Estratégias para expansão dos jogos em Linux

Este artigo visa explorar algumas ideias para mudar o ambiente de jogos no Linux, lançando novos conceitos a um tema tão conturbado quanto este.

[ Hits: 13.754 ]

Por: Ulisses Cavalcante em 04/08/2009 | Blog: http://uziel7.blogspot.com/


Como alavancar o uso de jogos no Linux



Já há algum tempo tenho pensado em como alavancar o uso dos jogos em Linux e vamos começar perguntando:

"Os jogos são essenciais para crescimento do Linux?"

Penso que sim. Da mesma forma que os aplicativos de escritório também são, e nisto o Linux já possui qualidade e renome igual ou superior aos concorrentes. Mas mesmo assim muitas empresas não deixam de utilizar (mesmo com versões em Windows) os seus aplicativos pagos para utilizar o OpenOffice por exemplo. O aspecto mais importante que falta no Linux (open source em geral) e que outros aplicativos comerciais possuem é o fato de causar a sensação de desejo, e às vezes um desejo ardente. Este desejo tem um motivo - é exatamente o que temos que descobrir para criarmos nossos jogos em Linux.

Por exemplo, alguns usuários trocaram suas distribuições pelo Ubuntu (eu fui uma delas) pelo simples desejo de ter um desktop 3D funcionando (no Kurumin dava muito trabalho, tanto que desisti) e o que o Ubuntu tem tentado trabalhar é isso: as pessoas tem que desejar o sistema de tal forma que elas trocariam até mesmo alguns confortos por essa substituição. Eu falei tudo isso para chegar ao seguinte ponto: os jogos só trarão usuários para o Linux se as seguintes condições forem satisfeitas:

1) Jogos melhores que em outros sistemas (tanto em gráficos e desempenho quanto em diversão).

2) Disponibilidade: os jogos tem que simplesmente funcionar quando o usuário acredita que eles tem que funcionar. Ou seja, sem nenhum problema de instalação ou travamentos.

3) Os jogos precisam de apelo popular ("Nossa! você viu o novo jogo da xyzGamersFantasy? Cara, todo mundo vai querer esse jogo, porque é animal!"). Ou seja, alcançar o cliente final.

Legal, então apenas com estes três requisitos conseguimos alavancar os jogos no Linux. Então como que faço isso?

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Como alavancar o uso de jogos no Linux
   2. O que são os 3D
   3. Possíveis soluções
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Emulador Mednafen - Instalação e configuração

Faça um Steam Link com seu Raspberry Pi

Rodando Ragnarok (bro) no Linux

STEPMANIA: Transforme seu PC com GNU/LINUX em uma máquina Dance Dance Revolution

Jogos para Linux (parte 3)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rogdrio em 04/08/2009 - 20:52h

Muito Boa!!!!
deveria merecer mais comentarios!
se linux tivesse mais aplicativos seria tão bom !!
e um instalador de pacotes universal tmb cairia bem !

[2] Comentário enviado por felipemartinsss em 04/08/2009 - 23:46h

Acho a idéia muito boa.
Estou estudando o Blender e outras ferramentas gráficas para ver se consigo criar algum jogo.
Há poucos dias escrevi um artigo sobre SDL, é algo voltado para multimídia e jogos em múltiplas plataformas.
Não conheço muito sobre SDL, nem sobre Blender, mas buscando na comunidade percebi que existe uma carência sobre o assunto.
Parabéns pela iniciativa!

[3] Comentário enviado por Teixeira em 05/08/2009 - 06:29h

Linux já tem todo o potencial necessário para a criação de jogos bastante sofisticados, e eu diria até que poderia haver alguma "economia" das placas 3D, que não seriam TÃO necessárias quanto no SO da MS.
A possibilidade de termos jogos com um tratamento visual refinado pode ser percebida até mesmo no ingênuo Frozen Bubble, e em alguns jogos de xadrez cujos nomes não me ocorrem no momento.
Resolvido o problema com refinamentos visuais - e esse passo já está concluído - restaria pensar na estratégia que tais jogos envolveriam (o enredo e a interação com o usuário).
Daí para conseguir-se algo como o Max Paine (para windows) que é um 3D bastante caprichado, não seria muito difícil.
Porém teria de haver alguma motivação por parte de desenvolvedores (avulsos ou empresas) para tal empreendimento.
Consideremos que é extremamente mais fácil lançar uma "nova" distro do que elaborar um jogo sofisticado, algo que alguém realmente possa chamar de "game" (essa palavra entre nós tem um peso diferente que no Inglês: Para o usuário brasileiro, Paciência é um JOGO e Counter Strike é um GAME).
Claro que algumas ferramentas específicas cairiam muito bem nesse momento.

[4] Comentário enviado por marcioyshimoda em 05/08/2009 - 08:55h

Uma dúvida que paira na minha cabeça é se os atuais módulos das placas de vídeo realmente conseguem tirar tudo o que os equivalentes em Windows oferecem (digo em relação às capacidades gráficas) pois me recordo que no passado o suporte à este tipo de placa não era tão estável como se esperava.

Eu ainda acredito que soluções abertas (de clones de desenvolvimento) ainda podem sim aparecer, pois deve levar um bom tempo até as grandes empresas de games disponibilizarem o seu foco para o Linux.

[5] Comentário enviado por nukelinux em 05/08/2009 - 16:27h

interessante

passou pela minha cabeça uma idéia (pode parecer estranha):

há um grande interesse entre as lan houses em disponibilizar jogos para seus usuários e algumas lan's já dispõem de máquinas com linux;
elas poderiam se unir e montar uma equipe (cooperativa) de desenvolvimento de jogos, investindo parte do capital em máquinas e programadores,
que desenvolveriam jogos para as empresas (lan's), disponibilizando uma versão "básica" para distribuição gratuita e uma versão "entreprise",com
mais recursos , que ficaria disponível apenas nas empresas parceiras...

é uma idéia meio estranha, mas se refinada, pode ficar boa. o que acham?

[6] Comentário enviado por felipemartinsss em 05/08/2009 - 17:31h

Uma dúvida que me apareceu quando eu estava escrevendo um artigo aqui para o VOL.
Existe alguma comunidade brasileira similar à Apache Software Foundation (ASF), mas voltada ao desenvolvimento de games para Linux? Se houvesse uma comunidade assim, artigos mais específicos teriam lugar, projetos poderiam ser criados (não só jogos, mas frameworks que facilitassem o desenvolvimento), poderia existir um fórum para discussões, além de um bug report que possibilitasse o aperfeiçoamento do game. E tudo sendo desenvolvido com licenças GNU GPL. Colaboração é o que há.

[7] Comentário enviado por ulisses_c em 05/08/2009 - 18:48h

Bom gente obrigado por todos os comentarios

Primeiro : marcio a respeito das placas de video já da para se ter uma ideia de sua utilização em dois projetos do blender um desses projetos é inclusive de um brasileiro e pode ser baixado aki neste link http://sharex.xpg.com.br/files/8163294659/Ruinas_2.0.rar.html? roda até em windows e nao vi nenhuma diferença de desempenho por roda-lo no linux e o outro bathroom que pode ser baixado aki http://www.savefile.com/files/1835024 e algumas fotos aki http://blenderartists.org/forum/showthread.php?t=137038.
esses dois projetos podem abrir a mente de muita gente mesmo sendo simples( se comparado a um jogo comercial) nós podemos entender qual o nivel que a game engine do blender pode trabalhar. na minha opniao com dedicação dos desenvolvedores concerteza jogos no linux podem ficar melhores que no windows porém qual a relação de investimento e retorno que terá que ser calculada para tal proeza ? Por este motivo precisamos de ferramentas melhores mais faceis e que permitam um resultado final explendido e de preferencia totalmente livres.

Segundo : para expandir o mercado de games para Linux será necessario não apenas projetos abertos pois a velha economia ainda tem muita dificuldade em se abrir para os outros (será que é maxismo rsrs) entao caso pequenos grupos se reunam para desenvolver jogos a expansão será bem menor do que se simplesmente viessem algumas empresas com projetos Multiplataforma sem riscos grandes para seus investimentos. mas as empresas tem que sentir que para portar tais projetos não terão custos ou trabalho de manutenção (afinal quem ja devolveu um jogo com problemas ? , eu ja e mais de uma vez).

[8] Comentário enviado por felipemartinsss em 07/08/2009 - 17:41h

A expansão será menor se apenas pequenos grupos criarem jogos para Linux. Mas até hoje houveram muitas iniciativas de empresas que criam jogos específicos para Linux ou multiplataforma? Acredito que se queremos jogos para Linux, nós que temos de criar. O usuário Linux é conhecido por ter grande conhecimento técnico, só precisa se organizar e querer para fazer o que quer. Uma comunidade buscando o aprendizado, inicialmente com apenas 1 projeto, poderia ir longe. Se o jogo for interessante, logo nas primeiras versões as pessoas já podem baixar, encontrar problemas e relatá-los, compartilhar idéias, etc. Um jogo assim estaria em contínua melhoria. Eu enxergo as coisas assim.

[9] Comentário enviado por thunderboad em 11/08/2009 - 19:38h

Pessoal, eu já tinha dito isso em outros forums e fui duramente criticado. Eu acredito que o que falta para se desenvolver melhor jogos no linux é uma plataforma multimida bem organizada, como se tem o directx no windows. Não sou programador, mas o que já ouvir comentarem é que a grande dificuldade é fazer um jogo que funcione bem com alsa, oss, phonon só por exemplo. Acho que o que deveria haver era uma comunidade que juntasse as melhores experiencias desses projetos pra fazer um pacote consolidado.

[10] Comentário enviado por ulisses_c em 12/08/2009 - 19:11h

Gente obrigado por mais comentarios. felipe entendo o que vc quis dizer da maneira como voçe mesmo fala se a comunidade se unisse poderia ser criado "Um" projeto e concerteza acredito na qualidade do mesmo. pois projetos como blender, kde, gnome, Ubuntu, Arch e muitos outros, demonstram que a comunidade open source tem o mais importante que é capacidade de inovação. porém para uma verdadeira expansão dos jogos precisamos de ferramentas que sirvam tanto para pequenos grupos com cerca de 5 pessoas como precisamos tbm de ferramentas para que grandes empresas com mais de 200 funcionarios por projeto também possam criar ou portar jogos, e ainda se possivel novas empresas surjam exclusivamente para criar jogos com a ferramenta livre podendo trabalhar para as grandes fazem as versões linux dos seus jogos.

Thunderboad entendo e concordo com vc em partes sobre a criação de um "framework" que possa manipular recursos de sistema voltados a jogos no linux porém caso tal projeto nao seja priorizado por uma grande empresa o seu tempo de maturação poderia demorar o mesmo tempo que o proprio kernel levou para ficar maduro o suficiente para competir com windows nos desktops , e digamos que nesse caso algumas ferramentas que soubessem se aproveitar do que já está pronto (OpenGL que se não me engano é uma iniciativa ou teve um dedo da Aplle) na minha opnião o ideal nesse momento é que sejam desenvolvidas ferramentas de GameMaker para Linux e essas ferramentas tem dar suporte ao mercado que ja cria jogos fazendo com que a escolha do sistema operacional não venha limitar (excluir na verdade) as escolhas do cliente final.

Concluindo. Ao meu ver a melhor empresa para criar um framework para desenvolvimento de jogos para linux seria a Nvidia usando a inclusive Cuda para desenvolver os jogos, porém vindo da Nvidia seria uma tecnologia fechada e poderia obrigar o uso do hardware deles, mas isso poderia alavancar ainda mais a marca Nvidia poderia alavancar o Linux no mundo dos jogos (e talves ferir so um pouquinho a Intel). de qualquer maneira eu aconselho usem o blender e baixem os arquivos que rodam com GameEngine só assim podemos ter uma noção da facilidade e que podemos alcançar em pouquissimo tempo de desenvolvimento.

[11] Comentário enviado por drax em 12/08/2009 - 22:05h

Bom, como entrei agora no viva o linux começarei me apresentando a todos, como meu nome ja esta escrito só direi oláXD

Enfim... Sei que o assunto não é exatamente o que eu vou falar, mas é vinculado... Eu tenho uma ideia de um projeto para desenvolver um sistema muito(e entendam muito como muito mesmo) de jogos(pode ser usado em outras coisas, mas focado em jogos, principalmente os de RPG) dinamicos

Eu não vou tratar do assunto aqui, pois considero que seria fugir do assunto desse topico, mas a pergunta é, onde eu coloco um artigo sobre um projeto assim(a seguir resumirei subitamente a ideia, para vocês me orientarem)

O projeto se chama SISBLOD(Sistema de Blocos Dinamicos) a ideia e pegar é dividir esse imenso(e bota imenso nisso) projeto em grupos que se dividem em grupos cada vez menores, você como alguem que considere que faça algo ou que pensou em algo de util para o projeto, se inscreve num grupo(indiferente do nivel) e se foca naquilo... Explico melhor depois, mas e ai? onde devo escrever esse artigo?

[12] Comentário enviado por ulisses_c em 12/08/2009 - 23:56h

Não sei exatamente como te ajudar drax, mas acredito que um artigo já seria um bom começo, porem a ferramenta que eu estava pensando segue um principio semelhante ao que vc estava mencionando eu acredito que precisamos de um sistema que gerencie todo o processo de captação de mão de obra (seja voluntaria ou oportunidades reais de trabalho remunerado formando uma rede de mão de obra) desenvovimento modular simultaneo do projeto de jogos onde varias pessoas possam trabalhar no projeto encaixando as partes que eles construiram ( exemplo varios cenarios , personagens , musicas em repositorios para os menbros daquele projeto especifico) e um front end de distribuição tanto de jogos gratuitos como pagos. pois afinal quem desenvolve os jogos tbm precisa Comer. so que tudo isso na minha opnião já tem que ser implementado no SDK que alem de funções de programação e gerenciamento de fluxos e recursos do projeto, tbm tem carregar diretamente o blender(que acredito ser a melhor ferramenta para este proposito na atualidade). Todo esse processo tem de ser realizado de forma semelhante ao launchpad do ubuntu ou ao projeto mantenedor do Debian onde todos os desenvolvedores possuam Chaves criptografadas e se possivel com total transparencia e facilidade. Alem disso a interface com o cliente final tem sempre que permitir mandar feedback para os desenvolvedores que precisam desses feedbacks tabulados e organizados para um estudo de possiveis implementações. ta bom acabei descrever o projeto todo acho que agora chega. rsrs

Bom se o seu artigo vor voltado para jogos de linux mesmo, aki nesta seção jogos é o local ideal. espero ter ajudado.

[13] Comentário enviado por drax em 13/08/2009 - 07:52h

ajudou sim... Vou criar o artigo e explicar então... Mas a maior parte da ideia é conceitual:) pelo menos nessa etapa, vlw o/

[14] Comentário enviado por drax em 14/08/2009 - 00:09h

Enviei o artigo, tem 4 paginas o/
Não sei se ele esta realmente bom, e eu fiquei um tempo escrevendo as 2 primeiras paginas para depois percebi que não cheguei a adiciona-las, então creioque a qualidade das 2 primeiras paginas ficou reduzida... Mas, agora é só esperar, demora muito o processo de publicação de um artigo?

[15] Comentário enviado por k33p em 13/10/2009 - 03:46h

Ainda deixa a desejar nesse lado de "games"


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts