QRCODE - Código de barras bidimensional

Conheça o Quick Response Codes, transforme palavras, sites, endereços e textos em apenas uma imagem em código de barras em 2D. Imagine criar sua marca, seu endereço, qualquer informação no QRCODE e basta a pessoa ter um celular com câmera e será lida toda a informação gerada no código de barras 2D.

[ Hits: 39.350 ]

Por: Paulo Roberto Junior - WoLF em 12/03/2009


Introdução



O QR Code (ou Código de Barras em 2D) é uma matriz ou código de barras bidimensional, criado pela empresa Japonesa Denso-Wave, em 1994.

O QR vem de Quick Response, pois o código pode ser interpretado rapidamente, mesmo com imagens de baixa resolução, feitas por câmeras digitais em formato VGA, como as de celulares.

O QR Code é muito usado no Japão.

Exemplo de um QRCODE, dentro desta imagem está na verdade escrito somente "http://www.vivaolinux.com.br"
Linux: QRCODE - Código de barras bi-dimensional
Exemplo de seu funcionamento:
Linux: QRCODE - Código de barras bi-dimensional
Inicialmente usados para catalogar diferentes partes na construção de veículos, hoje o QR Code é usado no gerenciamento de inventário em uma grande variedade de indústrias.

Desde 2003 estão sendo desenvolvidas aplicações direcionadas para ajudar os usuários na entediante tarefa de adicionar dados em telefones celulares.

Os QR Codes são muito comuns também em revistas e propagandas, onde usam-se os códigos para guardar endereços e URLs, além de informações pessoais detalhadas, no caso de cartões de visitas, facilitando muito a inserção destes dados em agendas de telefones celulares. Consumidores com programas de captura ou PCs com interface RS-232C podem usar um scanner para capturar as imagens.

O padrão Japonês para QR Code, JIS X 0510, foi disponibilizado em janeiro de 1999 e corresponde ao padrão internacional ISO/IEC 18004. Foi aprovado em junho de 2000. "QR Code é aberto para uso e sua patente, pela Denso-Wave, não é praticada." (retirado do site da Denso-Wave).

A banda Pet Shop Boys utilizou imagens do código QR no clipe da música "Integral". São dezenas de códigos que aparecem durante o clipe. Todas as imagens quando decodificadas apresentam links para diferentes sites, em geral tratando da questão da privacidade no mundo contemporâneo.

No Brasil, o primeiro anúncio publicitário a utilizar o código QR foi publicado pela Fast Shop em dezembro de 2007. Mais tarde a Nova Schin publicou um anúncio com o código em junho de 2008 e a Claro fez uma campanha utilizando o Código QR em novembro de 2008.

Também em novembro de 2008, durante o Salão do Automóvel, a Volkswagen aproveitou o código para uma pequena ação em sua estande.

Capacidade de armazenamento:
  • Numérica - Max. 7.089 caracteres
  • Alfanumérica - Max. 4.296 caracteres
  • Binário (8 bits) - Max. 2.953 bytes
  • Kanji/Kana - Max. 1.817 caracteres

Capacidade de correção de erros:
  • Nível L 7%
  • Nível M 15%
  • Nível Q 25%
  • Nível H 30%

Texto extraído da fonte Wikipédia On-line.
(Fonte: Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/QR_Code)
Imagens geradas em site.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalando as bibliotecas do QRCODE no Linux
   3. Lendo e usando seus QRCODES
Outros artigos deste autor

FAM - Monitorar alteração de arquivos

Twitter Clone - Floopo - Mais um Micro blogging open source

Servidor de monitoramento Nagios

Ferramenta Forense de Análise de Rede (NFAT) - Xplico

GINGA - Software Livre para TV Digital Brasileira

Leitura recomendada

Configurando conexão Speedy no Slackware 10

Passos essenciais para configurar seu modem 3G no Linux

Chrome Remote Desktop - O serviço de acesso remoto do Google

Flash 9 com som OSS

IPv6 - Esclarecendo dúvidas

  
Comentários
[1] Comentário enviado por d4n1 em 12/03/2009 - 13:28h

Bem interessante o artigo! Pàrabéns! Vou testar!

[2] Comentário enviado por isaque_alves em 15/03/2009 - 16:50h

Legal mesmo...

[3] Comentário enviado por juliaojunior em 17/03/2009 - 09:06h

Muito bom. Já havia visto brevemente sobre o assunto, e é realmente muito interessante.

Parabéns.

[4] Comentário enviado por shocker em 17/03/2009 - 12:15h

Excelente artigo!
Parabéns! :)

[5] Comentário enviado por removido em 22/07/2009 - 09:10h

Bom artigo pelos links e pelas informações sobre as dependências, mas superficial na descrição do funcionamento e das aplicações.
Faltou informar que é necessário ter o programa javac instalado, que vem em um desses pacotes:
openjdk-6-jdk
ecj
gcj-4.3
java-gcj-compat-dev
gcj-4.2
jikes-classpath
jikes-kaffe
kaffe
sun-java5-jdk
sun-java6-jdk
No geral, legal.

[6] Comentário enviado por manchatnt em 05/09/2009 - 19:17h

Acho q falta alguma dependencia quando executo ./configure

./configure: line 12315: syntax error near unexpected token `$SDL_REQUIRED_VERSION,,{'
./configure: line 12315: ` AM_PATH_SDL($SDL_REQUIRED_VERSION,,{ echo "$as_me:$LINENO: WARNING: *** SDL $SDL_REQUIRED_VERSION or better is required." >&5'



[7] Comentário enviado por cabelo em 01/12/2009 - 11:34h

Coloquei o QRCode no meu Blog e estou interpretando o código com uma webcam. Vejam http://cabelovivaolinux.wordpress.com/2009/12/01/lendo-qrcode-com-webcam/

[8] Comentário enviado por landex em 16/06/2010 - 16:55h

Bem legal!!!

[9] Comentário enviado por jotape_saraiva em 11/10/2012 - 12:33h

Muito firme, mas já existe um site em que você pode fazer isso online.
http://qrcode.kaywa.com/



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts