Android Things - Aplicativos IoT padronizado para Indústria 4.0

Neste artigo veremos como trabalhar com o Android Things. Esta tecnologia pode ser a padronização de soluções IoT, como também uma luz para a segurança neste setor, pois a padronização de um sistema operacional torna mais gerenciável as correções de vulnerabilidades para a Indústria 4.0.

[ Hits: 4.884 ]

Por: Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) em 23/09/2017 | Blog: http://assuntonerd.com.br


Configurações do Android Things



Configurando a rede WIFI:

adb shell am startservice \
-n com.google.wifisetup/.WifiSetupService \
-a WifiSetupService.Connect \
-e ssid [NOME-DA-SUA-REDE] \
-e passphrase [senha-sua-rede]


Testando a conexão com Internet:

# adb shell
edison:/ $ ping www.uol.com.br
PING homeuol-ib.uol.com.br (200.221.2.45) 56(84) bytes of data.
64 bytes from home.uol.com.br (200.221.2.45): icmp_seq=1 ttl=51 time=20.9 ms
64 bytes from home.uol.com.br (200.221.2.45): icmp_seq=2 ttl=51 time=21.2 ms
64 bytes from home.uol.com.br (200.221.2.45): icmp_seq=3 ttl=51 time=25.3 ms
^C
--- homeuol-ib.uol.com.br ping statistics ---
3 packets transmitted, 3 received, 0% packet loss, time 2003ms
rtt min/avg/max/mdev = 20.993/22.551/25.386/2.011 ms


Configurando o ADB para rede sem fio:

No Android Things:

edison:/ # setprop service.adb.tcp.port 5555
edison:/ # stop adbd
[ 97.923317] init: Service 'adbd' is being killed...
[ 97.929712] dwc3-device dwc3-device.1: request f54bf900 was not queued to ep0out
[ 97.938557] init: Service 'adbd' (pid 149) killed by signal 9
[ 97.938688] init: Service 'adbd' (pid 149) killing any children in process group
edison:/ # start adbd
[ 103.799226] init: Starting service 'adbd'...
[ 103.809732] read descriptors
[ 103.809802] read descriptors

edison:/ #

Na sua estação:

# adb kill-server
# adb tcpip 5555
# adb connect [IP-DO-ANDROID-THINGS]
# adb kill-server
# adb connect [IP-DO-ANDROID-THINGS]


Pronto, agora basta efetuar os comandos adb shell, ou adb install...

# adb shell
edison:/ $

Desenvolvendo aplicativo para o Android Things

No arquivo AndroidManifest.xml insira as seguintes linhas:

<uses-library android:name="com.google.android.things"/>

<intent-filter>
   <action android:name="android.intent.action.MAIN"/>
   <category android:name="android.intent.category.IOT_LAUNCHER"/>
   <category android:name="android.intent.category.DEFAULT"/>
</intent-filter>

No arquivo build.gradle insira a linha a seguir em dependencies:

dependencies {

    provided 'com.google.android.things:androidthings:0.3-devpreview'

Na aplicação importe as seguintes classes:

import com.google.android.things.pio.Gpio;
import com.google.android.things.pio.PeripheralManagerService;

Achei mais produtivo produzir um vídeo sobre o desenvolvimento para prova de conceito de como pisca um led. O exemplo foi baseado no projeto sample-simplepio cujo código fonte encontra-se no link a seguir.
A seguir um video demonstrativo PASSO A PASSO de como desenvolver um simples aplicativo para o Android Things.
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação no Intel Edison
   3. Configurações do Android Things
Outros artigos deste autor

Zebra Barcode Reader: Lendo código de barras com a sua Webcam no Linux

Terasology: O Minecraft gratuito e com gráfico realista

Utilize qualquer Tablet/Smartphone como monitor estendido sem fio no GNU/Linux

A Inteligência Artificial que escreve programas

Biometria: Reconhecimento Facial OpenSource!

Leitura recomendada

Hello Android! Meu Primeiro APP

KaiOS: A ressurreição do FirefoxOS e o fim da segregação digital

Python com SL4A - A camada de script do Android

Processing - Interagindo com o usuário

ARCore: SDK para realidade aumentada da Google

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts