Estudo comparativo de alguns gerenciadores e aceleradores de download

O presente artigo traz um estudo comparativo de alguns dos principais gerenciadores e aceleradores de download.

[ Hits: 50.426 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 02/06/2010 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Resultados. Auxiliares de download para Linux



A) SO Mandriva Free, 2010-1 Beta 1, 64 bits, atualizado, com Navegador Firefox para Linux, 64 Bits, versão 3.6.3, Português do Brasil.

A1) Gerenciando pelo próprio navegador:

Baixou-se o arquivo, primeiro do site HTTP e depois, do servidor FTP (veja Página 1) da maneira padrão, usando o protocolo de download default do próprio navegador. Resultados:

HTTP: Iniciou a 275 Kb/ps, mas caiu até 230, estabilizou e caiu novamente a 215 Kb/ps. Média de 236 Kb/ps, tempo total de 10 minutos e 26 segundos. Baixando de FTP, velocidade entre 243 e 231, média de 237 Kb/ps, tempo total para completar o download foi de 8 minutos e 23 segundos.

A2) Usando DownThemAll, método DTAOneClick. HTTP, entre 278 e 224 Kb/ps, média de 234 Kb/ps, tempo total 9 minutos e 8 segundos. Usando o DownThemAll regular, a velocidade variou entre 238 e 235, com média de 234 Kb/ps. Tempo total de 9 minutos e 36 segundos.

A3) Usando FTP, com DownThemAll, começa em 205 até um máximo de 237, média de 236 a média é também de 237 e o tempo, de 8 minutos e 33 segundos, mas com DTAOneClick, o download inicia a 216, aumenta e estabiliza a 238 Kb/ps. Tempo total de 9 minutos e 12 segundos.

A4) Com comando clássico WGET, opção sem proxy, baixado de servidor HTTP:

wget --verbose --no-proxy http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2

Resultados, velocidade entre 236 r 272 Kb/ps, média de 252, tempo de 8 minutos e 30 segundos.

A4) Com KGET, a partir do servidor HTTP, iniciou a 253 Kb/ps, caiu a 222, estabilizou a 243 Kb/ps, média de 244 Kb/ps. Total: 9 minutos e 2 segundos. Com FTP, iniciou a 230, elevou até 247, com média de 235 Kb/ps, tempo total de 7 minutos redondos.

A5) Com GGET, começa a bons 1024 Kb/ps, mas cai rapidamente a 89 Kb/ps, média de 98 Kb/ps....tempo total 21 minutos e 7 segundos, resultados similares com FTP, cerca de 18 minutos, bastante lento portanto. Os downloads foram repetidos, sem melhoria significativa.

A6) Utilizando GWGET, média de 235 KB/ps, começa a ótimos 1080 Kb/ps, e baixa 28% do arquivo, em poucos segundos. depois estabiliza a 235 Kb/ps e baixa em um tempo total de 5 minutos e 58 segundos. FTP: Inicia q 1020, cai a 216. Média de 235, tempo total de 9 minutos e 35 segundos.

A7) Usando CURL, baixando de servidor HTTP, sem proxy:

curl --verbose --noproxy http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2

Velocidade entre 214 e 378 Kb/ps, média de 366 Kb/ps, tempo total de 5 minutos e 28 segundos. Baixando de servidor FTP:

curl --verbose --noproxy ftp://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2

Inicia em 206 e estabiliza a 336 Kb/ps, tempo total de 6 minutos e 14 segundos.

A8) Utilizando acelerador de download Aria2, sem proxy:

aria2c --http-proxy="" http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2
OU
aria2c --ftp-proxy="" http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2

HTTP: Entre 234 a 254 Kb/ps..... media de 233 Kb/ps...tempo de 6 minutos e 10 segundos. Em FTP, média de 256 Kb/ps, o tempo total de 5 minutos e 55 segundos.

A9) Com acelerador Axel, sem proxy e procurando por 30 espelhos:

axel --noproxy --search=30 http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2
OU
axel --noproxy --search=30 ftp://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2

Baixando de HTTP, o download começa a 117 Kb/ps, vai aumentando até 235 Kb/ps e assim fica até o final. Tempo total para completar o download, 9 minutos e 45 segundos. Baixando do FTP, os resultados são similares, também estabiliza em 235 Kb/ps, e termina exatamente no mesmo tempo, 9 minutos e 45 segundos. Aumentando o número de espelhos para 50, a velocidade final foi a mesma, mas o tempo total se reduziu a 8 minutos e 23 segundos.

A10) Usando Prozilla:

proz http://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2
OU
proz ftp://www.las.ic.unicamp.br/pub/gentoo/releases/amd64/current-stage3/stage3-amd64-20100420.tar.bz2

HTTP: Velocidade entre 125-357 Kb/ps, média de 235 Kb/ps, tempo total de 7 minutos e 10 segundos. FTP, entre 127 a 370 Kb/ps, média de 233 Kb/ps, tempo total de 6 minutos e 26 segundos.

A11) Com acelerador de download D4X gráfico, em HTTP, a velocidade varia entre 232-249 Kb/ps, média de 243 Kb/ps tempo total de 9 minutos e 46 segundos, e em FTP, resultados análogos, entre 223-244 Kb/ps, tempo total de 9 minutos e 48 segundos.

A12) Outros gerenciadores de download:

Para comparação, foram feitos o download via FTP, com um cliente somente FTP, o Filezilla (configurado para buscar espelhos automaticamente, (em modo PASV, usando conexão anônima, com endereço de email completo como password, veja Discussão, Página 5). Velocidade entre 242 e 257 Kb/ps. média de 247 Kb/ps, tempo total de 9 minutos e 36 segundos.

Também foi testado o acelerador para Download Orbit (veja Página 3), mas rodando em Mandriva com Wine, pois este é um método que algumas pessoas usam, conforme alguns posts aqui do VOL. Resultados usando HTTP, Velocidade entre 236-241 Kb/ps, tempo total de 6 minutos e 21 segundos

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução, recursos computacionais, materiais e métodos
   2. Gerenciadores e aceleradores de download testados
   3. Resultados. Auxiliares de download para Windows
   4. Resultados. Auxiliares de download para Linux
   5. Análise dos resultados e discussão
   6. Conclusão
Outros artigos deste autor

Editores e processadores de texto para GNU/Linux

BOINC - Computação distribuída e aplicações científicas

Ultimate Boot CD - Um Fantástico "Canivete Suíço" para recuperar seu Linux

Experimento com Linux: Misturando Sabayon com Gentoo

Emmi Linux - Uma Revisão, Primeiras Impressões e Testes

Leitura recomendada

Porque segurança importa?

IPv6 - Esclarecendo dúvidas

Instalação do aMSN-0.97b em três maneiras diferentes

Warsaw no Fedora 28 funcionando - Internet Banking

Alinhamento em folhas de estilo - CSS

  
Comentários
[1] Comentário enviado por julio_hoffimann em 02/06/2010 - 08:18h

Parabéns Alberto!

Um dos melhores artigos que tive a oportunidade de ler aqui no VOL desde o meu cadastro. Muito bom o detalhamento dos materiais usados no estudo, os tópicos muito bem encadeados e o enfoque científico que você deu foi demais. A comunidade poderia seguir esse estilo de artigo pois é muito mais elucidativo e não deixa dúvidas de que o VOL é um dos melhores sites, se não o melhor site brasileiro de conteúdo profissional no mundo Open Source.

[2] Comentário enviado por rrafael em 02/06/2010 - 09:37h

Muito bom mesmo!! Fiz o testa em minha rede e esta aprovado.

[3] Comentário enviado por isaque_alves em 02/06/2010 - 09:51h

Informação assim sempre é bem vinda e merece aplausos.

Ótimo estudo, e finalmente, dados que podem ser usados para desmitificar os 'aceleradores de download'.

[4] Comentário enviado por dbahiaz em 02/06/2010 - 18:22h

Velho, muito bom os testes...Parabéns!

Ps: os links dos arquivos e do site speedtest esta quebrado, não conseguir acessar.

[5] Comentário enviado por removido em 02/06/2010 - 21:24h

Alberto, confirmo o que o Dbahiaz disse com relação aos links.

Instalei o DownThemAll depois de suas avaliações, e como você disse, para quem tem banda larga é um excelente add-on para a raposa. Perfeitamente configurável. Nota 99,99 por causa dos links quebrados. :)

Parabéns pelo artigo Alberto, mais uma vez arrebentou!!!

[6] Comentário enviado por cvv em 03/06/2010 - 23:30h

Não li o estudo, li apenas a conclusão.

Mas tenho o Free Download Manager e Orbit, uso Windows XP Professional 32 bits SP3, e nunca ouve, pelo menos percebitível, diferença alguma entre os dois.

Uso os dois simplesmente por um ter recursos que o outro não possui. Por exemplo, o Orbit é excelente para baixar vídeos, porém, o FDM é mais configurável, pois tem botões que ajustam a conexão à três estados distintos.

Portanto, quando preciso baixar algo grande, prefiro o FDM, pois se alguém aqui em casa reclamar da rede, posso ajustar meu consumo com apenas um clique. Mas quando vou baixar um vídeo, uso o Orbit já que é mais confortável.

abraços

[7] Comentário enviado por raulgrangeiro em 04/06/2010 - 10:12h

Muito bom! Foi um bom estudo!

[8] Comentário enviado por Teixeira em 05/06/2010 - 13:44h

Albfneto mais uma vez de parabéns.

[9] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 07/06/2010 - 15:08h

Alberto,

Nos velhos tempos de windows e conexão discada, fazia sentido pelo menos para o meu caso o uso de aceleradores de download como o DAP.

Ao passar de vez para o linux, passei também a usar apenas uma conexão por vez para não sobrecarregar os servidores, seguindo a recomendação geral das distros Linux. Achei muito interessante seu artigo, principalmente por demonstrar que no caso de conexões banda-larga não ocorrem grandes diferenças.

Isto até faz sentido porque, nos tempos de conexão discada, até mesmo o uso do ping para manter a conexão ativa provocava grandes diferenças na velocidade de download, mesmo sem estar usando algum acelerador de download.

Atualmente, no caso das conexões 3G, talvez volte a ser aplicável algum acelerador. Tenho notado que as conexões 3g sofrem do mesmo mal que as velhas conexões discadas, onde em alguns momentos o provedor simplesmente nos "esquece". Por esta razão usando o ping para "chamar" a conexão de volta, tem demonstrado ser uma boa alternativa.

Excelente artigo!!

[10] Comentário enviado por albfneto em 08/06/2010 - 17:18h

ERRATA DO ARTIGO:

1) Sôbre os links quebrados, faltou o fechamento do código HTML da URL.

Onde se lê:

"Velocidade checada, no dias das medidas, pelo método do site http:www.speedtest.netSpeed-Test. "

O correto é:

"Velocidade checada, no dias das medidas, pelo método do site [url:http://www.speedtest.net] Speed-Test [/url]. "

portanto para acessar, clique em http://www.speedtest.net

2) Sôbre os links quebrados dos arquivos, no texto está citado...

trata-se dos Stages de Gentoo, do dia 20 de Abril, os que foram usados nos testes no dia, portanto, como os Stages de Gentoo mudam diáriamente, é óbvio que os do dia 20 de Abril, não existem mais, são obsoletos!

quem reproduz os testes do artigo, deve empregar os Stages atuais!

[11] Comentário enviado por albfneto em 24/03/2011 - 18:44h

COMPLEMENTOS DO ARTIGO:


Atualizado em 16 de Setembro de 2013:

1) Um novo gerenciador de downloads que estou testando, WX Download Fast:

http://dfast.sourceforge.net/index-br.html

2)FatRat é um gerenciador completo, que pode baixar desde ISOs, até torrents e arquivos de RapidShare, Megaupload etc...

http://fatrat.dolezel.info/

3) Este é um outro artigo, aqui do VOL, sôbre gerenciadores de downloads:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Um-tour-pelos-gerenciadores-de-downloads-uploads-do-Linux

4) Este é o meu outro Artigo, sôbre Acelerador de Downloads FlashGot e outros:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/FlashGot-Usando-aceleradores-de-download-sem-precisar-de-linha-de-...

5) Este é novo, o FlareGet:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/FlareGet-O-Orbit-do-GNULinux

6) Semelhante ao FlareGet, mas funciona em todas as distros: XDM -Xtreme Download Manager:

http://sourceforge.net/projects/xdman


Contribuir com comentário