VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

13. Re: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

Xerxes Lins
xerxeslins

(usa Red Hat)

Enviado em 17/07/2017 - 13:13h

Pelo que eu li as mudanças e flexibilizações da CLT devem ser feitas de forma coletiva e com representante, seja de sindicato ou de alguma liderança.

Isso significa que não seria o empregador chegar e dizer "vai ser assim, seu Joaquim, se não gostar tá demitido"

Pelo que entendi seria assim:

Os empregados poderiam propor mudanças que julguem vantajosas, mas que a lei antiga e engessada não permitiria, sempre sendo o caso de comum acordo coletivo. Exemplo: reduzir a hora do almoço para sair mais cedo. Lembrando: isso se for de comum acordo, claro. Ou trabalhar tantas horas a mais para folgar outros dias. Negociar melhores períodos de férias para coincidir com férias escolares de filhos e outras coisas.

Entende? A palavra chave é: flexibilização. Coisas rígidas que a lei não permitia, agora poderão ser feitas desde que em comum acordo coletivo e com representante.

Há outras mudanças. Exemplo: antes, se você dizia "eu me demito!" não tinha direito nenhum ao FGTS. Agora vai poder 80%.

Esse lance dos 18 meses de quarentena, por exemplo, é para impedir uma situação onde o empregador contrata um professor, demite ele em recesso escolar, pra cortar gastos, e contrata de novo depois! o que seria absurdo. O certo seria mantê-lo contratado, inclusive durante o recesso escolar.

Sobre o imposto sindical, ninguém vai parar de pagar se QUISER continuar pagando. Se o empregado achar que está valendo a pena pagar, ele continua pagando. O ruim seria alguém ser obrigado a pagar de qualquer jeito, querendo ou não.

Não sei muito, pois não me aprofundei. Mas parece que o clima de "fim do mundo" por causa dessa reforma é muito exagero. A palavra chave é flexibilização, coisas que poderão ser alteradas, desde que em comum acordo coletivo, mesmo que a lei original não permitisse.

--
If it ain't broke, fix it until it is.


  


14. Re: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

Fábio Berbert de Paula
fabio

(usa Debian)

Enviado em 17/07/2017 - 14:46h

MrBlackWolf escreveu:

Eu só queria acreditar que o meu salário é ridículo, assim eu o considero, por conta dos encargos. Será que com o fim dos encargos vou receber mais?


Provavelmente não, mas o risco do seu patrão quebrar e você perder o emprego diminui.


15. Re: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

Gabriel Henrique da Silva Ferreira
MrBlackWolf

(usa Arch Linux)

Enviado em 17/07/2017 - 16:35h

fabio escreveu:

MrBlackWolf escreveu:

Eu só queria acreditar que o meu salário é ridículo, assim eu o considero, por conta dos encargos. Será que com o fim dos encargos vou receber mais?


Provavelmente não, mas o risco do seu patrão quebrar e você perder o emprego diminui.


Se fosse uma empresa pequena talvez. Mas digamos que meu patrão lucra muito com a empresa...


16. Re: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

Patrick
Freud_Tux

(usa Outra)

Enviado em 17/07/2017 - 22:15h

Então né!
Vou dar meu ponto de vista.

A flexibilização da CLT era necessária sim. A CLT é um mecanismo de contra-partida única, isso se resumi, onde o empregador era obrigado a arcar com todos os encargos para manter um único colaborador mais o salário. Esses encargos geralmente ficam em 2 a 3 vezes o valor que cada colaborador ganha.
Infelizmente são custos pois não retornam para empresas da forma que deveriam. O problema reside no ponto onde não existiam leis que penalizassem colaboradores, mas existem inpumeras que penalizam empregadores.
Não defendo empregadores pois muitos são sacanas, vai da indôle de cada um, mas muitos colaboradores não são santos.

Acho que não deveria ter CLT (é um jeito do governo sacanear o empregador e o colaborador) mas sim, um tipo de teto base e tudo na base do contrato, onde ambas as partes decidem o que é melhor para elas, sem o governo para definir os detalhes. Se consegue mais flexibilização e todo mundo ganha.

E sim!
Eu já trabalhei de CLT (meu primeio trabalho foi com essa droga) e posso afirmar que só tomei ferro com ela. Os descontos que vinham para sindicato, governo, e etc. eram bizarros para o quanto eu ganhava, e sem um único retorno. Depois que eu descobri que existiam outras modalidades fora da CLT e trabalhos com contratos, fiquei imaginando que ragada que eu me meti... rsrsr

Agora pra descontrair! Sigam o exemplo do Urso para sair da CLT e alcançar o sucesso rsrsrs ><

https://www.youtube.com/watch?v=14GKJxDFFiA

T+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Noob: "[...]Sou muito noob ainda usando o terminal, então preciso de ajuda "mastigada", pra operá-lo."
zhushazang: "Sou velho e meus dentes desgastados. Estude linux www.guiafoca.org";


17. Re: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

Giovanni  M
Giovanni_Menezes

(usa Void Linux)

Enviado em 05/08/2017 - 02:19h

Olha ai a terceirização "gerando empregos" ..

O serviço prestado pelo Bancário Temporário consiste no desenvolvimento de atribuições inerentes ao cargo de técnico bancário, previstas no contrato firmado com empresa especializada na prestação de serviços temporários", diz trecho do documento.

O movimento acontece na esteira dos esforços do banco para reduzir custos e elevar a lucratividade para fortalecer seus níveis de capital, que têm sido pressionados nos últimos anos pelo crescimento acelerado do crédito.

No começo do ano, a Caixa lançou um programa de demissão voluntária, que teve adesão de cerca de 4,6 mil funcionários, enquanto o banco esperava adesão de até 10 mil empregados. No mês passado, a instituição abriu nova fase do programa, esperando participação de até 5,5 mil colaboradores. O prazo para aderir vai até 14 de agosto.

No fim de março, dado mais recente, a Caixa tinha 91.128 funcionários, queda de 5.863 postos em 12 meses.

https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2017/08/04/caixa-economica-abre-caminho-para-contratar-...


--------------------------------------------------------------------------
Somente o Software Livre lhe garante as 4 liberdades.
Open Source =/= Free Software.
https://goo.gl/mRzpg3
http://www.anahuac.eu/contrarrevolucao-osi/


18. Re: VOCÊ ESTÁ DEMITIDO

Leomar de Oliveira
Leo CCB

(usa Slackware)

Enviado em 05/08/2017 - 09:43h

phoemur escreveu:

Nos Estados Unidos não há nenhum desses "direitos" e eu nunca vi americanos fugindo para o Brasil para trabalhar. Já o inverso...

Antes que digam que é um país rico, cabe lembrar que talvez seja essa mesmo uma das causas do desenvolvimento de um país, pois quanto maior é o governo, menor é o cidadão:


Eu tenho medo de que o trabalhador se ferre demais. Se você for nos EUA pode comprar qualquer coisa sem medo de ser enganado, um carro usado sem medo de golpe, pode deixar sua casa aberta uma semana e ninguém entra. Ou seja, é outra cultura, diferente do Brasil, onde se tem a tendência de levar vantagem em tudo (não estou generalizando, existem pessoas maravilhosas aqui). Tenho medo que os megaempresários usem das brechas da nova lei para ferrar o trabalhador. Se olharmos a classe política entenderemos: A grande maioria é de latifundiários e grandes empresários, donos de megaempreedimentos e estão lá no parlamento defendendo seus interesses, não os do povo. Os ladrões e marginais não estão só na favela. Atualmente usam terno, gravata e togas, e estão nos gabinetes de repartições públicas. Não se ouve falar de corrupção política nos EUA, os trabalhadores de lá ganham muito melhor que aqui em comparação ao custo de vida e existe a cultura de crescer em um negócio próprio, o que não é o caso do Brasil. Dessa forma, uma lei frágil pode sim, ao meu ver, prejudicar o trabalhador pois o grande empresário não tem a humanidade nem empatia. O que vemos no Brasil não é um capitalismo de repartição de bens (como nos EUA), mas sim um capitalismo selvagem onde os tubarões devoram impiedosamente os lambaris. Por isso fico com a pulga atrás da orelha.



01 02



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts