Blu-ray: Reproduzindo, copiando, ripando e assistindo no GNU/Linux

Polêmicas a parte, neste artigo veremos como reproduzir, copiar, ripar e assistir vídeos em discos blu-ray. Ressalto que este documento não tem como objetivo promover a pirataria e sim, proporcionar ao usuários dos discos originais assistirem à cópia dos seus filmes legais, assim evitando danos físicos na mídia original.

[ Hits: 48.604 ]

Por: Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) em 22/09/2010 | Blog: http://assuntonerd.com.br


libbluray: Reproduzindo e dominando a mídia



Foi preciso muita batalha para proporcionar acesso completo e irrestrito dos filmes no formato DVD Vídeo para o usuários Linux. Intervenção por partes de diversas pessoas foi preciso, junto à alguns meses de processo para que o Linux conquistasse seu lugar de direito ao Sol (palavras do tuxdahora). Agora é a vez do Blu-Ray iniciar a sua caminhada...

O projeto VideoLAN, disponibiliza uma biblioteca de código aberto para reproduzir discos Blu-Ray. A tarefa principal da libbluray é navegação, controle de menu, e suporte para BD Java (BD-J) utilizado nos discos Blu-Ray. A seguir algumas instruções para compilar e utilizá-la.

O download dever ser efetuado no link a seguir:
Após o download e/ou descompactação do pacote, entre na pasta libbluray:

cd libbluray/
$ ./bootstrap
$ ./configure
$ make
$ sudo make install


A biblioteca libbluray possui diversos exemplos, não mencionarei o mesmo neste documento para não tornar muito extenso o documento. Todos os programas exemplos obviamente encontram-se na pasta src/examples. Vale a pena verificar estes programas, pois com estes exemplos, é possível obter diversas informação da mídia presente no leitor. No exemplo abaixo, listaremos os índices disponíveis no disco.

cd src/examples/
$ ./list_titles /media/THE\ DARK\ KNIGHT/

index: 1 duration: 00:00:11 chapters: 2 angles: 1 clips 1
index: 2 duration: 00:00:05 chapters: 1 angles: 1 clips 1
index: 3 duration: 00:05:40 chapters: 35 angles: 1 clips 1
index: 4 duration: 00:00:30 chapters: 4 angles: 1 clips 1
index: 5 duration: 01:04:10 chapters: 19 angles: 1 clips 1
index: 6 duration: 00:00:05 chapters: 2 angles: 1 clips 1
index: 7 duration: 00:00:10 chapters: 2 angles: 1 clips 1
index: 8 duration: 00:00:17 chapters: 2 angles: 1 clips 1
index: 9 duration: 00:00:50 chapters: 6 angles: 1 clips 1
index: 10 duration: 02:32:13 chapters: 40 angles: 1 clips 1

lxbdplayer: Um reprodutor java...

O lxbdplayer é um reprodutor escrito em java simples de utilizar, pois basta fazer o download em:
Descompactá-lo e executá-lo. Ressalto a necessidade da presença do lxBDAACS na pasta plugin do software lxbdplayer.

Incluindo a libbluray no XINE

xine é um reprodutor de mídia de código aberto, disponível para Linux, Solaris e OS/2. Ele executa vários formatos de arquivos multimídia, incluindo formatos proprietários. Para compilar o plugin blu-ray para o xine, bastar seguir as instruções abaixo para tornar o player compatível com leitores blu-ray.

cd player_wrappers/xine
$ make
$ sudo make install

Installing ///usr/lib64/xine/plugins/1.29/xineplug_inp_bluray.so

xine bluray:/media/THE\ DARK\ KNIGHT/

Reprodução com o Mplayer

MPlayer é um player multimídia de código aberto para diversos sistemas operacionais, como GNU/Linux, FreeBSD e Microsoft Windows, e é um dos que possuem suporte à maior quantidade de formatos de arquivos de vídeo. Tem suporte a vídeos em MPEG-1, MPEG-2, MPEG-4, DivX, XviD, DVDs, VCDs, Real Audio, QuickTime e entre vários outros. Suporta também a reprodução de vídeos via streaming RTP e HTTP, além de legendas.

A primeira alternativa na linha de comando é utilizar o programa dumphd junto ao mplayer, opção válida dependendo a sua versão do reprodutor. Abaixo um exemplo.

dumphd.sh --infile:BDMV/STREAM/00007.m2ts /media/THE\ DARK\ KNIGHT/ | mplayer -aid 4360 -

VDPAU:

Essa biblioteca te permite a reprodução de vídeos no Linux com aceleração de hardware. Isso resulta na exibição de vídeos em HD e FULL HD que colocavam o processador chorando de joelhos sem exigir muito consumo da CPU. Basta incluir a instrução -vc ffvc1vdpau -vo vdpau como parâmetro do mplayer:

mplayer -vc ffvc1vdpau -vo vdpau -aid 4360 /dados/blu-ray/Batman/BDMV/STREAM/00007.m2ts

ATENÇÃO: O parâmetros -aid 4360 define a utilização da trilha de áudio em português, sugiro também copiar o arquivo KEYDB.CFG para a pasta ~/.dvdcss/.

cp /opt/dumphd-0.61/KEYDB.cfg ~/.dvdcss/

Se o seu mplayer estiver compilado com a biblioteca libbluray, podemos também utilizar os comandos abaixo:

mplayer bd://<path do vídeo>
$ mplayer br:// -bluray-device <path do vídeo>


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Copiando um vídeo Blu-ray para o HD
   3. libbluray: Reproduzindo e dominando a mídia
   4. Ripando um vídeo...
Outros artigos deste autor

ReactOS: O irmão open-source do Microsoft Windows NT 4.0

openCertiface: Biométrica Facial em nuvem baseada em software livre

Xtraceroute: O traceroute tridimensional

Utilize qualquer Tablet/Smartphone como monitor estendido sem fio no GNU/Linux

Gerando em tempo real efeito de voz robotizada

Leitura recomendada

Recompilando o Kernel no Ubuntu Linux 9.04

Compilando Kernel do Linux no Debian

Compilação do kernel v3.x no CentOS e Debian

Kernel 2.6.9 no Slackware

Aplicando patches no kernel

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cleysinhonv em 22/09/2010 - 13:36h

Muito bom, gosto de filmes e posso "ripar" Blu-ray

[2] Comentário enviado por Fellype em 22/09/2010 - 16:41h

Bacana o artigo. Gostei, principalmente, da introdução, onde foi feita uma breve descrição sobre o blue-ray.

[3] Comentário enviado por izaias em 22/09/2010 - 21:53h

Também gostei da aula sobre o Blue-ray, puro aprendizado.

Aprendi muita coisa com seu artigo.
Parabéns por divulgar tamanho conhecimento!

[4] Comentário enviado por albfneto em 23/09/2010 - 15:32h

Como sempre, o Cabelo merece Parabéns. Seus artigos tem grande Qualidade.

[5] Comentário enviado por dfsantos em 16/10/2010 - 12:03h

Se alguém não conseguiu compilar o makemkv segue as dependencias necessarias para compilação:

build-essential libc6-dev libssl-dev libgl1-mesa-dev libqt4-dev

[6] Comentário enviado por xleonardox em 01/07/2011 - 20:31h

Parabéns.

Já venho acompanhando seus textos há algum tempo e são todos excelentes.

[7] Comentário enviado por removido em 16/04/2013 - 04:15h

Nota 10 Grande Cabelo muito claro e como sempre direto e pedagógico


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts