Configurando o SuSE Linux para o Oracle 10g

Este artigo irá abordar como configurar um SuSE Linux Enterprise Server 9 para instalar o Oracle 10g, um ambiente totalmente homologado pela própria Oracle, seguindo todos os pré-requisitos exigidos.

[ Hits: 25.679 ]

Por: Jose Augusto em 29/01/2008 | Blog: http://blog.cdbrasil.org


Configurando



Depois que você reiniciar a máquina, configure o hostname da máquina, editando o arquivo /etc/hosts.

# vi /etc/hosts

127.0.0.1 nomedamaquina.dominio nomedamaquina
IP_DA_MAQUINA nomedamaquina.dominio nomedamaquina

#hostname
minhamaquina

No BASH sete a variável de hostname do Oracle:

$ ORACLE_HOSTNAME=seuhost.dominio
$ export ORACLE_HOSTNAME


Depois é necessário criar um grupo e login para o usuário do oracle:

# groupadd dba
# useradd oracle
# useradd -g dba -G users oracle
  • -g (seta o primary group do usuário)
  • -G (seta o secondary group do usuário)

Agora com o usuário criado, vamos criar o arquivo /etc/sysctl.conf, por default o SUSE não cria este arquivo, crie ele:

# vi /etc/sysctl.conf

net.ipv4.ip_forward = 0
net.ipv4.conf.default.rp_filter = 1
net.ipv4.conf.default.accept_source_route = 0
kernel.sysrq = 0
kernel.core_uses_pid = 1
kernel.shmmax = 2147483648
kernel.shmall = 2097152
#kernel.shmmax = 536870912
kernel.shmmni = 4096
kernel.sem = 250 32000 100 128
fs.file-max = 65536
net.ipv4.ip_local_port_range = 1024 65000
net.core.rmem_default = 262144
net.core.wmem_default = 262144
net.core.rmem_max = 262144
net.core.wmem_max = 262144

Essas variáves são minhas, as que estão no site da Oracle não conseguem completar o requisito exigido (ainda não sei o por quê).

Agora para carregar o arquivo dê o comando:

# chkconfig boot.sysctl on

Edite o arquivo /etc/security/limits.conf:

# vi /etc/security/limits.conf

oracle soft nproc 2047
oracle hard nproc 16384
oracle soft nofile 4096
oracle hard nofile 65536

Salve o arquivo.

Edite o arquivo /etc/pam.d/login:

# vi /etc/pam.d/login

session    required     /lib/security/pam_limits.so
session    required     pam_limits.so

Dependendo do tipo de shell que você escolheu para o seu usuário, serão necessários scripts diferentes dentro do profile do usuário, seguem os scripts para KORN e BASH.

# vi /etc/profile
ou
# vi /etc/profile.local (crie o arquivo)

if [ \$USER = "oracle" ]; then
if [ \$SHELL = "/bin/ksh" ]; then
ulimit -p 16384
ulimit -n 65536
else
ulimit -u 16384 -n 65536
fi
umask 022
fi

Dê CHMOD nas pastas ORC*:

# chown -R oracle:dba /ORC
# chown -R oracle:dba /ORC1
# chown -R oracle:dba /ORC2

# chmod -R 775 /ORC
# chmod -R 775 /ORC1
# chmod -R 775 /ORC2


Rode o script de pre-req.

# perl validate.pl 10g_rdbms_linux_hcve_092305.txt
Test Results
~~~~~~~~~~~~

   ID NAME                 RESULT C VALUE
===== ==================== ====== = ============================
   10 OS certified?        PASSED = Certified with 10g RDBMS
   20 User in /etc/passwd? PASSED = userOK
   30 Group in /etc/group? PASSED = GroupOK
   40 Input ORACLE_HOME    RECORD   $ORACLE_HOME
   50 ORACLE_HOME valid?   PASSED = OHNotSpecified
   60 O_H perms OK?        PASSED = OHNotSpecified
   70 Umask set to 022?    PASSED = UmaskOK
   80 LDLIBRARYPATH unset? PASSED = UnSet
  100 Other O_Hs in PATH?  PASSED = NoneFound
  110 oraInventory perms   PASSED = oraInventoryNotFound
  120 /tmp adequate?       PASSED = TempSpaceOK
  130 Swap (in Mb)         PASSED > 2049  
  140 RAM (in Mb)          PASSED > 2027
  150 Swap OK?             PASSED = SwapOK
  160 Disk Space OK?       PASSED = OHNotSpecified
  170 Kernel params OK?    PASSED = KernelOK
  180 Got ld,nm,ar,make?   PASSED = ld_nm_ar_make_found
  190 ulimits OK?          PASSED = ulimitOK
  203 RHEL21 rpms ok?      PASSED = NotRedHat
  204 RHEL3 rpms ok?       PASSED = NotRedHat
  205 SuSE SLES8 rpms ok?  PASSED = NotSLES8
  206 SuSE SLES9 rpms ok?  PASSED = SLES9rpmsOK
  207 3006854 installed?   PASSED = NotRequired
  208 LD_ASSUME_KERNEL set PASSED = NotRedHat
  209 ip_local_port_range  PASSED = ip_local_port_rangeOK
  210 Tainted Kernel?      PASSED = NotVerifiable
  220 other OUI up?        PASSED = NoOtherOUI

Ok.

Agora rode o instalador do ORACLE (com o usuário oracle):

# cd /ORC
# ./runInstall


Pronto, siga os passos, o instalador é totalmente gráfico!

Qualquer dúvida é só me contactar:
augusto.ferronato[at]gmail.com

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Começando
   2. Configurando
Outros artigos deste autor

Instalando o PFSense em uma máquina virtual

Leitura recomendada

Instalação database Oracle 11G x86 e 64 no Ubuntu 10.10 Server

Processo de replicação de SCHEMA no Oracle

Oracle XE 11.2 no Slackware 14.0 64 bits - Instalação e configuração

Principais Processos em Background do Banco de Dados Oracle

Memórias Database Oracle (SGA x PGA) - Entenda a diferença e como calcular a HugePages

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Dombom em 30/01/2008 - 13:34h

O valeu mesmo goku pelo artigo,
Estou com o oracle 10 g na empresa e estou fazendo uma pesquisa para ver em qual distribuição roda melhor com o oracle
soube que o fedora trabalha muito bem com o oracle
quase q não tem tempo de espera nas resposta do banco de dados é muito rapido
valeu

[2] Comentário enviado por augustoferronato em 30/01/2008 - 13:38h

Ola Dombom,
Utilizamos Suse e RH pelo fato de que a Oracle homologa estes sistemas, e como estão em produção caso a gente necessite de suporte da Oracle não tem a ladainha:
"Olha senhor, o ambiente que está rodando não é homologado pela Oracle, então, não podemos fazer nada" hhehehe :)
O 10g Enterprise tem as seguintes distros "homologadas" são:
Red Hat 4 / 5
Suse 9 With SP 2+ / 10
Asianux 1
Unhackable (acho que é assim que escreve. ahuahuauh)
Abs[]


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts