Experimento: Transformando openSUSE 12.3 Tumbleweed em 13.2 Factory Milestone 0

Este artigo descreve a atualização e conversão do openSUSE 12.3 Tumbleweed (já Rolling Release) na versão do futuro, 13.2. Esta versão é chamada openSUSE Factory Milestone 0, é experimental e com pacotes Bleeding Edge.

[ Hits: 13.115 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 19/05/2014 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Introdução



* Observação: os procedimentos descritos neste artigo devem ser encarados como experimento, porque existem riscos de quebra do sistema. Não faça isso usando sua instalação principal ou de trabalho, de openSUSE.

A versão nova padrão, estável do openSUSE (13.1) foi oficializada há pouco tempo, como demonstrou nosso colega do VOL, Fábio Farias, um dos nossos especialistas no openSUSE:
Porém, versões para testes já existiam em Outubro e Novembro de 2013. Por exemplo:
Essa é versão oficial, porém, eu gosto de testar distribuições Rolling Release e Bleeding Edge, mesmo que não estáveis.

Eu tinha uma instalação de openSUSE Tumbleweed, que já é Rolling Release, que estava atualizada à 12.3:
O openSUSE também tem uma versão de desenvolvimento (será o futuro openSUSE, 13.2), chamada Factory, que dá origem, após várias verificações, aos openSUSE pré-lançamentos, os Milestones:
Ao invés de baixar essa versão e reinstalar: software opensuse.org

Resolvi converter minha instalação antiga de openSUSE Tumbleweed no Factory, de caráter experimental, Bleeding Edge, versão 13.2 Milestone 0:
Os resultados desse experimento são o foco principal deste artigo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Repositórios
   3. Atualização da distro
Outros artigos deste autor

Ambiente gráfico MATE no Sabayon Linux

Estudo comparativo de alguns gerenciadores e aceleradores de download

Para iniciantes: Deu tela preta? Não se desespere!

Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Resolvendo problemas de rede em Linux

Leitura recomendada

Procurando ETs usando o Linux

Grub animado no Ubuntu? BURG nele!

Quero usar o Baiacu em casa, mas será que eu posso?

Portugol IDE

PHP Server Monitor - Monitore URLs e IPs

  
Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 19/05/2014 - 17:42h

Queria saber porque versões de testes, apesar de alguns bugs, são mais rápidas que as estáveis. rs

Tenho uma partição de testes (50 Gb) e quero fazer esses experimentos também.
Quero testar os limites do camaleão.


* Favoritado!

[2] Comentário enviado por Fabio_Farias em 19/05/2014 - 19:58h

O trabalho do Alberto no VOL é excelente. Sempre trazendo novidades. Essa de transformar o Tumbleweed (Rolling Release estável) em Factory (um "Rolling Release" instável) serve como uma boa experiência para testar a distro e aprender como funciona seu processo de atualização. Mas foi bom deixar claro que essa tarefa envolve riscos de se ter o sistema quebrado.

Também dá para fazer o mesmo a partir de uma versão estável do openSUSE que não esteja no "modo Tumbleweed". Só seguir os mesmos procedimentos.

Parabéns pelo artigo amigo!

Abraços!

[3] Comentário enviado por albfneto em 19/05/2014 - 21:30h

INFORMAÇÃO:
ESTE ARTIGO É OBSOLETO!

Em 30 de Novembro de 2014.

Se você seguir meu Artigo, vai misturar os Repositórios.

A equipe do OpenSUSE modificou seu Desenvolvimento.

Agora,Tumbleweed e Factory são a mesma versão Rolling Release:

http://www.muylinux.com/2014/10/24/opensuse-factory-tumbleweed-rolling-release

Siga como neste Post do Colega Izaías:

http://www.vivaolinux.com.br/topico/openSUSE-Linux-Brasil/opensuse-132-para-tumbleweed/

ou faça instalação limpa do OpenSUSE Factory


Contribuir com comentário