A raridade feminina do VOL

49. Re: A raridade feminina do VOL

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 27/06/2010 - 16:40h

Poucas mulheres são pensadoras a um nível superior ao próprio ego. E as que são, se sobressaem a patamares superiores a muitos cuecas por aí. Eu mesmo já namorei uma que ganhava o dobro que eu. Era a 'morte', mas fazer o quê? Valia a pena. rsrs


  


50. Re: A raridade feminina do VOL

Luciano Barbosa Marques
lucianomarques1

(usa Ubuntu)

Enviado em 27/06/2010 - 18:21h

edps,

Quantos Lucianos tem aqui no VOL ????

Citação:

"O Luciano é outro (acho que ele é vascaíno) e tá com vergonha pois o Bacalhau (pra não perder o costume de pagar mico) lançou uma revista com o técnico que deu no pé."

Eu tava só acompanhando o tópico, mas fiquei curioso !!!!

[ ]'s


Luciano.


51. Re: A raridade feminina do VOL

Aline
aline.abreu

(usa Debian)

Enviado em 07/07/2010 - 08:35h

Oi pessoal.
Realmente é raro ver mulher em fóruns de tecnologia, principalmente de linux.
Mas temos vários motivos.
Eu mesma fico sumida uns tempos. Por vários motivos:
Eu trabalho, as vezes até muito tarde, alguns dias por semana faço cursos pra me aperfeiçoar. Além disso, quando chego em casa, tenho que lavar louça, limpar a casa, dar comida pro cachorro, dar uma voltinha com ele. Vou a academia 3 vezes por semana(não consigo ir mais que isso, senão teria que acordar mais cedo todos os dias.) As vezes vou fazer uma massagem, limpeza de pele, drenagem linfática, vou fazer as unhas, leio um livro por semana(Muitas vezes leio enquanto faço as unhas ou a limpeza de pele), treino meu inglês durante a academia, assisto seriados enquanto cozinho. Uma vez por semana, saio com meu Marido para jantar fora, as vezes vou a cidade da minha mãe visitá-la. As vezes saio com meus amigos, de domingo almoço na casa da minha sogra, de sábado ajudo uma amiga na petshop dela, escrevo no meu blog e em mais 2 que contribuo, tenho twitter, orkut, facebook e mais uma dúzia de redes sociais.
Meu marido vive nos fóruns por aí. Ele chega do trabalho, toma um banho, pega o note e senta no sofa. Janta, lava o prato dele(e só) e volta para o computador.
E outra, eu não tenho paciência para ouvir desaforos machistas, para participar de brigas, entre outras coisas.
Eu gosto do insigne por que é bonitinho, por que me acostumei com ele. Sempre testo outras distros.

É mais ou menos isso...

ah... ggxadrez, gosto muito dos seus artigos, mas que comentário ordinário esse...:)
Realmente a culpa não é dos homens pelas mulheres não gostarem de tecnologia, nem de outros homens também não gostarem. EU adoro tecnologia, sou até fanática. Mas é muito, muito chato, quando entramos em um fórum, o assédio em excesso, muitas vezes recebemos emails, Mensagens privadas, que não são nada elegantes. Algumas mensagens são educadas e elogiosas. Outras nem tanto...

Aline


52. Re: A raridade feminina do VOL

Fabricio
Hellsius

(usa Ubuntu)

Enviado em 07/07/2010 - 17:14h

Conclusão, homens e mulheres são diferentes!

Ambos tem capacidades equivalentes, mas tem gostos diferentes, é isso.


53. Re: A raridade feminina do VOL

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 07/07/2010 - 17:51h

Marun, tem mulheres aqui!

por exemplo tem a Izabel, do recife, a Aline (tem uma dica recente dela, aqui) nossa especialista no Insigne Linux, tem a Pink, que é moderadora aqui do VOL, A Carol, uma iniciante,tem a Bia, tem várias...

Mas realmente, muito mais homens usam linux do que mulheres.


54. Re: A raridade feminina do VOL

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/07/2010 - 19:16h

Já vi neto,já vi, e como a vida é bela as mulheres do VOL são uma maravilha, uma maravilha, ai que belezura!


55. Reflitam!

Izabel
[email protected]

(usa Ubuntu)

Enviado em 26/04/2011 - 12:29h

Acho que em geral, não é do costume feminino se preocupar com o sistema operacional que usa, mas sim com as aplicações que tem a disposição para exercer as atividades de sua determinada área do conhecimento.

O comportamento da mulher em relação ao computador não é tão propenso a vírus como o comportamento masculino (ex: gosto por pornografia, para mais detalhes veja as imagens postadas nesse tópico). De modo que, muitas mulheres são felizes com seus Windows, mesmo que lento, ele cumpre a função que elas necessitam.

Minhas amigas não estão preocupadas com a aparência interna do computador, configurar, segurança, ou mesmo criar software. Elas são "usuárias" dos programas e mal mudam o wallpaper - Teletubbies do XP. Nem por isso são burras!

A participação da mulher nas áreas de ciência e tecnologia vem crescendo muito, de modo que essa crítica não tem fundamentos.

Algumas mulheres porém, se importam com os programas que usam, com suas filosofias. Estas, em geral, trabalham ou estudam na área de ciências da informação e desta forma, se importam com os programas que usam tanto quanto os homens por ser sua área de interesse.

No meu caso, eu comecei a usar Linux por insistência de meu orientador de iniciação científica em 2002 (aprox.) e acabei me adaptando ao Linux de uma forma que não consigo larga mais. Eu estou com problemas na minha internet, que me impede até de enviar um screenshot aqui no VOL. Por outro lado, eu tenho um Windows 7 original instalado no meu computador e não consigo voltar a usá-lo, mesmo sendo ele o sistema operacional onde todos os recursos do meu Dell Inspiron N4010 estão em pleno funcionamento. Nenhuma amiga minha está compreendendo isso, elas me chamam de maluca, pois para elas, o melhor SO é aquele que funciona, e eu não posso tirar a razão delas, posso? Aliás, quem pode?

Então. desde 2002 que espero o dia em que o Linux se torne "O Sistema Operacional" e ainda tem muita estrada pela frente, visto que as empresas que desenvolve o Hardware não está nem um pouco interessada com os usuários Linux, assim como as empresas que produzem software especializados.

Em suma, mulheres são práticas e o Linux é um SO superior ao Windows, mais existem problemas (suporte a hardware, ausência de programas especializados de boa qualidade) que o tornam inviável pra muita gente independente do sexo. Muita pesquisador e pesquisadora de ponta do mundo!

Pessoas como nós, usuários Linux, se adaptam, mas a praticidade comum as mulheres (acho que faltei essa aula) impedem as mesmas de se adaptarem, ou se conformarem, com tais limitações.
Reflitam!


56. Re: A raridade feminina do VOL

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 26/04/2011 - 12:38h

aqui tem várias mulheres,
tem algumas feras, como Pink, Isabel, Aline...
Tem a Carol, que veio a pouco tempo e já tem duas Dicas publicadas.

mas homens usam muito mais Linux do que as mulheres, não sei porque.

no site LinuxFAST tem várias mulheres Linuxers, muitas também profissionais de TI.

http://www.linuxfast.com.br/


57. Re: A raridade feminina do VOL

Cristiano
cpa83

(usa Debian)

Enviado em 26/04/2011 - 13:38h

Com certeza daqui a bem pouco tempo as mulheres estarão dominando o linux também!!


58. Re: A raridade feminina do VOL

anna kamilla
annakamilla

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 26/04/2011 - 14:01h

eu tambem to aqui


59. Re: A raridade feminina do VOL

Valdinei de Souza Campos
valdinei.campos

(usa CentOS)

Enviado em 26/04/2011 - 14:05h

sao poucas mesmo


60. Re: A raridade feminina do VOL

Edu
eduams

(usa Arch Linux)

Enviado em 26/04/2011 - 14:06h

Agora que você tocou no assunto, é verdade! Não vejo muitas mulheres aqui.
Para falar a verdade, nunca vi uma mulher que usa o Linux...






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts