Entrevista com Bruno Gonçalves, desenvolvedor do BigLinux

O BigLinux é uma distribuição Linux brasileira criada pelo brasiliense Bruno Gonçalves Araújo, um jovem que mal acaba de entrar para a casa dos vinte anos. Com raízes no saudoso Kurumin, o BigLinux é uma distro bonita, leve, fácil de instalar e usar e, se não bastassem todas estas qualidades, capaz de utilizar os repositórios do Ubuntu Linux.

[ Hits: 13.539 ]

Por: Cristiano Rohling em 30/07/2009


Entrevista com Bruno Gonçalves, desenvolvedor do BigLinux



O BigLinux é uma distribuição Linux brasileira criada pelo brasiliense Bruno Gonçalves Araújo, um jovem que mal acaba de entrar para a casa dos vinte anos. Com raízes no saudoso Kurumin, o BigLinux é uma distro bonita, leve, fácil de instalar e usar e, se não bastassem todas estas qualidades, capaz de utilizar os repositórios do Ubuntu Linux.

Antes da realização desta entrevista, o BigLinux foi instalado em caráter de testes em um velho notebook Compaq Presario 1200 com 256 Mb de RAM. A instalação durou menos de meia hora, e os resultados foram surpreendentes: mesmo em um hardware tão antigo o sistema é rápido e funcional (é claro que as opções avançadas de visualização não funcionaram, mas isso já era esperado).

Geeknologia: Fale um pouco sobre você, sua formação, seus planos para o futuro.

BGA: Meu nome é Bruno Gonçalves Araújo e tenho 23 anos. Sou brasiliense, formado em Gestão em Sistemas da Informação e atualmente penso em iniciar uma pós-graduação em Software Livre.

Quero fazer estes cursos apenas para constar em meu currículo: não me lembro de ter aprendido nada realmente útil no curso de graduação. Muita enrolação, pouco conteúdo, temo que isso seja típico do modelo educacional brasileiro.

Geeknologia: Como surgiu a ideia de criar sua própria distro?

Bruno Gonçalves Araújo (BigBruno)
Bruno Gonçalves Araújo (BigBruno)
BGA: O BigLinux nasceu meio que de brincadeira, na época em que eu usava o Kurumin. A distro do Morimoto ocupava cerca de 200 MB (era um mini-CD), então resolvi testar a opção de remasterização, que eu havia achado bem interessante.

Incluí diversos programas que eu utilizava na época, o que deixou o sistema com cerca de 600 MB. Alterei um pouco os temas visuais e mostrei o resultado para alguns amigos, que gostaram muito do meu "remaster".

Resolvi então colocar o ISO para download, e desde então permaneci ocupado com a adição de melhorias.

Geeknologia: Algumas pessoas até consideram o BigLinux como "sucessor" do Kurumin...

BGA: O BigLinux começou a partir do Kurumin, e os dois projetos têm características bem semelhantes. O objetivo principal do BigLinux é facilitar ao máximo a vida do usuário, e essa era justamente a filosofia do Kurumin.

Eu mesmo confesso que passei a ver o BigLinux como uma "distribuição" propriamente dita apenas na versão 1.4. Antes disso eu o via meramente como um teste. Como comentei, eu não tive a ideia de criar o Big: ele foi construído quase que por acaso.

Geeknologia: Mas o "Big" conquistou uma boa aceitação...

BGA: Sim, é verdade. A aceitação veio aos poucos, e é consequência natural de muito esforço. Já são quase seis anos de BigLinux, e a cada versão conseguimos um sistema melhor, mais fácil e mais bonito.
Linux: Entrevista com Bruno Gonçalves, desenvolvedor do BigLinux
Geeknologia: De onde veio o nome "BigLinux"?

BGA: Em 2001, lancei o "BigBusca", um site de buscas desenvolvido por mim. Desde então o termo "Big" virou praticamente um prefixo pessoal: "BigBusca", "BigBruno", "BigLinux"... não é preciso pensar em novos nomes, basta apenas incluir o "Big".

Geeknologia: Qual é o critério utilizado na seleção de aplicativos?

BGA: Os principais programas são sempre os mesmos, mas em versões atualizadas - o KDE, o Firefox, o OpenOffice. Os demais programas vão de acordo com os pedidos feitos pela comunidade através do fórum do BigLinux e com testes que realizo.

Geeknologia: Você trabalha exclusivamente no BigLinux ou tem outra atividade?

BGA: Além do trabalho no BigLinux, mantenho alguns sites como o BigBusca, o Hemofilia.org.br e o Programas Linux. Estou também envolvido com a Ajude-C, uma ONG de apoio aos hemofílicos, criada em uma iniciativa conjunta entre pacientes portadores de coagulopatias familiares e especialistas na assistência às doenças da coagulação.

Quanto ao BigLinux... o projeto é voluntário, mas pretendo torná-lo auto-sustentável até 2010. A ideia é a associação do BigBusca ao sistema BigLinux: caso o site passe a ter pelo menos 50 mil buscas diárias, poderei cobrir todos os custos do BigLinux e ainda tirar um "salário" que me permita uma maior dedicação ao sistema. Atualmente o BigBusca conta com cerca de 3 mil buscas por dia.

Geeknologia: Além dos usuários domésticos, quem mais tem utilizado o Big?

BGA: Que eu saiba, o BigLinux vem sendo utilizado com sucesso em algumas escolas em Fortaleza (CE). Há uma bela review do sistema no blog Software Livre na Educação, mantido pela Prof.ª. Sinara Duarte.

Entrevista originalmente publicada em: Geeknologia – Jornalismo Digital e uma pitada de nerdice

   

Páginas do artigo
   1. Entrevista com Bruno Gonçalves, desenvolvedor do BigLinux
Outros artigos deste autor

Por que as pessoas (ainda) preferem o Windows

Leitura recomendada

Linux na automação comercial: estamos preparados?

Esquecendo os valores da Computação

Não me chamaram mais para prestar serviços naquela empresa. Por quê? Acabe com este problema!

Adote um projeto, ajude o Viva o Linux

Vírus, a mesma praga mas diferentes entre plataformas

  
Comentários
[1] Comentário enviado por clubelinux em 30/07/2009 - 11:43h


O Bruno Gonçalves esta de parabéns pela distribuição que desenvolveu, gostaria de falar aqui do que me fascina no linux é a caracteristica cooperativista da comunidade, de compartilhar informações para o bem comum.

Pois a grande vantagem do software livre é isso ao invés de pagar altas taxas de licensas pra uma empresa gigante que só faz ficar mais rica dia a dia, podemos contribuir pra fazer um sistema cada vez melhor e os os recursos com manutenção e licensa que dantes iriam pra o gigante vai ser distribuida pra grande comunidade que tanto colaborou, contribuindo assim para uma melhor justiça social e distribuição de renda.

Gostaria de contribuir com uma ideia: Você tem todo know-how de customização de uma distribuição, porque não colocar em seu site em forma consultoria seu serviço personalizado de customização de uma distribuição BigLinux.

Ex.: um consultor de empresas tem um cliente que precisa trocar seus S.O pirata por Software Livre, você poderia vender seu serviço pra personalizar o Biglinux pra empresa, incluindo logotipo,programas e tudo mais...

Eu mesmo ficaria muito mais satisfeito em pagar pra uma empresa que desenvolve software livre do que pagar licenças pras gigantes, pois inclusive quando você paga licensa o dinheiro vai pra matriz fora do Brasil ou seja ficamos mais pobres...

[2] Comentário enviado por nilodanx52 em 30/07/2009 - 13:24h

Tbm faria o mesmo que nosso amigo clubelinux ressaltou investir em nossos irmão brasileiro é muito inportantes....

[3] Comentário enviado por blip em 30/07/2009 - 22:32h

Olha só! Um irmão brasileiro mandado ver em nossa comunidade! Vou testar esse Big Linux! Um projeto como esse não pode morrer!

[4] Comentário enviado por gilmargmppta em 31/07/2009 - 14:20h

Sem duvida alguma esse garoto é um prodígio e um exemplo para todos, eu pessoalmente uso o big a mais de um ano, atual,ente uso o 4.1 atualizado, mas desde a versão 4.0 final estou com ele e devo dizer que a facilidade de uso e o suporte técnico que se encontra no fórum é de se fazer inveja a muitas grandes empresas de software do mercado, eté mesmo a micro$oft, que tem um péssimo atendimento e um sistema razoável, o xp pelo menos pois o resto é horriver, mas voltando ao nosso amigo Bruno, o cara dá uma assistência gigante, e o mais incrível é que é de gratis, e o sistema é ótimo, muito bom mesmo, e acho que todos aqui do viva o linux tanto usuários como mantenedores deveriam incentivar sim essa distro pois o cara merece.

[5] Comentário enviado por albfneto em 31/07/2009 - 14:57h

Olha, o BigLinux é fenomenal, uma distro que aumenta rápido, tudo funciona, muito bom reconhecimento de hardware e muito fácil.
Na minha opinião, é atualmente a melhor Distro Brasileira.
Seu número de usuários cresce a cada dia.

[6] Comentário enviado por Conan em 31/07/2009 - 15:26h

O BigLinux 4.2 é muito bom mesmo, vale quanto pesa, pois depois de instalado é bem completo. Já vem com os drivers nativos tanto da ATI como da NVIDIA. além de posibilidades diversas em desktops 3D.
Esta para sair a versão 5, então acho melhor vcs ajudarem o cara e baixarem o Beta que funciona tudinho, e postarem o que não funfou.
[ ]s

[7] Comentário enviado por alefesampaio em 01/08/2009 - 00:39h

muito bem bruno gostei da sua atitude pode deixar que vou ver apartir de hoje seu vou ver seu site de busca para poder ajudar o projeto big linux incentivo todos ajudarem também...

[8] Comentário enviado por filipo_tardim em 01/08/2009 - 11:42h

Big Linux (3) foi minha porta de entrada no mundo Linux. Tentei várias vezesm com o próprio Kurumin, migrar, mas foi graças ao belo trabalho do Bruno ao adicionar os módulos de modems discados, que eu pude instalar meu modem no sistema e passar a usar a partir daí.
Tive uma excelente experiência no meio educacional, usando Big Linux. Miguei todos os PCs do laboratório de Informática onde trabalhava, no ano passado, o que me fizeram escrever esse artigo:
http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Big-Linux-+-Edubuntu-Uma-Excelente-Alternativa-Livre-para-as-Esc...

Felizmente esse ano o município desenvolveu sua própria distro, baseada no Ubuntu. Mas eu continuo indicando o Big para usuários iniciantes. O trabalho do Bruno e sua equipe é fenomenal.
Parabéns!

[9] Comentário enviado por Tiago Pimentel em 30/10/2009 - 09:06h

Tenho lido mtu sobre o BL, e me parece ser uma das melhores distros, ainda não sou usuario do linux, mas estou desidido em larga o RUindows, so qeu ainda naum encontrei(até agora), uma distro que me parece pratica.
Bom, apartir e agora, estou usando o Big Busca, como site de busca oficial, para contribui com o crescimento e melhoria do BL.

Parabens Bruno, por este maravilhoso trabalho!

[10] Comentário enviado por Teixeira em 24/05/2010 - 14:51h

Após exerimentar várias distros, senti que o Big Linux foi o que melhr me atendeu sob todos os aspctos. Comecei com a versão 4.2 estável, mas por causa de uma webcam resolvi experimentar a 5 alfa 3 que mantenho ate hoje.
Através do Big Linux consegui migrar definitivamente para a plataforma GNU/Linux, somente recorrendo a outras plataformas para realizar serviços de clientes que por algum motivo específico ainda não aderiram ao "linux".
Parabéns ao BigBruno e à sua equipe de colaboradores.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts