Cluster Beowulf

Configuração do Cluster Beowulf no Debian 7.

[ Hits: 10.805 ]

Por: diocelio larsen em 04/08/2016


Executando PVFS2



Executar no servidor (com os nós ligados e, logicamente, com o PVFS2 já instalado e configurado):

# /opt/pvfs2/bin/pvfs2-genconfig /etc/pvfs2-fs.conf #Somente no servidor

Siga a orientação respondendo o arquivo como o da imagem
# /opt/pvfs2/sbin/pvfs2-server /etc/pvfs2-fs.conf -f #Somente no servidor

Iniciando:

# /opt/pvfs2/sbin/pvfs2-server /etc/pvfs2-fs.conf #Somente no servidor
[S 09/09 15:55] PVFS2 Server on node servidor version 2.8.2 starting...

# scp /etc/pvfs2-fs.conf 192.168.1.X:/etc/ #Substituir o IP pelo dos nós

# ssh 192.168.1.X #Substituir o IP pelo dos nós

Criando os arquivos necessários:

# /opt/pvfs2/sbin/pvfs2-server /etc/pvfs2-fs.conf -f #Somente no servidor
/opt/pvfs2/sbin/pvfs2-server /etc/pvfs2-fs.conf -f
[S 09/15 22:54] PVFS2 Server on node no01 version 2.8.2 starting...
[D 09/13 22:54] PVFS2 Server: storage space created. Exiting.


# opt/pvfs2/sbin/pvfs2-server /etc/pvfs2-fs.conf #Somente no servidor
[S 09/09 22:55] PVFS2 Server on node no01 version 2.8.2 starting...

# logout #Somente no servidor

No servidor:

# /opt/pvfs2/sbin/pvfs2-server /etc/pvfs2-fs.conf (somente no servidor)

Testando:

# /opt/pvfs2/bin/pvfs2-ping -m /mnt/pvfs2 (somente no servidor)

Deve retornar uma imagem assim:
Mais alguns comandos, apenas no servidor:

# cp /usr/src/pvfs-2.8.2/examples/pvfs2-server.rc /etc/init.d/pvfs2-server
# chmod 777 -R /usr/src
# chmod 777 -R /etc/init.d

Copie manualmente o arquivo pvfs2-server para dentro da pasta /etc/init.d. Segue link do arquivo: pvsf2-server

E coloque no rc.local, no final do arquivo:

/etc/init.d/pvfs2-server start

exit 0

Para abrir o arquivo rc, usar o comando:

# nano /etc/rc.local

A automatização do PVFS2 no servidor e nos nós, é a mesma. Dessa maneira, poderá iniciar, parar, checar e reiniciar o PVFS2 na linha de comando:

# /etc/init.d/pvfs2-server start
# /etc/init.d/pvfs2-server stop
# /etc/init.d/pvfs2-server status
# /etc/init.d/pvfs2-server restart


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalando pacotes
   2. Configurando hosts
   3. Criando arquivos
   4. Instalando NTP
   5. SSH
   6. PVSF2
   7. Executando PVFS2
   8. NFS
   9. MPI
Outros artigos deste autor

LTSP no Debian 8

Leitura recomendada

WiiMote no Linux com WMinput e WMgui

Configurando uma placa de rede no Linux

Instalando Slackware 11.0 em um pendrive

MikroTik + Squid 2.6 com cache full

Instalação e Configuração do Zabbix 3 e Agentes (Linux/Windows)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Buckminster em 05/08/2016 - 15:21h

O PVFS2 agora chama-se OrangeFS e está na versão 2.9 (http://docs.orangefs.com/home/index.htm), e a MPICH está na versão 3.2 (https://www.mpich.org/downloads/), mas no mais, legal teu artigo.

[2] Comentário enviado por iagolira em 14/08/2016 - 16:16h

Muito bacana!! :)
Também tem um script para automatizar todo o processo de criação do cluster beowulf, que foi usado por mim: https://www.vivaolinux.com.br/script/Cluster-beowulf/

Nome: Francisco Iago Lira Passos
Curso: Mestrando em Física


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts