Utilizando o Debian Squeeze em Desktop

Esta documentação é voltada para todos usuários Gnu/Linux que desejam utilizar a distribuição Debian em seu
desktop e por vários motivos não o fazem achando que o mesmo é apenas para servidores.

[ Hits: 28.688 ]

Por: Wagner Emmanoel de Farias em 17/05/2011


Introdução



O objetivo desta documentação é ajudar o leitor a ter um desktop bonito, estável, rápido e seguro utilizando a distribuição Gnu/Linux Debian na versão 6.0 de codinome "Squeeze". Durante muito tempo vários entusiastas Gnu/Linux andarem dizendo que o Debian é uma distribuição de difícil utilização e voltada para servidores, porém veremos que as coisas não são bem assim. O Debian nos dias de hoje é uma das distribuições que oferece um gerenciador de instalação muito intuitivo, tanto no modo texto quanto no modo gráfico, além prover vários recursos para utilização em desktops, servidores de pequeno, médio e grande porte, sistemas mobiles e onde mais você desejar. ;P

Linux: Utilizando o Debian Squeeze em Desktop

Adicionando os repositórios

Partindo do princípio que já se tem o Debian 6.0 de codinome Squeeze instalado, veremos como otimizar o mesmo para utilização em um desktop.

A primeira coisa a se fazer é editar o arquivo "/etc/apt/sources.list", para adicionar os repositórios de softwares que utilizaremos. Vale lembrar que para realizar os procedimentos a seguir é preciso estar autenticado como root, para isso faça:

su -

Insira sua senha e tecle enter.

Depois abra o arquivo /etc/apt/sources.list com o seu editor de preferência e altere para que contenha os seguintes repositórios:

# vi /etc/apt/sources.list

deb http://ftp.br.debian.org/debian/ squeeze main contrib non-free
deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ squeeze main contrib non-free

deb http://ftp.debian.org/debian/ squeeze-updates main contrib
deb-src http://ftp.debian.org/debian/ squeeze-updates main contrib

#deb http://ftp.br.debian.org/debian/ squeeze-proposed-updates contrib non-free main
#deb-src http://ftp.br.debian.org/debian/ squeeze-proposed-updates contrib non-free main

deb http://security.debian.org/ squeeze/updates contrib non-free main deb-src http://security.debian.org/ squeeze/updates contrib non-free main

deb http://www.debian-multimedia.org/ squeeze main non-free
deb http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian squeeze contrib non-free
deb http://dl.google.com/linux/deb/ stable non-free main

Obs. : Os repositórios squeeze-proposed-updates estão desabilitados, comentados. O motivo para tal é que o mesmo sugere algumas versões de software que podem conter algum tipo de bug. Como exemplo, no momento em que escrevo esse documento o servidor VNC para Gnome, o Vino, apresenta um bug que faz com que após estabelecer sessão, o mesmo trava, impossibilitando sua utilização. Sendo assim, como o objetivo é preparar um desktop, não desejaremos reportar bugs, muito menos corrigir os mesmos.

Adicionando as chaves dos repositórios

Após salvar as modificações no arquivo /etc/apt/sources.list, adicione as chaves dos repositórios. Para isso faça o seguinte:

# wget -q http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian/oracle_vbox.asc -O- | sudo apt-key add -

# A=7FAC5991
# gpg --keyserver pgpkeys.mit.edu --recv-key $A
# gpg -a --export $A | sudo apt-key add -


# B=1F41B907
# gpg --keyserver pgpkeys.mit.edu --recv-key $B
# gpg -a --export $B | sudo apt-key add -


Sincronizando a lista de software e atualizando o sistema

Execute o comando abaixo para sincronizar a lista de softwares disponíveis no repositório com o seu computador.

# aptitude update

Agora execute o comando abaixo para atualizar os softwares já instalados no seu computador, caso necessário:

# aptitude upgrade

Após esses primeiros passos, caso seja necessário reinicializar o sistema faça.

Instalando headers do kernel e algumas firmwares

A partir de agora vamos nos concentrar em instalar alguns plugins e softwares para utilização no dia a dia.

Inicialmente instale os headers para o seu kernel com o comando abaixo:

# aptitude -r install linux-headers-2.6-$(uname -r|sed 's,[^-]*-[^-]*-,,')

Agora instale alguns firmwares que podem ajudar na utilização de alguns módulos para o seu hardware:

# aptitude install firmware-linux firmware-linux-free firmware-linux-nonfree

Ativando suporte a .RAR, JAVA e Flash Plugin

Para ativar o suporte aos aplicativos gerados pelo Winrar, basta instalar o pacote abaixo:

# aptitude install unrar

Intalando o java da Sun Microsystems:

# aptitude install sun-java6-jre sun-java6-plugin

Configurando o java a ser utilizado como padrão no seu sistema:

# /usr/sbin/update-alternatives --config java

Escolha a opção:

/usr/lib/jvm/java-6-sun/jre/bin/java       63        modo manual

Instalando o plugin Flash da Adobe:

# aptitude install flashplugin-nonfree

Configurando o flash a ser utilizado como padrão no seu sistema:

# /usr/sbin/update-alternatives --config flash-mozilla.so

Escolha a opção:

/usr/lib/flashplugin-nonfree/libflashplayer.so   50        modo manual

Obs.: Depois da instalação do pacote flashplugin-non-free o mesmo encontra-se no modo automático que já é o flash non-free, contudo não custa verificar se o mesmo realmente está em uso.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Mais aplicativos e finalizando
Outros artigos deste autor

Debian Wheezy - Instalação e utilização em desktops

Leitura recomendada

Yum no Red Hat 4

OpenVPN em Linux

Configuração de CDRW

Otimizando o seu Slackware pra valer com o SlackBuild

FreeBSD - Configuração do Net-SNMP

  
Comentários
[1] Comentário enviado por User-kuruma em 17/05/2011 - 20:19h

bacana as dicas.

[2] Comentário enviado por junior1917 em 17/05/2011 - 22:38h

Bem completo, gostei da parte das firmwares, muita gente não usa o Debian em notebooks por falta de suporte nativo a alguns tipos de hardware.

[3] Comentário enviado por hfluz em 17/05/2011 - 22:50h

Ótimo tutorial e muito bem detalhado.

Eu só substituiria o VLC pelo SMPlayer, pois este ultimo tem muitas funcionalidades a mais em relação ao VLC, como continuar o vídeo da onde ele parou (mesmo fechando o SMPlayer), baixar legendas direto pelo aplicativo, entre outras.

Eu pretendo voltar ao debian futuramente quando o gnome 3 entrar no debian testing, por enquanto vou de Fedora 15 mesmo, até para ganhar conhecimentos em outra distro.

De qqr forma parabens pelo artigo.

[4] Comentário enviado por possiventura em 18/05/2011 - 05:57h

wagner,
há LiveCD do Debian Squeeze ? como se faz para configurar a internet ?
tadeu filippini

[5] Comentário enviado por nicolo em 18/05/2011 - 14:00h

Você esqueceu de informar que compiz precisa de driver 3D da placa de vídeo.
Mesmo assim NOTA 10
Porque: Eu entendo, que precisa de tutoriais que facilitem as coisas no Linux, algo que torne o Linux mais suave e amigável. Essa idéia de que o sofrimento instrui torna o Linux um instrumento de tortura e espanta adeptos.
O número crescente de participantes usuários fortalece o GNU-Linux e o opensource, e para angariar usuários precisa de algo que seja confortável e sem stress, PORQUE: O número de masoquistas no mundo tem diminuído continuamente desde a Segunda Guerra.
Grande contribuição.
Parabéns.

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 18/05/2011 - 14:56h

Muito bom! Parabéns!

Mas as vezes me pergunto se vale a pena configurar Debian para desktop se há tantas distros já prontinhas para desktop baseadas em debian... e com pacotes mais atuais que debian e com "frescuras" a mais que deixam a experiência do usuário mais confortável.


[7] Comentário enviado por wagneremmanoel em 18/05/2011 - 16:13h

Pessoal, bom dia!!!

Bom vou responder aos questionamentos até o presente momento!!!

possiventura - Sim existe um projeto Live do debian, você pode obter mais informações além de baixar a iso no seguinte link http://live.debian.net/, vale lembrar que esta disponível com os ambientes gráficos mais utilizados, Gnome, KDE, Lxde, Xfcei, porém apenas para arquiteturas i386 e amd64.

nicolo - É verdade, esqueci de enfatizar a necessidade de uma placa com aceleração gráfica 3D e recursos como openGL, para utilização dos efeitos gráficos gerados pelo compiz... Mas, obrigado por lembrar desse importante detalhe!!!


xerxeslins - É, em parte você tem razão!!! Por coincidência sou instrutor oficial da Canonical (Empresa responsável pelo Ubuntu), e seu comentário foi bem legal, além de dizer implicitamente "por que não usar Ubuntu???". Não quero defender nenhuma distro nesse momento, o Ubuntu tem suas vantagens e "desvantagens", assim como o Debian... O motivo da escrita do mesmo foi apenas ajudar pessoas que estão iniciando no mundo do software livre com foco no Gnu/Linux e por escolha ou imposição de algum amigo, faculdade ou qualquer outra coisa, o levou a escolha do Debian.

abraço a todos,
Wagner Farias.

[8] Comentário enviado por mcnd2 em 18/05/2011 - 20:49h

@ Xerxes.

O bom de usar o Debian é que assim você aprende mais sobre o sistema pois tem que se fazer tudo na unha mesmo. Por este e outros que acho melhor pegar o Debian 'peladinho' e deixar do seu jeito.

O artigo ficou bom Wagner.

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 18/05/2011 - 21:39h

Tem razão M¢Nd²!


[10] Comentário enviado por possiventura em 18/05/2011 - 23:43h

wagner,
faz algum tempo eu baixei o LiveCD que você indicou...mas não consegui
configurar a internet . Existe alguma maneira para o debian ?
tadeu filippini
p.s. o etch eu baixei inteiro ..não instalei por causa de não saber acessar a web.
Aqui no linux eu coloquei a disposiçao das pessoas .vou pegar o link e editar o comentário.
p.p.s. não encontrei ..mas para quem desejar eu posso tirar cópias do etch ( são 28 CDs ..acho )
p.p.p.s achei " debian etch "
http://www.vivaolinux.com.br/topico/Debian-para-iniciantes/debian-etch-1
[1] Enviado em 04/12/2009 - 01:38h:
debian etch


gostaria de compartilhar o debian etch que tenho ( 28 cds ).aceito sugestões.
tadeu filippini
p.s. foi quando aprendi que imagem iso não era para ser pacote de dados e comecei a "queimar cds "
desculpe-me por tantas palavras

[11] Comentário enviado por alero em 19/05/2011 - 08:47h

vlw cara, tava precisando disso mesmo!

[12] Comentário enviado por brunotec em 19/05/2011 - 11:29h

Muito Bom, gostei da parte do Gtk-recordMyDesktop, pois eu mesmo nunca tinha visto o AVANÇADO funcionar! rsrsrs

valeu pela dica.

[13] Comentário enviado por wagneremmanoel em 19/05/2011 - 13:10h

Pessoal, bom dia!!!

possiventura - Muita coisa mudou do Etch para o Squeeze!!! Você deveria voltar a testar sem medo... O Debian utiliza o network-manager para facilitar a configuração da sua conexão de rede, igualmente ao Ubuntu. Caso você queira realizar a configuração na mão!!! Aí sim, é preciso parar o serviço responsável pelo mesmo. Isso pode ser feito da seguinte forma:

# /etc/init.d/network-manager stop

Após parar o serviço você pode realizar a configuração que desejar nos seguintes arquivos:

# vi /etc/network/interfaces - Configurações de adaptadores e IP's a serem utilizados como: (endereço do pc na rede, mascara, endereço de rede, broadcast, gatway).

# vi /etc/resolv.conf - Configuração dos endereços de DNS que você prefere.

# vi /etc/nsswitch.conf - No seu caso, não vejo necessidade de modificar.

Bom, depois de realizar suas configurações não esquecer de reiniciar o serviço de rede, segue abaixo:

# /etc/init.d/networking restart

Dessa forma os adaptadores irão receber as configurações que você realizou.... Para verificar faça:

# ifconfig

abraço,

[14] Comentário enviado por iz@bel em 20/05/2011 - 10:30h

Esse artigo + O tutorial do How to forge "Desktop Perfect Debian Squeeze"
Link: http://www.howtoforge.com/the-perfect-desktop-debian-squeeze

É tudo de bom!!!!
Parabéns!

[15] Comentário enviado por hugo luiz em 20/05/2011 - 23:41h

Agora que sei um monte de coisa do Debian vejo um artigo desse, chega deu uma dor na alma quando vir tudo explicado. Minha primeira distribuição foi essa. Faz 4 meses que uso linux e nunca vi nenhum artigo explicando como preparar o Debian para Desktop. Até hoje tenho medo de lembrar daquele tempo, quando não sabia nem oque era uma sources.list ahhhh
Muito bom!!! PARABÉNS!!! OBRIGADO!!!!

[16] Comentário enviado por marceloteixeira em 21/05/2011 - 11:55h

E tem quem ache que o Debian é difícil!!! fala sério...

[17] Comentário enviado por eldermf em 23/05/2011 - 14:01h

Estou tendo problemas para habilitar minha placa nvidia 6250 no Ubuntu 11.04. Já tentei as 3 possibilidades que o sistema oferece automaticamente, inclusive a versão do próprio site da nvidia eu tb já compilei mas, mesmo assim, não obtive êxito no efeitos 3d. Confesso que me acostumei a eles, pois utilizo desde quando era Beryl.
Vou tentar o Debian puro ou o Fedora. O único problema no Debian seria configurar o fstab, para ler meus backups em ntfs, mas eu darei um jeito, como sempre.

[18] Comentário enviado por wagneremmanoel em 23/05/2011 - 14:16h

Pessoal, bom dia!!!

eldermf - Esse problema de compatibilidade com a nvidia desconheço, afinal é um dos fabricantes que mais respeitam Gnu/Linux... Quanto a utilização do Debian pode seguir... Você não terá esse problema com /etc/fstab, suas partições NTFS serão detectadas durante e após a instalação.

abraço,
Wagner Farias.

[19] Comentário enviado por eldermf em 23/05/2011 - 14:50h

É mesmo, Wagner, mas creio que o problema esteja na compatibilidade Gnome/Unity, a nova interface gráfica do Natty. Agora, quanto ao reconhecimento automático de partições ntfs, isso não ocorria nas versões anteriores do Debian, sempre tive que "montar" manualmente, ou configurar o fstab, ou instalar o ntfs-3g para tal. Se assim está ocorrendo, vejo que o nosso saudoso Debian evoluiu neste aspecto. Vlw pelas dicas. Um abraço!

[20] Comentário enviado por aleksandre em 26/05/2011 - 06:29h

Muito bom o tutorial!
Vi por aqui alguns comentários do porquê utilizar Debian no Desktop se existem distros "mais fáceis"; oras, boa parte dos procedimentos descritos nesse tutorial também têm de ser feitos nessas outras distros "mais fáceis", a única diferença é que nelas existem ferramentas gráficas para isso.
O Debian já é prática, totalmente user-frendly e voltada ao desktop desde a versão Etch. Na verdade, o que alguns chamam de facilidade são apenas retoques cosméticos.

[21] Comentário enviado por fabiobarby em 26/05/2011 - 19:48h

Legal o squeeze, mesmo sabendo que hoje em dia os usuários procuram por distros mais completas, essa é uma boa escolha para quem quer aprender debian! Parabens pelo tuto!

[22] Comentário enviado por thiiagofernando em 30/05/2011 - 19:56h

e tudo que eu precisava

[23] Comentário enviado por BrunoMorais em 31/05/2011 - 00:53h

O Debian é muito bom para desktops só tem um probleminha que estou enfretando que ainda não encontrei solução, que foi o fato de videos em flash como do g1, youtube etc ficarem ruins quando estão com tela cheia, outro problema é o de depois da reinicialização do Debian normalmente ficar sem som, algo que só se resolve desligando o notebook e religando em seguida, estranho, mas espero um dia resolver estes problemas. Ótima contribuição.

[24] Comentário enviado por gpxlnx em 03/06/2011 - 10:18h

Bom dia pessoal,

Gostaria de agradecer ao wagneremmanoel, pelo belo post e dizer que com ele utilizar o debian ficou realmente mais agradavel.

Contudo, gostaria de pedir uma ajuda sobre o virtualbox, realizei todo o procedimento do post (instalar via apt, headers...) porem ele nao esta funcionando corretamente a mensagem 'e

RTR3Init failed with rc=-1912 (rc=-1912)

The VirtualBox kernel modules do not match this version of VirtualBox. The installation of VirtualBox was apparently not successful. Executing

'/etc/init.d/vboxdrv setup'

may correct this. Make sure that you do not mix the OSE version and the PUEL version of VirtualBox.

tentei digitar o comando no bash e nao tive sucesso procurei na net e nao encontrei nenhuma ajuda.

Gostaria de alguma ajuda pois nao consigo iniciar qualquer imagem no virtualbox

meu kernel:

Linux debian 2.6.32-5-amd64 #1 SMP Wed May 18 08:00:46 UTC 2011 x86_64 GNU/Linux

[25] Comentário enviado por vjorge em 20/10/2011 - 09:59h

Amigos, se alguém tiver alguma contribuição com este erro ai em cima (do VBox) eu também ficaria muito contente... faz dias que tenho tido este problema, segui vários tutoriais, posts e nada...

abr;

[26] Comentário enviado por wagneremmanoel em 20/10/2011 - 16:08h

Pessoal, bom dia!!!

Vamos tentar resolver o "problema" com o Virtualbox executando os seguintes passos:

Obs. Favor lembrar que $ representa o prompt de um usuário comum (sem privilégios) e # representa o usuário root (com privilégios), ou seja ao copiar ou digitar os comandos abaixo, esses símbolos não devem ser copiados!!!

1. Realize autenticação como root:

$su

2. Digite o seguinte comando para ver a versão do seu kernel:

#uname -r

Obs. Fique atento a nomeclatura que será exibida pois precisaremos dela mais na frente. Ex: 2.6.39-bpo.2-amd64

3. Verifique se os headers do kernel estão instalados:

#aptitude search linux-headers-2.6

Obs. Após executar o comando acima, será exibido várias opções de headers... Localize o que tenha a mesma nomeclatura que foi exibido no comando uname -r. Observe se o mesmo esta instalado. Se estiver aparecerá com um "i" no inicio da linha conforme abaixo:

p linux-headers-2.6.39-bpo.2-all - All header files for Linux 2.6.39 (meta-package)
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-all-amd64 - All header files for Linux 2.6.39 (meta-package)
i linux-headers-2.6.39-bpo.2-amd64 - Header files for Linux 2.6.39-bpo.2-amd64
i A linux-headers-2.6.39-bpo.2-common - Common header files for Linux 2.6.39-bpo.2

Obs. Caso esteja com esse "i" no inicio do header referente ao seu kernel pule para o passo 4, caso seu header não tiver instalado ou você ainda ficou com dúvida se esta ou não instalado execute o comando abaixo. (Não irá prejudicar a que já tem o header instalado :P ).

#aptitude install linux-headers-`uname -r`

Obs. Agora execute o comando abaixo e certifique-se que você tem o header para o seu kernel instalado:

#aptitude search linux-headers-2.6

4. Instale o GCC (compilador para linguagens de programação C/C++):

#aptitude install gcc

5. Execute o comando abaixo para que os módulos do virtualbox sejam reconfigurados:

#/etc/init.d/vboxdrv setup

Espero que isso resolva o problema de vocês... E lembrem-se que sempre que mudar (atualizar) o seu Kernel, deve instalar os headers para o seu novo Kernel. Caso isso não seja feito esse tipo de problema irá acontecer novamente.

abraço a todos!!!

[27] Comentário enviado por vjorge em 21/10/2011 - 08:19h

Ola, tudo bem?

Desculpe estar batendo nesse assunto novamente... pelo visto não é de hj, mas no momento minha única alternativa é contar com os amigos do forum.
respondendo ao e-mail do amigo Wagner Emmanoel de Farias

2 -
root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# uname -r 2.6.32-5-amd64
root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# uname -a Linux LABCOM_03 2.6.32-5-amd64 #1 SMP Fri Sep 9 22:01:03 UTC 2011 x86_64 GNU/Linux


3 -
root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# aptitude search linux-headers-2.6
v linux-headers-2.6 -
p linux-headers-2.6-486 - Header files for Linux 2.6-486 (meta-package)
p linux-headers-2.6-686 - Header files for Linux 2.6-686 (meta-package)
p linux-headers-2.6-686-bigmem - Header files for Linux 2.6-686-bigmem (meta-package)
p linux-headers-2.6-686-pae - Header files for Linux 2.6-686-pae (meta-package)
i linux-headers-2.6-amd64 - Header files for Linux 2.6-amd64 (meta-package)
p linux-headers-2.6-openvz-686 - Header files for Linux 2.6-openvz-686 (meta-package)
p linux-headers-2.6-vserver-686 - Header files for Linux 2.6-vserver-686 (meta-package)
p linux-headers-2.6-vserver-686-bigmem - Header files for Linux 2.6-vserver-686-bigmem (meta-package)
p linux-headers-2.6-xen-686 - Header files for Linux 2.6-xen-686 (meta-package)
p linux-headers-2.6.32-5-486 - Header files for Linux 2.6.32-5-486
p linux-headers-2.6.32-5-686 - Header files for Linux 2.6.32-5-686
p linux-headers-2.6.32-5-686-bigmem - Header files for Linux 2.6.32-5-686-bigmem
p linux-headers-2.6.32-5-all - All header files for Linux 2.6.32 (meta-package)
p linux-headers-2.6.32-5-all-i386 - All header files for Linux 2.6.32 (meta-package)
i linux-headers-2.6.32-5-amd64 - Header files for Linux 2.6.32-5-amd64
i A linux-headers-2.6.32-5-common - Common header files for Linux 2.6.32-5
p linux-headers-2.6.32-5-common-openvz - Common header files for Linux 2.6.32-5-openvz
p linux-headers-2.6.32-5-common-vserver - Common header files for Linux 2.6.32-5-vserver
p linux-headers-2.6.32-5-common-xen - Common header files for Linux 2.6.32-5-xen
p linux-headers-2.6.32-5-openvz-686 - Header files for Linux 2.6.32-5-openvz-686
p linux-headers-2.6.32-5-vserver-686 - Header files for Linux 2.6.32-5-vserver-686
p linux-headers-2.6.32-5-vserver-686-bigmem - Header files for Linux 2.6.32-5-vserver-686-bigmem
p linux-headers-2.6.32-5-xen-686 - Header files for Linux 2.6.32-5-xen-686
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-486 - Header files for Linux 2.6.38-bpo.2-486
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-686 - Header files for Linux 2.6.38-bpo.2-686
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-686-bigmem - Header files for Linux 2.6.38-bpo.2-686-bigmem
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-all - All header files for Linux 2.6.38 (meta-package)
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-all-i386 - All header files for Linux 2.6.38 (meta-package)
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-amd64 - Header files for Linux 2.6.38-bpo.2-amd64
p linux-headers-2.6.38-bpo.2-common - Common header files for Linux 2.6.38-bpo.2
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-486 - Header files for Linux 2.6.39-bpo.2-486
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-686-pae - Header files for Linux 2.6.39-bpo.2-686-pae
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-all - All header files for Linux 2.6.39 (meta-package)
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-all-i386 - All header files for Linux 2.6.39 (meta-package)
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-amd64 - Header files for Linux 2.6.39-bpo.2-amd64
p linux-headers-2.6.39-bpo.2-common - Common header files for Linux 2.6.39-bpo.2

root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# aptitude install linux-headers-`uname -r`
Nenhum pacote será instalado, atualizado ou removido.
0 pacotes atualizados, 0 novos instalados, 0 a serem removidos e 66 não atualizados.
É preciso obter 0 B de arquivos. Depois do desempacotamento, 0 B serão usados.


4 -
root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# aptitude install gcc
Nenhum pacote será instalado, atualizado ou removido.
0 pacotes atualizados, 0 novos instalados, 0 a serem removidos e 66 não atualizados.
É preciso obter 0 B de arquivos. Depois do desempacotamento, 0 B serão usados.

5 -
root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# /etc/init.d/vboxdrv setup
Stopping VirtualBox kernel modules:.
Uninstalling old VirtualBox DKMS kernel modules:.
Trying to register the VirtualBox kernel modules using DKMS:.
Starting VirtualBox kernel modules:.


--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++

6 -

root@LABCOM_03:/home/LABCOM_03# aptitude search virtualbox
p virtualbox - x86 virtualization solution - base binaries
p virtualbox-3.2 - Oracle VM VirtualBox
i virtualbox-4.0 - Oracle VM VirtualBox
p virtualbox-4.1 - Oracle VM VirtualBox
p virtualbox-dbg - x86 virtualization solution - debugging symbols
p virtualbox-dkms - x86 virtualization solution - kernel module sources for dkms
p virtualbox-fuse - x86 virtualization solution - virtual filesystem
p virtualbox-guest-additions - guest additions iso image for VirtualBox
p virtualbox-guest-dkms - x86 virtualization solution - guest addition module source for dkms
p virtualbox-guest-source - x86 virtualization solution - guest addition module source
p virtualbox-guest-utils - x86 virtualization solution - non-X11 guest utilities
p virtualbox-guest-x11 - x86 virtualization solution - X11 guest utilities
c virtualbox-ose - transitional package for virtualbox
p virtualbox-ose-dbg - transitional package for virtualbox-dbg
p virtualbox-ose-dkms - transitional package for virtualbox-dkms
p virtualbox-ose-fuse - transitional package for virtualbox-fuse
i virtualbox-ose-guest-dkms - transitional package for virtualbox-guest-dkms
p virtualbox-ose-guest-source - transitional package for virtualbox-guest-source
p virtualbox-ose-guest-utils - transitional package for virtualbox-guest-utils
p virtualbox-ose-guest-x11 - transitional package for virtualbox-guest-x11
c virtualbox-ose-qt - transitional package for virtualbox-qt
p virtualbox-ose-source - transitional package for virtualbox-source
p virtualbox-qt - x86 virtualization solution - Qt based user interface
p virtualbox-source - x86 virtualization solution - kernel module source

O VBox Instala normalmente, masQdo vou executar o Vbox me apareçe a seguinte mensagem:


primeira tela de erro

Falha ao abrir uma sessão para a máquina virtual Win2003.
The virtual machine 'Win2003' has terminated unexpectedly during startup with exit code 1.

Detalhe

Código de Resultado: NS_ERROR_FAILURE (0x80004005)
Componente: Machine
Interface: IMachine {662c175e-a69d-40b8-a77a-1d719d0ab062}

segunda tela de erro


RTR3Init failed with rc=-1912 (rc=-1912)

The VirtualBox kernel modules do not match this version of VirtualBox.
The installation of VirtualBox was apparently not successful. Executing

'/etc/init.d/vboxdrv setup'

may correct this. Make sure that you do not mix the OSE version
and the PUEL version of VirtualBox.

--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++--------------------++

exatamente isso... acho bem estranho este erro... recorri vários foruns de internet, inclusive todos apontados como [RESOLVIDOS] e eu contínuo como o problema!!! acredito que talvez seja um detalhe mínimo, alguma coisa de pouco fundamento que está me causando todo este problema.

Se nesta mesnagem meu e-mail sair desconfigurado e alguém quiser, pode me enviar o seu e-mail e eu passo a mensagem com arquivo anexo. assim não perde a configuração.

vilsonbj@gmail.com ou vilsonbj@yahoo.com.br

peço desculpas pelo tamanho da mensagem.

Atenciosamente;

Vilson Jorge

[28] Comentário enviado por wagneremmanoel em 22/10/2011 - 01:55h

Pessoal, bom dia!!!

Vilson no seu caso específico executa os seguintes comandos abaixo:

#aptitude remove virtualbox-4.0 virtualbox-ose-guest-dkms && aptitude install virtualbox-4.1;

Obs. Não instala mais o pacote "virtualbox-ose-guest-dkms" você não precisa dele.

abraço,
Wagner Farias.

[29] Comentário enviado por vjorge em 24/10/2011 - 13:56h

Boa tarde!

Amigo Wagner, obrigado pelo empenho! obrigado mesmo!

Acho "incrível" como tudo tem dado errado aqui...tenho seguido a risca as orientações do fórum e contínuo sem a solução do Virtual Box no debian 6.

removi o virtualbox-4.0 virtualbox-ose-guest-dkms e instalei o virtualbox-4.1; conforme orientação do colega acima, mas contínuo com o mesmo erro reportado no post anterior!!

root@LABCOM_03:/# aptitude search virtualbox
p virtualbox - x86 virtualization solution - base binaries
p virtualbox-3.2 - Oracle VM VirtualBox
c virtualbox-4.0 - Oracle VM VirtualBox
i virtualbox-4.1 - Oracle VM VirtualBox
p virtualbox-dbg - x86 virtualization solution - debugging symbols
p virtualbox-dkms - x86 virtualization solution - kernel module sources for dkms
p virtualbox-fuse - x86 virtualization solution - virtual filesystem
p virtualbox-guest-additions - guest additions iso image for VirtualBox
p virtualbox-guest-dkms - x86 virtualization solution - guest addition module source for dkms
p virtualbox-guest-source - x86 virtualization solution - guest addition module source
p virtualbox-guest-utils - x86 virtualization solution - non-X11 guest utilities
p virtualbox-guest-x11 - x86 virtualization solution - X11 guest utilities
c virtualbox-ose - transitional package for virtualbox
p virtualbox-ose-dbg - transitional package for virtualbox-dbg
p virtualbox-ose-dkms - transitional package for virtualbox-dkms
p virtualbox-ose-fuse - transitional package for virtualbox-fuse
p virtualbox-ose-guest-dkms - transitional package for virtualbox-guest-dkms
p virtualbox-ose-guest-source - transitional package for virtualbox-guest-source
p virtualbox-ose-guest-utils - transitional package for virtualbox-guest-utils
p virtualbox-ose-guest-x11 - transitional package for virtualbox-guest-x11
c virtualbox-ose-qt - transitional package for virtualbox-qt
p virtualbox-ose-source - transitional package for virtualbox-source
p virtualbox-qt - x86 virtualization solution - Qt based user interface
p virtualbox-source - x86 virtualization solution - kernel module source

O que me deixa intrigado é pra muito tem resolvido... por exemplo, segui este tutorial: http://www.vivaolinux.com.br/topico/Debian/Como-instalar-Virtualbox-Debian-6.0. dado como resolvido... será hardware?

Que mais que posso fazer? alguém tem alguma idéia? já passou por isso? alguém já se baseou em algum howto e que deu certo? enfim, apelo pra ajuda dos colegas do forum.
não quero e nem posso abandonar esta solução do Vbox no Debian 6...

Grande abraço

Vilson Jorge

[30] Comentário enviado por mdunguel em 27/01/2012 - 16:28h

Posso substituir o comando que instala o compiz por (comando compiz*.*)?

[31] Comentário enviado por removido em 19/03/2012 - 18:34h

Ufa, valeu pelo artigo, conseguir rodar o Packet Tracer.
Apenas mais algumas configurações e funcionou.

[32] Comentário enviado por veiga santos em 01/04/2012 - 14:20h

Era isto que eu estava procurando.

Estou tendo problemas com reconhecimento de alguns hardwares do meu notebook com o Debian 6.0.4 stable, justamente com Hardwares essenciais, Video, Audio e touchpad. (a webcam também, mas para mim não é essencial).
Imaginei durante a instalação que a placa de rede sem fio e o Bluetooth não seriam reconhecidos, mas estão funcionando perfeitamente, pior que instalei com a certeza de ser o único sistema em meu note, abandonei de vez o windows.

Utilizei o ubuntu por um tempo legal, já estava acostumando com o Unity, mas os erros internos do Ubuntu estavam me infernizando a vida.

Não quero desinstalar e voltar para o Ubuntu ou outra disto debian-like, mesmo Suse, Fedora e outros....

Perder tempo com configurações cosméticas tudo bem, mas não quero passar "a vida" configurando, recompilando, remendando e criando gambiarras para o OS reconhecer ao menos o básico do meu hardware, afinal estamos no ano 2012, acho meio absurdo isto ainda existir.

A alguns anos atrás achei um tutorial do Morimoto basicamente como este, como o intuito de usar o Debia etch como desktop, mas na época eu tinha um notebook com shipset SIS então não deu para aproveitar muito.

Espero que um dia possamos instalar nossos sistemas sem ter que usar artifícios e gambiarras
E poder usar nossas máquinas de forma mais produtiva, afinal é para isto que elas existem.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts