Conhecendo e testando vários navegadores de Internet

Este artigo tem como objetivo descrever, sumarizar e testar vários navegadores de Internet para Linux e Windows. Deste modo, tenta tornar mais conhecidas as muitas alternativas existentes.

[ Hits: 43.495 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 13/10/2010 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Resultados e discussão



H) Resultados dos navegadores em Linux:

A seguir, os resultados do carregamento da Home-Page de testes (página 3), tempo de carga completa da página, nos diversos navegadores, em Linux:
  • Arora, 16 segundos. Alguma instabilidade, às vezes fecha sozinho.
  • Chromium, 20 segundos.
  • Dillo, não carrega a página, não compatível.
  • Dooble, 49 segundos.
  • Epiphany: 16 segundos, mas, as vezes, tem fechamento abrupto com certas páginas de rádio.
  • Firefox Experimental (Minefield) 4.0, Beta 6, 28 segundos.
  • Firefox Padrão do Sabayon Linux (3.6.10), 24 segundos.
  • Galeon, 15 segundos.
  • IceCat, 26 segundos.
  • Kazenhakase, 23 segundos (mas página não totalmente compatível). Como o Arora, às vezes fecha sozinho.
  • Konqueror, 71 segundos.
  • Midori: 12 segundos.
  • Opera (com Opera Turbo ativado) 22 segundos.
  • Rekonq, 64 segundos, abre com bonito visual, mas seguido de travamento e, as vezes, com fechamento abrupto.
  • SeaMonkey, 25 segundos.
  • Surf, 18 segundos.
  • SwiftFox, 16 segundos.
  • SwiftWeasel, 21 segundos.

I) Em Windows. Para comparação, alguns navegadores para Windows também foram testados:
  • 3BWebBrowser, 28 segundos.
  • Enigma, 22 segundos.
  • Epic, 22 segundos.
  • Firefox Experimental (4.0 beta6), 28 segundos.
  • Firefox Padrão do Sabayon Linux (3.6.10), 21 segundos.
  • Flock, 24 segundos.
  • Google Chrome, 18 segundos.
  • Internet Explorer 8, 22 segundos.
  • Internet Explorer 9, 22 segundos.
  • LunaScape, 17 seg. em webkit, 18 seg. em Trident e 23 seg. em Gecko.
  • Maxthon, 17 segundos.
  • Midori para Windows, 17 segundos.
  • Opera (com Opera turbo ativado), 24 segundos.
  • Safari, 14 segundos.
  • SeaMonkey, 24 segundos.
  • SpaceTime3D, 24 segundos.
  • XeroBank, 41 segundos.

J) Discussão:

No momento das medidas, os navegadores foram abertos um por vez, e sem cache, e em seguida, fechados para não falsear as medidas do navegador seguinte.

Nesta discussão, estão além dos resultados das medidas, estão outros fatores, pois depois das medidas, os vários navegadores foram usados para acessar outras páginas, editar este artigo, ver vídeos, ouvir rádio web etc.

Observações minhas com outras versões antigas, com base na minha experiência, foram incluídas. Fui usuário de Netscape em Windows, como navegador principal, por muitos anos, e nunca gostei muito de Internet Explorer. Em versões antigas, também cheguei a testar Maxthon, Safari e Opera.

1) Impressões visuais e de navegação:

Nas versões mais antigas, o Opera e o Safari eram os navegadores que na minha opinião, eram os mais bonitos. Agora porém, muitos tendem a um visual mais limpo como o do Google Chrome (eu não gosto muito, inclusive!), sem botões, barras etc... ou permanecem próximos ao visual clássico do Mozilla Firefox.

O SeaMonkey tem um design gráfico bem clássico, muito semelhante ao do antigo Netscape, não tem barra de busaca separada, usa-se a própria barra de endereço.

Mais diferenciados são os navegadores 3D, como o 3BBrowser e o SpaceTime3D para Windows, este último também com várias opções de qualidade de reprodução de vídeos.

Outro diferencial interessante é o LunaScape, por utilizar ao mesmo tempo 3 "Engines": Gecko, WebKit e Trident, selecionáveis manualmente ou automaticamente.

Navegadores simples mas com visual relativamente bonito, são o Epic, Rekonq e Enigma. Este último porém, é antigo e nos padrões de hoje, teria poucos recursos.

As figuras abaixo mostram alguns dos navegadores para Linux menos conhecidos: Arora, Midori, Dooble e Rekonq, e também o Seamonkey (reproduzindo rádio online):
2) Avaliação não rigorosa da velocidade:

Embora não tenham sido feitos estudos rigorosos de Benchmark, e nem tratamento estatístico, as medidas e a observação visual do tempo de abertura, uso etc dão uma ideia aproximada da rapidez dos diversos navegadores.

Com referência aos Sistemas Operacionais, a rapidez dos navegadores é comparável, contudo, deve existir uma certa influência do sistema operacional, posto que em uma observação minha, vejo que meu Firefox padrão 3.6.10, leva uns 6 segundos para abrir em GNOME, no Sabayon, mas abre num "piscar de olhos", 1 segundo ou dois, em Funtoo com XFCE. Portanto, o navegador poderá ser mais rápido for o Linux (embora as medidas não foram feitas em Funtoo!).

O efeito disso, neste artigo, pode ser negligenciado, pois todas as medidas foram feitas de maneira uniforme, em Sabayon 5.3-5.4, aberto sempre sob ambiente gráfico GNOME (mesmo quando o navegador era para KDE), ou em Windows Seven.

A velocidade também tem a ver com o Motor, o "Engine". Navegadores que usam WebKit tendem a ser mais rápidos do que os que usam Gecko ou Trident, mas essa velocidade também tem a ver com os recursos gráficos, visual elaborado etc.

Uma evidência disso é que por exemplo, Internet Explorer (que, embora use WebKit), por ser pesado, muitos recursos, é lento, enquanto um navegador simples, por ser antigo, como o Galeon, é rápido, mesmo sendo Gecko-Mozilla.

Pelos resultados acima em Linux, há vários navegadores rápidos (Arora, Chromium, Epiphany, Galeon, Surf etc). O mais lento é o Konqueror e o mais rápido parece ser o Midori.

Em Windows, o Safari, Chrome, Maxthon e o Midori tendem a ser mais rápidos, o Safari é o mais rápido, depois o Midori e os mais lentos são o Firefox mesmo e o Internet Explorer (mesmo com a nova aceleração usando GPU). A exceção é XeroBank, mas tem características especiais, não é um navegador para uso geral, mas para navegação anônima e de alta segurança.

3) Compatibilidade de páginas:

Embora não foram feitos testes rigorosos de compatibilidade, especiais (testes Acid), quase todos os navegadores observados, em versões novas, parecem ter boa compatibilidade. Apenas Dillo, Galeon e Kazehakase tiveram alguns poucos problemas de compatibilidade.

Tão compatíveis são, que durante este trabalho, este texto pode ser editado em vários navegadores, e muitas página de rede puderam ser carregadas adequadamente, tanto em Linux como em Windows.

4) Estabilidade aparente:

Como estabilidade aparente,defino a possibilidade de abrir 3 ou 4 navegadores ao mesmo tempo, enquanto edito a página em um, ouço rádio em outro etc... com ausência de problemas, como fechamentos, travamentos, perda do sinal da rádio etc.... É uma avaliação subjetiva, portanto.

Tanto em Windows como em Linux, os navegadores que parecem ser mais estáveis são o Chrome,o Chromium, o Opera e o SeaMonkey.

Problemas de estabilidade ocorreram em Arora, Epiphany, Kazehakase e Rekonq em Linux. Galeon apresentou pouca estabilidade não nas medidas, mas no uso regular. Internet Explorer, em Windows, também não é estável.

No Internet Explorer, os erros de execução de Script e/ou de tempo de carregamento, típicos desse navegador, continuam a ocorrer nas versões 8 e 9. Se extendem ao 3BBrowser, porquê ele usa Internet Explorer:
Linux: Conhecendo e testando vários Navegadores de Internet.   Linux: Conhecendo e testando vários Navegadores de Internet.
4) Suporte nativo ou incorporado de Codecs, Plugins, Adobe Flash Player e Java:

Muitos navegadores já vem com suporte integrado a Multimidia (tanto Flash Player quanto Java): Chrome, Chromium, Opera para Windows, Midori para Windows, SeaMonkey para Windows, Rekonq, Enigma, Epic, Maxthon, Safari e Lunascape.

No caso do Chromium, isto é bem conhecido:
No caso do Arora, ele deveria ter suporte já integrado. Mesmo assim o suporte nativo não funciona e há necessidade de instala-lo. Isto porém, é um Bug conhecido do Arora-QT4, observado em várias Distros:
No caso do SeaMonkey, Konqueror, Firefox, Midori e do Epiphany para Linux, depende da versão ou da instalação Linux. As vêzes estão integrados, as vêzes não. Sei disso, porquê os uso em outras Distros também, como Mandriva e openSUSE. Tem a ver com a existência de Flash Player e Codecs, integrados à Distro e não apenas integrados ao Navegador. Assim, se o Sabayon tem Flash Player, o Navegador o terá.

Mesmo instalados, no Epiphany, Arora e Rekonq, os Codecs e Plugins para rádio online às vezes funcionavam, outras vêzes não, dependendo da rádio. Por exemplo na Figura abaixo, mesmo que nada apareça visualmente na barra da Rádio Joven Pan AM online, o áudio reproduz perfeitamente em Rekonq,.como se pode ver no VU do PulseAudio:
No caso específico do Konqueror e do Midori, os vídeos Youtube reproduzem bem e com som, mas os browsers parecem não ter eficiência total com alguns sítios de Rádios Online (como da Bandeirantes AM de São Paulo). No Midori para Windows, o stream da Bandeirantes reproduz, mas não se ouve nenhum som, e no Midori para Linux, recebe-se uma mensagem de site não compatível (e a Home-Page pede para usar IE ou Safari, como se estivesse em Windows),ou o navegador fecha inesperadamente.

Em alguns navegadores (Dooble, IceCat, SwiftFox e SwiftWeasel) sempre foi necessário instalar manualmente os Plugins Adobe Flash Player. Essas instalações às vêzes, ocorreram com as dificuldades conhecidas, especialmente em 64 bits. Também foi necessário instalar os Codecs de Midia Player e de Real Player.

Contudo, o objetivo deste artigo não é configura-los completamente, apenas observa-los, mesmo porque são vários. Provavelmente configurados, funcionem adequadamente.

Navegadores simples e/ou antigos como o Surf, Dillo, Kazenhakase e o Galeon não parecem compatíveis com algumas páginas, inclusive do Youtube e de muitas rádios. No caso do Surf, as páginas de Rádio são acessáveis, porém não foi possível instalar os Codecs, Plugins ou Flash, mas esse navegador é muito simples, quase modo texto.

Este artigo foi parcialmente escrito e editado durante vários dias, nos diversos navegadores aqui citados e finalizado em Firefox 3.6.10, em Sabayon Linux 5.3-5.4, GNOME.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Navegadores para Linux e instalação
   3. Navegadores para Windows
   4. Páginas acessadas durante os testes
   5. Resultados e discussão
   6. Conclusões
Outros artigos deste autor

Como criar pacotes para o Gentoo ou Sabayon Linux

Sabayon Linux: Migrando KDE4 para KDE5

Introdução aos ambientes gráficos e gerenciadores de janelas menos conhecidos

Trabalhando com boot duplo ou múltiplo: estação para testes de sistemas operacionais

Comparando desempenho de distros, arquiteturas ou ambientes gráficos - Método universal

Leitura recomendada

Conectividade Social vs. proxy Squid transparente

DownThemAll: O melhor gerenciador de downloads no Linux

Você conhece o RouterOS Mikrotik?

Navegando na internet com (mais) segurança usando extensões no Mozilla/Firefox

Dicionário no Firefox

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ---Anonymous--- em 13/10/2010 - 09:45h

Olá amigão, velho, ficou muito show de bola esse seu artigo, mas eu queria saber se tem como instalar o Safari e o Netscape no Linux???

[2] Comentário enviado por removido em 13/10/2010 - 11:42h

Muito bom.

[3] Comentário enviado por Fellype em 13/10/2010 - 12:23h

Muito bom o artigo. Parabéns pela paciência. A propósito, quanto tempo você levou para concluir todos os testes (sem a instalação)?

[4] Comentário enviado por removido em 13/10/2010 - 13:06h

Parabéns!!!
Alguns eu conhecia, outros não..
Agora eu conheço :D

[5] Comentário enviado por pinduvoz em 14/10/2010 - 03:32h

Muito bom, Alberto.

Eu, que me considero um grande fuçador da internet, não conhecia alguns dos navegadores que vc citou.

Vou ver se experimento os que não conheço.

[6] Comentário enviado por albfneto em 15/10/2010 - 14:51h

olá. Olha, o Safari só foi testado em windows. creio que safari para linux está descontinuado,
Para usar Safari em Linux, precisa usar com wine, acho.
quanto ao Netscape, ele não existe mais, nem para windows, nem para linux.
Netscape é o antecessor do Mozilla-Firefox.

Fellype, quanto tempo, quase dois mêses, mas não foi necessária paciência, gosto de tudo em linux, e gosto de testar pacotes diferentes.
um pouco de paciência, foi pra testar os navegadores para windows, porque não gosto muito.

ADENDOS AO ARTIGO.

Outra dica relacionada a nevegadores:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Navegadores-e-suas-funcionalidades/

Aqui, uma Home-Page com mais navegadores:

http://alternativeto.net/software/chromium/?platform=windows

O Slim e um novo navegador para Windows, leve e pequeno, mas muito completo

http://www.slimbrowser.net/en/

Outro navegador completo, o Wichio

http://www.wichio.com/index.htm

Qupzilla, outro navegador novo:

http://www.qupzilla.com/

[7] Comentário enviado por tatuiano em 16/11/2010 - 09:59h

muito bom já esta indo pro favoritos.
e para quem usa Windows aqui um link do baixaqui com o netscape 9: http://www.baixaki.com.br/download/netscape.htm
nota dez al.

[8] Comentário enviado por removido em 22/04/2013 - 23:46h

Quase três anos se passaram, mas o estudo feito é muito exclarecedor e instigante, parabéns e obrigado por produzir tantos testos com tamanha qualidade e aplicabilidade.

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 19/08/2013 - 16:35h

Excelente artigo!

Me fez repensar a imagem que tenho dos navegadores...

Abraço!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts