Criando sites com o Zope

Aqui resumo o que achei de mais importante nessa fantástica plataforma para criação de sites dinâmicos, mais alguns links para quem quiser iniciar no mundo do Zope.

[ Hits: 28.209 ]

Por: Mauricio em 25/09/2003 | Blog: http://www.mbmaciel.com


O que é Zope?



Zope é um acrônimo para "Z Object Publishing Environment" (Ambiente Z para Publicação de Objetos), foi desenvolvido pela Digital Creations Inc., que hoje é Zope Corporation devido à marca Zope ter superado a marca Digital Creations.

Zope é um ambiente para a construção e gerenciamento de aplicações Web com foco no seu conteúdo, ou seja, é um gerador de páginas Web dinâmico, que interpreta os fragmentos de códigos Zope e HTML em seus templates e gera uma saída HTML compreensível para qualquer navegador Web. Isso significa dizer que não existem páginas "estáticas" no Zope, todas as páginas em um servidor Zope são geradas dinamicamente (no momento em que o servidor recebe o pedido do browser).

O Zope tem aproximadamente 85% do seu código escrito em Python, onde a aplicação necessitava maior performance o código foi convertido para C++. É registrado com a licença ZPL (Zope Public License), que é uma licença Open Source compatível com a GPL, sendo possível estudar e alterar seu código fonte que está disponível para diversas plataformas como Unix, Linux, Windows, etc.

Como funciona?

O Zope usa uma linguagem chamada DTML. Se preferir, você pode simplesmente criar seus documentos em HTML, usando o Zope apenas pela interface de administração via web, mas isso seria um desperdício. O domínio da DTML (mesmo que apenas os recursos mais básicos) pode tornar seu trabalho de criação, integração, manutenção e atualização de site muito mais fácil e poderoso.

O que é DTML?

DTML significa Document Template Markup Language - ou, Linguagem de Marcação para Modelos de Documento.

A primeira coisa importante que percebemos pelo nome é que a DTML não é usada para criar documentos; quando você usa DTML, o documento propriamente dito é criado pelo Zope, no momento da requisição do browser. O código DTML cria um modelo de documento, que será transformado em um documento usando dados que podem variar independentemente do modelo.

Como funciona ?

A DTML é uma linguagem pseudo-XML. Ou seja, seu formato é similar ao HTML, com tags marcadas com sinais de menor e maior (<tag>).

Mas isso não causa confusão com o código HTML? Não, pelo contrário. A DTML foi projetada assim justamente para se integrar ao HTML. Para isso, ela tem uma propriedade fora do padrão XML: todos os tags não reconhecidos são deixados no texto final.

Todos os tags DTML têm nomes começando com dtml; por exemplo, <dtml-var name=title> (insere no texto o valor da propriedade "title").

A imensa maioria dos tags DTML têm dois atributos padrão: name e expr. O atributo name, como vimos no exemplo, é usado para se referir a um objeto ou propriedade. O atributo expr é similar; é usado para calcular uma expressão mais complexa (em Python - a linguagem de programação usada no Zope).

Como esses dois atributos são tão comuns, e normalmente mutuamente exclusivos (ou seja, você vai usar um deles ou o outro), existe um "atalho" para eles:
  • <dtml-xxx abc> é equivalente a <dtml-xxx name=abc>;
  • <dtml-xxx "abc"> (com aspas) é equivalente a <dtml-xxx expr="abc">.


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é Zope?
   2. Como eu configuro meu servidor pra usar o Zope?
Outros artigos deste autor

Gravando mp3 usando o XMMS

Como hospedar um site no seu próprio micro

Criando um banner em flash no Linux

Usando o Lynx para atualizar informações no seu site

Impressione seus amigos mudando as músicas no seu computador pelo celular

Leitura recomendada

Instalando o aMSN com suporte a SSL no OpenBSD

DHCP e BIND9 - Se entendendo via Dynamic DNS

Instalando o MSN-Proxy 0.7 no OpenSuSE 11.1 Linux

Transformando o Linux em um Access Point com hostapd

Apache 2 + mod_perl 2.0.1

  
Comentários
[1] Comentário enviado por bobfrank em 27/09/2003 - 11:40h

Olá Mordecai,
O Zope foi muito falado em 2001/2002 mas parece que foi para o esquecimento, eu mesmo tentei criar algo mas barrei no preço de um servidor que suportasse Zope, ter de aprender DTML (por que não XML direto?) e as vezes ainda ter que desenvolver em Python (que é fantástica). Achei que não valia a pena estudar tanta coisa nova e ficar falando sozinho. Atualmente também temos diversos CMS muito bons em PHP, Java e gratuitos e com a vantagem de mais desenvolvedores. O que você acha?

[2] Comentário enviado por mbmaciel em 28/09/2003 - 13:03h

Olá bobfrank,

Concordo em parte, pois estamos no brasil e aqui temos que aguentar a enorme influência "cultural" da microsoft. O que não ocorre lá fora. Veja por exemplo o ASP.net completamente emperrado, mas aqui se fala como se fosse o futuro do mundo !

Até mesmo o PHP aqui é tratado como se fosse uma linguagem "diferente" - é linguagem daquele tal de linux - dizem. A maioria prefere mesmo é o ASP, já esquecido até mesmo pela sua desenvolvedora.

Na Europa o Zope continua sendo desenvolvido, tanto que as versões novas continuam saindo. Mas por aqui , o que falta é o pessoal acordar que existe um mundo muito além da micro$oft.

[3] Comentário enviado por carlosschneider em 05/06/2004 - 14:34h

ola.

Tenho Windows XP e uma conexão ADSL 24 horas, criei um dominio mais não consigo configura meu servidor tenho o software Dynsite para Windows necessito ajuda urgente meu Email é
carloschneide56@hotmail.com

Atenciosamente.

Carlos


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts