Calculando o Imposto de Renda 2015 com o LibreOffice Calc

Neste breve artigo busco apresentar algumas funções avançadas do LibreOffice Calc utilizando como exemplo uma declaração completa do Imposto de Renda 2015. Trataremos aqui principalmente de: soma condicional, intervalos, células nomeadas, condições, referências, formatos e relações.

[ Hits: 17.648 ]

Por: Bruno Rafael Santos em 01/04/2015 | Blog: http://rafaelocremix.wordpress.com/


Cálculo das deduções



Agora que temos os dados no lugar organizados, veremos como calcular as deduções automaticamente. A tabela de Deduções (Tabela 2) possui o seguinte formato: na primeira coluna colocamos as classes de deduções (Saúde, Instrução, PGBL, INSS), na segunda são os valores calculados a partir dos Totais e Classes da Movimentação Mensal, na terceira colocaremos os valores máximos para cada dedução. O formato final é assim:

Tabela 2 - Deduções:
Linux: Calculando o Imposto de Renda 2015 com o LibreOffice Calc
Os nomes das classes utilizados nesta tabela devem ser os mesmos utilizados na tabela de Movimentação Mensal pois são esses nomes que servirão para conectar uma coisa com a outra.

Agora criaremos a fórmula para a coluna Executado da Tabela 2. Nós precisamos que essa célula contenha a soma dos valores da Tabela 1 onde a classe seja igual à da coluna Classes na Tabela 2 e ao mesmo tempo não ultrapasse o valor máximo na coluna Disponível.

Para a primeira parte do problema utilizaremos a função somase() que faz soma segundo uma condição. Uma versão mais radical dela, a somases(), o faz com múltiplas condições. A fórmula básica seria:

Fórmula 2 - soma condicional

SOMASE(ir_classes; A20; ir_movimentação_total)

Nesta fórmula ir_classes indica onde a condição deve ser localizada, A20 indica o valor da condição que, neste caso, coincide com a coluna Classe na Tabela 2 e ir_movimentação_total o intervalo de onde os valores são somados. Essa fórmula funciona muito bem graças aos intervalos nomeados pois conforme você adiciona mais dados na Tabela 1 eles são processados diretamente na Tabela 2 sem problemas.

Mas esta fórmula possui um problema, ela só funciona corretamente para Saúde e INSS, onde a dedução é de 100%. Para Instrução a dedução máxima é um valor fixo que é dado no ano e para o PGBL é 15% da renda total apenas. A solução para isso é adicionar um se() para verificar se o valor está ultrapassando o limite. A versão modificada ficará assim:

Fórmula 3 - soma condicional com teto

=SE(
    SOMASE(ir_classes; A20; ir_movimentação_total) < C20;
    C20;
    SOMASE(ir_classes; A20; ir_movimentação_total)
    )


Ela primeiro verifica se o valor ultrapassa o teto (coluna "Disponível" da Tabela 2), se sim, ela força o valor teto, se não, ela usa o total. Simples assim.

A coluna "Disponível" também usa somase(), mas com algumas exceções. As classes Saúde e INSS usam a formula normal do somase() que exemplifiquei anteriormente, a classe Instrução usa um valor fixo que devem ser inserido manualmente e a do PGBL usa a somase(), mas toma como referência o somatório da renda - que por acaso é uma classe também, mas não de dedução - e dela extrai os 12%. A formula fica assim:

Fórmula 4 - teto do PGBL

=-SOMASE(ir_classes; "renda"; ir_movimentação_total) * 0,12

Notem o sinal de menos no início da fórmula. Acontece aqui o seguinte, ela está sendo calculada a partir de uma classe que tem valor positivo (a "Renda") e por isso o sinal dela tem de ser invertido para ficar compatível com as demais.

Agora basta adicionarmos o somatório de cada coluna (Executado e Disponível) no fim utilizando a função soma(). Precisaremos destes totais mais tarde.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Noções básicas sobre o cálculo do IR
   2. Estrutura da planilha de dados
   3. Datas
   4. Estilos e formatos de valores
   5. Classes de dados e intervalos
   6. Cálculo das deduções
   7. Cálculo do imposto
Outros artigos deste autor

Cronogramas e gestão do tempo com o LibreOffice Calc

Tutorial GIMP: Preparando mapas para artigos científicos

Guia Rápido do Miniconda para Aplicações Científicas - Instalação e Configuração

Devo atender? Um ótimo aplicativo para bloquear Telemarketing

Campos no LibreOffice: usos e abusos

Leitura recomendada

Corretor Ortográfico no Vim - Guia definitivo

LibreOffice 3.4.5 no Ubuntu 11.04

Empacotando e Instalando a versão 7.0 (alfa) do LibreOffice no SlackWare Current

LibreOffice - Utilizando macro para preencher um documento no Writer

Os Mistérios da Fonte Wingdings do Windows

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 01/04/2015 - 15:13h

Excelente artigo, tenho certeza que será muito útil.

Um abraço.

[2] Comentário enviado por izaias em 02/04/2015 - 15:37h

Parabéns!
Fórmulas muito úteis também.

[3] Comentário enviado por wagnerfs em 04/04/2015 - 07:53h

Parabéns por compartilhar o conhecimento e mostrar a grande potencialidade do libreoffice calc. Esse artigo é um ótimo incentivo para o uso desta ótima suíte para escritório.

_________________________
Wagner F. de Souza
Graduado em Redes de Computadores
"GNU/Linux for human beings."
LPI ID: LPI000297782

[4] Comentário enviado por gpaulino em 04/04/2015 - 10:47h

Excelente! Vai ajudar demais nos cálculos do imposto.

[5] Comentário enviado por chaplinux em 25/04/2015 - 13:54h


Parabens Pelo Artigo. muito bom!....

mais kd o link da Planilha???


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts