Criando uma rede entre o PC Virtual com Linux e o Windows usando Virtual PC

Configurar a internet no VPC me dava muitas dores de cabeça até quando eu descobri essa maneira simples de estabelecer uma rede entre o PC virtual e a máquina física usando o Virtual PC.

[ Hits: 43.396 ]

Por: Henrique da Silva Deziderio em 12/11/2007


Introdução - Microsoft Loopback Adapter



Já foram publicados aqui no VOL muitos artigos sobre máquinas virtuais (usando VMWare ou Virtual PC), de modo que não vejo necessidade de explicar tudo novamente. Mas nunca haviam dito como criar uma rede entre o PC virtual e o PC físico. É relativamente fácil fazer isso com Windows instalado na máquina virtual, mas não há nada na internet (pelo menos à primeira vista no Google) que ajude a fazer isso no Linux. Eu mesmo vivia cheio de dor de cabeça tentando encontrar uma maneira de como configurar uma rede até que, explorando um PC virtual alheio, descobri a resposta em três palavras: Microsoft Loopback Adapter.

Mas o que vem a ser essa joça? E por que tem que ter Microsoft no meio se todos repudiamos Bill Gates e seu jeito capitalista de pensar?

A resposta: há, no Windows XP, uma maneira de criar uma rede virtual num simples computador. De início parece inútil, mas quando se tem um PC Virtual instalado a coisa muda de figura. E você não precisa instalar nada.

O Microsoft Loopback Adapter é uma ferramenta de testes para um ambiente de rede virtual no qual o acesso à rede não está disponível. Além disso é necessário usar o adaptador de Loopback se houver conflitos com um adaptador de rede ou com um driver de adaptador de rede. É possível vincular os clientes de rede, os protocolos e outros itens de configuração de rede ao adaptador de Loopback, além de instalar o driver de adaptador de rede ou o adaptador de rede, posteriormente, enquanto mantém as informações de configuração da rede. Também é possível instalar o adaptador de Loopback durante o processo de instalação autônoma. (fonte: http://support.microsoft.com/kb/839013/pt-br)

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução - Microsoft Loopback Adapter
   2. Instalando e configurando o Loopback Adapter
   3. Configurando a máquina Virtual
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Utilizando quota em XFS

ISCSI - Um sistema de transferência de arquivos diferente

Trabalhando com init no Debian

Replicando e distribuindo armazenamento de arquivos através de quatro servidores usando Cluster (GlusterFs) no Debian Lenny

Diferenças entre o sistema de arquivos do Windows e Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por magnolinux em 13/11/2007 - 01:07h

iai Henrique, muito boa dica eu estou a um tempao tentando fazer a minha maquina virtual Linux comunicar com meu sistema local pelo virtual box, Seu artigo vai ajudar muitos.
parabes e o vol agradeçe.

[2] Comentário enviado por cruzeirense em 13/11/2007 - 08:15h

Caso sua máquina windows já esteja na rede você pode definir que a interface de rede da máquina virtual seja a mesma do windows. Neste caso bastaria configurar um ip, netmask, gatway e dns para a máquina virtual estar na rede como qualquer outra máquina, sendo também enxergada como um computador comum, e teria inclusive acesso normal a internet...

[3] Comentário enviado por felipezs em 29/07/2008 - 11:37h

Henrique, estou tentando fazer a mesma coisa,só que com o virtualbox, e nao descobri como fazer. Vc sabe fazer o mesmo no virtualbox?

[4] Comentário enviado por nenedacomunidade em 21/12/2015 - 18:56h

NO LINUX TAMBÉM DÁ!
Uma interface de circuito fechado é uma interface virtual, que não está ligado a qualquer dispositivo. Interfaces de loopback são muito úteis porque eles nunca vão para baixo, a menos que todo o sistema vai para baixo. Interface de auto-retorno realmente ajuda a aprender a comunicação entre o host eo sistema operacional convidado e também ajuda na compreensão dos laboratórios reais complexas de estruturas de rede utilizando simulador de rede GNS3.

COMO: Configurar o interface de auto-retorno no Linux?

Entrando “ifconfig” no terminal sem especificar quaisquer opções irá fornecer uma descrição bastante completa do estado atual de todas as interfaces de rede ativas.

Executando os seguintes comandos no terminal irá instalar de modo de utilizador de serviços públicos Linux “uml-utilities”, dá um tipo de ambiente virtual, que roda Linux como um processo do usuário sob o outro kernel do Linux. Este pacote tem um pacote de utilitários de espaço do usuário para Linux de modo de utilizador, incluindo uml_mconsole, uml_moo, uml_switch, uml_net e tunctl.

$ sudo apt-get install uml-utilities

$ modprobe tun

$ tunctl

$ ifconfig tap0 172.16.1.1 netmask 255.255.255.0 up

$ ifconfig

O comando acima irá criar uma interface de auto-retorno “tap0”, que inclui o endereço IP 172.16.1.1 com máscara de rede 255.255.255.0
No meu blog tá mais detalhado.

Veja mais informação em:
http://imsudo.com/how-to-configure-loopback-interface-in-linux-windows/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts