Enrolado para configurar o Samba? Chame o SWAT

O SWAT é uma ferramenta de configuração do Samba. Funciona via web e é capaz de fazer todas as configurações básicas e avançadas do Samba, além de iniciar, parar e reiniciar os serviços, manter os usuários do servidor e ter alguns assistentes para configurações básicas. E aí? Vai encarar o SWAT?

[ Hits: 112.554 ]

Por: Dailson Fernandes (fofão) - http://www.dailson.com.br em 26/11/2009


WIZARD, STATUS, VIEW e PASSWORD



WIZARD

Linux: Enrrolado para configurar o Samba? Chame o SWAT
O botão Wizard (Assistente) irá lhe ajudar a fazer tarefas "chatas" de como promover o servidor a controlador de domínio. A tela é bem intuitiva.

Não esqueça de a cada alteração, apertar o botão "Rewrite smb.conf" e depois Commit Changes.

Tela principal do Wizard

STATUS

O menu Status serve para duas funções: 1. Reiniciar, parar e iniciar os serviços que fazem o Samba funcionar, conforme tela abaixo:
2. Ou ter um log visual das conexões que estão abertas no momento. Veja na tela abaixo que é possível ver quem está acessando, que compartilhamento está sendo usado e que arquivos estão sendo utilizados.
Note que existem uns botões X para que você consiga fechar as conexões dos clientes. Porém, se o cliente abrir novamente ele irá continuando a ter acesso ao compartilhamento.

Se você quiser fazer um monitoramento tem tempo real das conexões, carga, arquivos e compartilhamentos que estão sendo utilizados use o botão Auto Refresh. Ele já está configurado para atualizar esta página de 30 em 30 segundos, porém você pode colocar um tempo menor e ver como o seu servidor está sendo utilizado durante este período.

VIEW

O botão view é apenas um visualizador do smb.conf. Aqui também vale a dica. Clique no botão Advanced e veja como é o smb.conf completo...

Visualização do smb.conf

PASSWORD

O menu Password serve para você manter os usuários que poderão acessar o servidor samba. Ao invés de cadastrar usuários com o comando smbpasswd -a usuário, você pode fazer diretamente nesta tela. Isto facilita e muito a gestão de usuários.
Além disso você pode mudar a senha de usuários e ainda pode cadastrar as máquinas XP que necessitam ser criadas contas para ingressar no domínio.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução e instalação
   2. Acessando o SWAT
   3. SHARES e PRINTERS
   4. WIZARD, STATUS, VIEW e PASSWORD
   5. Documentação e considerações finais
Outros artigos deste autor

Gerenciando logs do Linux pela WEB com o PHPSYSLOG-NG (parte 1)

Personalizando o HLBR - IPS invisível

Instalando o IBM LOTUS SYMPHONY Beta3

Utilizando o RSYNC para fazer backups de servidores e estações Windows

Eu cavo, tu cavas, ele cava... tutorial de DIG

Leitura recomendada

Samba 4 (Active Directory) no Debian/Ubuntu Server

Ativar Log de Acessos do Samba no OpenMediaVault

Linux autenticando no AD e rodando LTSP com DHCP (Windows 2003)

Autenticando Linux (Ubuntu 9.04) no AD (Windows Server 2003)

Resolução de Nomes (e não IP) no Gerenciador de Arquivos - Linux x Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cleysinhonv em 26/11/2009 - 09:33h

Grande Dailson,

Me lembro a primeira vez em que fui configurar o samba via web, ate achar o daemon do inetd (openbsd-inetd), ralei, bem explicado seu artigo. Nota 10.

Um abraço.

[2] Comentário enviado por volcom em 26/11/2009 - 10:06h

Muito legal!!

Mas pelo jeito ainda não tem um módulo de idiomas, ou alguma configuração que possibilite alterar.

Até procurei algo na Net, mas não achei!

Abraço

[3] Comentário enviado por magnolinux em 26/11/2009 - 11:03h

o swat é bom, mais o que me fez deixar de usalo, é que quando configurado ele subescreve o
arquivo smb.conf;;

ou vc faz na mão.. ou faz no swat...

Entao como sou meio xiita, escolhi fazer na mão..

Parabens.. bom artigo..


Flw;;

[4] Comentário enviado por dailson em 26/11/2009 - 11:06h

Kuruma

Valeu!!!

Volcom
Realmente eu também procurei algo, mas não tem. Já pensei inclusive em começar um projeto de tradução.

Magno
Isso tb eu acho uma falha terrível. Mas fazer o Que...

Um abraço a Todos

[5] Comentário enviado por hnpjunior em 26/11/2009 - 13:45h

Grande Dailson,

Valeu o artigo heim. O swat é uma mão na roda mesmo.


Parabens

Hermes

[6] Comentário enviado por grandmaster em 28/11/2009 - 10:15h

nao conhecia o swat vou testar aqui. Valeu.

---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[7] Comentário enviado por paulotrad em 28/01/2010 - 18:31h

valew..
vou tentar..
posto aki os resultados...
=)

[8] Comentário enviado por henrique.inside em 03/02/2010 - 11:41h

Muito bom, tenho certeza que futuramente usarei !

rsrs

OBrigado cara !

[9] Comentário enviado por Ignorante em 16/02/2010 - 14:15h

Acabei de fazer um servidor Samba 3.4.0 + Swat (Limpinho, default), mas quando eu acesso, ele pede para autenticar, quando eu me autentico ele entra bonito, mas ele me da só a opcão Home, Status, View e Password. Ha! eu só consegui me logar como Usuario (não root).

Artigo nota 10, valew Fofão

[10] Comentário enviado por leandrobahia em 04/05/2010 - 17:10h

boa tarde se pode mim ajudar, eu intalei a swat e não aparece toda as opção, so aparece as seguitem, HOME,STATUS,VIEW e PASSWORD, como fasso para aparecer as outra opções?
muito obrigado!!

[11] Comentário enviado por nefa em 19/05/2010 - 10:13h

Enfim instalei o Swat para ver como era.
Como comentado pelo magnolinux
prefiro configurar na mão
muito mais prático

Mas o artigo está muito bem explicado
Parabéns

[12] Comentário enviado por DftS em 12/09/2010 - 18:23h

Parabéns Dailson seu Artigo foi mto bem bolado. e tambem bem explicativo e prático.

[13] Comentário enviado por dailson em 13/09/2010 - 10:59h

valeu DftS!

[14] Comentário enviado por anaum21 em 26/04/2011 - 13:19h

valewz dailson, belo post... bem esmiuçado... show mesmo...

[15] Comentário enviado por henriquecorbo em 22/05/2011 - 15:04h

Dailson,

Existem alguma versão desse Swat para o Fedora (rpm)?


[16] Comentário enviado por lordmorfeu em 01/07/2011 - 10:37h

Bom artigo.
Para aqueles que estão começando no mundo linux os textos de configuração as vezes assustam.
Essas ferramentas são muito uteis.
obrigado.

[17] Comentário enviado por swydyndrak em 22/07/2011 - 12:49h

nao consegui instalar no archlinux....
nao tem nos repositorios

[18] Comentário enviado por fabioled em 30/11/2011 - 01:59h

Bacana o tutorial gosto de trabalhar com o Samba e gostei muito dessa ferramenta.
Você chegou a utilizá-la com uma base LDAP, instalei ela aqui e inicialmente ainda não consegui identificar uma maneira de usar a integração. Como ela possui muitas opções na seção Advanced ainda não encontrei. Mas caso já tiver tido essa experiência com a ferramenta poderia compartilhar.

[19] Comentário enviado por fabioled em 30/11/2011 - 02:00h

Baixei aqui um tal de ldap-account-manager, li no site no samba.org que ele poem esses trem para conversar, vou pesquisar mais para saber. obrigado

[20] Comentário enviado por caje em 06/01/2012 - 10:19h

Será que alguem me poderia dar uma ajuda...Estou a tentar pela primeira vez utilizar o SWAT, mas na password sempre que tento criar um novo utilizador recebo a indicação que falhou. O que pode estar a causar isto?

Neste processo estou também a tentar conectar uma máquina com Win7 à máquina onde instalei tenho o UBUNTU com o SAMBA instalado e não consigo... porque me estará a ocorrer isto?

Obrigado

[21] Comentário enviado por ctfalci em 28/02/2012 - 10:51h

Desculpa Dalison, mas 9.5 num artigo desse?
O povo do VOL ta louco!
Esse artigo é 10. Cara demais mesmo eu não sabia dessas opções. Mas com esse SWAT da pra configurar bem mais fácil o SAMBA. Na verdade eu tinha configurado com o vi. depois eu li seu artigo e instalei na minha máquina para praticar.
Obrigado.

[22] Comentário enviado por m4cgbr em 24/05/2012 - 03:01h

Na minha opnião, o SWAT ẃ bom para quem já conhece a linha de comando e o samba, caso contrário, configurando diretamente pelo SWAT, fica dificil de um usuário iniciante por exemplo entender o que acontece por baixo de tudo, ou seja, fica dependente do SWAT.

Além disso acho mais rápido configurar via terminal (na minha opnião).

Excelente artigo. Parabéns.

[23] Comentário enviado por Gilmar Santos em 28/05/2012 - 08:58h

Parabéns pelo artigo. Simples e prático me ajudou bastante. Já havia feito meu smb.conf manualmente para uso pessoal e resolvi buscar outras formas de configurar o mesmo. O webmin foi bem vindo, mas o SWTA é bem mais prático.

[24] Comentário enviado por filiagees em 04/06/2012 - 10:41h

Artigo super detalhado, parabéns!

Pergunta: mas o SWAT não foi descontinuado?
O 'apt-cache show' inclusive diz que a configuração default não é segura em redes não confiáveis..

[25] Comentário enviado por gahost em 28/07/2012 - 11:55h

Olá eu instalei tudo certinho, que quando clico em qualquer butção por exemplo em share e manda editar fica tudo branco não mostra mais nada so mostrar se atualiar a pagina.

[26] Comentário enviado por dailson em 19/11/2012 - 17:53h

Galera,

Se alguém ainda tiver dúvidas, manda pra gente tentar solucionar.

Obrigado a todos que gostaram e elogiaram o tutorial.

Dailson Fernandes
www.dailson.com.br

[27] Comentário enviado por bonilhasilvio em 22/02/2013 - 17:41h

Artigo muito bom!

[28] Comentário enviado por Cypher em 28/04/2014 - 11:30h

Aqui não abre nada tem alguma coisa que posso fazer para conferir ou testar?

[29] Comentário enviado por Mc.Eagle em 15/10/2015 - 08:26h

Amigo o swat ainda está em atividade?

[30] Comentário enviado por dailson em 15/10/2015 - 09:46h

Rapaz...

O último update foi em 2013.
Veja http://sourceforge.net/projects/ulti-swat/
E aqui em 2012
http://ftp.net-snmp.org/projects/ulti-swat/files/SWAT/
Para operações básicas... sim... para SAMBA4 ... não.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts