Configuração do Compiz Fusion pós instalação

Compiz Fusion é um projeto lançado em 2007 que teve seu primeiro "release" em 13 de agosto de 2007. Ao
contrário do que muitos pensam, o Compiz Fusion não é a união do Beryl com o Compiz, mas sim do Beryl com o
Compiz Extras.

Ele tem por objetivo adicionar funções ao Compiz estendendo este com plugins, bibliotecas e ferramentas.

Fonte: Compiz Fusion - pt.wikipedia.org

[ Hits: 35.890 ]

Por: Glauber GF em 07/05/2011 | Blog: http://www.vivaolinux.com.br/~mcnd2


Instalando o Compiz Fusion e testando a aceleração 3D



Para instalação do Compiz nas distribuições baseadas em Debian, como o Ubuntu, é só executar o comando a seguir (interface Gnome) como root:

# apt-get install compiz compiz-core compiz-fusion-bcop compiz-fusion-plugins-main compiz-fusion-plugins-extra compiz-gnome compiz-gtk compiz-plugins compizconfig-backend-gconf compizconfig-settings-manager fusion-icon

Aguarde e pronto! O Compiz-fusion está instalado.

Caso os efeitos não estejam funcionando, verifique se sua placa 3D está ativada. Execute o comando abaixo:

# glxgears
# glxinfo | grep render


Se estiver tudo correto deverá aparecer a mensagem: "direct rendering: Yes".

Para deixar o Compiz iniciar junto com o sistema, adicione a entrada do “fusion-icon” para que ele apareça no painel como ícone do Systray.

Vá em menu > Sistema > Preferências > Aplicativos de Sessão.

Na aba 'Programas inicias', adicione a seguinte entrada:

Nome: Compiz Fusion Icon
Comando: fusion-icon

Agora sempre quando iniciar o sistema, o Fusion-icon será carregado, podendo você habilitar ou não o Compiz Fusion pelo ícone do systray.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalando o Compiz Fusion e testando a aceleração 3D
   2. Começando a brincadeira de configuração
Outros artigos deste autor

Atualizando Mageia 5 para versão 6

Prey Project - Localizando seu notebook roubado

AutoCAD 2007 vs. DraftSight v1r3.1 2013

Operadoras de Banda Larga com Medição de Velocidade

ownCloud - Em poder de suas mãos (Private Cloud)

Leitura recomendada

Montagem de Cluster Beowulf

Configurando um servidor NFS em 4 passos

NoBreak SMS e GNU/Linux (FC5) - Parte 1 - Fazendo o Nobreak funcionar

Configurando o driver nVidia no Mandrake 10.1

Instalação e configuração do J2SE

  
Comentários
[1] Comentário enviado por leandro em 07/05/2011 - 19:54h

Gostei do artigo!
Realmente o Compiz Fusion possui tantas opções que quando se está configurando-o pela primeira vez, ficamos perdidos. E falta material do tipo pela internet, o mais comum de se encontrar são vídeos demonstrativos apenas mostrando os efeitos, sem contudo expicar o passo-a-passo da configuração.

Parabéns.

[2] Comentário enviado por albfneto em 08/05/2011 - 04:03h

Gostei, bom artigo. Ajuda para configurar compiz. favoritado

[3] Comentário enviado por tatuiano em 08/05/2011 - 09:35h

muito bom teu artigo.nota 10
favoritado tambem.

[4] Comentário enviado por mcnd2 em 08/05/2011 - 11:30h

Leandro, Alberto e André, obrigado pelos comentários.

Esse artigo foi na intenção de ajudar aos novos usuários ou até não tão novos assim a fazer uma configuração básica do compiz com os belos efeitos que o mesmo possui.

Na internet encontramos muitos sobre o compiz mais não necessariamente como o configurar de modo que o usuário entenda o que esta fazendo.

Depois de configurado é só começar a brincadeira com os efeitos.

Abraço.

[5] Comentário enviado por Shafts em 08/05/2011 - 14:18h

Essas screenshots são do Debian Squeeze? Que tema é esse que você usa e como você trocou o ícone do menu para o ícone do gnome?

Muito legal o artigo.


Abraço.

[6] Comentário enviado por izaias em 08/05/2011 - 19:16h

Não é só pra iniciantes, tem coisas que não sabia.
Bem explicado e boas imagens pra orientar melhor o pessoal.
Legal, Glauber.

Ótimo Artigo!!!

[7] Comentário enviado por mcnd2 em 08/05/2011 - 19:20h

@ Shafts obrigado pelo comentário.

Sim, os screeshots são do Debian Squeeze.

O tema de ícones foi o 'Dropline Neu!' e os da área de trabalho alguns eu baixei não lembro onde em particular um por um.

Para mudar o ícone, eu particulamente no desktop não fiz nada, mas para alterar no notebook segui dicas de nossos amigos daqui do VOL, pois quando colocava este tema o icone do menu ficava o do Ubuntu e eu particularmente deixei o Ubuntu para usar Debian então o porque de deixar o icone do ubuntu se fica mais bonito o icone do debian, rs... Poderá ser colocado qualquer icone que você queira.

De uma lida nesse tópico:

http://www.vivaolinux.com.br/topico/Debian/Editar-icone-no-AWN.?num_por_pagina=12&pagina=1

Essa post foi em relação ao 'AWN' (Avant Window Navigator), mas poderá ser editado o menu do painel do Debian também.

Abraço.

EDITADO: Já alterado o tema do ícone não foi o 'faenzawolfe' e sim 'dropline neu!'. Desculpe-me.

[8] Comentário enviado por mcnd2 em 08/05/2011 - 19:23h

@Izaias, obrigado pelo comentário.

Depois que eu aprendi fazer a configuração fiquei toda hora mexendo e mudando.

Então passou um tempo desde Ubuntu 7.10 que começei a mexer com o compiz e porque não dar essa ajuda a quem está perdido no mundo dos efeitos, rsrsrs!!!...

Abraço irmão.

[9] Comentário enviado por removido em 08/05/2011 - 20:45h

Engraçado... não lembro de ter recebido os 500 pontinhos daquele tópico! rsrsrs

ficou excelente seu artigo my friend.

intÉ!

[10] Comentário enviado por mcnd2 em 08/05/2011 - 21:06h

Rsrsrs...

Pra já!

Divida é divida, rsrsrs...

Se eu devo tenho que pagar os 500, rs!

Só para ficar esclarecido, o ícone do ubuntu quando abro o 'awn' continua lá. Só é mudado quando mudo o tema do faenzawolfe, rs.

Mais deixa pra lá. A receita eu tenho só agora colocar a mão na massa, kkk...

Abraço my brother.

[11] Comentário enviado por removido em 08/05/2011 - 21:20h

o que uma pressãozinha não faz! rsrsrs

[12] Comentário enviado por mcnd2 em 08/05/2011 - 21:51h

Sabe como é agiota.

Deveu. Morreeeeeeeuuuu!!

KKK!...

[13] Comentário enviado por nicolo em 09/05/2011 - 11:18h

O artigo é ótimo,...explica simples e prático
Taí, gostei.

[14] Comentário enviado por mcnd2 em 09/05/2011 - 17:53h

Obrigado 'nicolo' pelo comentário.

Taí, gostei também por ser simples e prático, rs!

Foi esse o intuito do artigo, para mostrar para os usuários que o compiz não parece o que é.

Ele simplesmente é sensacional.

[15] Comentário enviado por henriquecorbo em 22/05/2011 - 23:01h

Prezado M¢Nd²,

Gostei muito do artigo, mas tenho uma dúvida. Eu tenho Ubunto 11.04 e gosto muito desses efeitos do Compiz. Tenho um pouco de medo de instalá-lo e deixar o meu laptop lento. Por ventura, se eu simplesmente instalar, essa operação já comprometerá a performance do meu laptop?

Você pode me dar uma uma dica?

[16] Comentário enviado por henriquecorbo em 22/05/2011 - 23:04h

Como faço para saber se minha placa de vídeo suporta os efeitos do Compiz?

[17] Comentário enviado por mcnd2 em 24/05/2011 - 20:19h

@henriquecorbo,

1) se você instala-lo não vai ficar lento, dependendo do suporte de seu hardware, rs!

Agora você pode deixar instalado e só ativar os efeitos na hora que quisesse usar entende. Ativando e desativando com o 'icon-fusion'.

2) você tem que saber se a placa está instalada. Se sim rode esses comandos como root:

# glxgears
# glxinfo | grep render

Se estiver tudo correto deverá aparecer a mensagem: "direct rendering: Yes".

Obrigado pelo comentário.

Agora faça o teste ai e ve como seu loptop vai se sair. Se ficar ruim você desinstala, rs!

Abraço.

[18] Comentário enviado por elibotafoguense em 16/06/2011 - 21:42h

Muito bom seu artigo, mas, gostaria de saber se posso usar estes mesmos comandos para instalar no ubuntum 11.04.

[19] Comentário enviado por henriquecorbo em 17/06/2011 - 08:45h

Caro Glauber,

Obrigado pela resposta. Se tiver que desinstalar, devo fazê-lo desinstalando todos os pacotes mencionados nesse artigo?

Um forte abraço.

[20] Comentário enviado por mcnd2 em 18/06/2011 - 18:14h

@eli...
Se você estiver usando o 'gnome2' em seu ubuntu 11.04, creio que sim como e derivado do debian, mas se estiver usando o 'unity' ai terá problemas.
Como não mexo com o ubuntu desde 8.04 não poderei te dar esse suporte com o ubuntu 11.04.

@henrique...
Sim.
Com todos mencionados.
Agora se você antes de dar um ok para desinstalar verifique se tudo está correto nas desinstalações dos pacotes.

Abraços...

[21] Comentário enviado por Cebola15 em 18/08/2011 - 13:52h

Quando eu executo o comando "glxgears" aparece a seguinte mensagem de erro:
"Falha de segmentação"
O que pode ser isso?

[22] Comentário enviado por f4becko em 08/02/2012 - 22:13h

Muito obrigado ... sem este artigo não teria o compiZ rodando no meu Debian Squeeze, e olha que a minha plca é onboard da intel ... valew irmão ...

God Bless All ......

[23] Comentário enviado por danielcrvg em 15/02/2012 - 01:15h

Boa noite!!!

Eu acho que fiz uma besteira no efeito "Mostrar Curso do Rato" e agora nao consigo voltar ele ao normal.. achei ele irado mas ai fui fuçar d+ e acabei desconfigurando.!!! tem como me dar uma ajuda?? Existe algum jeito de restaurar ele para Default novamente????

Obrigado,

danielcrvg@hotmail.com

[24] Comentário enviado por danielcrvg em 15/02/2012 - 09:41h

Esquecam meu comentario.... Ja resolvi :P

[25] Comentário enviado por serph em 11/04/2014 - 14:17h

como faço para aparecer aquelas miniaturas de janelas abertas naqueles "retângulos" da barra de tarefas? sabe os que são usados para selecionar qual area de trabalho eu quero ir?, então, sabes me mostrar como se faz isso com o compiz ativado?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts