Conhecendo o LXDE

LXDE (Lightweight X11 Desktop Enviroment) é um projeto que tem como objetivo criar um ambiente de trabalho leve e usável, não visa ser um ambiente de produção poderoso, somente leve e rápido. O LXDE na verdade, nem mesmo possui um gerenciador de janelas, o projeto é um apanhado de aplicativos que visa facilitar o uso da interface gráfica e dar uma boa aparência.

[ Hits: 50.760 ]

Por: flipe em 18/04/2008 | Blog: http://linuxplue.blogspot.com


Introdução



O LXDE (Lightweight X11 Desktop Enviroment) é um projeto que tem como objetivo criar um ambiente de trabalho leve e usável, não visa ser um ambiente de produção poderoso, somente leve e rápido. O LXDE na verdade, nem mesmo possui um gerenciador de janelas, o projeto é um apanhado de aplicativos que visam facilitar o uso da interface gráfica e dar uma boa aparência.

Para tal, o projeto usa como padrão o GJ Openbox, mas você pode usar outros, como o XFWM4, Metacity, Kwin, Fluxbox, Blackbox e afins, e o GTK+ para usar temas, já que ele importa automaticamente para a lista dele os temas GTK+ que você tem em seu sistema. E faz uso padrão de um gerenciador de arquivos, que no caso dele é o PCManFM, um gerenciador muito bom e bem rápido, leve mesmo. Tem também um excelente editor de textos que é o Leafpad, muito bom, simples e leve, também usa um programa para visualização de imagens, que é o GPicView.

o LXDE em si, é formado pelos seguintes aplicativos:
  • LXPanel - Uma barra de trabalho com bastantes funções;
  • LXSession - Gerenciador de sessão com suporte a desliga/reiniciar/suspender via HAL e o gdm;
  • LXAppareance - Seletor de temas GTK+ com suporte a escolha de temas, ícones e fontes para configuração do ambiente LXDE;
  • LXNetdaemon - Daemon de configuração de rede do ambiente LXDE;
  • LXNM - Interface gráfica para gerenciamento do LXNetdaemon;
  • GPicView - Visualizador de imagens simples e leve do ambiente LXDE.

Uma coisa que vale ser lembrada é que todos esses aplicativos não são dependentes de uma biblioteca LXDE, ou seja, são independentes, podendo então ser rodados em qualquer outro ambiente. Outra é que o ambiente quando configurado, além de usável, é agradável e bem bonito, pois usa temas GTK+2. É também bem leve, o LXDE quando iniciado ocupa mais ou menos 45MB de memória em máquinas i386. Segundo os desenvolvedores, ele pode ser usado tranquilamente em máquinas Pentium II 192MB de RAM.

Você pode ver capturas de tela do LXDE na página do projeto, o endereço é:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Usando o LXDE
   3. Usando outro Gerenciador de Janelas
Outros artigos deste autor

ICINGA - Monitorando máquinas remotas com NRPE

Servidor NIS/NFS

Destrinchando a compilação do Squid

Reforçando a segurança do MTA Postfix com o Apolicy

Configurando Postfix + MySQL + Courier + SPF + Clamav + SpamAssassin + Greylist + TLS

Leitura recomendada

Distribuições GNU/Linux que você talvez nunca queira experimentar!

Usando o NetBSD como desktop

SSH - Tradução da man page

Montando um pendrive no Linux

Atualizando do Slackware 9 para 10.0

  
Comentários
[1] Comentário enviado por GilsonDeElt em 18/04/2008 - 10:04h

Legal cara, esse tal de LXDE
qualquer dia desses eu testo ele.

E parabéns pelo artigo!
Simples, direto e fácil de entender!

[2] Comentário enviado por kelseysantos em 18/04/2008 - 11:48h

Bom, valos la testar agora.

[3] Comentário enviado por elionw3 em 18/04/2008 - 16:10h

Hail,

bom artigo, podeira postar algumas SSs

xD

[4] Comentário enviado por flipe em 18/04/2008 - 17:46h

elionw3, resolvi não fazer capturas de tela pq na página tem umas muito boas.

http://lxde.sourceforge.net/screenshots.html

[5] Comentário enviado por removido em 19/04/2008 - 20:05h

legal,
mais parece muito com gnome, não é !?!?

[6] Comentário enviado por gnomo_dead em 20/04/2008 - 22:11h

talvez vc acha q pareça pelo fato das aplicações do LXDE e gnome usarem o gtk+2, mas os 2 num tem nada a v um com outro fora o gtk+2, principalmente pelo fato do gnome ser BEM pesado e o LXDE tem um propósito de ser super leve... eu tenho 256 de RAM e usei mto tempo ele, recomendo mesmo, agora estou usando o E17, voltando a usar na verdade, usei por um tempo, parei, usei o LXDE e agora estou voltando pro E17, tambem recomendo mto, qm quiser dar uma sacada www.enligthement.org, www.e-stuff.org.

[7] Comentário enviado por liviocf em 21/04/2008 - 01:37h

Gostei muito do LXDE, mas ainda não sei como configurar teclado e outras coisas nele! Mas a princípio parece simples de trabalhar... e o que é melhor: Rápido!!
Parabéns pelo artigo!

[8] Comentário enviado por jonathasrr em 22/04/2008 - 03:32h

Muito bom!
A compilação foi tranquila, e a configuração também.
Bem mais leve que o XFCE.. to usando ele aqui com o Openbox mesmo..

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 03/03/2009 - 00:09h

Gostei do LXDE. Porém, ele é muito pobre e talvez precise de algum tempo para ficar mais robusto.

Se existe diferença de consumo de RAM e de CPU entre o LXDE e o XFCE, é muito pouca. Mesmo assim compensa usar o XFCE devido a sua robustez.

Porém, alguns dos aplicativos LXDE me são indispensáveis quando uso o FluxBox.

[10] Comentário enviado por vinipsmaker em 05/04/2009 - 21:20h

Agora há uma comunidade do LXDE no VivaOLinux, para todos os interessados:
http://www.vivaolinux.com.br/comunidade/LXDE

[11] Comentário enviado por Lisandro em 15/06/2010 - 08:02h

Sim LXDE é fast.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts