Atualizando o kernel no Slackware

Este tutorial ensina uma forma fácil e segura de atualizar seu kernel, pegando como exemplo a atualização do Kernel 2.4.18 para o 2.4.20 em um Linux Slackware 8.1, mas pode ser usado como guia para outras distribuições. Foi retirado do site www.slacklife.com.br.

[ Hits: 18.171 ]

Por: Guilherme Castro Royer em 18/07/2003


Introdução



Este tutorial ensina uma forma fácil e segura de atualizar seu kernel, pegando como exemplo a atualização do Kernel 2.4.18 para o 2.4.20 em um Linux Slackware 8.1.

Código fonte do kernel, vá ao ftp do kernel.org: ftp://ftp.br.kernel.org.
  • Sistema: Slackware 8.1
  • Kernel corrente: 2.4.18
  • Kernel sendo instalado: 2.4.20
$ su -
# cd ~
# wget http://www.kernel.org/pub/linux/kernel/v2.4/linux-2.4.20.tar.gz
# tar -zxvf linux-2.4.20.tar.gz -C /usr/src
# cd /usr/src
# rm linux
# ln -s linux-2.4.20 linux
# cd linux
# make menuconfig

* Configure seus módulos.

# make dep
* Espere até o final do processo, quando o prompt aparecer novamente, você vai criar a imagem compactada do kernel, imagem esta que será usada para dar boot no sistema.

# make clean
* Este comando é opcional, mas altamente recomendado, pois limpa todo o lixo deixado por compilações anteriores, e não demora nem 10 segundos.

# make bzImage
* Este processo é um tanto quanto demorado, espere. Se você configurou algo como módulo e com certeza você faz isso é hora de criar os módulos:
# make modules

* Agora você deve ir ao diretório /lib/modules:
# cd /lib/modules
* E dar uma olhada nele.
# ls


* É aqui que está a diferença entre compilar um novo kernel e recompilar o seu kernel atual. Se você estiver compilando um novo kernel, não precisa fazer nada aqui, mas se você estiver recompilando, é recomendado que você renomeie a pasta que contém seus módulos atuais para, se houver algum problema nesta nova compilação, você ter um backup do atual, que está funcionando. Digamos que você esteja usando atualmente o kernel 2.4.18. Deve haver um diretório chamado 2.4.18, ou, dependendo da sua distro, 2.4.18-alguma_coisa. Renomeie para old.2.4.18-alguma_coisa:
# mv 2.4.18-alguma_coisa old.2.4.18-alguma_coisa
* Agora volte para /usr/src/linux
# cd /usr/src/linux
Faça:
# make modules_install
* Para instalar os módulos.

Dê uma olhada novamente na pasta /lib/modules. Deve haver uma nova pasta com o nome do kernel que você acabou de compilar.

Bem, se você chegou aqui sem problemas, pode respirar fundo e dar um sorriso. A parte mais complicada (complicada??!) já passou.

Agora você deve configurar seu gerenciador de boot para carregar a imagem do seu novo kernel. Para isto você deve copiar a imagem compactada do kernel para o diretório /boot. A imagem está localizada em /usr/src/linux/arch/i386/boot e se chama bzImage.

# cp arch/i386/boot/bzImage /boot

Edite o arquivo lilo.conf:

# pico /etc/lilo.conf

Crie uma entrada assim:

image=/boot/bzImage

root=/dev/hda2

label=Slackware

read-only

Depois reinstale o LILO:

# lilo

Se tudo estiver OK, dê um boot e escolha a entrada Linux-novo.
Pronto.
Autor original:
Bruno ([email protected])

Modificado e adaptado para a distro Slackware:
leftline ([email protected])

Endereço do tutorial original feito por Bruno:
http://www.linuxdicas.com.br/tutoriais1/compilar_kernel.htm

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Linux (kernel) - A história do seu criador

Compilar o kernel no Debian

Compilando kernel 2.6.11 no Slackware 10

Compilando kernel com suporte a POM (path-omatic) e Layer7 no Debian e Slackware

O Processo de Boot no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cvs em 25/02/2004 - 12:21h

Ah, soh um dica basica, pode usar tbm da seguinte forma.
# make dep clean bzImage modules modules_install
em uma linha só, pelo menos eu uso assim aqui em casa. :-)
ficou bom o artigo, muito bom.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts