Qual sua interface gráfica favorita e porquê?

37. Re: Qual sua interface gráfica favorita e porquê?

Rodrigo Zimmermann
bilufe

(usa Lubuntu)

Enviado em 09/05/2017 - 08:58h

homemsemnome escreveu:

albfneto escreveu:


Obrigado pela resposta Albfneto. Já conhecia essa fita aí da falta de modularidade do Debian e derivados. Dizem que no Slackware o bagulho é bem modular também.

Outro problema chato do Debian é que as interfaces gráficas se "misturam". Você vai abrir o Openbox e uma caralhada de serviços e aplicativos do Gnome 3 sobem junto, pesam na memória RAM e causam uma poluição visual nos menus e tal.

E o que mais me deixou bolado nisso tudo foi o fato de que, na hora de remover o que você quer, o APT não arrasta tudo referente ao meta-pacote. Após purgar o LXDE do sistema inúmeros resquícios dele permaneceram na máquina.



Você tem que usar o 'apt-get autoremove nome-do-pacote' para remover o pacote e outros que dependam dele.

Minha dica para quem não quer ficar instalando um monte de tralhas: por padrão o Ubuntu e o Debian tratam os pacotes recomendados como dependências, basta usar o synaptic para desmarcar essa opção e será possível instalar pacotes sem puxar coisas que não deveriam ser instaladas.

Por exemplo, eu uso Lxde e tenho o Gnome-documents instalado, mas não precisou vir o Gnome inteiro para ter esse aplicativo.


  


38. Re: Qual sua interface gráfica favorita e porquê?

LinuxWalker
Delusion

(usa Debian)

Enviado em 09/05/2017 - 08:59h

homemsemnome escreveu:

Sobre o KDE, no Manjaro eu consegui remover quase tudo que eu queria sem que outros pacotes fossem desinstalados juntos. Maaaass...
Numa atualização de kernel, o maldito destruiu o meu grub (talvez por ser a porcaria do uefi. Muito frágil...). Tive de recorrer ao debian para recuperar as entradas. Eu sei que tem uma galera muito fã desse manjaro, mas no Arch puro não tive metade das chateações que tive nele.
O kde5, de forma geral, tá bem melhor que o 4, mas em cada distro tem uma coisinha que não funciona. Testei em várias distros, até opensuse-leap, famosa pela sua integração com o kde. Parece que ele tem tendência a aumentar o tempo de resposta a cliques e comandos de teclados quando em multitarefa. Então, o meu raciocínio foi que se vou instalar esse monte de bugigangas e ainda vou abrir mão de algumas coisas, melhor ficar num ambiente mais rápido, afinal, eu uso mais os softwares do que a interface gráfica.






39. Re: Qual sua interface gráfica favorita e porquê?

Rodrigo Zimmermann
bilufe

(usa Lubuntu)

Enviado em 09/05/2017 - 13:16h

wudze escreveu:

homemsemnome escreveu:

Sobre o KDE, no Manjaro eu consegui remover quase tudo que eu queria sem que outros pacotes fossem desinstalados juntos. Maaaass...
Numa atualização de kernel, o maldito destruiu o meu grub (talvez por ser a porcaria do uefi. Muito frágil...). Tive de recorrer ao debian para recuperar as entradas. Eu sei que tem uma galera muito fã desse manjaro, mas no Arch puro não tive metade das chateações que tive nele.
O kde5, de forma geral, tá bem melhor que o 4, mas em cada distro tem uma coisinha que não funciona. Testei em várias distros, até opensuse-leap, famosa pela sua integração com o kde. Parece que ele tem tendência a aumentar o tempo de resposta a cliques e comandos de teclados quando em multitarefa. Então, o meu raciocínio foi que se vou instalar esse monte de bugigangas e ainda vou abrir mão de algumas coisas, melhor ficar num ambiente mais rápido, afinal, eu uso mais os softwares do que a interface gráfica.





Exatamente por isso eu uso o Lxde, tenho em mãos um ambiente de trabalho que me dá acesso aos aplicativos da forma tradicional (sem a chateação dos menus serem com cliques na área de trabalho), e ao mesmo tempo me entregando um desktop bonito e leve.


40. Re: Qual sua interface gráfica favorita e porquê?

Homem Sem Nome
homemsemnome

(usa Debian)

Enviado em 09/05/2017 - 15:58h

bilufe escreveu:


Então Bilufe, eu não só dei um autoremove como também dei um --purge nele. O meu erro, na real, foi ter instalado a versão full do LXDE. Muita gente disse na época (foi logo quando eu comecei a utilizar Linux) que o LXDE vinha muito "pelado" e aí eu decidi instalar a bagaça inteira para não ter amolações. Me fud*.

O pacote que eu instalei se chamava task-lxde-desktop e eu não dei o --no-install-recommends. Nunca mais cometo esse erro. huahauahauhauahauhauhauahu








Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts