Dicas para aprender programação

Neste artigo você vai aprender algumas dicas básicas que costumo usar com meus "discípulos" quando quero ensinar programação para alguém via internet.

[ Hits: 2.506 ]

Por: Samuel Leonardo em 21/08/2020 | Blog: https://nerdki.blogspot.com/


Dica 1: INPUT/OUTPUT - primeiro decorar, depois aprender



Introdução

Algumas vezes pode ser complicado aprender programar, ainda mais sozinho. Programação é algo que exige mais um esforço solitário do que propriamente de um grupo de pessoas ao mesmo tempo. Neste artigo veremos algumas dicas simples para aprender melhor programação e não perder tanto tempo reinventando a roda, melhor aprender com a experiência de alguém que já percorreu o caminho do que tentar fazer um caminho novo.

Dica 1: INPUT/OUTPUT - primeiro decorar, depois aprender

Essa é provavelmente a técnica mais efetiva no estudo de programação. Quando você deve aprender uma linguagem ou iniciar os estudos de programação, a melhor estratégia é apenas decorar (input) o máximo que puder para depois aprender como fazer (output). Essa técnica eu aprendi com meu amigo Thiago Hupner (thihup) quando eu ajudava ele a aprender programação.

Ele fazia exatamente isso e eu ficava surpreso porque ele conseguia decorar o programa inteiro escrito em C++ com a lib Irrlicht e eu ainda estava engatinhando no hello world com a mesma lib. Perguntei a ele como era essa mágica e ele me explicou como fazia. No caso, quanto mais você decorar programas ou comandos, mais você terá experiência para aprender. Essa técnica me lembra a teoria do Input/Output da aquisição de língua estrangeira de Stephen Krashen:

Sugiro que leia este site: Stephen Krashen's Theory of Second Language Acquisition (Assimilação Natural - o Construtivismo no Ensino de Línguas)

Ou pesquise no Google: teoria do input de Stephen Krashen

Nessa técnica o que você faz é o seguinte:

Se você tem que aprender uma nova linguagem, ou uma nova lib, ou qualquer tecnologia que seja, siga estes passos:

Supondo que queira aprender uma nova linguagem mas você NÃO sabe nenhuma linguagem:

1. Pegue um exemplo de programa com poucas linhas, tipo algo como um programa que imprime a soma de dois números.

2. Como você não tem nenhuma noção (input) do que faz aquilo, então, tente apenas ler e entender o que faz o programa, assim você ganha input compreensivo sobre aquele assunto.

3. Depois de ter certeza que você decorou (sim, decorou mesmo!) o programa e consegue mentalmente visualizar como ele é, basta agora praticar (output). Tente reproduzir todo o programa como você entende ele, caso surja dúvidas, olhe imediatamente no código que você decorou para ganhar ainda mais input (compreensão).

4. Não deixe nenhuma dúvida passar sem resposta no momento de reproduzir o código do programa.

5. Dicas de sites com códigos de programas para estudar:
No caso, nessa prática eu recomendo que você tente reproduzir todo o programa a partir de sua mentalização/decorar de antes.

Por exemplo, supondo que você decorou os comandos de um programa que soma dois números e mostra na tela, então, tente reproduzir todo o programa DEPOIS de mentalizado.

Reproduzir o mesmo programa já mentalizado é o mesmo que fazer um output da sua mente para o computador. No caso o input (compreensão) veio dos comandos decorados.

Quanto mais você decorar programas, maiores serão as chances de mais rápido você entender qualquer outro programa no mesmo nível dos que você decorou.

NOTA: aqui prefira mais a quantidade de programas entendidos ao invés da qualidade dos programas que você entendeu. Por exemplo, é melhor você saber refazer mentalmente 50 programas de 10 linhas do que saber fazer um de 500 linhas, porque no quesito experiência, você possuirá 50 programas mentalizados, enquanto que mentalizar apenas um de 500 linhas não te fará tão experiente na habilidade de programação.

O foco principal é apenas esse: ganhar o máximo de input possível (compreensão do assunto), para depois tentar reproduzi-lo (output) fazendo o que já se entendeu mas não sabe o significado.

De forma genérica, abaixo segue algo que serve para aprender tudo na programação:

1. Pegue exemplos de código do que deseja aprender, exemplos pequenos e não tão complexos, primeiro olhe o código inteiro e veja se você é capaz de entendê-los. Se sim, siga para o passo 2. Senão, procure outro código mais simples.

2. [INPUT] depois de ter alguns exemplos que você sentiu ser capaz de aprender, chegou a hora de decorar (input). Então, leia o programa e tente apenas entender como ele executa cada instrução. Comece do primeiro comando, vá para o segundo, depois o terceiro etc, até chegar no fim da execução. Aqui você está ganhando entendimento sobre o que fazer no passo seguinte. Só siga para o passo 3 se realmente sentir que é capaz de repetir o código de exemplo exatamente como você entendeu neste passo.

3. [OUTPUT] agora nesta etapa chegou a hora da prática, apenas tente reproduzir todo o programa de exemplo que você decorou no passo 2. Se chegar num ponto onde você esqueceu como o exemplo fazia, imediatamente vá ao programa de exemplo e veja como ele faça, não deixe nenhuma dúvida viva! Essa fase é a fase onde você terá dúvidas e isso é normal, então, apenas procure saná-las o quanto antes. Depois de conseguir refazer todo o programa, siga para o quarto passo se quiser.

4. [RELEMBRANDO - opcional] neste passo é tipo um desafio para você realmente aprender de verdade. Aqui, mais do que programar, você irá escrever num txt ou num caderno, ou em algo que você possa escrever frases. O que eu sugiro é: escreva o algoritmo do programa completo, sem código, só o algoritmo. Por exemplo, supondo que o programa do passo 2 que você decorou some dois números numA e numB e então mostre na tela, assim, seu objetivo neste quarto passo é apenas escrever todo o algoritmo usado no programa. Esse passo serve para fixar em seu cérebro o entendimento do programa.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Dica 1: INPUT/OUTPUT - primeiro decorar, depois aprender
   2. Dica 2: se não sabe mais o que fazer, apenas escreva os passos.
   3. Dica 3: aprenda algoritmos ou lógica de programação, mas use uma linguagem de programação
   4. Dica 4: identifique primeiro os blocos do programa: entrada, processamento e saída
   5. Dica 5: faça amigos pela internet e/ou ajude pessoas com o que você sabe
   6. Dica 6 - Aumente sua autodisciplina
Outros artigos deste autor

Desenhando um avatar do Tux no InkScape

Programação de Jogos com SDL

Algoritmo Antissocial - Recuperando o Controle da sua Mente

Tutorial SDL

Leitura recomendada

Análise dos Métodos de Ordenação usados em Algoritmos Computacionais

Linguagem C - Listas Duplamente Encadeadas

Algoritmo... como fazer?

Otimização de algoritmos

Tutorial SDL

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 21/08/2020 - 12:52h

O bom filho à casa torna! Em grande estilo, ótimo artigo.

[2] Comentário enviado por SamL em 21/08/2020 - 17:54h


[1] Comentário enviado por fabio em 21/08/2020 - 12:52h

O bom filho à casa torna! Em grande estilo, ótimo artigo.


"Eu cheguei em frente ao portão... eu voltei..."
hahaha eae Fábio, como vai indo as coisas aqui?

[3] Comentário enviado por mauricio123 em 21/08/2020 - 21:42h


Muito bom artigo.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[4] Comentário enviado por runlevel em 01/09/2020 - 01:05h

Excelente artigo,dei positivo para o mesmo.


Contribuir com comentário