Explorando o wget

o wget é um rápido e poderoso get em interface de console, ou seja, linha de comandos, que permite automatizar rotinas de downloads e centralizar múltiplos downloads de sites diferentes em um único comando.

[ Hits: 137.692 ]

Por: Ricardo Brito do Nascimento em 01/10/2007 | Blog: http://brito.blog.incolume.com.br


O que é o wget



O GNU Wget é um pacote de software livre para baixar arquivos sobre os protocolos HTTP, HTTPS e FTP, que são os protocolos mais usados da Internet. É uma ferramenta não interativa em linha de comandos, permite facilmente ser executado por scripts do cron e em terminais sem suporte a X-Windows.

É parte do projeto GNU, seu nome deriva de World Wide Web e get.

Escrito na linguagem C, o wget pode facilmente ser instalado e/ou executado em qualquer sistemas Unix e Unix-like, atualmente já foi portado para diversos ambientes como Mac OS X, Microsoft Windows e OpenVMS.

Entre suas capacidades, se encontram:
  • Download recursivo em FTP ou HTTP (pode inclusive ser usado para fazer um mirror de um website);
  • Conversão de links para visualização offline de páginas HTML;
  • Suporte a proxy;
  • Robustez em relação a conexões instáveis (em caso de falha no download, ele automaticamente recomeça de onde foi interrompido);
  • Capacidade de ser executado sem intervenção do usuário, podendo ser usado com o crontab;
  • Portabilidade;
  • Suporte a IPV6;
  • Suporte a SSL/TLS;
  • Suporte a arquivos grandes (maiores que 2 GB);
  • Suporte a limite de velocidade para o download (com o objetivo de não interferir muito nos outros usos da conexão);
  • GNU Wget é distribuído sobre a GNU (General Public License).

A documentação completa e todas as particularidades podem ser encontradas através do comando 'man wget', em sistemas Linux, ou http://www.gnu.org/manual, na web.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é o wget
   2. Instalação do wget
   3. Explorando os recursos
Outros artigos deste autor

CMS Plone 4.1.6 com invólucro Virtualenv + Buildout + Mount Point + BLOB Storage + Unicode UTF-8

Configurando Subversion

Configurando proxy no shell

Comando sudo - instalação e configuração

Proteção utilizando fail2ban contra ataques do tipo

Leitura recomendada

Migração de Software Proprietário para Software Livre em Instituição Pública

Arch Linux - Instalação completa

TitansELsetup, configurador automatizado para Red Hat Like

Usando temas aleatórios no GDM

Usando comandos dos DOS com o mtools

  
Comentários
[1] Comentário enviado por tenchi em 02/10/2007 - 18:03h

Muito bom. O linux precisa muito de um bom gerenciador de downloads. EU utilizo o wget há um bom tempo, e não conhecia todas estas funções.
Mas um programa equivalente ao flashget livre seria uma das melhores coisas que poderiam aparecer para o Linux, pois o kget, gwget, d4x são bons, mas não chegam aos pés do 'primo para windows'.

Faavoritos...

[2] Comentário enviado por tuxSoares em 03/10/2007 - 00:29h

Legal vc explorar esse assunto.
Eu faço manutenção em servidores linux, 99% das vezes isso é feito via linha de comando, no meu caso o wget me salva toda hora quando preciso fazer algum download.
Parabéns!

[3] Comentário enviado por aprendiz_ce em 03/10/2007 - 19:08h

Para fazer download de arquivos, de um servidor de ftp, aonde o mesmo requer autentição, quais os parametros que devo utilizar?

Quais são os parametros que devo utilizar para se fazer downloads a partir de um servidor de FTP, aonde o mesmo requer autenticação?

Obrigado e parabéns pelo artigo.

[4] Comentário enviado por qxada07 em 03/05/2009 - 20:49h

Show de bola.... Já teve algumas vezes que precosei continuar o download de onde tinha parado......... 1000 grau.... Parabéns!!!!!

[5] Comentário enviado por mfs em 08/04/2010 - 21:30h

O wget supera todos os gerenciadores de downloads, o modo recursivo é uma mão na roda.
Uso sempre que quero baixar vários arquivos de uma FTP sem ter que baixa-los manualmente um por um.

[6] Comentário enviado por heraldoaraujo em 25/07/2011 - 16:21h

muito bom o artigo o wget um comando poderoso

[7] Comentário enviado por ramzagyn em 21/03/2012 - 10:35h

"Se a rede dispõe de proxy deve-se passar os parâmetros do proxy para o S.O."

Poxa, o principal é que configurar você não explicou...

Quem tem proxy na rede sabe muito bem que tem que ser informado isso...


[8] Comentário enviado por jarlisson em 23/07/2012 - 05:38h

valeu, nao sabia dessa flexibilidade do wget!


Contribuir com comentário