Bodhi Linux com o belíssimo Enlightnment

Bodhi Linux. Simples passos para instalar uma distro com o Enlightnment!

[ Hits: 22.294 ]

Por: Izaias em 26/09/2011


Introdução



Tempo atrás estava interessado em conhecer o E17 (é assim que citarei o Enlightnment), mas para instalar este ambiente numa distro cujo ambiente gráfico nativo fosse outro, o resultado final poderia ser insatisfatório, além do trabalhão desnecessário. Sim, desnecessário. O Bodhi Linux está aí e com o E17 instalado por padrão.

O Bodhi Linux 1.2.0 é baseado no Ubuntu-10.04 (LTS), isto significa que terá atualizações por 3 anos a contar de seu lançamento. Quem busca uma distro estável, que não queira instalar novas versões a cada 6 meses e quer conhecer/testar o E17, o Bodhi Linux é a resposta.

Instalação

Site da distro:
Prefira o torrent, além de baixar mais rápido, é mais seguro quanto à integridade da imagem, podendo interromper o download caso haja necessidade. Mas a versão disponível é somente de 32-Bits. Meu PC tem arquitetura de 64-Bits e funciona muito bem com a versão padrão (esclarecendo aos iniciantes).

Confira a integridade da imagem, no próprio site do download tem o código md5sum, se ao conferir os números não corresponder exatamente com o fornecido no site, deve refazer o download.

Para quem não sabe como conferir o md5sum:
Grave em CD-R/DVD-R na menor velocidade disponível (como imagem) no aplicativo que usa para gravar mídias.

Insira a mídia no drive e reinicie.

A tela de abertura é esta:
Selecione a primeira opção e dê <enter>, na sequência haverão 2 telas, aqui escolhi o modo "Desktop" (veja as outras opções conforme seu computador) e depois selecione o tema a ser instalado (como estamos no início, pode ser qualquer tema).

Nesta tela já é possível conhecer a distro em modo "Live" (testar sem instalar). Se quiser conhecer o Bodhi Linux para verificar compatibilidade com seu hardware, este é o modo mais indicado.

Parta para a instalação: clique em "Install Bodhi" no painel.
Selecione o idioma, avance e escolha sua cidade.

Na próxima tela configure o teclado, deixe como na tela abaixo e faça o teste do modelo de seu teclado:
A próxima tela é da preparação do espaço em disco, Particionamento. Esta é a fase que requer maior atenção, como estou numa máquina virtual, vou instalar no HD virtual inteiro. Mas mesmo assim vou optar pelo "Particionamento Manual (Avançado)".

A intenção é criar partições neste HD para organizar a instalação em "/" (raiz do sistema), "/home" (para seus arquivos) e SWAP.

Sugiro que instale da forma que vou expor, sua instalação ficará organizada e numa próxima versão do Bodhi Linux, bastará instalar na mesma partição da raiz do sistema (/). O restante permanece exatamente como está. Bom, não?

Se preferir instalar em 'duplo-boot' com outro sistema, selecione este modo também, que o instalador vai expor as partições que já foram pré-definidas.
Agora clique na partição, no meu caso /dev/sda, mais abaixo pressione o botão "Nova tabela de Partição".
Vai surgir uma caixa de mensagem, continue. Na sequência a partição estará disponível como "Espaço Livre", clique nela e abaixo no botão "Adicionar".
Abrirá uma caixa para configurar a partição. Criei para a raiz do sistema um tamanho de 20 G. Por quê? Sendo uma distro com suporte por 3 anos seguidos, terá espaço de sobra para instalar aplicativos. Pode ser maior se desejar e tiver espaço. Faça o mesmo, veja a imagem:
Agora vamos criar a partição "/home", esta deve ser bem grande para caber seus arquivos. Neste caso será de 35GB e poderá ser maior se tiver espaço disponível. Novamente clique em "Espaço Livre" e abaixo em "Adicionar":
O restante para SWAP.

Aqui vai depender do quanto tem de memória RAM. Num computador com menos de 2GB de RAM, uma SWAP de 1 a 2GB está muito bom. Se tiver uma RAM superior a 2GB, pode criar uma SWAP de 1GB. Portanto planeje esta fase baseado em sua memória.

Lembre-se que até aqui pode retornar e reiniciar todo o processo utilizando o botão "Reverter" para reconfigurar a partição ou "Voltar" para iniciar do zero.

Neste caso vou usar o restante do espaço livre:
Neste ponto minhas partições estão dimensionadas. Agora é o momento de avaliar se é mesmo desta forma que quero organizar as partições em meu HD. Depois de pronto, avance:
Agora entre com seu nome, nome do sistema (hostname), senha e se deseja entrar no sistema automaticamente ou não.
A próxima tela mostrará toda a configuração que fez e neste momento também pode retornar e refazer tudo.

Se tudo estiver como planejado, avance. Vai iniciar a instalação. E é muito rápida, no Virtualbox contei exatos 7 minutos depois de configurar estas etapas anteriores.
Depois reinicie, retire a mídia do drive. O Bodhi Linux está instalado:
O Bodhi Linux tem um "boot" até mesmo mais rápido que do Ubuntu, pelo menos aqui no meu computador.

Ao reiniciar, selecionei novamente o modo "Desktop" (há outras opções) e o tema. A próxima tela aparecerá uma seleção de aplicativos que queira no painel do E17. Selecione os que quiser, depois remova se preferir.

O tema básico inicial que escolhi e alguns Gadgets (tem muito mais).
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Considerações finais
Outros artigos deste autor

TimeShift - Restaure seu Linux com eficiência

Instale/Reinstale/Recupere seu sistema sem perder seus arquivos

Funcionalidades para o Unity

Leitura recomendada

Explicando DHCP passo a passo

Modem no Notebook Toshiba 1135-S1553

Vodafone Mobile Connect Card driver - Um excelente software para modems 3G

Configurando um Cluster de Tomcat com Balanceamento de Carga

Atualizando o kernel do Slackware de forma segura, sem o famoso "kernel panic"

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 26/09/2011 - 02:20h

Fala grande Izaías !

Rapaz muito bom o artigo, como sempre demonstrando que entende do assunto e ainda a vontade em compartilhar o conhecimento.

Show de bola camarada.

Nem conhecia essa distribuição, mas irei testar (também tava querendo ver o E17 em ação).

Valeu mesmo.

Abração

[2] Comentário enviado por azk4n em 26/09/2011 - 03:53h

Muito interessante essa distro, irei testá-la quando puder.
Excelente artigo izaias.
10

[3] Comentário enviado por tatuiano em 26/09/2011 - 06:30h

eeeeeeeeeeeee.ce ta ficando craque em mininu.rsrsr
muito bom merece nota 10.

[4] Comentário enviado por _wolf em 26/09/2011 - 09:49h

Interessante. Ja usei e desusei o E17 em uma penca de plataformas. É uma alternativa elegante e leve, se comparado ao KDE ou Gnome. Mas me diz uma coisa, qual o file manager que ele utiliza? O nativo ou algum GTK-based?

[5] Comentário enviado por clodoaldops em 26/09/2011 - 10:48h

Passo a passo show de bola!
Tá nos favoritos!
Véri Gúdy!
Congratuleixons, man!

[6] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 11:30h

'log_null', o file manager é o Pacmanfm. É nativo.
Não tem tantos recursos como o Nautilus ou o Dolphin. Tem mais recursos e é mais configurável que o Thunar.
Você disse que usou o E17 em outras plataformas, deve ter tido um trabalhão. Mas também deve ter aprendido muito, afinal requer pesquisa e aplicações inerentes para essa configuração.

Obrigado pelo comentário.

[7] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 11:37h

Thalysson, Alexandre e Tatu:
Obrigado pessoal. Fico muito satisfeito que tenham gostado.
É mais um passo-a-passo para quem pensa que é complicado instalar uma distro com o E17.
Não é aqueeeeele Artigo. rs

Clodoaldo, como sempre com um impecável inglês britânico. rs

VLW pinguins!

[8] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 11:49h

Dica:
Para quem estiver com dificuldades em configurar conexão pelo Network Manager, no terminal: gksu nm-connection-editor
Configure sua conexão e pronto.

Deveria ser mais fácil o acesso para isso.
Esta é a única dificuldade da distro, o resto é moleza.

[9] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 26/09/2011 - 12:00h

Izaias,

Excelente seu artigo. Muito bem preparado, com riqueza de detalhes e possivelmente todos os screenshots necessários para que mesmo um usuário iniciante não enfrente surpresas ao partir para a instalação.
Parabéns, com certeza merece um 10.

Abraço

[10] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 12:35h

Visitando o site do Terramel, onde ensina como instalar o E17 no Ubuntu, vi que o processo mesmo sendo bem exposto é bem chatinho de executar. Fora os resultados que podem não ser satisfatórios.
Não sei como seria a instalação numa distro que não seja Debian-Like, deve ser tão trabalhoso quanto.
O usuário que usa distros de outras origens, pode ter interesse pelo E17, então está aí uma distro com o mesmo.
Se gostar, pode instalar em sua distro preferida.
E vale a pena viu! O E17 é uma ótima alternativa ao Unity e ao Gnome-3. Sua redenrização (se quiser ativá-la) exige muito pouco do Hardware.
Seu tempo de resposta é o mais rápido de todos os ambientes que já conheci. Fiquei surpreso.

Obrigado Jorge.

[11] Comentário enviado por pinduvoz em 26/09/2011 - 12:45h

Muito bom, Izaias.

Meus parabéns.

[12] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 12:49h

VLW Pinduvoz

[13] Comentário enviado por removido em 26/09/2011 - 13:09h

Sempre tive vontade de experimentar uma distro com o e17, pois uma vez instalei ele no ubuntu e fiquei mais perdido do que cachorro em dia de mudança.
Mas nunca soube qual distro experimentar, acho que agora encontrei a distro que vou usar para conhecer melhor o e17.

Seu artigo está excelente. Parabéns!
Abraço zái.

[14] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 13:23h

'..... fiquei mais perdido do que cachorro em dia de mudança'. rsrs
E eu mais perdido que cego em tiroteio! rsrs

VLW Gedimar.

[15] Comentário enviado por pedrohdb em 26/09/2011 - 13:43h

me despertou curiosidade hein... sou usuário iniciante de linux... comecei estudar agora... show de bola o artigo!

[16] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 13:50h

Olá Pedro.

Se o iniciante conseguir instalar, o artigo atingiu seu objetivo. Este é o propósito, o E17 desperta muito interesse.
E só o GNU/Linux é capaz de oferecer um sistema belíssimo e muito leve.

Se tiver dificuldades em configurar sua conexão, veja meu comentário Nº 8.

[17] Comentário enviado por removido em 26/09/2011 - 14:33h

Minha única dúvida é a seguinte: Como se pronuncia o nome dessa distro? Se fala bódi linux? bófi linux? bóvi linux?

Alguém sabe dizer?

[18] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 14:50h

Será que é assim? Clique no ícone de som dentro da caixa:
http://translate.google.com.br/?hl=pt-BR&tab=wT#en|pt|bodhi%20

[19] Comentário enviado por julio_hoffimann em 26/09/2011 - 21:01h

Oi Izaias, parabéns!

Sempre quis conhecer o Enlightenment, mas nunca tive tempo de ler sobre o ambiente. Agora com uma distro "configurada de fábrica" fica muito mais fácil e rápido fazer um test drive. :-)

Abraço!

[20] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 21:06h

Esse ambiente desperta interesse mesmo. Pudera, é um dos mais bem elaborados e construído para ser bonito e leve.
Veja você que o destaque está mais para o E17 que para o próprio Bodhi Linux. rsrs

VLW Julio

[21] Comentário enviado por leandro em 26/09/2011 - 21:54h

E olha que o E17 ainda está em desenvolvimento (eterno, digas-se de passagem, rs).

Parabens pelo artigo Izaias!

Ps: quando sai o próximo? rsrs.

[22] Comentário enviado por mcnd2 em 26/09/2011 - 21:56h

Belo artigo Izac!

Lembro a unica vez que usei o E17 foi com uma distro que testei que se chama se não me engano 'Elive'.

Ficou show...

Fiquei até com curiosidade de me ver utilizando novamente, mas desta vez vou ter que por a mão na massa, pois estou querendo instalá-lo no Arch Linux, rs!

Será que vai?

==========

"
Minha única dúvida é a seguinte: Como se pronuncia o nome dessa distro? Se fala bódi linux? bófi linux? bóvi linux?

Alguém sabe dizer?
"

Gedimar se pronuncia em nosso idioma 'budi', rsrsrs...

Abraços...

[23] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 22:02h

Leandro, o próximo está complicado definir. rs
Pra um cara que sabe tão pouco, fica difícil escolher um tema inédito.
O pessoal do VOL é craque nisso, mas estou estudando alguns temas que valham um artigo de verdade.
Quem sabe dou sorte em encontrar algo que domine.

Obrigado pelo comentário.

[24] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 22:15h

Glauber, instalar o E17 no Arch Linux é pra cabra muito macho! Desista! rsrs

Meu velho, se conseguir esta proeza, vale um Artigão.


VLW

[25] Comentário enviado por eldermarco em 26/09/2011 - 22:31h

Muito bom artigo Izaias! Não curto o E17, mas gostei bastante da sua apresentação a respeito e a didática utilizada. 10.

[26] Comentário enviado por clodoaldops em 26/09/2011 - 22:34h

gedimar, como é uma distro "amada" pelo zazá , eu axo que se fala: bóóófi linuxi
kkkkkk...

[27] Comentário enviado por levi linux em 26/09/2011 - 22:34h

Grande Izaias, parabéns pelo excelente trabalho.
Não conhecia essa distro, vou testá-la.
Artigo bastante didático.
Nota 11.

[28] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 22:35h

Meus amigos do VOL prestigiando meu 1º artigo.

Brigadão Elder e Levi.

[29] Comentário enviado por lucianomarques1 em 26/09/2011 - 22:45h

Grande izaias,

Não pude deixar de ler seu excelente artigo. Vou baixar e testar no virtualbox.

Grande abraço,

[30] Comentário enviado por izaias em 26/09/2011 - 22:53h

Faz isso Luciano.
Aqui também testei primeiro no VB e depois instalei.
No VB não consegui ativar a renderização, mas mesmo assim a distro demonstra um desempenho muito bom comparando com outras distro instaladas de forma virtual.
Instalada então, vai se surpreender com o desempenho.

VLW Luciano.

[31] Comentário enviado por Fabio_Farias em 27/09/2011 - 09:49h

Excelente artigo meu amigo. Parabéns mesmo. Um tema inédito e muito bem abordado.
Com um pouco de experiencia posso lhe dizer que: "O primeiro artigo a gente nunca esquece!"

Um abraço meu caro e que você possa sempre continuar contribuindo com a comunidade Linux.


[32] Comentário enviado por izaias em 27/09/2011 - 10:22h

Também espero continuar contribuindo com algo realmente útil à comunidade.
O VOL já tem muita coisa boa e muito bem elaborada, espero poder encontrar algo dentro de meu nível de conhecimento.
Descobri que é prazeroso e muito instigante.

Obrigado pelo comentário, Fabio.

Abração parceiro de distro.

[33] Comentário enviado por Fabio_Farias em 27/09/2011 - 10:29h

"Descobri que é prazeroso e muito instigante.

Obrigado pelo comentário, Fabio.

Abração parceiro de distro. "
_____________
É mesmo muito prazeroso! Tanto é que tenho uns 3 artigos na mente mas não consigo escrever uma linha sequer dado aos compromissos no trabalho até meados de oututbro e as prioridades da família. Mas tenho certeza que logo teremos outros artigos seu aqui.

Abraços amigo!

[34] Comentário enviado por removido em 27/09/2011 - 13:18h

Excelente contribuição, izaias.
Artigos como este faz a comunidade crescer cada vez mais.
Parabéns!

+ Favoritos

[35] Comentário enviado por izaias em 27/09/2011 - 13:37h

É isso aí, Fabio!

Josinaldo, grato pelo comentário.

[36] Comentário enviado por rodrigo-live em 27/09/2011 - 16:58h

cara muito da ora esse bodhi!!! eu estava querendo instalar ele, mas achei que era desatualizado, graças a seu artigo fiquei sabendo que ele é baseado no lucid!! estou usando ele em um pendrive aqui no trabalho hehe parabéns pelo ótimo artigo!

[37] Comentário enviado por izaias em 27/09/2011 - 17:33h

Ele acompanha as atualizações do Lucid Lynx. Se o Lucid passar a usar o Kernel-3.0, o Bodhi acompanha.

Abrassss

[38] Comentário enviado por mcnd2 em 27/09/2011 - 20:00h

"
Glauber, instalar o E17 no Arch Linux é pra cabra muito macho! Desista! rsrs

Meu velho, se conseguir esta proeza, vale um Artigão.


VLW
"
======================

Então Izac é por isso que vou instalar, hehehehehe...

E concerteza tendo êxito vai valer um bom artigo.

Abraço.

[39] Comentário enviado por niquelnausea em 28/09/2011 - 12:29h

para instalar no arch basta um pacman -S e-svn

mais detalhes em https://wiki.archlinux.org/index.php/E17

uma amostra do e17 sem presonalizacao ainda http://i52.tinypic.com/9poysy.jpg

[40] Comentário enviado por izaias em 28/09/2011 - 23:59h

Com relação ao Arch Linux, prefiro ele bem simplão.

Obrigado por divulgar o link.

Abrasss

[41] Comentário enviado por albfneto em 29/09/2011 - 19:47h

Eu consegui usar E17 em outras distros, como sabayon, e instalavel e roda bem, mas usar E17 nativo e mais facil.

alem do Bodhi, o Elive e uma outra distro com E17 nativo, e outra e o MacPup.

Uma outra pessoa para tirar duvidas sobre o E17, alem do terramel, a iz@bel, pq ela usa E17 todo dia.

[42] Comentário enviado por izaias em 29/09/2011 - 19:52h

Não conhecia esse MacPup, parece interessante: http://distrowatch.com/images/cgfjoewdlbc/macpup.png
Mas poderiam dar um nome melhor pra ele, e não iniciado por 'Mac'. rs


[43] Comentário enviado por removido em 01/10/2011 - 15:37h

E excelente primeiro artigo meu amigo...

essa semana comecei a baixar essa versão de seu artigo pois já tinha testado a 1.1 e gostei bastante é uma excelente distro essa, tão útil não somente aos seus usuários como para os de outras Debian-like, veja o comentário na minha screen do Debian com e17:

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Enlightenment-Debian-Squeeze-+-e17/

em seus repositórios existem diversos .debs de temas e afins que podem ser instalados em qualquer Debian-like.

um abraço.

[44] Comentário enviado por izaias em 01/10/2011 - 16:31h

Sim, os repos são os mesmos do Lucid Lynx. E a distro tem uma vantagem, também é LTS.

Obrigado pelo comentário.

Abrasss

[45] Comentário enviado por clodoaldops em 04/10/2011 - 18:56h

Zazá, acabei de instalar o Bodhi 1.2 em menos de 20 minutos.
Cara, que distro bonita!
Só que ainda to levando uma surra desse desktop.
Vai ficar no hd.
Brigadu pela dica!

[46] Comentário enviado por izaias em 04/10/2011 - 19:00h

Viu como é bonito o Splashy.
Se já tem as partições definidas, vai mais rápido ainda.

O Bodhi tem muitas vantagens, não é só uma distro bonita.
Com o tempo perceberá isso.


[47] Comentário enviado por rruella em 06/10/2011 - 16:01h

sem intensões de denegrir o tutorial do colega eu diria que o e17 tem mais futuro no PCLinux.
pois este não esta ligado ao ubuntu.

[48] Comentário enviado por iz@bel em 15/10/2011 - 23:36h

Olá Izaias, agora que tive um tempinho de aparecer aqui no VOL e vi seu artigo...
PARABÉNS pelo artigo!!!

Gostei bastante, e o Bodhi é fantástico!
Espero que o pessoal experimente o Bodhi agora :D

abraço
izabel

[49] Comentário enviado por izaias em 15/10/2011 - 23:41h

Obrigado pelo comentário, Iz@bel.

Vindo de você que conhece bem o E17, fico satisfeito.

[50] Comentário enviado por milesmaverick em 21/10/2011 - 17:48h

Já testei o e17 uma vez, todavia é uma pena que ainda esteja em pré-alpha...

[51] Comentário enviado por izaias em 21/10/2011 - 17:55h

De fato. Mas não atrapalha em nada, mas em nada mesmo o desempenho do Bodhi Linux.
Tudo o que relatei acima sobre ele confere realmente.

[52] Comentário enviado por terramel em 03/12/2011 - 14:57h

Grande Izaias, excelente artigo. To meio sumido mas sempre que posso passo aqui para dar uma olhada e ver como anda nosso querido E17. Publiquei hoje, motivado por este seu tutorial, um post falando do Bodhi Linux no meu blog e citei este seu artigo lá. Dá uma olhada quando puder e vê o que escrevi no final do post:

http://terramel.org/bodhi-linux-fantastica-distro-com-e17/

Estou mesmo pensando, se conseguir apoio dos amantes do E17 heheh, em tentar começar em meu outro site um portal/comunidade sobre E17 em lingua portuguesa :D

Abraços

[53] Comentário enviado por izaias em 03/12/2011 - 15:52h

Terrinha! Você me humilhou com seu artigo no http://terramel.org sobre o E17. rsrs

Aquilo sim é que é artigo sobre o E17!
Você é um estudioso do assunto, era o mínimo esperado pelo seu perfeccionismo.

Um abração!

[54] Comentário enviado por izaias em 08/12/2011 - 23:33h

Turbine o Bodhi Linux com esta matéria do Blog do nosso brother Edinaldo:

> http://gnu2all.blogspot.com/2011/12/turbinando-o-bodhi-linux.html

Não sabia que o Bodhi tinha suporte para tantas implementações.

[55] Comentário enviado por Ang em 23/03/2015 - 17:51h

Oi, Isaías!
Ótimo artigo! Eu uso e já usava Bodhi Linux antes de lê-lo, mas o artigo está muito bom!
Tem ótimo reconhecimento de hardware. É um Debian-Like, logo quem está acostumado com o 'apt' ou o Synaptic, não vai sentir falta das facilidades dos mesmos.

Concordo! O Bodhi Linux tem um ótimo conhecimento de Hardware! Estou acostumado com "Apt"... Conheci o Synaptic quando fui traduzir o TDE, instalado no Bodhi (Ubuntu 14.04 LTS), então precisei ir ao Synaptic.
Eu procurei na internet "Distros Linux leves", e encontrei um artigo noutro site falando sobre várias distros, incluindo o Bodhi Linux. Meu PC é bom, mas quero algo que exige pouca potência computacional. O Bodhi Linux, que é uma remasterização do Ubuntu, mais simplificado, para mim foi uma boa!

Ang,
Manaus, AM, Brasil.
Usuário Linux,
Distros Favoritas: Bodhi Linux, Ubuntu, Big Linux, Kurumim, OpenSUSE e Slax.

[56] Comentário enviado por izaias em 23/03/2015 - 17:55h

Visitei a página do Bhodi início de janeiro deste, o processo de instalação não mudou nada.
Apenas o tema e fonte das janelas, o restante está do mesmo jeito. Isto significa que o interessado pode se basear neste artigo, mas sendo de 09/2011.

Obrigado pelo comentário!

[57] Comentário enviado por flcoutos em 15/05/2015 - 22:16h

@izaias,

Gostei muito da forma como construiu seu texto, disposição, ilustrações e encadeamento das ideias.
#Favoritado. Não apenas pela apresentação, mas, também, porquê estou tentando ensinar minha filha de 11 (onze) anos a evitar a cultura do consumismo e procuro uma Distribuição leve que possa rodar em uma máquina "velha" que está "encostada".

Obrigado por compartilhar!

[]s!
Estou tentando aprender, mas, reconheço que eu não sei nada!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts