ArchBang, o Arch Linux fácil!

Nesse artigo demonstro como instalar o ArchBang, excelente "fork" do Arch Linux.

[ Hits: 65.290 ]

Por: edps em 23/06/2010 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Introdução



O ArchBang, atualmente na versão Testing, codinome "apeiro", é um "fork" LiveCD do Arch Linux, com ambiente XFCE, Gerenciador de Janelas OpenBox e Gerenciador de Login Slim. Ele provê um sistema minimalista e básico, que certamente contribuirá para a adoção do Arch Linux por parte de muitos usuários.

Nesse artigo vou demonstrar como realizar a instalação do ArchBang e espero que com essa demonstração o Arch Linux conquiste mais usuários, pois o que mais amedronta os novos usuários no Arch é o seu modo de instalação.

Com um LiveCD já é meio caminho andado, se bem que a temida configuração ainda será necessária e obrigatória, porém, dessa vez a mesma será realizada no modo gráfico e com instruções no decorrer do artigo.

Vamos lá...

Download e informações

O download do disco de instalação poderá ser realizado através dos seguintes links:

i686:

ISO:
http://dl.dropbox.com/u/7498679/archbang-2010.06-GIT_apeiro-testing-i686.iso
Torrent:
http://linuxtracker.org/download.php?id=594149f2d1480f97ed701f1253c496a50b86901c&f=archbang-2010.06-GIT_apeiro-testing-i686.iso.torrent
MD5sum: f567aa3f570a16d7fc204ece402cd55d

x86_64:

ISO:
http://dl.dropbox.com/u/7005752/archbang-2010.06-GIT_apeiro-testing-x86_64.iso
Torrent:
http://linuxtracker.org/download.php?id=c95057af5ed7122f7a3d39e4319f782b25bd83c2&f=archbang-2010.06-GIT_apeiro-testing-x86_64.iso.torrent
MD5sum: 539761ae4df89789a3fecb2beb041b9d

Maiores detalhes sobre a distro:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação e configurações
   3. Mais algumas imagens, pra variar!
Outros artigos deste autor

WAJIG, gerenciamento avançado de pacotes em distros Debian-like

Debian Constantly Usable Testing (CUT)

Instalação do Debian em partição ReiserFS

Tor no Debian Squeeze - Instalação e Configuração

Personalidades do mundo Open Source

Leitura recomendada

Mais um telecentro feliz!

As Principais Distribuições GNU/Linux - Versão 2019

Qual a melhor distribuição? Ainda a pergunta...

Linux, aí vamos nós!

Finalmente consegui tirar o Windows do meu computador!

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 23/06/2010 - 11:35h

Ótimo artigo.
O ArchBang depois de instalado, é um Arch, só que pronto para uso.
eu testei, é ótimo e ainda mais fácil do que o Chakra, outra modificação do Arch.

Arch é muito bom,só não é uma das minhas distros de trabalho, pq sou um fã de carteirinha de arquitetura Gentoo.

Namoroka é Firefox, Firefox experimental.

Namoroka, Minefield e Shiretoko, são nomes de versões experimentais de firefox, ainda não lançadas oficialmente com o nome Firefox.

é feito assim pra que os Desenvolvedores e Beta testers Mozilla (sou um dos Beta-Testers da Fund. Mozilla) não usem as versões beta e experimentais ainda não oficializadas, com o nome registrado Firefox.

[2] Comentário enviado por removido em 23/06/2010 - 11:52h


albfneto,

que bom que um você gostou, o Arch é outra distro que gosto muito, para esse ArchBang já tem mudanças:

http://pdg86.wordpress.com/2010/06/20/archbang-shifts-to-lxde-and-other-changes/

Agora a distro irá basear-se no LXDE, devido às facilidades que aquele oferece, a previsão de lançamento é para setembro.

um abraço!

[3] Comentário enviado por removido em 23/06/2010 - 12:06h

Arch Linux o/

Muito bom, artigo :)


[4] Comentário enviado por removido em 25/06/2010 - 00:19h


Leiam o artigo: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Packer-Instalando-pacotes-do-AUR-no-Arch-Linux/

Para um melhor gerenciamento de novos programas a serem baixados do AUR.

[5] Comentário enviado por corvolino em 25/06/2010 - 04:21h

BOA ! (:

Senti falta da parte do install packager =p

[6] Comentário enviado por izaias em 25/06/2010 - 19:45h

Gostei!

Estou testando em modo Live.
Um ótimo caminho para iniciar nesse sistema, e o modo gráfico é o ideal para conhecê-lo e se aventurar nele.

Que bom que você nos disponibilizou essa distro 'pronta pra uso', como disse o Albfneto.

É isso aí!!!

[7] Comentário enviado por removido em 25/06/2010 - 20:05h

É isso aí meu camarada, no que precisar manda um email!

Ficará ainda mais fácil quando sair a versão com LXDE, aqui em casa não uso o Arch com XFCE/OpenBox, uso o OpenBox com o LxPanel e substitui o Slim pelo LXDM, parei com o Gnome devido aquele problema com o modem 3G, mas como hoje estou fazendo um upgrade, vamos ver se resolve.

[8] Comentário enviado por izaias em 26/06/2010 - 12:01h


VLW!

[9] Comentário enviado por eldermarco em 26/06/2010 - 20:11h

Oras, mas quem é macho de verdade não vai ter medo de uma tela de login preta e alguns comandinhos bobos até fazer o Arch subir em modo gráfico. Oras.. :-)

Ótimo artigo, o Arch é também uma das minhas distros prediletas depois que o conheci em um artigo do xerxeslins. Aliás, quase mudei pra ele, mas é que sou super apegado ao fedora..

[10] Comentário enviado por skate_forever em 28/06/2010 - 16:44h

Só uma correção @albfneto, referente a citação abaixo:

""Namoroka é Firefox, Firefox experimental.

Namoroka, Minefield e Shiretoko, são nomes de versões experimentais de firefox, ainda não lançadas oficialmente com o nome Firefox.""

----

Namoroka, Minefield e Shiretoko, são os nomes dados durante o desenvolvimento das novas versões do firefox, mas porque o Arch não muda para firefox????

Pelo simples fato do Arch aplicar patches e "modificar" o pacote firefox. Isso foi motivo de briga entre o debian e a mozilla, por isso debian pegou e "criou" um outro browser.

E para evitar esse tipo de problema, o nome do pacote continua firefox, mas quando você usa, aparece esses nomes utilizado durante o desenvolvimento.

Aconteceu isso com o ion3 e o Arch, acabou tirando esse pacote dos repositórios e até do AUR. x)

E mais uma coisa... O firefox, só entra no repositório quando a mozilla considera a versão estável, apesar de usar os nomes de desenvolvimento.

[11] Comentário enviado por xerxeslins em 01/07/2010 - 17:06h

Gostei muito do artigo.

No momento estou com internet lenta em casa e por isso seria péssimo tentar instalar e configurar o Arch do zero.

Já baixei aqui no trabalho pra testar em casa =D

[12] Comentário enviado por removido em 05/07/2010 - 16:39h

Bom galera,

Seguindo o mesmo rumo da distro, adotei o LXDE como Desktop padrão, vamos aos passos:

# Instalação do packer (pode ser o yaourt também).
$ sudo pacman -S pacman-color packer

# Instalação do Gerenciador de Login LXDM (altere por yaourt se for seu caso).
$ packer -S lxdm-git

# Instalação do ambiente LXDE.
$ sudo pacman -S lxde lxinput lxsession-edit

# Pra quem usa placas da Nvidia (remova os seguintes pacotes).
$ sudo pacman -Rscn ati-dri intel-dri mach64-dri mga-dri r128-dri savage-dri sis-dri tdfx-dri xf86-video-ati xf86-video-intel xf86-video-mach64 xf86-video-mga xf86-video-r128 xf86-video-radeonhd xf86-video-savage xf86-video-sis xf86-video-tdfx

# Outros pacotes que não preciso.
$ sudo pacman -Rscn abiword-light-archbang wicd parcellite


Edite o arquivo /etc/inittab e deixe-o assim (apenas se instalou o LXDM):

#
# /etc/inittab
#

# Runlevels:
# 0 Halt
# 1(S) Single-user
# 2 Not used
# 3 Multi-user
# 4 Not used
# 5 X11
# 6 Reboot

## Only one of the following two lines can be uncommented!
# Boot to console
# id:3:initdefault:
# Boot to X11
id:5:initdefault:

rc::sysinit:/etc/rc.sysinit
rs:S1:wait:/etc/rc.single
rm:2345:wait:/etc/rc.multi
rh:06:wait:/etc/rc.shutdown
su:S:wait:/sbin/sulogin -p

# -8 options fixes umlauts problem on login
c1:2345:respawn:/sbin/agetty -8 38400 tty1 linux
c2:2345:respawn:/sbin/agetty -8 38400 tty2 linux

ca::ctrlaltdel:/sbin/shutdown -t3 -r now

# Example lines for starting a login manager
#x:5:respawn:/bin/su live -l -c "/bin/bash --login -c /usr/bin/startx >/dev/null 2>&1"
#x:5:respawn:/usr/sbin/gdm -nodaemon
#x:5:respawn:/usr/bin/kdm -nodaemon
#x:5:respawn:/usr/bin/slim >& /dev/null
x:5:respawn:/usr/sbin/lxdm >& /dev/null

# End of file


Edite o arquivo /etc/lxdm/lxdm.conf e deixe-o assim:

[base]
autologin=NOME_DO_USUARIO
session=/usr/bin/startlxde
# session=/usr/bin/openbox-session (opção pro OpenBox)

# numlock=0
greeter=/usr/lib/lxdm/lxdm-greeter-gtk

[server]
# arg=/usr/bin/X -nr vt1

[display]
gtk_theme=Clearlooks
bg=/usr/share/backgrounds/default.png
bottom_pane=1
lang=1
theme=Arch-Dark

[input]

Pra personalizá-lo, adicione uma imagem .png bacana (de preferência com o nome default.png) em /usr/share/backgrounds:

$ sudo mkdir -p /usr/share/backgrounds
$ sudo cp default.png /usr/share/backgrounds/

E vejam que o LXDM é infinitamente superior ao Slim.


O Plymouth;

Para ver quais os temas disponíveis, use:

$ plymouth-set-default-theme -l

* a saída será parecida com essa:

details
fade-in
glow
script
solar
spinfinity
text

Eu gostei do 'spinfinity', então para alterar e gerar uma nova initrd, faça:

$ sudo plymouth-set-default-theme spinfinity --rebuild-initrd

[13] Comentário enviado por removido em 05/07/2010 - 16:55h

E para incrementar:

sudo pacman -S pacman-color packer

[14] Comentário enviado por removido em 23/09/2010 - 22:26h

lançamento da versão final:

ArchBang Linux 2010.09 versão final, Kernel: 2.6.35.5-1 (apenas x86_64). i686 em breve.

Os desenvolvedores voltaram atrás e resolveram continuar com OpenBox deixando o LXDE de lado.

Download: https://sourceforge.net/projects/archbang/files/64%20bit/archbang-2010.09-x86_64.iso/download

MD5sum: 290e9b5fcf34dee973aa7ef8862bd595

Distrowatch: http://distrowatch.com/?newsid=06289

Quem não conhece Arch Linux, taí uma boa oportunidade.

#

A outra, o Chakra (KDE):

http://distrowatch.com/table.php?distribution=chakra

Um teste de desempenho 3D dessa criança pode ser visto nesse endereço abaixo:

http://jeffhoogland.blogspot.com/2010/09/best-linux-distro-for-3d-performance.html

#

Arch Linux com XFCE (não instala em VirtualBox, só instalação real, é muito completo):

Archiso: http://godane.wordpress.com/

[15] Comentário enviado por nennogabriel em 24/12/2010 - 20:33h

Muito legal ... vou experimentar...

so algumas correções

o DNS Google é 8.8.4.4 e Não 4.4.4.4

O YAOURT NAO deve ser usado com "sudo" ou como root. portando basta tirar o sudo da alias yaourt-install

o pacman trabalha com pacotes.. entao basta um "sudo pacman -S gstreamer0.10-plugins" pra instalar todos os codecs gstreamer

o codecs não faz mais parte do Pacman, entao yaourt -S codecs pra instalar


[16] Comentário enviado por removido em 24/12/2010 - 20:49h

@nennogabriel,

obrigado pelo comentário, realmente você está correto nas suas observações, sobre o DNS e sobre o uso do sudo tanto com o yaourt ou com o packer, aurget, etc.

caso venha a testar o ArchBang sugiro que aguarde um pouco mais pois em janeiro será lançada a versão Symbiosis:

ArchBang 2011.01 – Symbiosis

Outra bem legal é o CTKArch:

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-Debian-+-VirtualBox-4.0-Beta/
http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-Theres-no-one-like-you/

[17] Comentário enviado por removido em 29/01/2011 - 18:41h

lançada a versão 1.0 do ArchBang (Symbiosis):

http://distrowatch.com/?newsid=06483

vou baixar e testar no VB pra ver como está já que uso o Arch puro.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts