Conky: Manual traduzido pt-BR

Este artigo possui o manual completo e traduzido do monitor de sistema para X, Conky. Decidi fazer esta tradução em razão do fato de não dominar muito bem a língua inglesa. Então, havia um grande abismo em meio a meu aprendizado em relação a esta brilhante ferramenta. Utilizei de algumas ferramentas on-line para me ajudar nesta tarefa, fazendo as adaptações necessárias para tornar o documento o mais coerente e simples possível. A principal função deste artigo é servir como um guia de consulta, referente ao que cada objeto, variável ou opção do conky faz.

[ Hits: 9.667 ]

Por: User not found em 12/05/2018


Objetos/Variáveis



Como já dito, o Conky é muito rico em recursos. Além de poder usar programas externos, como scripts, para melhorá-lo, você conta também com uma quantidade enorme de recursos já embutidos, voltados para as mais diversas finalidades.

Desde que você possua criatividade e uma capacidade razoável capacidade de ler e escrever, com certeza não terá nenhuma dificuldade em domar este brinquedo.

Os objetos e variáveis, são o que definem exatamente o que seu conky irá exibir na tela, você pode começar a declara-las abaixo da sessão de configurações, separando-as por uma linha, onde fica escrito "TEXT" para informar ao programa que ali inicia a sessão dos objetos e variáveis.

Assim como em shell script, as varáveis no conky devem ser indicadas pelo cifrão "$". Exemplo: ${var_example par1}

Caso o cifrão não seja inserido o conky interpretará a linha como sendo texto comum, e escreverá-o no desenho, ao invés do valor da variável.

Também é possível criar linhas comentadas, com uma tralha "#", estas linhas servem para você mesmo se orientar no arquivo, e para organizar melhor as coisas. Sendo assim, nem preciso dizer né? Linhas comentadas não são interpretadas, ou seja, não afetam em nada a execução do conky.

As cores são analisadas usando o Xparsecolor(). Pode haver uma lista delas: /usr/share/X11/rgb.txt. A cor também pode estar no formato #rrggbb (hex).

Alguns objetos podem criar threads, e às vezes esses threads não serão destruídos até que o Conky seja encerrado. Não há como destruir ou limpar um threads enquanto o Conky está funcionando. Por exemplo, se você usar uma variável MPD, o segmento MPD continuará funcionando até que o Conky termine. Alguns objetos usarão um dos parâmetros como uma 'chave', de modo que você tenha apenas 1 thread relevante executando (por exemplo, os objetos $curl, $rss e $weather lançam um thread por URI).

As variáveis disponíveis são:

acpiacadapter (adapter)
ACPI, ac adapter state ou, estado do adaptador de corrente alternada. No Linux, a opção de adaptador especifica a subpasta de /sys/class/power_supply contendo a informação de estado (tenta "AC" e "ADP1" se não houver nenhum argumento dado). Os sistemas não-Linux ignoram-no.

acpifan
Estado do ventilador ACPI.

acpitemp
Temperatura ACPI em C.

addr (interface)
Endereço IP para uma interface, ou "Sem Endereço" se nada for atribuído.

addrs (interface)
Endereços IP para uma interface (se um - funciona como addr). Somente Linux.

adt746xcpu
Temperatura da CPU de therm_adt746x.

adt746xfan
Velocidade do ventilador de therm_adt746x.

alignc (num)
Alinhar texto no centro.

alignr (num)
Texto justificado à direita, com espaço N.

apcupsd host port
Configura a conexão ao daemon apcupsd. Não imprime nada, padrão para localhost: 3551

apcupsd_cable
Imprime o tipo de conexão do no-break.

apcupsd_charge
Capacidade atual da bateria em porcentagem.

apcupsd_lastxfer
Razão para a última transferência de linha (carga) para bateria.

apcupsd_linev
Tensão de entrada nominal.

apcupsd_load
Carga atual em percentagem.

apcupsd_loadbar
Barra mostrando carga atual.

apcupsd_loadgauge (height),(width)
Medidor que mostra a carga atual.

apcupsd_loadgraph (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico do histórico da carga atual.

apcupsd_model
Imprime o modelo da UPS.

apcupsd_name
Imprime o nome definido pelo usuário da UPS.

apcupsd_status
Imprime o status atual (on-line, on-battery).

apcupsd_temp
Temperatura interna atual.

apcupsd_timeleft
Tempo restante para funcionar com bateria.

apcupsd_upsmode
Imprime o modo UPS (e.g. standalone).

apm_adapter
Exibir o status do adaptador APM AC (FreeBSD, OpenBSD somente).

apm_battery_life
Exibir a duração da bateria APM em porcentagem (FreeBSD, OpenBSD somente).

apm_battery_time
Exibir a duração da bateria APM restante em hh:mm:ss ou "desconhecido" se o dispositivo de adaptador CA estiver on-line ou carregado (FreeBSD, OpenBSD somente) .

audacious_bar (height),(width)
Barra de progresso.

audacious_bitrate
Bitrate da música atual.

audacious_channels
Número de canais de áudio da música atual.

audacious_filename
Caminho completo e nome do arquivo da música atual.

audacious_frequency
Frequência de amostragem da música atual.

audacious_length
Comprimento total da música atual como MM: SS.

audacious_length_seconds
Comprimento total da música atual em segundos.

audacious_main_volume
O volume atual obtido do Audacious.

audacious_playlist_length
Número de músicas na lista de reprodução.

audacious_playlist_position
Posição da lista de reprodução da música atual.

audacious_position
Posição da música atual (MM: SS).

audacious_position_seconds
Posição da música atual em segundos.

audacious_status
Estado do player (Playing/Paused/Stopped/Not running).

audacious_title (max length)
Título da música atual com especificador de comprimento máximo.

battery (num)
Estado da bateria e porcentagem da capacidade restante da bateria ACPI ou APM. O número da bateria ACPI pode ser dado como argumento (o padrão é BAT0).

battery_bar (height),(width) (num)
Porcentagem restante da bateria ACPI em barra. O número da bateria ACPI pode ser dado como argumento (o padrão é BAT0, use tudo para obter a porcentagem média restante para todas as baterias).

battery_percent (num)
Porcentagem de energia restante para a bateria ACPI. O número da bateria ACPI pode ser dado como argumento (o padrão é BAT0, use tudo para obter a porcentagem média restante para todas as baterias).

battery_short (num)
Estado da bateria e porcentagem de capacidade restante da bateria ACPI ou APM. O número da bateria ACPI pode ser dado como argumento (o padrão é BAT0). Este modo exibe um status curto, o que significa que C é exibido em vez de carregar, D para descarregar, F para total, N para não presente, E para vazio e U para desconhecido.

battery_time (num)
Tempo de carga/descarga da bateria ACPI. O número da bateria ACPI pode ser dado como argumento (o padrão é BAT0).

blink text_and_other_conky_vars
Faz textos, variáveis entre outros piscarem.

bmpx_album
Álbum da faixa BMPx atual.

bmpx_artist
Artista da faixa BMPx atual.

bmpx_bitrate
Bitrate da faixa BMPx atual.

bmpx_title
Título da faixa BMPx atual.

bmpx_track
Número da faixa da faixa BMPx atual.

bmpx_uri
URI da atual faixa BMPx.

buffers
Quantidade de memória armazenada em buffer.

cached
Quantidade de memória armazenada em cache.

cmdline_to_pid string
PID do primeiro processo de uma sequência da linha de comando.

cmus_aaa
Imprime o status aaa do cmus (all/artist/album).

cmus_album
Imprime o álbum da música atual no cmus.

cmus_artist
Imprime o artista da música atual no cmus.

cmus_curtime
Progresso atual da música no cmus.

cmus_file
Imprima o nome do arquivo da música atual no cmus.

cmus_date
Imprima a data da música atual no cmus.

cmus_genre
Imprima o nome do gênero da música atual no cmus.

cmus_percent
Porcentagem do progresso da música no cmus.

cmus_progress (height),(width)
Barra de progresso da música atual no cmus.

cmus_random
Status aleatório do cmus (on/off).

cmus_repeat
Status 'repeat' do cmus (song/all/off).

cmus_state
Estado atual do cmus (playing, paused, stopped etc).

cmus_timeleft
Tempo restante da música atual no cmus.

cmus_title
Imprime o título da música atual no cmus.

cmus_totaltime
Comprimento total da música atual no cmus.

cmus_track
Imprima o número da faixa atual no cmus.

color (color)
Altere a cor. Pode ser uma cor indicada pelo nome (red,purple,green...) ou um hexcode (por exemplo 0A1B2C). Se você usa ncurses, apenas as seguintes cores são suportadas: red, green, yellow, blue, magenta, cyan, black, white.

colorN
Altere a cor do desenho para a opção de configuração ColorN, onde N é um dígito entre 0 e 9, inclusive.

combine var1 var2
Coloca as linhas da var2 à direita das linhas de var1 separadas pelos caracteres que são colocados entre var1 e var2. Por exemplo: $${combine ${head /proc/cpuinfo 2} - ${head /proc/meminfo 1}} dá como saída "cpuinfo_line1 - meminfo_line1" na linha 1 "cpuinfo_line2 -" na linha 2. $ combinar vars pode também ser aninhado para colocar mais vars um ao lado do outro.

conky_build_arch
Arquitetura de CPU que o Conky foi construído.

conky_build_date
Data que o Conky foi construído.

conky_version
Versão do Conky.

cpu (cpuN)
Uso da CPU em porcentagen. Para máquinas SMP, o número da CPU pode ser fornecido como um argumento. ${cpu cpu0} é o uso total, e ${cpu cpuX} (X >= 1) são CPUs individuais.

cpubar (cpuN) (height),(width)
Barra que mostra o uso da CPU, height é a altura da barra em pixels. Veja $cpu para obter mais informações sobre SMP.

cpugauge (cpuN) (height),(width)
Um indicador elíptico que mostra o uso da CPU, a altura e a largura (height, width) são o eixo horizontal e vertical do medidor, respectivamente. Veja $cpu para obter mais informações sobre SMP.

cpugraph (cpuN) (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico de uso da CPU, com cores opcionais em hexadecimal (sem o #). Veja $cpu para obter mais informações sobre SMP. Use a escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Use o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor de gráfico particular (experimente e veja).

curl url (interval_in_minutes)
Faça o download de dados da URI usando Curl no intervalo especificado. O intervalo pode ser o valor do ponto flutuante positivo (0 é permitido), caso contrário, o padrão é 15 minutos. O mais útil quando usado em conjunto com Moon e Moon API. Um segmento será executado para cada URI especificado. Você pode usar qualquer protocolo que Curl suporte.

desktop
Número da área de trabalho em que o conky está sendo executado ou a mensagem "Not running in X" se este for o caso.

desktop_name
Nome da área de trabalho em que o conky está sendo executado ou a mensagem "Not running in X" se este for o caso.

desktop_number
Número de desktops ou a mensagem "Not running in X" se este for o caso.

disk_protect device
Status da proteção do disco, se suportado, (precisa de kernel-patch). Imprime "frozen" ou "free ".

diskio (device)
Exibe o IO de disco atual. O dispositivo é opcional e assume a forma de sda para /dev/sda. Um rótulo de dispositivo de bloco pode ser especificado com o rótulo: foo. Também são permitidas partições individuais.

diskio_read (device)
Exibe a taxa de leitura do disco indicado. Dispositivo como em diskio.

diskio_write (device)
Exibe a taxa de gravação do disco indicado. Dispositivo como em diskio.

diskiograph (device) (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico de IO de disco, cores são definidas em hexadecimal (sem o #). Se a escala (scale) for diferente de zero, torna-se a escala para o gráfico. Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Use o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

diskiograph_read (device) (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico de IO de leituras do disco, cores são definidas em hexadecimal, (sem o #). Se a escala (scale) for diferente de zero, torna-se a escala para o gráfico. Dispositivo como em diskio. Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Use o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

diskiograph_write (device) (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico de IO de gravações do disco, cores são definidas em hexadecimal, (sem o #). Se a escala (scale) for diferente de zero, torna-se a escala para o gráfico. Dispositivo como em diskio. Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Use o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

distribution
O nome da distribuição. Pode ser que algumas das distribuições não testadas apareçam erradas ou como "unknown", se for esse o caso você pode publicar um erro no sourceforge, certifique-se de que contém o nome da sua distribuição, o conteúdo de /proc/version e se houver um arquivo que só existe na sua distribuição, adicione também o caminho desse arquivo no bug. Se não houver tal arquivo, adicione outra maneira que podemos usar para identificar sua distribuição.

downspeed (net)
Velocidade de download em unidades IEC adequadas.

downspeedf (net)
Velocidade de download em KiB com uma decimal.

downspeedgraph (netdev) (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico da velocidade de Download, as cores são definidas em hexadecimal, (sem o #). Se a escala (scale) for diferente de zero, torna-se a escala para o gráfico. Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Use o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

draft_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails marcados como rascunho na caixa de e-mail especificada ou se não no spool do e-mail. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

else
Texto para mostrar se qualquer um dos itens acima não é verdadeiro.

endif
Termina um bloco de $if.

entropy_avail
Entropy disponível para crypto freaks.

entropy_bar (height),(width)
Barra normalizada entropy disponível para crypto freaks.

entropy_perc
Porcentagem entropy disponível em comparação com o agrupamento.

entropy_poolsize
Tamanho total do pool de entropy do sistema para crypto freaks.

eval string
Avalia uma string determinada de acordo com as regras da interpretação conky.text, isto é, analisando todas as especificações de objeto de texto contidas em sua saída, qualquer '$$' ocorrendo em um único $ e assim por diante. A saída é então analisada novamente.

eve api_userid api_key character_id
Obtém sua habilidade de treinamento atual dos servidores da Eve Online API (http://www.eve-online.com/) e exibe a habilidade junto com o tempo de treinamento restante.

exec command
Executa um comando de shell e exibe a saída no conky. Aviso: isso requer muito mais recursos do que outras variáveis. Os desenvolvedores recomendam codificar o comportamento desejado em C e postar um patch.

execbar command
O mesmo que exec, exceto se o primeiro valor retornado for um valor entre 0 e 100, se for, usará esse número para formar uma barra. O tamanho das barras pode ser controlado através da configuração em default_bar_size.

execgauge command
Igual ao exec, exceto se o primeiro valor retornado for um valor entre 0 e 100, se for, usará esse número para formar um indicador. O tamanho para os medidores pode ser controlado através da configuração em default_gauge_size.

execgraph (-t) (-l) command
Igual ao execbar, mas valores são em gráficos. Usa uma escala logarítmica quando a opção log (-l switch) é dada (para ver números pequenos). Os valores ainda precisam estar entre 0 e 100. O tamanho dos gráficos pode ser controlado através da configuração em default_graph_size. Use o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor de gráfico particular (experimente e veja). Se -t ou -l é o seu primeiro argumento, você precisará antecipar-lo por um espaço (' '). Você também pode usar aspas duplas em torno do argumento exec se você precisar executar um comando com espaços. Por exemplo, ${execgraph "data + '%S'"} para executar `date + '%S'` e graficar o resultado. Sem citações, simplesmente imprimiria o resultado de "date".

execi interval command
O mesmo que exec, mas com intervalo específico. O intervalo não pode ser inferior ao update_interval na configuração. Veja também $texeci.

execibar interval command
Igual ao execbar, exceto com um intervalo.

execigauge interval command
O mesmo que execgauge, mas em um intervalo, com valores de arg em medidores.

execigraph interval (-t) (-l) command
O mesmo que execgraph, mas em um intervalo, com valores de arg em gráficos. Se -t ou -l é o seu primeiro argumento, você precisará antecipar-lo por um espaço (' ').

execp command
Executa um comando de shell e exibe a saída em conky. Aviso: isso requer muito mais recursos do que outras variáveis. Os desenvolvedores recomendam codificar o comportamento desejado em C e postar um patch. Isso difere de $exec na medida em que analisa a saída do comando, então você pode inserir coisas como ${color red} oi! ${color} em seu script e faça isso corretamente analisado pelo Conky. Advertências: o Conky analisa e avalia a saída de $execp a cada vez que o Conky faz loops e, em seguida, destrói todos os objetos. Se você tentar usar qualquer coisa como $execi dentro de uma instrução $execp, ela funcionará funcionalmente no mesmo intervalo que a instrução $execp é executada, pois é criada e destruída em todos os intervalos.

execpi interval command
O mesmo que execp, mas com um intervalo específico. O intervalo não pode ser inferior ao update_interval na configuração. Observe que a saída do comando $execpi ainda é analisada e avaliada em todos os intervalos.

flagged_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails marcados na caixa especificada ou se não no spool do e-mail. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

font (font)
Especifique uma fonte diferente. Essa nova fonte se aplicará à linha atual e à todas seguintes. Você pode usar uma fonte $ sem argumentos para mudar de volta para a fonte padrão (muito parecido com $color).

format_time seconds format
Formato de tempo dado em segundos. Esta var só funciona quando a configuração de timeecs em segundos está ativada. O formato é uma string que deve começar e terminar com um "-char. The" -chars não são parte da saída, \w,\d,\h,\m,\s,\(,\) e \\, são substituídos por semanas, dias, horas, minutos, segundos, (e) e \. Se você deixar de fora uma unidade, seu valor será expresso na união mais alta, mais baixa do que a esquerda. O texto entre () -chars não será visível se uma unidade substituída neste texto for 0. Se segundos for um número decimal, então você pode ver os números atrás do ponto usando \S seguido de um número que especifica a quantidade de dígitos atrás O ponto que você deseja ver (máximo 9). Você também pode colocar um 'x' atrás \S, então você tem todos os dígitos atrás do ponto e nenhum zero próximo (também no máximo 9).

forwarded_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails marcados como encaminhados na caixa especificada ou se não no spool do e-mail. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

freq (n)
Retorna a frequência da CPU #n's em MHz. As CPUs são contadas a partir de 1. Se omitido, o parâmetro padrão é 1.

freq_g (n)
Retorna a frequência da CPU #n's em GHz. As CPUs são contadas a partir de 1. Se omitido, o parâmetro é padrão para 1.

fs_bar (height),(width) fs
Barra que mostra quanto de espaço está sendo usado em um sistema de arquivos. Height é a altura em pixels. fs é qualquer arquivo nesse sistema de arquivos.

fs_bar_free (height),(width) fs
Mostra o espaço livre no sistema de arquivos.

fs_free (fs)
Espaço livre em um sistema de arquivos.

fs_free_perc (fs)
Porcentagem de espaço livre em um sistema de arquivos.

fs_size (fs)
Tamanho do sistema de arquivos.

fs_type (fs)
Tipo de sistema de arquivo.

fs_used (fs)
Espaço usado pelo sistema de arquivos.

fs_used_perc (fs)
Porcentagem do espaço usado pelo sistema de arquivos.

goto x
O próximo elemento será impresso na posição 'x'.

gw_iface
Exibe a interface da rota padrão ou "multiple"/"none" em conformidade.

gw_ip
Exibe o IP padrão do gateway ou "multiple"/"none" em conformidade.

hddtemp (dev)
Exibe a temperatura de uma unidade de disco rígido selecionada conforme relatado pelo daemon hddtemp. Use hddtemp_host e hddtemp_port para especificar um host e uma porta para todos os objetos hddtemp. Se nenhum parâmetro dev for dado, o primeiro disco retornado pelo daemon hddtemp é usado.

head logfile lines (next_check)
Exibe as primeiras N linhas do arquivo de texto fornecido. O arquivo é verificado a cada atualização 'next_check'. Se next_check não for fornecido, o padrão é 2. No máximo 30 linhas podem ser exibidas, ou até que o buffer de texto seja preenchido.

hr (height)
Exibir uma linha horizontal, heigth é a altura em pixels.

hwmon (dev) type n (factor offset)
Sensor Hwmon do sysfs (Linux 2.6). O parâmetro dev pode ser omitido se você tiver apenas um dispositivo hwmon. O tipo de parâmetro é 'in' ou 'vol' e significa tensão; "fan" que significa ventilador; 'temp' que significa temperatura. O parâmetro n é o número do sensor. Veja /sys/class/hwmon/ no seu computador local. Os argumentos opcionais 'factor' e 'offset' permitem a pré calculação da entrada bruta, que está sendo modificada da seguinte forma: 'input = input * factor + offset'. Note que eles devem ser dados como valores decimais (isto é, conter pelo menos uma casa decimal).

i2c (dev) type n (factor offset)
Sensor I2C do sysfs (Linux 2.6). O parâmetro dev pode ser omitido se você tiver apenas um dispositivo I2C. O tipo de parâmetro é 'in' ou 'vol' e significa tensão; "fan" que significa ventilador; 'temp' que significa temperatura. O parâmetro n é o número do sensor. Consulte /sys/bus/i2c/devices/ no seu computador local. Os argumentos opcionais "factor" e "offset" permitem a pré calculação da entrada bruta, que está sendo modificada da seguinte forma: 'input = input * factor + offset'. Note que eles devem ser dados como valores decimais (isto é, conter pelo menos uma casa decimal).

i8k_ac_status
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe se a alimentação CA está ativada, conforme listado em /proc/i8k (traduzido para leitura humana). Tenha cuidado com isso, por padrão, não ativado pelo próprio i8k.

i8k_bios
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe a versão da BIOS conforme listado em /proc/i8k.

i8k_buttons_status
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe o status dos botões de volume conforme listado em /proc/i8k.

i8k_cpu_temp
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe a temperatura da CPU em Celsius, conforme relatado por /proc/i8k.

i8k_left_fan_rpm
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe a taxa de rotação do ventilador esquerdo, em rotações por minuto conforme listado em /proc/i8k. Cuidado, alguns laptops i8k relatam esses ventiladores na ordem inversa.

i8k_left_fan_status
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe o status do ventilador esquerdo conforme listado em /proc/i8k (traduzido para leitura humana). Cuidado, alguns laptops i8k relatam esses ventiladores na ordem inversa.

i8k_right_fan_rpm
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe a taxa de rotação do ventilador direito, em rotações por minuto conforme listado em /proc/i8k. Cuidado, alguns laptops i8k relatam esses ventiladores na ordem inversa.

i8k_right_fan_status
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe o status do ventilador direito conforme listado em /proc/i8k (traduzido para leitura humana). Cuidado, alguns laptops i8k relatam esses fãs na ordem inversa.

i8k_serial
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe o número de série do seu laptop conforme listado em /proc/i8k.

i8k_version
Se estiver executando o driver i8k do kernel, para laptops Inspiron, esta var exibe a formatação da versão de /proc/i8k.

ibm_brightness
Se estiver executando o IBM ACPI, esta var exibe o brilho do LCD (0-7) dos laptops.

ibm_fan
Se estiver executando o IBM ACPI, esta var exibe a velocidade do ventilador.

ibm_temps N
Se estiver executando o IBM ACPI, esta var exibe as temperaturas dos sensores de temperatura IBM (N=0..7) O sensor 0 está na CPU, e o 3 está na GPU.

ibm_thinklight
Se estiver executando o IBM ACPI, esta var exibe o status do seu ThinkLight... o valor é: 'on', 'off' ou 'unknown'.

ibm_volume
Se estiver executando o IBM ACPI, esta var exibe o volume "máximo", controlado pelas teclas de volume (0-14).

ical number file
Mostra o título do número de evento 'number' no arquivo ical (RFC 5545) 'file'. Os eventos são ordenados pela hora de início. Os eventos que começaram no passado são ignorados. Os eventos que são exibidos são VEVENTS, o título que é mostrado é SUMMARY e o tempo de início usado para classificar é DTSTART.

irc server(:port) #channel
Mostra tudo o que está sendo dito em um canal no IRCserver. A porta TCP 6667 é usada para a conexão por padrão, a menos que você especifique outra.

iconv_start codeset_from codeset_to
Converta texto de um conjunto de códigos para outro, usando GNU iconv. Este, precisa ser interrompido com iconv_stop.

iconv_stop
Pare a conversão do conjunto de códigos iconv.

if_empty (var)
Se a variável indicada estiver vazia, exiba tudo entre $if_empty e $endif.

if_existing file (string)
Se "file" existe, exiba tudo entre $if_existing e $endif. O segundo parâmetro opcional verifica o arquivo que contém a string especificada e imprime tudo entre $if_existing e $endif.

if_gw
Se houver pelo menos um gateway padrão, exiba tudo entre $if_gw e $endif.

if_match expression
Avalia a expressão Boolean dada, imprime tudo entre $if_match e $endif respectivamente, dependendo se a avaliação retorna verdadeira ou não. As expressões válidas consistem em um lado esquerdo, um operador e um lado direito. Os lados esquerdo e direito estão sendo analisados para objetos de texto contidos antes da avaliação. Os tipos laterais esquerdo e direito reconhecidos são:
    double "Argument" -> consiste em apenas dígitos e um único ponto. long "Argument" -> consiste em apenas dígitos. string "Argument" -> está entre aspas ("...") ( Os operandos válidos são: '>', '<', '> =', '<=', '==', '! =' ).

if_mixer_mute (mixer)
Se o mixer existir, exiba tudo entre $if_mixer_mute e $endif correspondente. Se nenhum mixer for especificado, "Vol" é usado.

if_mounted (mountpoint)
Se "mountpoint" estiver montado, exiba tudo entre $if_mounted e $endif

if_mpd_playing
Se o mpd estiver reproduzindo ou estiver em pausa, exiba tudo entre $if_mpd_playing e $endif

if_running (process)
Se "process" estiver em execução, exiba tudo entre $if_running o $else e/ou $endif respectivamente. Observe que o processo pode ser uma linha de comando completa com argumentos (sem o prefixo do diretório), ou simplesmente o nome de um executável. Por exemplo, qualquer um dos seguintes valores será verdadeiro se houver um processo em execução com a linha de comando /usr/bin/conky -u 5:

${if_running conky -u 5} ou ${if_running conky}

É importante não incluir espaços posteriores. Por exemplo, ${if_running conky } será falso.

if_smapi_bat_installed (INDEX)
Ao usar o smapi, se a bateria com índice (index) estiver instalada, exiba tudo entre $if_smapi_bat_installed e $endif.

if_up (interface)
Se a interface expecificada existir e estiver ativa, exiba tudo entre $if_up e $endif.

if_updatenr (updatenr)
Se "updatenr-th" for a hora que conky atualiza, exiba tudo entre $if_updatenr e $endif. O contador é atualizado quando o updatenr mais alto é alcançado. Exemplo: "{$if_updatenr 1} foo $endif {$if_updatenr 2} bar $endif {$if_updatenr 4} $endif" mostra foo 25% do tempo seguido de barra 25% do tempo seguido por nada a outra metade do tempo.

if_xmms2_connected
Exibir tudo entre $if_xmms2_connected e $endif, se xmms2 estiver sendo executado.

image <path to image> (-p x,y) (-s WxH) (-n) (-f interval)
Renderiza a imagem do caminho especificado usando o Imlib2. Toma 4 argumentos opcionais: uma posição (-p), um tamanho (-s), uma opção sem cache (-n) e um intervalo de descarga de cache (-f). Alterar a posição x, y moverá a posição da imagem, e a alteração do WxH irá dimensionar a imagem. Se você especificar a bandeira sem cache (-n), a imagem não será armazenada em cache. Alternativamente, você pode especificar o parâmetro -f 'int' para especificar um intervalo de descarga de cache para uma imagem específica. Exemplo: ${image /home/brenden/cheeseburger.jpg -p 20,20 -s 200x200} renderizará 'cheeseburger.jpg' em (20,20) dimensionado para 200x200 pixels. O Conky não faz nenhuma tentativa de ajustar a posição (ou qualquer outra formatação) de imagens, elas são apenas processadas de acordo com os argumentos passados. A única razão $imagem é parte da seção conky.text, é permitir modificações em tempo de execução, por meio de $execp $lua_parse ou algum outro método.

imap_messages (args)
Exibe o número de mensagens na caixa de entrada IMAP global (por padrão). Você pode definir as caixas de entrada IMAP individuais separadamente passando argumentos para esse objeto. Argumentos são: "host user pass [-i interval (in seconds)] [-f 'folder'] [-p port] [-e 'command'] [-r retries]". A porta padrão é 143, a pasta padrão é 'inbox', o intervalo padrão é de 5 minutos e o número padrão de tentativas antes de desistir é 5. Se a senha for fornecida como '*', você será solicitado a inserir a senha quando o Conky começar.

imap_unseen (args)
Exibe o número de mensagens não vistas na caixa de entrada IMAP global (por padrão). Você pode definir as caixas de entrada IMAP individuais separadamente passando argumentos para esse objeto. Argumentos são: "host user pass [-i interval (in seconds)] [-f 'folder'] [-p port] [-e 'command'] [-r retries]". A porta padrão é 143, a pasta padrão é 'inbox', o intervalo padrão é de 5 minutos e o número padrão de tentativas antes de desistir é 5. Se a senha for fornecida como '*', você será solicitado a inserir a senha quando o Conky começar.

ioscheduler disk
Imprime o ioscheduler atual usado para o disco dado (por exemplo, "hda" ou "sdb").

Continua...


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Linha de comando
   3. Definições de configuração
   4. Objetos/Variáveis
   5. Objetos/Variáveis (parte 2)
   6. API Lua
   7. Exemplos {...}
Outros artigos deste autor

Qual distro escolher

Introdução ao Ubuntu - Instalação de programas e outras dicas

Leitura recomendada

Usando G4U, ProFTP e DHCP para clonar partições pela rede

Slitaz Linux, uma distro pequena mas...

Conhecendo o eBox

Festival: O sintetizador de voz para Linux

Wine: Como associar uma extensão a um aplicativo instalado

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 12/05/2018 - 15:35h

Parabéns pelo trabalho! Imagino a encrenca que foi fazer uma tradução desse tamanho.

[2] Comentário enviado por correalinux em 13/05/2018 - 18:14h


[1] Comentário enviado por fabio em 12/05/2018 - 15:35h

Parabéns pelo trabalho! Imagino a encrenca que foi fazer uma tradução desse tamanho.

Valeu Fábio,
Eu queria porque queria aprender a configurar o Conky, uma forma que encontrei de fazer isso foi traduzindo o manual, e ir treinando.
Foi algo que demorou bastante tempo, mas acho que não foi em vão.

[3] Comentário enviado por wadilson em 14/05/2018 - 10:46h

Muito bom!

Marcadíssimo nos Favoritos.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts