Abordagem de controle de banda com QoS

Este trabalho está mostrando uma abordagem para aplicação da QoS com Controle de Banda em empresas públicas, podendo solucionar algumas necessidades nas redes de computadores, facilitando o seu desempenho. Neste artigo mostraremos algumas ferramentas para o controle de banda como CBQ, HTB, Delay_Pool do Squid.

[ Hits: 53.999 ]

Por: Marcelo Borges Fagundes em 25/03/2010


Breve estudo sobre QoS



Nos últimos anos observamos que a internet teve um grande crescimento, se tornando uma realidade de fácil acesso para milhares de pessoas em todo mundo. E juntamente com esse crescimento foram surgindo novas aplicações, em que começaram a exigir cada vez mais dos recursos da rede.

Mas a internet em si não conseguiu obter uma evolução de qualidade diante desse crescimento e dessas novas aplicações, pois não oferecia uma estrutura adequada.

Para se obter uma boa estrutura é necessário inserir serviços adicionais em que venha a proporcionar uma melhoria à qualidade do crescimento da internet. E com o surgimento dessa necessidade é que veio a surgir a ideia da aplicação de Qualidade de Serviço (QoS) e o controle de banda para proporcionar uma otimização do uso de redes de computadores(não somente a internet).

Podemos definir que a QoS possui dois modos, que são: modo de qualidade e quantidades. E podemos encontrar estes dois modos como parâmetros de especificações da Qualidade do Serviço em IS01, Redes de Computadores e Sistemas Multimídias.

De acordo com IS01 a QoS (Qualidade sobre Serviço) em redes é o efeito coletivo do desempenho de um serviço, o qual determina o grau de satisfação de um usuário desse serviço [1].

E para Redes de Computadores a QoS é o desempenho de uma rede relativa às necessidades das aplicações, além de ser o conjunto de tecnologias que possibilita às redes oferecer garantias de desempenho [2].

E por fim os Sistemas Multimídias, onde a QoS é nesse caso qualidade de serviço é definida como representação do conjunto de características qualitativas e quantitativas de um sistema multimídia distribuído, necessário para alcançar a funcionalidade de uma aplicação [3].

Apresentaremos uma breve definição de acordo com novos pensamentos, em que iremos mostrar alguns parâmetros da QoS que servirá de base para as aplicações das qualidades dos serviços.

Parâmetros de QoS

Segundo Quality of Service Technical White Paper - Microsoft Corporation 1999, citado por DE SOUSA, Nathan Franklin Saraiva: diferentes aplicações têm diferentes requerimentos. Aplicações geram tráfico em diferentes taxas e geralmente esperam que a rede seja capaz de transmitir o tráfego na taxa gerado por elas. Certas aplicações podem tolerar algum tipo de atraso na transmissão enquanto outras não, como é o caso das aplicações multimídia. Estes requerimentos podem ser representados com esses seguintes parâmetros de QoS:
  • Largura de banda - taxa de transmissão dos dados de uma aplicação;
  • Atraso - tempo necessário para um pacote percorrer a rede, desde o emissor até o receptor;
  • Jitter - variação do atraso entre pacotes consecutivos;
  • Perda(Loss) - porcentagem de perdas de pacotes.

Todas esses parâmetros da QoS poderiam ser transmitidos com largura de banda requerida, com zero de atraso, zero de jitter e zero de perdas, se os recursos de rede não fossem limitados, mas entretanto, os recursos de rede têm limitações e em certas partes da rede poderemos encontrar algumas falhas para atender as requisições das aplicações pedidas pelo o seu usuário. Pois esses parâmetros da QoS são para controlar diretamente os recursos da rede para obterem uma boa qualidade do tráfego das aplicações requisitada pelo o usuário.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Resumo
   2. Breve estudo sobre QoS
   3. Aumento da largura de banda para obtenção de QoS
   4. Ferramentas para controle de banda
   5. Abordagem para aplicação
   6. Conclusão
Outros artigos deste autor

Passando pelo Firewall

Leitura recomendada

Gerenciamento de pacotes Debian - principais comandos LPIC-1

Fundamentos do sistema Linux - hardware

Trabalhando com a extensão .tar

Convertendo novos usuários ao Linux

Guia Introdutório do Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por roberto_espreto em 25/03/2010 - 02:52h

Oiaa!

Ele resolveu sair da toca! kkkkkkkk
É isso ae ozyhidden!
Abraço.


®

[2] Comentário enviado por firebits em 25/03/2010 - 10:56h

Poder crer, o hidden, faz parte da nossa equipe do Backtrack Brasil. É um ótimo profissional, já foi meu aluno e tem muito à ensinar para outras pessoas, pois seu conhecimento é vasto, além de ser uma pessoa simples, legal e humilde. Realmente "saiu da toca", como espreto falou...rss

Falou!

[3] Comentário enviado por thigux em 25/03/2010 - 15:51h

Cara, estou fazendo TCC sobre QOS...me diz uma coisa consigo customizar alguma ferramenta para isso???tipo algo que vc ache que de..??Outra pergunta vc trabalha com iso assiduamente?


Obrigado,
Thiago
Analista de Sistemas Microsiga
msn:thiagom128@hotmail.com

[4] Comentário enviado por mbfagundes em 25/03/2010 - 16:48h

Bom, atualmente nao estou trabalhando com esta area. Mas creio que há formas de se customizar e organizar as regras de cada ferramenta. Uma boa é você fazer sua analise, e ver quais são os pontos fracos ai sim você utiliza da melhor forma cada ferramenta.
No meu estudo de caso ai eu tinha um patio com 230 maquinas e tinha diferentes pessoas com niveis de acesso diferente... imagina o começo de uma confusão, porque antes tinha regras mas nao serviam e depois passou a ter e o pessoal começou a reclamar. Sinal que foi feito um bloqueio na minha rede. Ai com esse feedback instantaneo ja deu pra ver e perceber que o meu squid demorou mais a encher o Cache e minhas rotas de trafego interna deram uma leve melhorada.
Mas como tudo na vida tem seus positivos e negativos, logo pensei em aplicar um DOMINIO " Me desculpem amigos LInux" mas tbm isso ja iria me ajudar a trabalhar com tres niveis de QoS, eu passaria ter menos recurso de Download de Atualizações microsoft e outras aplicações utilizando de um servidor wsus, poderia com isso liberar meu cache do squid e em fim.... Tem tantos rumos a se seguir que somente por analise e um bom desenvlvimento você irá conseguir atingir sua necessidade.

[5] Comentário enviado por rndrama em 26/03/2010 - 11:08h

Ótimo artigo cara, parabéns!!!!!!!!!!!
Flw

[6] Comentário enviado por fmpfmp em 26/03/2010 - 11:23h

Bom, é uma boa teoria pra se fazer um documento sobre as necessidade de QoS na empresa, só que não mostra como fazer. Na prática você precisa testar o que realmente é efetivo na sua rede, não basta apenas saber que existem tais ferramentas, é preciso entender como funcionam e ver como fica o desempenho. Mas pra quem não entende nada do assunto já é um começo.

[7] Comentário enviado por Lisandro em 26/03/2010 - 15:41h

Muito legal. Parabéns.

[8] Comentário enviado por matheusoveral em 26/03/2010 - 17:47h

Parabéns ótimo trabalho!

[9] Comentário enviado por jfernandes em 29/03/2010 - 15:42h

Muito legal o artigo, boa ferramenta, mas ...
Sou chato né, galera, preciso de uma forma de visualizar quantas conexões existem no meu squid ou firewall no momento da medição, ou seja, executo alguma ferramenta (iptraf por exemplo) e gero ou vejo quantos IP´s ou conexões estáo passando por ele.
Será que alguém se prontifica ?
Um grande abraço e fiquem com Deus
Joel Fernandes
msn = joel_fernandes@hotmail.com

[10] Comentário enviado por josiasrodrigues em 23/04/2015 - 08:33h


Bom dia pessoal, parabens ao autor, minha dúvida é quanto a possibilidade de um qos dentro da vpn, ja li q o qos funciona só com tcp e a vpn trafega udp, procede? preciso isso pois um cliente vai precisar de voip e preciso reserva de banda, se alguem puder me dar uma luz agradeço desde já.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts