Python com SL4A - A camada de script do Android

O Android tornou-se um representante notável do que o Linux é capaz. Outro representante de peso é o Python, uma linguagem apaixonante! Neste artigo, pretendo explicar como fazer conexão com dispositivo Android e programar em Python,
remotamente ao dispositivo.

[ Hits: 20.809 ]

Por: João Victor em 25/03/2013


Configurando o dispositivo Android



Primeiramente, é necessário ter o SDK do Android instalado.

Não entrarei em detalhes sobre a instalação do SDK, visto que já existe um artigo tratando do assunto:
É importante observar se a opção "Android SDK Plataform Tools" está marcada para a instalação.

Instalação

No dispositivo, ative a opção de depuração, em versões mais antigas, esta opção se encontra em:

Configurações → Aplicativos → Modo de depuração

Em versões mais novas: Configurações → Opções de desenvolvedor
Linux: Python com SL4A - A camada de script do Android   Linux: Python com SL4A - A camada de script do Android
Agora vamos ao que interessa.

Logado como root, crie o arquivo: /etc/udev/rules.d/51-android.rules

E adicione a linha:

SUBSYSTEM=="usb", ATTR{idVendor}=="1004", MODE="0666", GROUP="plugdev"


Nesse caso, devemos atentar que: {idVendor}="1004", refere-se a um dispositivo LG, para cada marca deve-se usar um "idVendor" diferente:

Companhia USB Vendor ID:

Acer             0502
ASUS             0b05
Dell             413c
Foxconn          0489
Fujitsu          04c5
Fujitsu Toshiba  04c5
Garmin-Asus      091e
Google           18d1
Hisense          109b
HTC              0bb4
Huawei           12d1
K-Touch          24e3
KT Tech          2116
Kyocera          0482
Lenovo           17ef
LG               1004
Motorola         22b8
MTK              0e8d
NEC              0409
Nook             2080
Nvidia           0955
OTGV             2257
Pantech          10a9
Pegatron         1d4d
Philips          0471
PMC-Sierra       04da
Qualcomm         05c6
SK Telesys       1f53
Samsung          04e8
Sharp            04dd
Sony             054c
Sony Ericsson    0fce
Teleepoch        2340
Toshiba          0930
ZTE              19d2

Execute o comando para permissão de leitura:

# chmod a+r /etc/udev/rules.d/51-android.rules

Para conferir se tudo funcionou bem até aqui, vamos a um pequeno teste:

# cd android-sdks/plataform-tools
# ./adb devices


Se tudo ocorreu bem, a saída deve ser algo semelhante a isso:

List of devices   attached
LGOTMS876643      device

Agora que chegamos até aqui, podemos dar uma olhada no shell do Android com o comando:

# ./adb shell

Como o Android roda sobre o Kernel Linux, grande parte dos comandos funcionará aqui, esse pequeno shell pode salvar seu aparelho em algumas ocasiões.

Com ele é possível salvar alguns aparelhos que iniciam e ficam parados em uma tela preta, mas isso é assunto para outro dia.

Agora, com o Eclipse aberto, podemos usar a opção de DDMS. Podemos interagir com o dispositivo, enviado arquivos, fazer screenshot e o principal: testar um aplicativo Android diretamente junto ao dispositivo.


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Configurando o dispositivo Android
   2. SL4A: Instalação e configuração
   3. SL4A: Criando um hello world
Outros artigos deste autor

Robótica com Android e Arduino

Leitura recomendada

Android Things - Aplicativos IoT padronizado para Indústria 4.0

Processing - Programando para Android e iOS

Processing - Programação para dispositivos móveis

Hello Android! Meu Primeiro APP

Processing - Interagindo com o usuário

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cruzeirense em 25/03/2013 - 17:17h

Excelente tutorial.
Parabéns.

[2] Comentário enviado por marcosAugusto em 27/03/2013 - 09:58h

Parabéns pelo artigo

[3] Comentário enviado por alexandrecandido em 03/04/2013 - 16:15h

Excelente.

[4] Comentário enviado por mfrlinux em 05/11/2013 - 16:43h

Muito bom!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts