Cockpit Web Console

O Cockpit é um console com uma interface baseada na web fácil de usar, que permite realizar tarefas administrativas em seus servidores.

[ Hits: 8.626 ]

Por: Daniel Lara Souza em 15/08/2020 | Blog: http://danniel-lara.blogspot.com/


Administração do servidor



O Cockpit permite uma ampla gama de tarefas de administração para o seu servidor, incluindo:
  • Serviços de gerenciamento
  • Gerenciando contas de usuário
  • Gerenciamento e monitoramento de serviços do sistema
  • Configurando interfaces de rede e firewall
  • Logs do sistema
  • Gerenciando máquinas virtuais
  • Gerenciamento de contêineres
  • Criação de relatórios de diagnóstico
  • Configurando SELinux
  • Atualizando software

Sua instalação é simples:

# yum install cockpit -y

Inicie o e ative-o na inicialização:

# systemctl start cockpit
# systemctl enable cockpit.socket

Ajuste o firewalld:

# firewall-cmd --add-service=cockpit --permanent
# firewall-cmd --reload

Acesso o seu navegador na porta 9090:

https://<ip ou nome >:9090

Usuário é do sistema (root ou outro usuário para administração que tenha criado).
Ao logar irá ter uma visão geral do painel do cockpit:

LOGS

Tem a facilidade de analisar os logs.
Também pode filtrar logs por serviço.
Podemos filtrar por gravidade.

REDES

Podemos configurar a rede, criar vlan, configurar um bridge.
Em rede temos também o firewall.
Podemos configurar o firewall e fazer ajustes conforme nossas necessidades.

CONTAS

Podemos gerenciar usuário.

SERVIÇOS

Podemos gerenciar os serviços, parar/iniciar/reiniciar/ativar ou desativar na inicialização.

APLICAÇÕES

São aplicações do próprio cockpit que podemos instalar a após caso não tenham sido instalado antes.

ATUALIZAÇÕES de SOFTWARE

Aqui podemos efetuar as atualizações do sistema, caso queira podes deixar como automáticas.

DIAGNOSTIC REPORTS

Irá coletar a configuração do sistema e informações diagnósticas deste sistema para diagnosticar problemas com o mesmo.

KERNEL DUMP

Um recurso que cria despejos de memória no caso de uma falha do kernel. Quando acionado, exporta uma imagem de memória que pode ser analisada com a finalidade de depurar e determinar a causa de uma falha.

SELINUX

Na seção SELinux você pode alterar o status do SELinux ou também revisar quaisquer alertas relacionados ao SELinux e ajustar.

TERMINAL

E claro um terminal para ajudar.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Administração do servidor
   2. Adicionado uma aplicação no Cockpit
   3. Virtualização usando Cockpit
Outros artigos deste autor

Ceph - Uma Plataforma de Armazenamento Distribuído

Ansible AWX

Instalando Fedora CoreOS no KVM

Criando Imagens com Buildah

Podman - um mecanismo de contêiner sem daemon

Leitura recomendada

E Ink - Leitor de E-Book Kindle e Amazon Cloud Reader

soundKonverter - o maravilhoso conversor de áudio

Instalando o WebHTB

Mais formatação especial no OpenOffice

Manipulação de arquivos PDF no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por maurixnovatrento em 15/08/2020 - 17:17h


Muito bom.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[2] Comentário enviado por cizordj em 24/08/2020 - 17:21h

Eu dei de cara com esse cockpit pela primeira vez na vida ontem quando instalei o Fedora server, muito bom esse trem, dá um aspecto mais profissional no servidor, ele me lembra o VMware que também tem uma interface assim. Será que o cockpit substitui o Vmware nesse sentido? Aliás, ótimo artigo!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts