Como ver as informações de rede no Linux

Reunirei nesse artigo várias maneiras de se ver informações de rede no Linux, darei preferência a linha de comando pela sua versatilidade e por ser genérica a maioria das distros, independente da interface gráfica. Espero que ajude iniciantes, como já fui um dia, a encontrar essas informações.

[ Hits: 160.185 ]

Por: Rodrigo Mendes Pasini em 25/05/2010


Direto ao ponto: ifconfig, hostname, DNS, mii-tool e route



O comando ifconfig

Esse comando fornecerá todas as informações de rede se sua máquina, todas as placas de rede existentes inclusive a de loopback. Com esse comando poderemos ver o endereço físico das placas de rede (MAC address), endereço IP, broadcast, máscara de sub-rede, endereço IPV6 e informações sobre pacotes recebidos e enviados.

Esse comando pode ser usado especificamente para uma placa de rede para listar as informações somente dela:

# ifconfig wlan0
O comando ifconfig também serve para realizar configurações na rede, porém esse não é o objetivo desse artigo, mas deixo a dica, consultem as man pages desse comando pois o que falei sobre ele não é nem 1% do que ele faz.

# man ifconfig

Hostname

Para saber qual o hostname de sua máquina basta executar o comando "hostname" no terminal que ele lhe retornará a informação.

Endereços de DNS

Para conseguir essa informação basta olhar o arquivo /etc/resolv.conf que nele constam as informações de DNS, podemos simplesmente dar um "cat" nesse arquivo.

# cat /etc/resolv.conf

O comando mii-tool

Esse comando permite verificar se a placa de rede está conectada, a velocidade do link o modo de operação e muitas outras coisas.

O comando route

Esse comando é usado para manipular a tabela de roteamento IP do kernel, sendo seu principal uso na configuração de rotas estáticas para hosts ou redes específicas através de uma interface. Veja as man pages dele.

Para vermos a rota padrão da rede (Default gateway) já configurada basta executá-lo no terminal sem argumentos.

# route
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Direto ao ponto: ifconfig, hostname, DNS, mii-tool e route
   2. Netstat e nmap
   3. Modo gráfico e conclusão
Outros artigos deste autor

Convertendo sistemas físicos em máquinas virtuais

Virtualização - VirtualBox em modo texto e acesso remoto

Mosix - Instalação e configuração de um cluster de balanceamento de carga

Ovos de Páscoa no GNU/Linux

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Leitura recomendada

MOC - O player de áudio para consoles

Conhecendo o eBox

Container Elastic Stack para visualização de logs do Proxy Squid

Service Menus: Integrando scripts para conversão de áudio no Dolphin, Konqueror e Nautilus

Atualizando para KDE-3.2 usando o APT no SuSE 9

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 25/05/2010 - 16:59h

Muito bom

[2] Comentário enviado por removido em 25/05/2010 - 17:10h

Muito bom rapaz, apesar de serem comandos simples eu corri muito para descobrilos no inicio, sem duvida vai ajudar muitos iniciantes. Parabens.

[3] Comentário enviado por julio_hoffimann em 25/05/2010 - 18:55h

Oi Rodrigo,

Outros comandos interessantes, talvez não tão úteis quanto os que você mostrou, são:

-> nm-tool
Utilitário para reportar o estado do Networkmanager de uma forma mais legível.

-> mtr
Ferramenta para diagnóstico de rede que combina a funcionalidade do traceroute e do ping, é interessante o seu dinamismo. Por exemplo:

mtr www.google.com

Todo o caminho do pacote é traçado e atualizado a cada instante. Ao digitar "D" (Display mode), é mostrado um gráfico em ASCII, muito legal.

Parabéns!

[4] Comentário enviado por pauloneves em 26/05/2010 - 00:33h

Nota 10 amigo.

[5] Comentário enviado por albfneto em 26/05/2010 - 01:11h

bom artigo... 10...
ainda acrescentando tem mais algumas coisas...

uma alternativa boa, que funciona bem para as wireless e as cabeadas, quando o networkmanager não funcionou bem , é o Wicd...

também em certos casos se pode usar por ex. dhclient

para checar a rede, um pacote gráfico legal é o Wireshark.

[6] Comentário enviado por mbmaciel em 26/05/2010 - 07:40h

@rodrigo8819 bom artigo !

@julio_hoffimann não conhecia esse mrt, muito legal mesmo!

[7] Comentário enviado por anonymous em 26/05/2010 - 15:42h

Muito bom!

[8] Comentário enviado por eduardo em 26/05/2010 - 16:27h

Muito bom seu artigo. Parabéns.

[9] Comentário enviado por Lisandro em 28/05/2010 - 06:55h

Valeu pelo resumão!

[10] Comentário enviado por trackynx em 28/05/2010 - 14:00h

ótimo artigo,está de parabéns!

[11] Comentário enviado por rodrigo8819 em 28/05/2010 - 15:07h

Muito obrigado a todos, fico contente que estejam gostando do artigo. Obrigado aos que o complementaram também.

[12] Comentário enviado por murderb13 em 22/07/2010 - 10:24h

cara,....show de bola

[13] Comentário enviado por erich8 em 11/11/2010 - 19:21h

Como posso saber de o driver wireless esta instalado?

[14] Comentário enviado por rodrigo8819 em 11/11/2010 - 20:29h

com o comando #iwconfig ele listará as configurações das interfaces wireless do seu sistema.

[15] Comentário enviado por erich8 em 11/11/2010 - 21:12h

obrigado rodrigo estou criando um tópico.
http://www.vivaolinux.com.br/topico/Redes/sem-rede-wireless


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts