores do sistema FreeBSD e são reconhecidos por sua intensa colaboração ao desenvolvimento do sistema.

Além destes, e não menos importantes, estão colaboradores voluntários e programadores pagos por empresas para desenvolver sistemas voltados para FreeBSD. Além disso, softwares de terceiros são portados para funcionar na distribuição e passam a integrar o sistema. Esses softwares podem ser instalados a qualquer momento a partir do sistema de portes ou pelo sistema de pacotes. Isso torna FreeBSD um sistema operacional completo para uso como servidor ou Desktop.

FreeBSD é hoje o sabor de BSD mais popular. Três de cada quatro sistemas baseados em BSD são FreeBSD. Os softwares portados somam mais de 24.000 aplicações. É senso comum que a licença BSD é mais flexível que as licenças GPL ou LGPL, utilizadas para distribuir softwares baseados em GNU/Linux. Isso representa mais segurança jurídica, principalmente para o desenvolvimento de aplicações profissionais.

Outra diferença entre FreeBSD e Linux, é que enquanto o projeto FreeBSD entrega o kernel, drivers e softwares de aplicação, chamados de Userland FreeBSD, o projeto do kernel Linux entrega somente o núcleo para ser agregado a uma distribuição.

O distribuidor é quem fica responsável por ajustar esse kernel em um sistema operacional completo. Isso acaba por gerar certa dispersão dos usuários em vários ecossistemas diferentes.

Todas as distribuições são baseadas em GNU/Linux, mas seguem caminhos distintos. Essas diferenças impedem os usuários de trocarem informações sobre o funcionamento do sistema e pode ser considerado, de certo ponto de vista, uma fraqueza no modelo bazar das distribuições GNU/Linux. Avaliando este aspecto, observamos que o de desenvolvimento de FreeBSD se aproxima mais do modelo catedral.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Funcionalidades
   3. Funcionalidades II
   4. Funcionalidades III
Outros artigos deste autor

FreeRADIUS - Noções básicas - Parte I

CentOS 5 - Utilizando como desktop com o Fluxbox

KoverArtist: Criando capas de CDs e DVDs

Slapt-get 0.10.2s - Conceitos Básicos

Decodificando filmes do programa "3w player"

Leitura recomendada

Instalação e configuração básica de um Debian 6 Squeeze para Desktops

O que é o Linux

Resumo LPI 102: Tópico 108 - Serviços Essenciais do Sistema

Ubuntu 10.04 no Notebook Acer 5532

O segredo do Linux - as partições

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Sandro1 em 13/10/2014 - 08:47h

Muito bom artigo, parabéns!
Fiquei com vontade de testar ele mesmo. Quando puder instalo.
E uma pergunta, essa imagem dele (disc1) contém alguma interface gráfica?

Abraços!

[2] Comentário enviado por wagnerfs em 13/10/2014 - 09:59h

Muito bom o artigo e parabéns por compartilhar o conhecimento.

[3] Comentário enviado por tiaguera em 13/10/2014 - 10:58h

otimo artigo para o pessoal q nao conhece o freebsd! inciantes q necessitam d interface gráfica recomendo o pc-bsd pra começar. particularmente o freebsd é meu s.o. predileto!

[4] Comentário enviado por elim jorge em 13/10/2014 - 12:04h

Keytoy,


Muito bom o seu artigo.

Parabéns!


Uso o FreeBSD no meu Desktop e no meu Notebook a mais ou menos 1 ano com o ambiente gráfico Gnome 2.3 e LXDE.

É um sistema formidável.

[5] Comentário enviado por mcnd2 em 18/10/2014 - 19:47h

Muito bom esse artigo sobre o FreeBSD.

Me deu saudades quando tinha four-boot no meu desk com Debian Lenny (5.0.4), Metamorphose (2.0), FreeBSD (8.0) e Microsoft Windows XP (SP3).

>>> http://vivaolinux.com.br/dica/Grub-com-4-sistemas/ <<<

Já baixei a iso menstick para eu posteriormente me aventurar nessa maravilha.

10!...

[6] Comentário enviado por The_Boss em 28/10/2014 - 15:37h

Realmente interessante,já a algum tempo venho me interessando nesse sistema operacional,porém deixar de lado meu debian custom é realmente algo complexo visto o qual trabalho tive para modifica-lo,notei que como no mundo linux a principio ele inclue uma ferramenta bastante similar ao synaptic ou central de aplicações que muitas distros incluem,haveriam atualmente muito ports para ele?
(em especial,games)pois sou entusiasta assiduo no mundo linux...
o wine em especial..existiriam melhoras de desempenho referentes a ele neste sistema?

[7] Comentário enviado por Beastie em 07/04/2016 - 11:36h


[1] Comentário enviado por Sandro1 em 13/10/2014 - 08:47h

Muito bom artigo, parabéns!
Fiquei com vontade de testar ele mesmo. Quando puder instalo.
E uma pergunta, essa imagem dele (disc1) contém alguma interface gráfica?

Abraços!


Oi amigo, caso esteja interessado existem alguns artigos sobre instalação de interface gráfica no FreeBSD no Mundo FreeBSD, incluindo o GNOME, KDE4 e até o Lumina Desktop, acesse o mundofreebsd.com.br.

[8] Comentário enviado por Sandro1 em 07/04/2016 - 22:02h


[7] Comentário enviado por Beastie em 07/04/2016 - 11:36h

Oi amigo, caso esteja interessado existem alguns artigos sobre instalação de interface gráfica no FreeBSD no Mundo FreeBSD, incluindo o GNOME, KDE4 e até o Lumina Desktop, acesse o mundofreebsd.com.br.


Olá Leonardo, tenho interesse sim, obrigado pela dica! Pena que no momento só posso usar o FreeBSD numa VM...
E parabéns pelo site, já coloquei nos favoritos!

Abraços!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts