Algoritmos de compressão

Este artigo faz uma apresentação dos algoritmos de compressão e qual a lógica de funcionamento dos mesmos. É o primeiro de uma série de três artigos que pretendo escrever falando sobre isso, que serão divididos em como começou, o que usamos hoje em dia, e por último a prática com implementação dos mais usados.

[ Hits: 9.685 ]

Por: Pablo Margreff em 23/03/2016 | Blog: https://pmargreff.wordpress.com/


Conclusões



Depois de darmos uma olhada nessa breve introdução já podemos imaginar como dependemos da compressão. Apesar de hoje termos maior capacidade, melhor desempenho e melhor conexão de internet temos que levar em conta que a qualidade dos conteúdos vem melhorando sem falar em sua escalabilidade, pois talvez não seja custoso entregar um arquivo uma ou duas vezes, mas imagine no Netflix ou Spotify que tem que fazer isso centenas de milhares de vezes. Então nesses casos a compressão acaba sendo uma coisa muito importante novamente.

Tendo isso em vista além de ter apresentado esses métodos que são muito elementares também farei um segundo artigo em que analisarei os algoritmos usados hoje em dia na compressão de arquivos e um terceiro com a implementação desses algoritmos. Talvez esse terceiro explore mais afundo algo relacionado o sistema de compressão utilizado por alguma ferramenta como as citadas no parágrafo anterior ou semelhantes.

Qualquer dúvida ou sugestão por favor se manifestem nos comentários.

That's all folks!

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Códigos de comprimento variável
   3. Árvores de Huffmann
   4. Classe Lempel-Ziv-Welch
   5. Conclusões
Outros artigos deste autor

Gerando Números Aleatórios

Aumentando sua produtividade com o teclado padrão Dvorak

Manipulação de imagens no formato PPM

Leitura recomendada

Kernel atualizado no Debian - Parte II

O kernel do Linux: A definição, importância e funcionalidades

Mitigando Erro de Kernel: Neighbour Table Overflow

Compilando o kernel no Conectiva Linux 10

O kernel Linux está inchado... Mas, calma, não é bem assim!

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ivo_cruz em 29/03/2016 - 08:30h

A saída do Q é 0100


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts