Cluster Beowulf

Configuração do Cluster Beowulf no Debian 7.

[ Hits: 10.775 ]

Por: diocelio larsen em 04/08/2016


Configurando hosts



Depois de reiniciar, vamos trabalhar com os arquivos do cluster.

Substitua o conteúdo do arquivo hosts, nos nós e no servidor, com o comando (segue abaixo exemplo - corrigir os IPs dentro dos arquivos, conforme os IPs das máquinas):

# nano /etc/hosts

#hosts(servidor)
127.0.0.1 localhost 192.168.1.20 servidor 192.168.1.21    no01 # The following lines are desirable for IPv6 capable hosts ::1     localhost ip6-localhost ip6-loopback ff02::1 ip6-allnodes ff02::2 ip6-allrouters hosts(no01) 127.0.0.1 localhost 192.168.1.21    no01 192.168.1.20 servidor # The following lines are desirable for IPv6 capable hosts ::1     localhost ip6-localhost ip6-loopback ff02::1 ip6-allnodes ff02::2 ip6-allrouters

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Instalando pacotes
   2. Configurando hosts
   3. Criando arquivos
   4. Instalando NTP
   5. SSH
   6. PVSF2
   7. Executando PVFS2
   8. NFS
   9. MPI
Outros artigos deste autor

LTSP no Debian 8

Leitura recomendada

Configurando seu Openbox para reconhecer teclas multimídia

Xen - xl.conf - Configuração do Host

Instalação e configuração do gdesklets no Slackware 10

Pós-instalação do Arch Linux

Remasterizando o Ubuntu

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Buckminster em 05/08/2016 - 15:21h

O PVFS2 agora chama-se OrangeFS e está na versão 2.9 (http://docs.orangefs.com/home/index.htm), e a MPICH está na versão 3.2 (https://www.mpich.org/downloads/), mas no mais, legal teu artigo.

[2] Comentário enviado por iagolira em 14/08/2016 - 16:16h

Muito bacana!! :)
Também tem um script para automatizar todo o processo de criação do cluster beowulf, que foi usado por mim: https://www.vivaolinux.com.br/script/Cluster-beowulf/

Nome: Francisco Iago Lira Passos
Curso: Mestrando em Física


Contribuir com comentário