Blender para todos! - Parte I

Ao longo de 7 anos contribuindo com a comunidade de código aberto, principalmente dentro da computação gráfica
livre, muitas pessoas me perguntam por que o mundo da animação e modelagem 3D é tão complicado, seja no mundo
'livre' ou no mundo 'fechado'. Esta pequena série visa, literalmente, tornar este universo mais amigável e conhecido.

[ Hits: 31.183 ]

Por: Guilherme RazGriz em 28/01/2012 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Sua primeira animação começa A-G-O-R-A!



Isso mesmo! Vamos começar agora!

Primeiro vamos explanar sobre os objetos-chave vistos na interface do Blender, quando aberto.

À primeira vista, nós temos 3 itens no espaço tridimensional, além das abas de controle da interface, como vista abaixo. =]
Linux: Blender para todos! 
Parte I

Para selecionar um objeto, basta clicar sobre o mesmo com o botão direito do mouse. Nosso primeiro objeto selecionado é a câmera. É ela quem nos dará a visão do nosso projeto quando renderizado.
Linux: Blender para todos! 
Parte I

O nosso segundo objeto, é de fato considerado um 'objeto', pois o cubo representa o que nós criamos para aparecer na animação.

Mais pra frente, na segunda parte, vamos aprender a utilizar novos objetos, e por que não, criar novos!
Linux: Blender para todos! 
Parte I

Por fim, nós temos a lâmpada que confere 'luz' ao nosso projeto !
Linux: Blender para todos! 
Parte I

Dito isso, vamos os atalhos básicos! Eles serão a força motriz do nosso projeto de hoje.

O primeiro atalho consiste na: Movimentação de objetos e itens.

- Pressionando a tecla 'G', o objeto selecionado pode ser movido para onde você quiser, bastando arrastar o mouse:
Linux: Blender 
para todos! Parte I

- Pressionando a tecla 'R', o objeto pode ser rotacionado da maneira que você desejar:
Linux: Blender 
para todos! Parte I

- Pressionando a tecla 'S', é possível deixar o objeto com o tamanho que você desejar:
Linux: Blender 
para todos! Parte I

Esclarecida esta parte, é hora de animar!

Vamos começar com algo bem simples. Utilizando ainda o mesmo cubo padrão, selecione o mesmo e pressione a tecla "i" , isto vai gerar um 'Key Frame' ('frame' animado inicial) e da lista, escolha o efeito desejado presente na lista.

Por padrão, hoje vamos redimensionar o objeto. então vamos utilizar o recursos 'Scalling'!
Linux: Blender para todos! 
Parte I

Linux: Blender para todos! 
Parte I

Basta clicar sobre o nome do recurso desejado.

Feito isto, vamos até a 'Time Line' (linha de tempo) e mover a barrinha verde que controla o tempo da animação. Este passo é vital, pois controlará a duração e a velocidade da nossa ação. Depois, clique em algum ponto adiante do primeiro ponto criado e utilizando o atalho 'S', redimensione o objeto para um novo tamanho.
Linux: Blender para todos! 
Parte I

Linux: Blender 
para todos! Parte I

Quando terminar, basta pressionar novamente a tecla "i' e selecionar o mesmo efeito. Pronto!
Linux: Blender para 
todos! Parte I

Agora é só dar 'Play' e assistir!
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Criação em código aberto, isso existe ?
   2. Sua primeira animação começa A-G-O-R-A!
   3. Um pouquinho de cor? É pra Já!
Outros artigos deste autor

Profundidade indivisível

Gimp e o abstrato perspectivo

Da criança problema até o abacaxi

Já falamos do PC Popular, mas será que o laptop também é ruim?

Pequenas coleções

Leitura recomendada

Publicidade e software LIVRE? De novo?

Bootsplash no Slackware - HowTo

Introdução aos ambientes gráficos e gerenciadores de janelas menos conhecidos

Programação visual (módulo 2)

Um método para a construção da interface gráfica MATE no Slackware

  
Comentários
[1] Comentário enviado por azk em 28/01/2012 - 13:31h

Excelente trabalho, Guilherme.
Me interessei por isso.. Espero a 2º parte ansiosamente!
[]'s

[2] Comentário enviado por levi linux em 28/01/2012 - 21:06h

Muito bom! Parabéns, também aguardo a segunda parte! 10!

[3] Comentário enviado por evaldoavelar em 29/01/2012 - 10:14h

O blender eh realmente fantástico!

[4] Comentário enviado por profdoidao em 30/01/2012 - 10:29h

cara o blender realmente é tenso comessei a estudar ele ontem apenas pela documentação do site...é bem complicado...mas vamos ver ate onde eu vou

kkkk

[5] Comentário enviado por tiago_sn em 30/01/2012 - 12:44h

Muito bom o artigo. Obrigado!!!

Aguardo a parte 2.

[6] Comentário enviado por jhonatanoliveira em 30/01/2012 - 15:04h

Ótima iniciativa!
Parabéns por contribuir com a comunidade!
Aguardamos ansiosamente a continuação.
Obrigado.

[7] Comentário enviado por vitinhocallai em 30/07/2012 - 10:03h

Parabéns cara! Fui em uma palestra sua no FISL e em uma oficina de Blender que você realizou! Muito bom mesmo!!!

[8] Comentário enviado por razgriz em 30/07/2012 - 19:16h

Que bom cara! O negócio é continuar evoluindo SEMPRE.

[9] Comentário enviado por AlvesUeliton em 26/12/2013 - 21:00h

onde fica essa "time line"?

[10] Comentário enviado por MAPOGOS em 30/04/2014 - 23:15h

Nossa!!!
Que legal este artigo, bem explicado, voçê tem o poder de chamar atenção do leitor, vc é fera kar, seu artigo é muito bom.
Eu sei muito pouco disso("nada"), estudei algumas linguagens, poxa estou pasmo.
Terei que rever isto para depois dar um apt-get install Blende´r , é isso?
Como eu trabalho na área técnica de atender Clientes em suas residências terei que pénsar muito onde poderei usar isso...
Mas ó parabéns, pra min foi o melhor artigo de 2014 do VOL.
Voçê deu aulas pra muitos ae que acham que sabem muita coisa, e na verdade são uns ignorantes, tem medo de ensinar, e entender ou desmestificar o reciocínio e dúvidas do iniciante.
Eles mas querem mostrar que sabem do que ensinar, isso não é ser livre é ser preso em um casulo e depoisa saer da ibernação e falar dos seus conhecimentos e não agregar valor.
Tem que ser regra de negócio, tem que ter retorno feed back.
Parabéns apavoro.

[11] Comentário enviado por gabrielmendonca em 08/02/2015 - 01:16h

Uma das coisas mais interessantes na web para mim é que as estantes não guardam poeiras e que grandes obras nunca se perdem. Parabéns, ótimo texto, vou seguir no artigo!

[12] Comentário enviado por razgriz em 09/02/2015 - 00:20h

Puxa Obrigado!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts