Docker + Cluster DRBD + SQL Server - Database as a Service Utilizando Volumes Replicados

Este artigo abordará como configurar dois nós em um cluster ativo/passivo através da ferramenta DRBD Manage. Entretanto, teremos um volume DRBD em modo primário/primário em ambos os hosts.

[ Hits: 6.402 ]

Por: Waldemar Dibiazi Junior em 21/03/2018


Verificando a replicação de dados para o segundo nó do Cluster



Iremos parar o container no primeiro nó do Cluster (containernode01):

docker stop SQLServer01

Verifique também que ao finalizar a execução do Container, o volume é desmontado, verificando o atributo MountPoint que antes referenciava /run/docker/drbdmanage/mnt/volumeDatabase e agora referencia somente /.

docker volume inspect volumeDatabase

Acesse o segundo nó do Cluster (containerhost02), e crie o container utilizando o comando a seguir:

docker run -name SQLServer01 -e 'ACCEPT_EULA=Y' \
-e 'SA_PASSWORD=#AdminSQLServer2017' \
-p 1433:1433 -v volumeDatabase:/var/opt/mssql \
-d microsoft/mssql-server-linux


Aguarde o pull da imagem para que o container seja criado e entre em execução.

Execute o binário do cliente sqlcmd novamente:

docker exec -it SQLServer01 /opt/mssql-tools/bin/sqlcmd -S localhost -U sa -P#AdminSQLServer2017

Liste os databases existentes:

SELECT Name from sys.Databases;
go
quit


O último select comprova que todos os database do SQL Server, inclusive o que database que criamos (empresa) foi replicado para o segundo nó do Cluster.

Esta abordagem permite definir um host de containers que atuará em modo stand by, permitindo que na ocorrência de falhas do primeiro nó, o segundo nó inicie os containers e os mesmo acesse a réplica realizada dos volumes.

Conforme pode ser verificado, com a replicação de dados garantimos a alta disponibilidade de dados persistentes para containers, bem como, com o uso do plugin e da ferramenta drbdmanage, podemos rapidamente não só provisionar um Cluster, mas realizar a criação de volumes no Docker com grande facilidade.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Mão na massa
   3. Provisionando o Cluster
   4. Instalando o serviço DRBD Manage Docker Volume Plugin
   5. Criando um container para execução do Microsoft SQL Server
   6. Verificando a replicação de dados para o segundo nó do Cluster
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Logstash + Redis + Elasticsearch + Kibana - Gerenciando logs

Instalando um novo tema no Acer Aspire One

GSlapt - Gerenciando os pacotes de seu Slackware

O primeiro FISL ninguém esquece!

Gravando área de trabalho em MP4 e depois transformando o vídeo em GIF

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts