Configurando o scanner Epson Perfection 610 USB

Manual básico para reconhecer e configurar seu scanner Epson USB, porém pode ser adaptado para outros modelos de scanners, bastando algumas modificações indutivas pelo usuário. Em suma, se você está com problemas ou quer instalar seu scanner, dê uma lida nesse artigo que certamente obterá informações úteis.

[ Hits: 11.596 ]

Por: rudolf ghysio schaarschmidt em 08/08/2003


1 - Introdução



HOW-TO escrito por Evandro Luis Lima Pastor de como fazer esse scanner funcionar no Linux (distro Slack). Sei que funciona também no Red Hat e Debian, agora cabe a vocês testarem nas outras distros.

Para verificar scanners suportados pelo Linux:

2 - Kernel & afins


No meu caso, o kernel que uso veio junto com a distro (2.4.1 e só tive que editar o arquivo /etc/rc.d/rc.modules e descomentar as linhas:

/sbin/modprobe usb-uhci
/sbin/modprobe scanner vendor=0x04b8 product=0x0103

Esta parte é importante: a primeira linha corresponde ao módulo compatível com a controladora usb de minha placa mãe (ABIT KG7) e a segunda linha corresponde as informações do scanner.

Você pode verificar quais módulos estão carregados com o comando lsmod. Agora, se você usa outro kernel (inferior ao aqui citado) terá que atualizá-lo. Você pode achar um kernel mais recente em: Você vai precisar também do sane: Se você usa Debian, faça o seguinte, no terminal digite:

# apt-get update
# apt-get install sane


3 - Ajuste de Kernel


Se você usa Slackware, pode pular esta parte. Caso não use, vamos ter que compilar o kernel para fazermos funcionar o usb. Suponho que você já saiba compilar o kernel, caso contrário leia o seguinte HOW-TO: No momento em que for escolher as opções para o kernel, selecione estas:

Suport for usb (M)
Preliminary usb device filesystem


IMPORTANTE: Para as opções abaixo, use o comando lspci para verificar a controladora usb de sua placa-mãe. Conforme o resultado selecione uma das três opções:
  • UHCI (Intel, PIIx4, Via,...) suport (M)
  • UHCI Alternative Driver (M)
  • OHCI (Compaq, iMacs, OPTi, SiS, Ali,...) (M) Após fazer as mudanças no kernel, salve a configuração, saia do menuconfig e faça:

    $ [seu editor favorito] /usr/src/linux/drivers/usb/scanner.h

    Faça as seguintes mudanças no arquivo:

    MODULE_PARM (vendor, "i");
    MODULE_PARM (vendor, "especificar identificação vendor");

    MODULE_PARM (vendor, "i");
    MODULE_PARM_DESC (product, "especificar identificação product");


    Exemplo de arquivo:

MODULE_PARM(vendor, "i");
MODULE_PARM_DESC(vendor, "0x04b8");

MODULE_PARM(product, "i");
MODULE_PARM_DESC(product, "0x0103");

Se você tiver dúvidas sobre os números de identificação "vendor" e "product", não se preocupe, neste arquivo existe uma lista de alguns scanners que poderá ser consultada.

Feito as mudanças, salve o arquivo e saia. Agora compile o kernel normalmente.

4 - Ajustes finais


Agora vamos ativar o scanner, com o seu editor de textos favorito abra o arquivo:

$ [editor] /etc/sane.d/(seu scanner).conf

E acrescente :

usb /dev/usb/scanner0

Salve e saia.

Agora seu scanner deve estar funcionando, para checar digite no terminal:

# scanimage --list-devices

Deverá aparecer algo do tipo:

device `epson:/dev/usb/scanner0' is a Epson Perfection610 flatbed scanner

Agora teste o scanner:

# scanimage --test -d epson: /dev/usb/scanner0
scanimage: scanning image of size 632x879 pixels at 1 bits/pixel
scanimage: acquiring gray frame, 1 bits/sample
scanimage: reading one scanline, 79 bytes... PASS
scanimage: reading one byte... PASS
scanimage: stepped read, 2 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 4 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 8 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 16 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 32 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 64 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 128 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 127 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 63 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 31 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 15 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 7 bytes... PASS
scanimage: stepped read, 3 bytes... PASS

Agora é só brincar!

# scanimage -d epson:/dev/usb/scanner0 --resolution 300 > image.tiff

Se você quiser saber mais opções que estão ativas no seu scanner é so digitar:

# scanimage --help -d epson:/dev/usb/scanner0

NOTA: Se você utilizou esse manual para um outro scanner não se esqueça de trocar pelo nome do fabricante correto.

Se tiver duvidas sobre o scanimage, veja as paginas do manual (man scanimage) ou vá até a página:

Nota final: o artigo original pode ser encontrado em:
http://www.linuxbsd.com.br/phpLinuxBSD/modules/.../scaner.htm

   

Páginas do artigo
   1. 1 - Introdução
Outros artigos deste autor

Iniciando no mundo das expressões regulares (parte 1)

SCO & Microsoft unidas contra o Linux?

Software livre no país não é mais somente incentivo

Ambiente X-Window, a continuação

Bill Gates e Linux

Leitura recomendada

Linux acessando storage iSCSI

Endianness - Arquitetura de computadores

Experimento: SWAP diretamente na memória RAM - Testes para RAM e SWAP

Configurando a placa de som C-MEDIA (CM8738) no Slackware

Configurando os escâneres HP 2300C/2400C no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 10/08/2003 - 22:37h

Interessante este artigo, estou pensando em adquirir um scanner, agora já tenho idéia sobre como configurá-lo e qual comprar.

[2] Comentário enviado por JuNiOx em 10/08/2003 - 22:53h

ae, meu scanner não é usb, saberia como configurá-lo ? não estou conseguindo

[3] Comentário enviado por arknoid em 21/08/2003 - 09:38h

Bah cara, scanner de porta paralela tive que configurar....mas se tu me disser qual é o bendito scanner que tu precisa ficaria feliz em tentar te dar uma ajuda!

[]´s


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts