Brackets - Editor Open Source no Linux Mint e Ubuntu

O Brackets é um editor voltado para desenvolvimento web, que entende de Web Design. Fiquei positivamente surpreendido com este editor e recomendo a todos que o experimente.

[ Hits: 130.298 ]

Por: Lisandro Guerra em 20/03/2015 | Blog: https://spartanix.com/


Instalando o Brackets



Estou considerando que você já desenvolve e tem tudo configurado em sua máquina. Tudo a que me refiro é servidor LAMP. Se você não tiver, pode seguir o seguinte artigo para instalar:
O Brackets não precisa do servidor LAMP, mas se você está desenvolvendo vai precisar para outros testes no seu projeto.

Vamos abordar dois métodos de instalação, por PPA e usando pacote DEB, ambos testados no Linux Mint 17.1 e no Ubuntu 14.04.

Instalando por PPA:

1. Incluir o repositório:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/brackets

2. Atualizar o apt-get:

sudo apt-get update

3. Instalar o aplicativo:

sudo apt-get install brackets

Este método instala Brackets + Extract.

Caso queira remover.

1. Desinstalar o aplicativo:

sudo apt-get remove brackets

2. Remover o PPA:

sudo add-apt-repository --remove ppa:webupd8team/brackets

Instalando pacotes ".deb":

1. Baixar a versão desejada no GitHub, pode ser versão com ou sem o Extract:
Exemplos: versão 64 bits sem Extract - Brackets.Release.1.2.64-bit.deb, versão 32 bits com Extract - Brackets.1.2.Extract.PreRelease-32-bit.deb.

2. Instalar o pacote desejado:

sudo dpkg -i nome_arquivo.deb

Ou no modo gráfico, ao selecionar o pacote depois de baixar:
Linux: Brackets - Editor Open Source no Linux Mint e Ubuntu
Caso queira desinstalar:

sudo dpkg -r nome_programa

Ou, desinstalar aplicativo e remover suas configurações:

sudo dpkg -P nome_programa

Bem, feita a instalação, vamos dar uma olhada na "cara" do Brackets.
Linux: Brackets - Editor Open Source no Linux Mint e Ubuntu
Como podemos ver, ele inicia com um código padrão, que é um guia inicial. Ao acionar o "live preview" (simbolo de raio no canto superior direito) veremos a página no navegador. Aí vem uma parte que é interessante, o Brackets funciona com o Chrome.

Agora vamos, então, ao uso da ferramenta.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. O editor
   2. Instalando o Brackets
   3. Primeiros testes
Outros artigos deste autor

Modificando o TimeZone: 2 métodos

Como matar um processo - kill, killall, pkill e xkill

Linux Mint - Num Lock, Caps Lock e brilho no painel

Instalando o SNX check point no Linux Mint 18 e Ubuntu 16.04

Linux Mint 7 Gloria

Leitura recomendada

ManageIQ: Gerencie a sua infraestrutura de TI Híbrida através de uma única plataforma

Apache - Compartilhamento de Recursos - VirtualHosts

Asterisk - Instalação e Configuração

Convertendo os Arquivos de Temas do Windows (.themepack) em Pacotes de Wallpapers Úteis para o Linux

Instalação e configuração do AUTO97

  
Comentários
[1] Comentário enviado por xerxeslins em 20/03/2015 - 13:20h


Gostei. Não uso... mas agora já sei que quando precisa terei essa opção :)

[2] Comentário enviado por spylinux em 23/03/2015 - 10:20h

Parece bom, visualmente segue o padrão do Sublime e do Atom, mas com uma tendência mais voltada pra design, css, e a pré-visualização com o Extract parece bem interessante pra quem trabalha com frontend.

Comunidade RPM-Linux: www.rpm-linux.com.br

[3] Comentário enviado por talbas em 23/03/2015 - 16:26h

Galera, já uso e estou gostando bastante do editor Brackets.
Lá, eu tenho até um site de teste: https://github.com/talvanes/website-de-teste/">https://github.com/talvanes/website-de-teste/.

Verifiquem os meus projetos no GitHub. Eu estou lá: https://github.com/talvanes/.
Acessem!

[4] Comentário enviado por junior em 25/03/2015 - 13:27h

Ele é bem vontado a desenvolvimento de front-end.
Eu sinto falta de um plugin sftp nesses editores.
Já usei Brackets, mas como esporadicamente codifico python/bash/ruby, ele "não serve".


[5] Comentário enviado por Lisandro em 25/03/2015 - 20:12h


[4] Comentário enviado por juniorocha em 25/03/2015 - 13:27h

Ele é bem vontado a desenvolvimento de front-end.
Eu sinto falta de um plugin sftp nesses editores.
Já usei Brackets, mas como esporadicamente codifico python/bash/ruby, ele "não serve".



E aí Junior. Tudo bem?
Eu uso vários, atualmente estou usando o Brackets e o PHPStorm.
Abraço

[6] Comentário enviado por pagani em 26/03/2015 - 12:42h


Infelizmente não funciona no Debian Jessie. Afffff.

[7] Comentário enviado por bleckout em 30/04/2015 - 20:57h

Conheci a ferramenta hoje, estou instalando aqui no Ubuntu. Obrigado por compartilhar.
___________________________________________________________________
[i]"Vivemos todos sob o mesmo céu, mas nem todos temos o mesmo horizonte." - Konrad Adenauer
Ubuntu 14.04 LTS amd64 - Core i7 3770K, 8GB RAM - NVIDIA GTX 760 Windforce[/i]

[8] Comentário enviado por clod em 13/01/2020 - 12:16h

Eu prefiro usar codelobster - http://www.codelobster.com


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts