Cronogramas e gestão do tempo com o LibreOffice Calc

Para quem trabalha com projetos ou gestão, um cronograma é uma ferramenta corriqueira. Infelizmente os programas específicos para isso são específicos demais. Aqui mostro como transformar o LibreOffice Calc em uma ferramenta de gestão do tempo bastante funcional.

[ Hits: 14.312 ]

Por: Bruno Rafael Santos em 10/10/2016 | Blog: http://rafaelocremix.wordpress.com/


Introdução



Ferramentas de gestão de projetos ainda são algo raro, tanto no Linux quanto no Windows. E mesmo essas são relativamente complicadas de usar. O MS Project por exemplo é focado em gestão do tempo e custos do projeto e é extremamente complicado de usar. O Plan, encontrado no ambiente Gnome, é bem mais simples e é focado na gestão de tempo. Ambos produzem cronogramas e diagramas de Gantt, mas exigem alguma prática do usuário. Outra deficiência das aplicações tradicionais é que elas produzem gráficos muito grandes e as vezes precisamos de um cronograma simples para colocar em uma apresentação para o cliente.

Uma ferramenta acessível é o LibreOffice: quase todos sabem usar o básico dele e pode ser facilmente instalado em ambos os ambientes. Outra vantagem é que as planilhas podem ser facilmente editadas e atualizadas por todos os membros do projeto, mesmo os usuários Windows ou do Excel diretamente.

Objetivo

O objetivo deste artigo é mostrar como utilizar o LibreOffice Calc para criar um cronograma relativamente funcional. O mesmo será capaz de resumir várias atividades de um projeto e ao mesmo tempo permitirá acompanhar mudanças no mesmo. Com isso teremos uma ferramenta prática de gestão de tempo à nossa disposição.

Teremos dois tipos de cronograma neste artigo. O primeiro é Cronograma Relativo (fig. 1) o qual será apresentado como uma forma de introdução à ferramenta e também é um exemplo onde ainda são indefinidas as datas de início das atividades. Este tipo de cronograma é especialmente útil para planejamento.
O segundo tipo de cronograma (fig. 2) é um Cronograma Absoluto, um cronograma que monitora o andamento do projeto ao longo de sua execução e deve seu nome ao fato de utilizar as datas reais dos eventos. Ao longo do artigo mostrarei a diferença de implementação entre um e outro. Este é o cronograma que usamos para monitoramento de projetos.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Cronograma relativo: Início, Duração, Prorrogação
   3. Cronograma Absoluto: Executado vs. Planejado
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

Campos no LibreOffice: usos e abusos

Devo atender? Um ótimo aplicativo para bloquear Telemarketing

Recuperação de arquivos do LibreOffice

Python para pesquisadores: material didático

Calculando o Imposto de Renda 2015 com o LibreOffice Calc

Leitura recomendada

LibreOffice 3.4.5 no Ubuntu 11.04

Corretor Ortográfico no Vim - Guia definitivo

Slackbuilds para leigos

Suítes de escritório com corretor ortográfico e gramatical no GNU/Linux

LibreOffice Writer 5 vs. Microsoft Word 2010

  
Comentários
[1] Comentário enviado por morvan em 11/10/2016 - 14:28h

Boa tarde.
Excelente e inusual artigo.
Apenas, a bem da verdade, um pouco fora do tópico, mas solicitar à Moderação que verifique umas "correções" meio paranoicas, até mesmo carolas de alguns termos. Donde se lê, por exemplo:
"... Com isso a série de dados desaparece do gráfico, mas preserva as posições das demais dando a ilusão de edentação tí[*****] do diagrama de Gantt..."
. Tenho certeza, pelo contexto, que o articulista quis dizer algo trivial, usual, típico, e não "ti-pycas". Este tipo de filtro, apesar da intenção, que, em si, é boa, acaba por obscurecer o artigo.
Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

[2] Comentário enviado por Freud_Tux em 16/10/2016 - 21:34h

Gostei do artigo e favoritei ele ;)

Eu gosto de usar o Plan, mas para tarefas pequenas e "rápidas" ele as vezes atrapalha um pouco. Esse uso do Calc parece ser uma solução para esse tipo de situação ;)

T+
______________________________________________________________________

Noob: "[...]Sou muito noob ainda usando o terminal, então preciso de ajuda "mastigada", pra operá-lo."

zhushazang: "Sou velho e meus dentes desgastados. Estude linux www.guiafoca.org";

[3] Comentário enviado por removido em 21/10/2016 - 12:33h

Gostei do artigo, muito bom!!

Carlos Filho

http://opensuseblogbr.blogspot.com.br/


Contribuir com comentário