Desknotes e Walkpcs

Os notebooks não brilham sozinhos nos céus da computação móvel. Outros portáteis podem ser opções interessantes, dependendo das necessidades e do perfil do candidato. Neste artigo falaremos sobre tais opções, levantando seus prós e contras.

[ Hits: 17.016 ]

Por: Perfil removido em 12/04/2007


Perfil do usuário



Conhecer o seu é indispensável, e isso não se restringe ao âmbito de computador móvel. Só que nesse caso, além da configuração convencional (poder de processamento, espaço em disco, quantidade de memória etc..), há outros aspectos a examinar.

A portabilidade é a primeiro deles. Como é um atributo caro, deve ser pensado com redobrada atenção. Vale a pena investir nesse quesito? Caso afirmativo, até que ponto? Um notebook chega a custar o dobro de um PC convencional de recursos semelhantes, e a diferença reside justamente na portabilidade e na mobilidade, termo que, no jargão dos portáteis, remete à capacidade nativa da máquina para conexão wireless a redes ou à internet, dentre outras coisas.

Mesmo que o preço não seja maior problema, investir pesado no estado da arte em tecnologia, com recursos que lhe serão totalmente inúteis não é a melhor política. Seria o mesmo que comprar um carro de corrida e usá-lo apenas para ir até a padaria da esquina, uma vez por dia. Puro desperdício. Todavia, o que é dispensável hoje poderá vir a ser imprescindível daqui a seis meses. Pense nisso. Ou ao menos, pense também nisso. (:

O usuário light, que realiza tarefas básicas de processamento de texto, navegação na internet, leitura de e-mails e outras desse gênero, precisa de um note leve e esguio, com processador da linha Celeron portáteis, HD de 20GB e 128MB de RAM, que facilita o transporte e oferece boa autonomia da bateria.

Já quem tenciona aliar portabilidade aos recursos de um PC de mesa deve investir num P4 para portáteis, HD de 40GB e 512MB de memória, na medida em que o desempenho é mais relevante que o peso do equipamento e a duração da bateria.

Os que tem na mobilidade o aspecto prioritário precisam de um notebook leve, para fácil transporte, mas com a necessidade mínima de ser plugado e com conexão constante, sem fio, e em qualquer lugar. Para esses, a tecnologia Intel Centrino é a solução mais adequada. Palavras da Intel.

Líder no mercado de processadores para desktops e também no âmbito dos portáteis, a empresa oferece em seu website (www.intel.com.br) sugestões para o interessado visualizar a configuração mais indicada ao seu caso específico e imprimir o resultado (para levá-los as lojas, quando sair a campo. Isso pode ser bastante interessante à medida que o vendedor nem sempre está sintonizado com as prioridades do consumidor, e este, por sua vez, pode não ser capaz de expressá-las com clareza.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Desknotes e Wallkpcs
   2. Perfil do usuário
   3. A escolha do modelo
   4. A marca do portátil
Outros artigos deste autor

Onde o Linux peca ao tentar atrair novos usuários

Configurando várias contas de e-mail no Thunderbird

Captive Portal Customizado

Instalando o Slackware sem sofrimento (parte 2)

Checando vulnerabilidades com o Nikto

Leitura recomendada

Uma introdução ao shell (parte 1)

Um tour pelos ripadores de CDs para Linux

Mageia 6 - 6 dicas de pós-instalação

Manjaro Linux - Treze motivos para desfrutar da simplicidade

Como um Debian é inicializado

  
Comentários
[1] Comentário enviado por liviocf em 12/04/2007 - 10:20h

Gostei do artigo! É sempre uma boa conhecer mais sobre esse segmento de computadores que pode se tornar uma alternativa para quem quer ter um "PC" portátil!!
Agora com relação ao texto, tome mais cuidado com o português, existe alguns erros simples, mas que poderiam ter sido detectados com uma segunda revisão!!!
E um ponto importantíssimo: não generalize os processadores da AMD com "processadores mais lentos e baratos", pois muitos desses processadores, como o Turion ou até mesmo os Athlon, são de excelente performance e nunca poderiam ser colocados juntos com os processadores da VIA!!!

[2] Comentário enviado por hnrm em 12/04/2007 - 12:52h

Cara só para complementar os Desknotes ja existem a pelo menos 3 anos ok.

[3] Comentário enviado por jhons em 16/04/2007 - 17:55h

muito bem escrito, e uma informação nova pra mim.

[4] Comentário enviado por removido em 21/04/2007 - 12:10h

Obrigado, valew galera!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts