Conky: Manual traduzido pt-BR

Este artigo possui o manual completo e traduzido do monitor de sistema para X, Conky. Decidi fazer esta tradução em razão do fato de não dominar muito bem a língua inglesa. Então, havia um grande abismo em meio a meu aprendizado em relação a esta brilhante ferramenta. Utilizei de algumas ferramentas on-line para me ajudar nesta tarefa, fazendo as adaptações necessárias para tornar o documento o mais coerente e simples possível. A principal função deste artigo é servir como um guia de consulta, referente ao que cada objeto, variável ou opção do conky faz.

[ Hits: 9.618 ]

Por: User not found em 12/05/2018


Objetos/Variáveis (parte 2)



kernel
Versão do kernel.

version
Número da versão Git (somente DragonFly).

laptop_mode
O valor de /proc/sys/vm/laptop_mode.

lines textfile
Exibe o número de linhas no arquivo fornecido.

loadavg (1|2|3)
A média de carga do sistema, 1 é de 1 minuto passado, 2 nos últimos 5 minutos e 3 nos últimos 15 minutos. Sem argumento, imprime os três valores separados por espaços em branco.

loadgraph (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico médio de carga, semelhante ao xload, com cores opcionais em hexadecimal, (sem o #). Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Toma o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

lua function_name (function parameters)
Executa uma função Lua com parâmetros determinados e imprime a cadeia retornada. Veja também 'lua_load' sobre como carregar scripts. Conky coloca 'conky_' na frente de function_name para evitar chamadas acidentais para a função errada, a menos que você mesmo coloque 'conky_' na frente.

lua_bar (height, width) function_name (function parameters)
Executa uma função Lua com parâmetros determinados e desenha uma barra. Espera-se que o valor do resultado seja um número inteiro entre 0 e 100. Consulte também 'lua_load' sobre como carregar scripts. Conky coloca 'conky_' na frente de function_name para evitar chamadas acidentais para a função errada, a menos que você mesmo coloque 'conky_' na frente.

lua_gauge (height, width) function_name (function parameters)
Executa uma função Lua com parâmetros determinados e desenha um indicador. Espera-se que o valor do resultado seja um número inteiro entre 0 e 100. Consulte também 'lua_load' sobre como carregar scripts. Conky coloca 'conky_' na frente de function_name para evitar chamadas acidentais para a função errada, a menos que você mesmo coloque.

lua_graph function_name (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Executa uma função Lua e desenha um gráfico. Espera-se que o valor do resultado seja qualquer número e, por padrão, escalará para mostrar o alcance total. Veja também 'lua_load' sobre como carregar scripts. Toma o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja). Conky coloca 'conky_' na frente de function_name para evitar chamadas acidentais para a função errada, a menos que você mesmo coloque.

lua_parse function_name (function parameters)
Executa uma função Lua com parâmetros dados por $lua, então analisa e imprime o valor do resultado conforme a sintaxe da seção conky.text. Veja também 'lua_load' sobre como carregar scripts. Conky coloca 'conky_' na frente de function_name para evitar chamadas acidentais para a função errada, a menos que você mesmo coloque.

machine
Arquitetura, i686, por exemplo.

mails (mailbox) (interval)
A contagem de e-mails na caixa de correio especificada ou se não no seu spool de e-mail. Ambas as caixas de e-mail, mbox e maildir, são suportadas. Você pode usar um programa como o fetchmail para receber e-mails de algum servidor usando seu protocolo favorito. Veja também new_mails.

mboxscan (-n number of messages to print) (-fw from width) (-sw subject width) mbox
Imprima um resumo das mensagens recentes em uma caixa de e-mail no formato mbox. O parâmetro mbox é o nome do arquivo da caixa de e-mail (pode ser encapsulado usando '"', ou seja. ${mboxscan -n 10 "/home/brenden/some box"}.

mem
Quantidade de memória em uso.

memwithbuffers
Quantidade de memória em uso, incluindo a usada por buffers e caches do sistema.

membar (height),(width)
Barra que mostra quantidade de memória em uso.

memwithbuffersbar (height),(width)
Barra que mostra quantidade de memória em uso (incluindo memória usada por buffers de sistema e caches).

memdirty
Quantidade de memória "suja" (somente Linux).

memeasyfree
Quantidade de memória livre, incluindo a memória que é muito facilmente liberada (buffers/cache).

memfree
Quantidade de memória livre.

memgauge (height),(width)
Indicador que mostra a quantidade de memória em uso (veja cpugauge).

memgraph (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Gráfico de uso de memória. Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Toma o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

memmax
Quantidade total de memória.

memperc
Porcentagem de memória em uso.

mixer (device)
Imprime o valor do mixer como relatado pelo sistema operacional. No Linux, esta variável usa a emulação OSS, então você precisa do módulo do kernel apropriado carregado. O mixer padrão é "Vol", mas você pode especificar um dos controles OSS disponíveis: "Vol", "Bass", "Trebl", "Synth", "Pcm", "Spkr", "Line", "Mic", "CD", "Mix", "Pcm2 ", "Rec", "IGain", "OGain", "Line1", "Line2", "Line3", "Digital1", "Digital2", "Digital3", "PhoneIn", "PhoneOut", "Video", "Radio" e "Monitor".

mixerbar (device)
Exibe o valor do mixer em uma barra conforme relatado pelo sistema operacional. Veja os documentos para $mixer, à fim de obter detalhes sobre argumentos.

mixerl (device)
Exibe o valor do mixer do canal esquerdo conforme relatado pelo sistema operacional.

mixerlbar (device)
Exibe o valor do mixer do canal esquerdo em uma barra conforme relatado pelo sistema operacional.

mixerr (device)
Exibe o valor do mixer do canal direito, conforme relatado pelo sistema operacional.

mixerrbar (device)
Exibe o valor do mixer do canal direito em uma barra conforme relatado pelo sistema operacional.

moc_album
Álbum da música atual no MOC.

moc_artist
Artista da música atual no MOC.

moc_bitrate
Bitrate da música atual no MOC.

moc_curtime
Tempo decorrido da música no MOC.

moc_file
Nome do arquivo da música atual no MOC.

moc_rate
Taxa da música atual no MOC.

moc_song
O nome da música atual no MOC.

moc_state
Estado atual do MOC: playing, stopped, not running etc.

moc_timeleft
Tempo restante da música atual no MOC.

moc_title
Titulo da música atual no MOC.

moc_totaltime
Comprimento total da música atual no MOC.

monitor
Número do monitor no qual o conky está em execução ou a mensagem "Not running in X", se este for o caso.

monitor_number
Número de monitores ou a mensagem "Not running in X" se este for o caso.

mpd_album
Álbum da música atual no MPD.

mpd_artist
O artista da música atual no MPD (esta função deve ser habilitada na compilação).

mpd_albumartist
Artista da música atual no MPD.

mpd_bar (height),(width)
Barra de progresso da música atual no MPD.

mpd_bitrate
Bitrate da música atual.

mpd_date
Data da música atual.

mpd_elapsed
Tempo decorrido da música atual.

mpd_file
Exibe o nome do arquivo da música atual.

mpd_length
Comprimento da música.

mpd_name
Imprime o campo de nome MPD.

mpd_percent
Porcentagem do progresso da música atual.

mpd_random
Status do aleatório (On/Off).

mpd_repeat
Status do "repeat" On/Off).

mpd_smart (max length).
Imprime informações da música no formulário "artista - título" ou nome do arquivo, dependendo do que está disponível.

mpd_status
Estado do player: playing, stopped, not running etc.

mpd_title (max length)
Titulo da música atual.

mpd_track
Imprime o campo de faixa MPD.

mpd_vol
Volume do MPD.

mysql query
Mostra o primeiro campo da primeira linha do resultado da consulta.

nameserver (index)
Imprima um nameserver de /etc/resolv.conf. O índice inicia, o é padrão 0.

new_mails (mailbox) (interval)
Contagem de mensagens não lidas na caixa de e-mail ou no spool de e-mail especificado, caso contrário. Ambas as caixas de correio tipo mbox e maildir são suportadas.

nodename
Hostname.

nodename_short
Nome de host curto (o mesmo que o comando de shell 'hostname -s').

no_update text
Mostra texto e analisa os valores, mas não os atualiza. Use isso para coisas que não mudam enquanto o conky está sendo executado, como $machine, $conky_version, ... Ao não atualizar isso, você pode salvar alguns recursos.

nvidia threshold temp ambient gpufreq memfreq imagequality
Nvidia graficcard support para a biblioteca XNVCtrl. Cada opção pode ser encurtada para a parte menos significativa. As temperaturas são impressas como flutuador, todos os outros valores como inteiros.
  • threshold -> A temperatura limiar em que o gpu desacelera
  • temp -> Dá a temperatura atual do gpu
  • ambient -> Dá temperatura atual do ar perto d GPU no caso
  • gpufreq -> Dá a freqüência gpu atual
  • memfreq -> Dá a atual frequência de memória
  • imagequality -> Qual qualidade de imagem deve ser escolhida por aplicativos OpenGL

offset (pixels)
Move o texto com N pixels. Veja também $voffset.

outlinecolor (color)
Mude a cor do esboço.

pb_battery item
Se estiver executando no Powerbook/ibook da Apple, exiba informações sobre o status da bateria. O parâmetro do item especifica, quais as informações serão exibidas. Exatamente um item deve ser especificado. Os itens válidos são:
  • status -> Indica se a bateria está totalmente carregada, carregando, descarregando ou ausente (executando em AC)
  • percent -> Indica a carga da bateria em porcentagem, se carregando ou descarregando. Nada será exibido, se a bateria estiver totalmente carregada ou ausente.
  • time -> Exibe o tempo restante até que a bateria seja totalmente carregada ou descarregada na taxa atual. Nada é exibido, se a bateria estiver ausente ou estiver presente, mas totalmente carregada e não descarregada.

pid_chroot pid
Diretório usado como diretório raiz pelo processo (isto será "/", a menos que o processo tenha feito um chroot syscall).

pid_cmdline pid
Linha de comando que invocou o processo.

pid_cwd pid
Diretório de trabalho atual do processo.

pid_environ pid varname
Conteúdo de uma var-ambiente do processo.

pid_environ_list pid
Lista de vars-ambiente que o processo pode ver.

pid_exe pid
Caminho para o comando executado que iniciou o processo.

pid_nice pid
O valor do processo.

pid_openfiles pid
Lista de arquivos que o processo abriu.

pid_parent pid
O pid do processo pai.

pid_priority pid
A prioridade do processo (ver 'priority' em "man 5 proc").

pid_read pid
Número total de bytes lidos pelo processo.

pid_state pid
Estado do processo.

pid_state_short pid
Um dos caracteres em "RSDZTW" que representa o estado do processo onde R está sendo executado, S está dormindo em uma espera interrompível, D está esperando no ininterrupto disco de sono, Z é zumbi, T é rastreado ou parado (em um sinal), e W está pagando.

pid_stderr pid
Arquivo de descrição vinculado à saída de erro do processo.

pid_stdin pid
Arquivo de descrição vinculado à saída de entrada do processo.

pid_stdout pid
Arquivo de descrição vinculado à saída do processo.

pid_threads pid
Número de threads que esse processo contém.

pid_thread_list pid
Lista com PIDs dos threads desse processo.

pid_time_kernelmode pid
Tempo em que o processo foi agendado no modo kernel (em segundos).

pid_time_usermode pid
Tempo em que o processo foi agendado no modo de usuário (em segundos).

pid_time pid
Soma de $pid_time_kernelmode e $pid_time_usermode.

pid_uid pid
A UID real do processo.

pid_euid pid
O UID efetivo do processo.

pid_suid pid
O conjunto UID salvo do processo.

pid_fsuid pid
O sistema de arquivos UID do processo.

pid_gid pid
O GID real do processo.

pid_egid pid
O GID efetivo do processo.

pid_sgid pid
O conjunto GID salvo do processo.

pid_fsgid pid
O sistema de arquivos GID do processo.

pid_vmpeak pid
Tamanho máximo da memória virtual do processo.

pid_vmsize pid
Tamanho da memória virtual do processo.

pid_vmlck pid
Tamanho da memória bloqueada do processo.

pid_vmhwm pid
Tamanho do conjunto residente do PID do processo.

pid_vmrss pid
Tamanho do conjunto residente do processo.

pid_vmdata pid
Tamanho do segmento de dados do processo.

pid_vmstk pid
Tamanho do segmento de pilha do processo.

pid_vmexe pid
Tamanho do segmento de texto do processo.

pid_vmlib pid
Tamanho do código da biblioteca compartilhada do processo.

pid_vmpte pid
Tamanho das entradas da tabela de páginas do processo.

pid_write pid
Número total de bytes escritos pelo processo.

platform (dev) type n (factor offset)
Sensor de plataforma do sysfs (Linux 2.6). O parâmetro "dev" pode ser omitido se você tiver apenas um dispositivo de plataforma. O tipo de plataforma é 'in' ou 'vol' e significa tensão; "fan" que significa ventilador; 'temp' que significa temperatura. O parâmetro n é o número do sensor. Veja /sys/bus/platform/devices/ no seu computador local. Os argumentos opcionais "factor" e "offset" permitem a pré calculação da entrada bruta, que está sendo modificada da seguinte forma: 'input = input * factor + offset'. Note que eles devem ser dados como valores decimais (ou seja, conter pelo menos uma casa decimal).

pop3_unseen (args)
Exibe o número de mensagens não vistas em sua caixa de entrada POP3 global (por padrão). Você pode definir outras caixas de entrada POP3 individuais, separadamente, passando alguns argumentos para este objeto. Estes argumentos são: "host user pass [-i interval (in seconds)] [-p port] [-e 'command'] [-r retries]". A porta padrão é 110, o intervalo padrão é de 5 minutos e o número padrão de tentativas antes de desistir é 5. Se a senha for fornecida como '*', você será solicitado a inserir a senha quando o Conky começar.

pop3_used (args)
Exibe a quantidade de espaço (em MiB, 2^20) usada na caixa de entrada POP3 global (por padrão). Você pode definir outras caixas de entrada POP3 individuais, separadamente, passando alguns argumentos para este objeto. Estes argumentos são: "host user pass [-i interval (in seconds)] [-p port] [-e 'command'] [-r retries]". A porta padrão é 110, o intervalo padrão é de 5 minutos e o número padrão de tentativas antes de desistir é 5. Se a senha for fornecida como '*', você será solicitado a inserir a senha quando o Conky começar.

processes
Processos totais (dormindo e ativos).

read_tcp (host) port
Conecta-se a uma porta tcp em um host (o padrão é localhost), lê cada char disponível no momento e as mostra.

read_udp (host) port
Conecta-se a uma porta udp em um host (o padrão é localhost), lê cada char disponível no momento e a mostra.

replied_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails marcados como respondidos na caixa de e-mail ou se não no spool. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

rss uri interval_in_minutes action (num_par (spaces_in_front))
Baixe e analise feeds RSS. O intervalo pode ser um valor de ponto flutuante maior que 0, caso contrário, o padrão é 15 minutos. A ação pode ser uma das seguintes: feed_title, item_title (com num par), item_desc (com num par) e item_titles (ao usar esta ação e spaces_in_front é dado que o conky coloque muitos espaços na frente de cada item). Este objeto está subido e, uma vez que um thread é criado, ele não pode ser explicitamente destruído. Um thread será executado para cada URI especificado. Você pode usar qualquer protocolo que Curl suporte.

running_processes
Processos em execução (sem dormir), requer Linux 2.6

running_threads
Número de threads correando (executáveis). Somente Linux.

scroll (direction) length (step) text
Deslize os caracteres 'text' por 'step' para a esquerda ou para a direita (defina 'direction' para 'left' ou 'right') mostrando o número de caracteres 'length' ao mesmo tempo. O texto também pode conter variáveis. 'step' é opcional e o padrão é 1 se não estiver configurado. 'direção' é opcional e o padrão é à esquerda se não estiver definido. Se uma variável cria saída em várias linhas, então as linhas são colocadas uma atrás da outra separadas com um '|' -sign. Se você alterar o textcolor dentro de $scroll ele terá automaticamente o valor antigo no final de $scroll. O fim e o início do texto serão separados pelo número de espaços "longos".

seen_mails (maildir) (interval)
Número de eḿails marcados como vistos na caixa de e-mail ou se não no spool de e-mail especificado. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

shadecolor (color)
Mude a cor da sombra.

smapi (ARGS)
Ao usar smapi, exiba os conteúdos do diretório /sys/devices/platform/smapi. ARGS são '(FILENAME)' ou 'bat (INDEX) (FILENAME)' para exibir o conteúdo dos arquivos correspondentes. Este é um método muito simples de acessar os valores smapi. Quando disponível, use melhor uma das variáveis smapi_*.

smapi_bat_bar (INDEX),(height),(width)
Ao usar smapi, exiba a capacidade restante da bateria com índice INDEX em uma barra.

smapi_bat_perc (INDEX)
Ao usar smapi, exiba a capacidade restante da bateria em porcentagem com índice INDEX. Esta é uma variável separada porque suporta a opção de configuração 'use_spacer'.

smapi_bat_power INDEX
Ao usar smapi, exiba a potência atual da bateria com índice INDEX em watt. Esta é uma variável separada porque o valor de leitura original está sendo convertido de mW. O sinal da saída reflete o estado de carga (positive) ou descarregando (negative).

smapi_bat_temp INDEX
Ao usar smapi, exiba a temperatura atual da bateria com índice INDEX em grau Celsius. Esta é uma variável separada porque o valor de leitura original está sendo convertido de mil graus Celsius.

sony_fanspeed
Exibe as informações da velocidade do ventilador Sony VAIO se o suporte do kernel do Sony-laptop estiver ativado. Somente Linux.

stippled_hr (space)
Linha horizontal tracejada.

swap
Quantidade de swap em uso.

swapbar (height),(width)
Quantidade de swap em uso, exibida em barra.

swapfree
Quantidade de swap livre.

swapmax
Total de swap disponível.

swapperc
Porcentagem de swap em uso.

sysname
Nome do sistema, Linux por exemplo.

tab (width, (start))
Coloca uma aba de largura especificada, a partir da coluna 'start'. A unidade é em pixels para ambos os argumentos.

tail logfile lines (next_check)
Exibe as últimas N linhas do arquivo de texto fornecido. O arquivo é verificado a cada atualização 'next_check'. Se next_check não for fornecido, o padrão é 2. No máximo 30 linhas podem ser exibidas, ou até que o buffer de texto seja preenchido.

tcp_ping host (porta)
Exibe o número de microssegundos necessários para obter uma resposta em um ping para o tcp 'porta' no 'host'. 'porta' é opcional e tem 80 como padrão. Isso funciona em portas abertas e fechadas, apenas certifique-se de que a porta não esteja por trás de um firewall ou você "diminuirá" a resposta. É melhor testar uma porta fechada em vez de uma porta aberta, pois receberás uma resposta mais rápida.

tcp_portmon port_begin port_end item (index)
Porta TCP (ambos IPv6 e IPv4) para portas locais especificadas. Os números da porta devem estar no intervalo de 1 a 65535. Os itens válidos são:
  • count -> Número total de conexões no intervalo
  • rip -> Descontinuar endereço IP remoto
  • rhost -> Nome do host remoto
  • rport -> Número da porta remota
  • rservice -> Nome do serviço remoto de /etc/services
  • lip -> Endereço IP local
  • lhost -> Nome de host local
  • lport -> Número de porta local
  • lservice -> Nome do serviço local de /etc/services
  • O índice de conexão fornece acesso a cada conexão no monitor da porta. O monitor retornará informações para valores de índice de 0 a n-1 conexões. Valores superiores a n-1 são simplesmente ignorados. Para o item "count", o índice de conexão deve ser omitido, mas é necessário para todos os outros itens.

Exemplos:
  • ${tcp_portmon 6881 6999 count} Exibe o número de conexões na faixa de porta bittorrent
  • ${tcp_portmon 22 22 rip 0} Exibe o nome do host remoto da primeira conexão sshd
  • ${tcp_portmon 22 22 rip 9} Exibe o nome do host remoto da décima conexão sshd connection
  • ${tcp_portmon 1 1024 rhost 0} Exibe o nome do host remoto da primeira conexão em uma porta privilegiada
  • ${tcp_portmon 1 1024 rport 4} Exibe a porta do host remoto da quinta conexão em uma porta privilegiada
  • ${tcp_portmon 1 65535 lservice 14} Exibe o nome do serviço local da 15ª conexão no intervalo de todas as portas

Observe que as variáveis de monitor de porta que compartilham o mesmo intervalo de portas referem-se ao mesmo monitor, tantas referências a uma única faixa de portas para diferentes itens e índices, usam o mesmo monitor internamente. Em outras palavras, o programa evita a criação de monitores redundantes.

templateN (arg1) (arg2) (arg3 ...)
Avalie o conteúdo da variável de configuração templateN (onde N é um valor entre 0 e 9, inclusive), aplicando substituições conforme descrito na documentação da variável de configuração correspondente. O número de argumentos é opcional, mas deve corresponder ao índice mais alto referido no modelo. Você pode usar as mesmas sequências especiais em cada argumento que as válidas para uma definição de modelo, por exemplo, para permitir que um argumento contenha um espaço em branco. Também é possível o simples alinhamento de modelos dessa maneira.

Aqui estão alguns exemplos de definições de modelo, note que eles são colocados entre [[...]] em vez de '...':
  • template0 = [[$\1\2]]
  • template1 = [[\1: ${fs_used \2} / ${fs_size \2}]]
  • template2 = [[\1 \2]]

A lista a seguir mostra o uso da amostra dos modelos definidos acima, com a sintaxe equivalente à não usar qualquer modelo:

*Usando o modelo

${template0 node name}
${template1 root /}
${template1 ${template2\ disk\ root} /}

*Mesmo sem o modelo

$nodename
root: ${fs_free /} / ${fs_size /}
disk root: ${fs_free /} / ${fs_size /}

texeci interval command
Executa um comando em um intervalo dentro de um segmento e exibe a saída. O mesmo que $execi, exceto que o comando é executado dentro de um segmento. Use isso se você tiver um script lento para manter a atualização do Conky. Você deve fazer o intervalo um pouco mais longo do que o tempo que leva o seu script para executar. Por exemplo, se você tiver um script que leva 5 segundos para executar, você deve fazer o intervalo pelo menos 6 segundos. Veja também $ execi. Este objeto irá limpar o segmento quando ele for destruído, para que ele possa ser usado com segurança de uma maneira aninhada, embora ele não produza o comportamento desejado, se usado dessa maneira.

texecpi interval command
Igual ao execpi, exceto que o comando é executado dentro de um thread.

threads
Total de threads.

time (format)
Hora local, veja 'man strftime' para obter mais informações sobre o formato (format).

to_bytes size
Se 'size' for um número seguido por uma unidade de tamanho (kb, mb, GiB, ...), ele converte o tamanho em bytes e mostra sem unidade, caso contrário, ele apenas mostra 'tamanho'.

top type num
Isso leva argumentos na forma: top (name) (number). Basicamente, os processos são classificados de maior para menor em termos de uso de CPU, que é o que 'num' representa. Os tipos são: "name", "pid", "cpu", "mem", "mem_res", "mem_vsize", "time", "uid", "usuer", "io_perc", "io_read" e "io_write". Pode haver um máximo de 10 processos listados.

top_io type num
O mesmo que top, mas é classificado pela quantidade de I/O que o processo realizou durante o intervalo de atualização.

top_mem type num
O mesmo que top, só que classifica o uso de memória em vez de CPU.

top_time type num
O mesmo que top, porém classifica o tempo da CPU em vez do uso atual da mesma.

totaldown (net)
Total de download na interface de rede indicada.

totalup (net)
O upload total na rede indicada.

trashed_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails marcados como destruídos (na lixeira) na caixa de e-mail especificada ou se não, no spool. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

tztime (timezone (format))
Hora local para fuso horário especificado, veja 'man strftime' para obter mais informações sobre o formato. O argumento do fuso horário é especificado de forma semelhante à variável de ambiente TZ. Para dicas, procure em /usr/share/zoneinfo. por exemplo. EUA/Pacífico, Europa/Zurique etc.

gid_name gid
Nome do grupo com este GID.

uid_name uid
Nome do usuário com este UID.

unflagged_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails não marcados como marcados na caixa de e-mail ou se não no spool de e-mail especificado. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

unforwarded_mails (maildir) (interval)
Número de correios não marcados como enviados na caixa de e-mail especificada ou se não no spool de e-mail. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

unreplied_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails não marcados como respondidos na caixa de correio especificada ou se não no spool de correio. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

unseen_mails (maildir) (interval)
Número de e-mails novos ou não enviados na caixa de correio ou se não no spool de e-mail especificado. Somente caixas de correio de tipo maildir são suportadas, o tipo mbox retornará -1.

updates Number of updates
Para depuração.

upspeed (net)
Velocidade de upload em unidades IEC adequadas.

upspeedf (net)
Carregar velocidade em KiB com uma decimal.

upspeedgraph (netdev) (height),(width) (gradient colour 1) (gradient colour 2) (scale) (-t) (-l)
Carregar gráfico de velocidade de upload, cores definidas em hexadecimal, (sem o #). Se a escala for diferente de zero, torna-se a escala para o gráfico. Usa uma escala logarítmica (para ver números pequenos) quando você usa a opção -l. Toma o interruptor '-t' para usar um gradiente de temperatura, o que faz com que os valores de gradiente mudem dependendo da amplitude de um valor do gráfico particular (experimente e veja).

uptime
Tempo de atividade.

uptime_short
Tempo de atividade em formato mais curto.

user_names
Lista os nomes dos usuários logados.

user_number
Número de usuários logados.

user_terms
Lista os consoles em uso.

user_times
Lista por quanto tempo os usuários estão logados.

user_time console
Lista o tempo durante o qual o usuário ficou logado no console passado.

utime (format)
Tempo de exibição em UTC (tempo de coordenada universal).

v6addrs (-n) (-s) (interface)
Endereços IPv6 para uma interface, seguida de máscara de rede se -n for especificado e alcance com -s. Scopes são Global(G), Host-local(H), Link-local(L), Site-local(S), Compat(C) e Não especificado(/). Somente Linux.

voffset (pixels)
Altere o espaçamento de entrelinhas com o deslocamento vertical por N pixels. Valores negativos causarão o texto se sobrepor. Veja também $offset.

voltage_mv (n)
Retorna a tensão da CPU 'n' em mV. As CPUs são contadas a partir de 1. Se omitido, o parâmetro padrão é 1.

voltage_v (n)
Retorna a tensão da CPU 'n' em V. As CPUs são contadas a partir de 1. Se omitido, o parâmetro é padrão para 1.

weather URI locID data_type (interval_in_minutes)
Baixe, analise e exiba dados metereológicos.
Para o 'URI' servidor, existem duas possibilidades:
  • http://weather.noaa.gov/pub/data/observations/metar/stations/
  • http://xoap.weather.com/weather/local/

O primeiro é de uso gratuito, mas o segundo exige que você se registre e obtenha sua ID de parceiro e chave de licença. Esses dois devem ser escritos, separados por um espaço, em um arquivo chamado .xoaprc que precisa ser colocado em seu diretório pessoal.

'locID' deve ser um identificador de localização válido para o uri necessário. Para o site NOAA, este deve ser um ICAO válido (veja, por exemplo, https://pilotweb.nas.faa.gov/qryhtml/icao/). Para o site weather.com, este deve ser um ID de localização válido (veja, por exemplo, http://aspnetresources.com/tools/locid.aspx).

'data_type' deve ser um dos seguintes argumentos:

last_update
A data e hora dos dados obtidos. O resultado depende do URI usado. Para o site NOAA é data (aaaa/mm/dd) e hora UTC. Para o weather.com, é data ([m]m/[d]d/aa) e Hora local da estação.

temperature
Temperatura do ar (você pode usar a configuração de 'temperature_unit' para mudar as unidades)

cloud_cover
O status mais alto das nuvens no céu

pressure
Pressão do ar

wind_speed
Velocidade do vento (em km/h)

wind_dir
Direção do vento

wind_dir_DEG
Direção do vento na bússola umidade

humidity
Umidade relativa em %

weather
Qualquer evento meteorológico relevante (chuva, neve etc.). Isso não é usado se você estiver consultando o site weather.com, pois esses dados são agregados no Cloud_cover

icon
Ícone do tempo (apenas para www.weather.com). Pode ser usado em conjunto com o kit de ícone fornecido após o registro no serviço.

delay_in_minutes (opcional) padrão é 30 e não pode ser inferior a isso.

Este objeto está subido e, uma vez que um thread é criado, ele não pode ser explicitamente destruído. Um thread será executado para cada URI especificado.

Observe que essas variáveis ainda são EXPERIMENTAIS e podem estar sujeitas a muitas mudanças futuras.

weather_forecast URI locID day data_type (interval_in_minutes)
Baixe, analise e exiba dados de previsão do tempo para um determinado dia (apenas dia). Para o 'URI', por enquanto só http://xoap.weather.com/weather/local/ é suportado. Veja 'weather' acima para detalhes de uso:
  • day -> Dia da semana
  • date -> Data, na forma MMM DD (exemplo, Jul 14 ou Nov 07)
  • low -> Temperatura mínima (você pode usar a configuração de 'temperatura_unidade' para mudar as unidades)
  • hi -> Temperatura máxima (você pode usar a configuração de 'temperature_unit' para mudar as unidades)
  • icon -> Ícone do tempo. Pode ser usado junto com o kit de ícones fornecido após o registro para o serviço weather.com
  • forecast -> Previsão do tempo (ensolarado, chuvoso etc.)
  • wind_speed ->Velocidade do vento em km/h
  • wind_dir -> Direção do vento
  • wind_dir_DEG -> Direção do vento na bússola
  • humidity -> Humidade relativa em %
  • precipitation -> Probabilidade de precipitação (em %)
  • 'delay_in_minutes' (opcional) -> o padrão é 210 e não pode ser inferior a isso.

Este objeto é subido e, uma vez que um thread é criado, ele não pode ser explicitamente destruído. Um thread será executado para cada URI especificado. Você pode usar qualquer protocolo que Curl suporte.

Observe que essas variáveis ainda são EXPERIMENTAIS e podem estar sujeitas a muitas mudanças futuras.

wireless_ap (net)
Endereço MAC do ponto de acesso sem fio (apenas Linux)

wireless_bitrate (net)
Taxa de bits da rede sem fio (exemplo, 11 Mb/s) (somente Linux)

wireless_channel (net)
Canal WLAN ao qual o dispositivo 'net' está escutando (apenas Linux)

wireless_essid (net)
ESSED do ponto de acesso sem fio

wireless_freq (net)
Freqüência em que o dispositivo 'net' está escutando (apenas Linux)

wireless_link_bar (height),(width) (net)
Barra de qualidade da ligação sem fio (apenas Linux)

wireless_link_qual (net)
Qualidade da ligação sem fio (apenas Linux)

wireless_link_qual_max (net)
Valor máximo da qualidade de ligação da rede sem fio (apenas Linux)

wireless_link_qual_perc (net)
Porcentagem de qualidade da ligação de rede sem fio (apenas Linux)

wireless_mode (net)
Modo sem fio (Managed/Ad-Hoc/Master) (somente Linux

words textfile
Exibe o número de palavras no arquivo fornecido

xmms2_album
Álbum na música atual no XMMS2

xmms2_artist
Artista na música atual no XMMS2

xmms2_bar (height),(width)
Barra de progresso da música atual no XMMS2

xmms2_bitrate
Bitrate da música atual no XMMS2

xmms2_comment
Comentário na música XMMS2 atual

xmms2_date
Retorna a data da música.

xmms2_duration
Duração da música atual

xmms2_elapsed
O tempo decorrido da música

xmms2_genre
Gênero na música atual no XMMS2

xmms2_id
Id da música atual

xmms2_percent
Porcentagem de progresso da música atual

xmms2_playlist
Retorna a lista de reprodução do XMMS2.

xmms2_size
Tamanho da música atual no XMMS2

xmms2_smart
Imprime o nome da música no formulário "artista - título" ou nome do arquivo, dependendo do que está disponível

xmms2_status
Estado do XMMS2 (Playing, Paused, Stopped, or Disconnected)

xmms2_timesplayed
Número de vezes que uma música foi tocada (presumivelmente).

xmms2_title
Título da música atual no XMMS2

xmms2_tracknr
Número da música atual no XMMS2

xmms2_url
Caminho completo da música atual

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Linha de comando
   3. Definições de configuração
   4. Objetos/Variáveis
   5. Objetos/Variáveis (parte 2)
   6. API Lua
   7. Exemplos {...}
Outros artigos deste autor

Introdução ao Ubuntu - Instalação de programas e outras dicas

Qual distro escolher

Leitura recomendada

Autologin no Linux sem o uso do KDM

Pirataria - Como prejudica desenvolvedores, cria monopólios e facilita ações de crackers

Criando e fechando portas no seu Linux

Uma interface mais bonita com efeitos de transparência e sombras

Internet Explorer: Esse fenômeno

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 12/05/2018 - 15:35h

Parabéns pelo trabalho! Imagino a encrenca que foi fazer uma tradução desse tamanho.

[2] Comentário enviado por correalinux em 13/05/2018 - 18:14h


[1] Comentário enviado por fabio em 12/05/2018 - 15:35h

Parabéns pelo trabalho! Imagino a encrenca que foi fazer uma tradução desse tamanho.

Valeu Fábio,
Eu queria porque queria aprender a configurar o Conky, uma forma que encontrei de fazer isso foi traduzindo o manual, e ir treinando.
Foi algo que demorou bastante tempo, mas acho que não foi em vão.

[3] Comentário enviado por wadilson em 14/05/2018 - 10:46h

Muito bom!

Marcadíssimo nos Favoritos.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts