Editando trilhas de GPS no formato de arquivo GPX no Linux

Este artigo apresenta uma análise rápida e prática sobre softwares disponíveis para Linux para edição de trilhas de GPS, assim como se realizar o procedimento de edição do arquivo GPX referente à trilha.

[ Hits: 8.212 ]

Por: andre uebe em 26/07/2018 | Blog: http://resa.net.br


Finalidades Wikiloc e Strava



O Wikiloc e o Strava são ambos aplicativos cuja a finalidade é o de registrar percursos, por meio do sistema de geoposicionamento global por satélite também conhecido como GPS.

Existem diversos aplicativos concorrentes do Strava, como o Garmim, por exemplo. Mas tomarei como referência o Strava, que é o que utilizo. Quanto ao Wikiloc, a finalidade deste é a de ser uma biblioteca colaborativa de percursos, como a Wikipedia o é para textos. Daí o nome Wikiloc, Wikipedia de Localizações. O Wikiloc não tem tantos concorrentes quanto Strava por se tratar de um projeto open source e colaborativo, como o é a Wikipédia, de modo que as pessoas preferem colaborar para com o projeto, em vez de ficar buscando soluções alternativas.

O Strava e similares são focados no indivíduo, buscando registrar seu desempenho pessoal em atividades físicas e possibilitando, com isto, o registro de gastos calóricos, entre outros dados de desempenho pessoal, assim como permite a participação em rankings, clubes e premiações. Já o Wikiloc tem o foco nas trilhas e percursos em si, se limitando a mostrar características das mesmas, como altitude, nível de dificuldade de execução, modalidade, geolocalização de pontos, entre outros.

O Strava e concorrentes já têm uma proposta mais voltada para o conceito de rede social, de modo que o procedimento de localizar e seguir uma trilha feita por alguém não é tão simples quanto no Wikiloc. Por esta razão o Wikiloc se torna o preferido dos utilizadores, quando se trata deste objetivo. Selecionar uma trilha em um local a qual você está recém-chegado é muito fácil no Wikiloc. Basta buscar o local no mecanismo de busca e selecionar uma das diversas trilhas feitas por colaboradores que já a percorreram. Já no Strava, este procedimento é mais difícil, uma vez que se faz necessário localizar pessoas que tenham registrado a trilha no local desejado, e a partir daí importar aquela trilha da pessoa para os seus percursos pessoais, para só daí conseguir seguir esta trilha. Então é como se diz: "cada macaco no seu galho, ou "cada aplicativo com sua funcionalidade".

No Wikiloc, o processo de importar e exportar percursos externos ao aplicativo é mais simples, ao contrário do Strava e similares, pois basta importar e exporta o arquivo com os metadados da trilha, no formato aberto GPX.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Finalidades Wikiloc e Strava
   2. Por qual razão editar uma trilha?
   3. Análise e Escolha
   4. Procedimentos para Edição da Trilha
Outros artigos deste autor

Fazendo o Palm/Treo Funcionar no Ubuntu/KUbuntu

Um breve histórico do EaD e o uso de AVAs baseados em SL

Token de Certificação para Assinatura Digital OAB - Instalação no Ubuntu 14.04/15.04

Instalando o KUbuntu / Ubuntu no notebook eeepc da Asus

Editando PDF com Inkscape

Leitura recomendada

Instalando o DBDesigner no Linux

Monitorando automaticamente o Docker com Zabbix

Zorin OS - interessante distro lançada no ano novo - primeiras impressões

Cygwin, um Linux dentro do Windows

Elastix - Identificação de chamadas pelo nome do chamador

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts