Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

25. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

Joao Damasceno
JoaoDamasceno

(usa Outra)

Enviado em 10/04/2019 - 17:10h

niquelnausea escreveu:

JoaoDamasceno escreveu:

[jdt@jdt ~]$ sudo pacman -Rsc perl-cpanel-json-xs
verificando dependências...
:: pacman requer opcionalmente perl-locale-gettext: translation support in makepkg-template
:: xdg-utils requer opcionalmente perl-net-dbus: Perl extension to dbus used in xdg-screensaver
:: xdg-utils requer opcionalmente perl-x11-protocol: Perl X11 protocol used in xdg-screensaver

Pacote (25) Versão antiga Diferença

perl-file-basedir 0.08-2 -0,02 MiB
perl-file-copy-recursive 0.44-2 -0,03 MiB
perl-file-slurp-tiny 0.004-4 -0,01 MiB
perl-html-form 6.03-5 -0,04 MiB
perl-http-response-encoding 0.06-5 -0,01 MiB
perl-http-server-simple 0.52-1 -0,08 MiB
perl-ipc-system-simple 1.25-4 -0,04 MiB
perl-json-maybexs 1.004000-1 -0,07 MiB
perl-locale-gettext 1.07-6 -0,03 MiB
perl-net-dbus 1.1.0-7 -0,51 MiB
perl-proc-processtable 0.56-1 -0,06 MiB
perl-proc-simple 1.32-4 -0,03 MiB
perl-sort-naturally 1.03-4 -0,03 MiB
perl-sub-uplevel 0.2800-3 -0,02 MiB
perl-test-warn 0.36-1 -0,05 MiB
perl-text-iconv 1.7-15 -0,03 MiB
perl-tree-dag-node 1.31-1 -0,15 MiB
perl-www-mechanize 1.90-1 -0,19 MiB
perl-x11-protocol 0.56-9 -0,26 MiB
perl-xml-parser 2.44-7 -0,43 MiB
perl-xml-sax-expat 0.51-6 -0,02 MiB
perl-xml-simple 2.25-2 -0,12 MiB
perl-xml-twig 3.52-4 -0,58 MiB
shutter 0.94.2-1 -17,27 MiB
perl-cpanel-json-xs 4.11-1 -0,30 MiB

Tamanho total removido: 20,39 MiB

:: Deseja remover estes pacotes? [S/n]


são dependências do "shutter", que depende do "perl-json-maybexs", que depende do "perl-cpanel-json-xs". se não usar esse aplicativo shutter, remove ele com os parâmetros -sc.


Vixe rapaz, agora a coisa começou a complicar de verdade. É que uso o Shutter constantemente. Por via das dúvidas fui dar uma olhada e... Não está funcionando.!!! coloquei yay -S perl-json-maybexs e nada. Depois yay -S perl-cpanel-json-xs e... nada novamente. Acabei colocando para instalação o próprio Shutter com: yay -S shutter e após instalar tudo novamente, o programa continua com erro para executar capturas de telas e as respectivas edições dessas imagens.
____________
A última atualização, está assim:
[jdt@jdt ~]$ yay -Syu
:: Sincronizando a base de dados de pacotes...
core está atualizado
extra está atualizado
community está atualizado
multilib está atualizado
:: Iniciando atualização completa do sistema...
não há nada a fazer
:: Searching databases for updates...
:: Searching AUR for updates...
-> Orphaned AUR Packages: perl-cpanel-json-xs
there is nothing to do
[jdt@jdt ~]$



  


26. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

niquelnausea
niquelnausea

(usa Arch Linux)

Enviado em 10/04/2019 - 18:34h

aur = sem garantias :)
bem vindo aos problemas!

seguem algumas opções: abrir pelo terminal e ver os erros, remover tudo e refazer os pacotes (se tiver erro da uma olhada no pkgbuild e recomeça a compilação), achar outro aplicativo equivalente.

curiosamente, a pagina do aplicativo não existe mais http://shutter-project.org/


27. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

Joao Damasceno
JoaoDamasceno

(usa Outra)

Enviado em 11/04/2019 - 08:17h

niquelnausea escreveu:

aur = sem garantias :)
bem vindo aos problemas!

seguem algumas opções: abrir pelo terminal e ver os erros, remover tudo e refazer os pacotes (se tiver erro da uma olhada no pkgbuild e recomeça a compilação), achar outro aplicativo equivalente.

curiosamente, a pagina do aplicativo não existe mais http://shutter-project.org/


Caraca... Rapaz, sei não, creio que vou é dar uma olhada em outras opções equivalentes. bem, acho o Arch um espetáculo de sistema operacional, mas na verdade, eu é que vim recentemente do Ubuntu e isso após uns 10 anos, e consequentemente, tudo ainda é muito aprendizado. Besteiras mesmo fiz outras vezes, hoje uso Backup's com regularidade e estou lendo a excelente Wiki do Arch como nunca li em outras distro. Aliás, inclusive estou copiando e fazendo uma espécie de "Wiki particular" com as respostas de vocês.... rs...

1. Sobre o Shutter, como eu consigo saber o que estaria faltando de pacote para que o programa volte a funcionar corretamente?

2. Sobre "abrir pelo terminal e ver os erros, remover tudo e refazer os pacotes". Bem, como funciona isso de ver os erros? remover tudo seria yay -R shutter? Refazer é instalar novamente? yay -S shutter?

3. Sobre "se tiver erro da uma olhada no pkgbuild e recomeça a compilação". Como "olho no PKGBUILD"? Recompilar?! Como se obtém um programa e faz a compilação dele na máquina?
_________________
Desde já muito obrigado, ressalte-se que ao contrário do que creio que seja comum aqui (não tenho certeza) mas sejam pessoas da área de informática e áreas correlatas, enquanto que eu sou Advogado (e absolutamente apaixonado pelo universo Linux... rs...)


28. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

niquelnausea
niquelnausea

(usa Arch Linux)

Enviado em 11/04/2019 - 20:57h

JoaoDamasceno escreveu:

Caraca... Rapaz, sei não, creio que vou é dar uma olhada em outras opções equivalentes. bem, acho o Arch um espetáculo de sistema operacional, mas na verdade, eu é que vim recentemente do Ubuntu e isso após uns 10 anos, e consequentemente, tudo ainda é muito aprendizado. Besteiras mesmo fiz outras vezes, hoje uso Backup's com regularidade e estou lendo a excelente Wiki do Arch como nunca li em outras distro. Aliás, inclusive estou copiando e fazendo uma espécie de "Wiki particular" com as respostas de vocês.... rs...

1. Sobre o Shutter, como eu consigo saber o que estaria faltando de pacote para que o programa volte a funcionar corretamente?

2. Sobre "abrir pelo terminal e ver os erros, remover tudo e refazer os pacotes". Bem, como funciona isso de ver os erros? remover tudo seria yay -R shutter? Refazer é instalar novamente? yay -S shutter?

3. Sobre "se tiver erro da uma olhada no pkgbuild e recomeça a compilação". Como "olho no PKGBUILD"? Recompilar?! Como se obtém um programa e faz a compilação dele na máquina?
_________________
Desde já muito obrigado, ressalte-se que ao contrário do que creio que seja comum aqui (não tenho certeza) mas sejam pessoas da área de informática e áreas correlatas, enquanto que eu sou Advogado (e absolutamente apaixonado pelo universo Linux... rs...)


1 nunca tive este tipo de problema, mas lendo o help do "pacman -Q", aparece a opção "-k" e "-l" que podem te dar um norte, veja todas com o "pacman -Q --help"

2 abrindo pelo terminal, você consegue ler as mensagens de erro, o que pode te ajudar (ou não) a entender qual o erro. não acho que remover apenas o shutter possa te ajudar muito, melhor seria recompilar todas as dependências, até porque você não tem ideia se o problema é o pacote shutter ou outro qualquer. se for tentar, remova com o "pacman -Rsc"

3 o yay mostra opção se quer editar, de uma olhada, como opção, baixa o pkgbiuld pelo aur, ou com yay mesmo usando "yay -G shutter", entra no diretório criado. pelo que escrevi abaixo esta não é uma opção viável para resolver este problema.

fiz o teste aqui e instalei o shutter (tem muita dependência), e esta funcionando normal https://i.imgur.com/1Ft8nxm.jpg , se quiser ver o log https://send.firefox.com/download/21efc0f2937aba74/#fIaH0egvc1pKeiTj19vvuQ (expira em 7 dias).


29. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

Joao Damasceno
JoaoDamasceno

(usa Outra)

Enviado em 15/04/2019 - 13:48h

Retomando...

Bem, se possível, me digam uma coisa:

Suponhamos que eu use como repositórios para o Arch/Manjaro tanto o oficial, o pacman e também o AUR. Eis que instalo algo pelo AUR e depois descubro que tem disponível nos repositórios oficiais. Minha pergunta é:

1. Como procuro por algo na minha distro, programas, pacotes etc. que vieram do AUR e as removo para procurar pelos mesmos, porém, disponíveis via pacman?

2. Como pesquiso, por meio de alguma sintaxe ou script no Terminal, onde ele me retorne o que é do AUR e o que é do pacman?

Ou.... a essa altura, com meio mundo de programas instalados ora do pacman ora do AUR, melhor deixar do jeito que está?!

3. em caso de uma futura instalação, o que vocês me dizem? Opto por não disponibilizar o AUR como repositório, e deixo disponível somente o que vier dos repositórios oficiais? Ou isso seria bobagem, é exagero?!
__________
Curiosidade: A sintaxe usada pelo pacman é a mesma usada pelo yay? Tem o mesmo propósito? (porque como uso o AUR, tudo que leio e tem pacman etc. etc... prontamente substituo por yay etc. etc...



30. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

niquelnausea
niquelnausea

(usa Arch Linux)

Enviado em 15/04/2019 - 18:21h

antes de tudo, pense no conjunto de pacotes como:
- "pacman" é apenas o nome do gerenciador de pacotes (assim como o apt é do debian) e gerencia apenas repositórios oficiais (aur não é oficial) mas pode gerenciar (instalar remover dar informações) de pacotes externos já construídos ou instalados, então não pacman não pesquisa o aur mas após construído pode instalar qualquer pacote para arch, seja do aur ou disponibilizado por qualquer pessoa;
- aur disponibiliza instrução para construção de pacote compatível com o sistema, só isso;
- no ecossistema de pacotes (oficiais e aur) não existem dois com o mesmo nome, existem alguns sistemas de versionamento alternativo que faz com que o gerenciador de pacotes entenda como diferentes, mas a ideia é sempre ter a ultima versão disponível de modo que seja compatível com o resto do conjunto do sistema (logo abaixo vai entender o porque descrevi essa parte). então "vlc" existe apenas um, o resto são opções como por exemplo "vlc-git", "vlc2, "vlc-algumacoisa" e por ai vai...;
- existem pacotes oficiais (disponibilizados oficialmente pela distro) e pacotes "estrangeiros" (aur e qualquer outra coisa fora dos repos oficiais). estes são instalados explicitamente (o que eu digito no terminal) e implicitamente (dependencias);
- pacotes podem ser movidos do aur para os repos oficiais, e vice versa, existem alguns critérios dos desenvolvedores, a parte importante é que podem passar do status "estrangeiro" para "oficial".
- existem pacotes que dependem e outros que são dependências opcionais, exemplo: x depende de y para funcionar, mas z apenas agrega novas funcionalidades a x;
- na estrutura e organização do arch os pacotes são divididos em repositórios (existe fonte oficial), vários pacotes poderem ser agrupados (sejam oficiais ou não), dependências podem ser incluídas e retiradas (depende do ciclo de desenvolvimento de todo o ecosistema), não existem certeza e/ou garantia de que projetos abandonados continuaram a ser mantidos seja onde for (lembra do lema "o mais novo sempre");
- aur helper podem ou não fazer o mesmo que o pacman além de gerenciar o aur, o yay faz isso;
- pacotes construídos pela comunidade não são de responsabilidade da distro;
- manjaro e arch são diferentes, não compartilham repositórios de forma direta, e alguns conceitos são diferentes.


1. Como procuro por algo na minha distro, programas, pacotes etc. que vieram do AUR e as removo para procurar pelos mesmos, porém, disponíveis via pacman?

para pesquisar use o "pacman -Ss oquequerpesquisar" ou apenas "yay oquequerpesquisar". lembra lá de cima, pacman para repos oficiais e yay mostra o mesmo + aur.
lembre-se o que pode existir são ramos de desenvolvimento diferentes ou equivalente, como ramo estável e desenvolvimento, mas "vlc-3.0.6-11" não pode existir oficial e aur! e se quiser usar a versão git (desenvolvimento) ou qualquer outra coisa, pode ser que elas não coexistam.
se der uma olhada no help do "pacman -Q -h", verá que:

pacman -Q -h
uso: pacman {-Q --query} [opções] [pacote(s)]
opções:
-b, --dbpath <caminho> define um local alternativo para a base de dados
-c, --changelog visualiza o changelog de um pacote
-d, --deps lista os pacotes instalados como dependências [filtro]
-e, --explicit lista os pacotes instalados explicitamente [filtro]
-g, --groups visualiza todos os membros de um grupo de pacotes
-i, --info visualiza informações do pacote (-ii para arquivos
de backup)
-k, --check verifica se os arquivos de pacote existem (-kk para
propriedades dos arquivos)
-l, --list lista dos arquivos fornecidos do pacote consultado
-m, --foreign lista os pacotes instalados não encontrados na(s)
base(s) de dados de sincronização [filtro]
-n, --native lista pacotes instalados encontrados apenas nas
base de dados de sincronização [filtro]
-o, --owns <arquivo> consulta qual o pacote que contém <arquivo>
-p, --file <pacote> consulta arquivo de pacote ao invés da base de dados
-q, --quiet mostra menos informações nas consultas e pesquisas
-r, --root <caminho> define um diretório raiz de instalação alternativo
-s, --search <regex> pesquisa nos pacotes instalados por strings
correspondentes
-t, --unrequired lista de pacotes não exigidos (opcionalmente) por
qualquer pacote (-tt para ignorar optdepends) [filtro]
-u, --upgrades lista os pacotes desatualizados [filtro]
-v, --verbose mostra informações adicionais
--arch <arquitetura>
define uma arquitetura alternativa
--cachedir <diretório>
define um local alternativo para cache de pacotes
--color <quando> exibe saída colorida
--config <caminho> define um arquivo de configuração alternativo
--confirm sempre solicita confirmação
--debug mostra mensagens de depuração
--disable-download-timeout
usa tempos limites relaxados para download
--gpgdir <caminho> define um diretório alternativo para GnuPG
--hookdir <dir> define um local alternativo para hook
--logfile <caminho>
define um arquivo de log alternativo
--noconfirm não solicita qualquer confirmação
--sysroot opera em um sistema convidado montado (como root)

com "pacman -Qd" mostra os instalados como dependência (descritos lá em cima como implícitos), "pacman -Qe" explícitos, "pacman -Qm" extrangeiros que podem ser do aur ou qualquer outra origem menos a oficial, "pacman -Qn" apenas os existentes nos repos oficiais.
para filtrar o que procura isso é mais do que suficiente.


2. Como pesquiso, por meio de alguma sintaxe ou script no Terminal, onde ele me retorne o que é do AUR e o que é do pacman?

respondido no item 1.


3. em caso de uma futura instalação, o que vocês me dizem? Opto por não disponibilizar o AUR como repositório, e deixo disponível somente o que vier dos repositórios oficiais? Ou isso seria bobagem, é exagero?!

isso é algo bem pessoal, mas como opinião pessoal: bobagem e exagero. é quase impossível não usar o aur, seria o mesmo que gerenciar (resolver dependência e atualizar) um slackware current apenas manualmente. a distro é projetada para usar pkgbuild, e o aur disponibiliza eles já prontos para construção de pacotes, para instalação e atualização. se não usar, logo teria problemas de dependências não compatíveis por conflito de versões, e resolver manualmente seria demorado e doloroso.
se quer apenas "estabilidade", prefira pacotes oficiais (se não tiver usa o aur), não habilite repos teste e só.


Curiosidade: A sintaxe usada pelo pacman é a mesma usada pelo yay? Tem o mesmo propósito? (porque como uso o AUR, tudo que leio e tem pacman etc. etc... prontamente substituo por yay etc. etc...

respondido acima.


31. Re: Interpretação de saída de atualização (Dúvida..!!) (Arch Linux)

Joao Damasceno
JoaoDamasceno

(usa Outra)

Enviado em 16/04/2019 - 10:09h

niquelnausea escreveu:

antes de tudo, pense no conjunto de pacotes como:
- "pacman" é apenas o nome do gerenciador de pacotes (assim como o apt é do debian) e gerencia apenas repositórios oficiais (aur não é oficial) mas pode gerenciar (instalar remover dar informações) de pacotes externos já construídos ou instalados, então não pacman não pesquisa o aur mas após construído pode instalar qualquer pacote para arch, seja do aur ou disponibilizado por qualquer pessoa;
- aur disponibiliza instrução para construção de pacote compatível com o sistema, só isso;
- no ecossistema de pacotes (oficiais e aur) não existem dois com o mesmo nome, existem alguns sistemas de versionamento alternativo que faz com que o gerenciador de pacotes entenda como diferentes, mas a ideia é sempre ter a ultima versão disponível de modo que seja compatível com o resto do conjunto do sistema (logo abaixo vai entender o porque descrevi essa parte). então "vlc" existe apenas um, o resto são opções como por exemplo "vlc-git", "vlc2, "vlc-algumacoisa" e por ai vai...;
- existem pacotes oficiais (disponibilizados oficialmente pela distro) e pacotes "estrangeiros" (aur e qualquer outra coisa fora dos repos oficiais). estes são instalados explicitamente (o que eu digito no terminal) e implicitamente (dependencias);
- pacotes podem ser movidos do aur para os repos oficiais, e vice versa, existem alguns critérios dos desenvolvedores, a parte importante é que podem passar do status "estrangeiro" para "oficial".
- existem pacotes que dependem e outros que são dependências opcionais, exemplo: x depende de y para funcionar, mas z apenas agrega novas funcionalidades a x;
- na estrutura e organização do arch os pacotes são divididos em repositórios (existe fonte oficial), vários pacotes poderem ser agrupados (sejam oficiais ou não), dependências podem ser incluídas e retiradas (depende do ciclo de desenvolvimento de todo o ecosistema), não existem certeza e/ou garantia de que projetos abandonados continuaram a ser mantidos seja onde for (lembra do lema "o mais novo sempre");
- aur helper podem ou não fazer o mesmo que o pacman além de gerenciar o aur, o yay faz isso;
- pacotes construídos pela comunidade não são de responsabilidade da distro;
- manjaro e arch são diferentes, não compartilham repositórios de forma direta, e alguns conceitos são diferentes.


1. Como procuro por algo na minha distro, programas, pacotes etc. que vieram do AUR e as removo para procurar pelos mesmos, porém, disponíveis via pacman?

para pesquisar use o "pacman -Ss oquequerpesquisar" ou apenas "yay oquequerpesquisar". lembra lá de cima, pacman para repos oficiais e yay mostra o mesmo + aur.
lembre-se o que pode existir são ramos de desenvolvimento diferentes ou equivalente, como ramo estável e desenvolvimento, mas "vlc-3.0.6-11" não pode existir oficial e aur! e se quiser usar a versão git (desenvolvimento) ou qualquer outra coisa, pode ser que elas não coexistam.
se der uma olhada no help do "pacman -Q -h", verá que:

pacman -Q -h
uso: pacman {-Q --query} [opções] [pacote(s)]
opções:
-b, --dbpath <caminho> define um local alternativo para a base de dados
-c, --changelog visualiza o changelog de um pacote
-d, --deps lista os pacotes instalados como dependências [filtro]
-e, --explicit lista os pacotes instalados explicitamente [filtro]
-g, --groups visualiza todos os membros de um grupo de pacotes
-i, --info visualiza informações do pacote (-ii para arquivos
de backup)
-k, --check verifica se os arquivos de pacote existem (-kk para
propriedades dos arquivos)
-l, --list lista dos arquivos fornecidos do pacote consultado
-m, --foreign lista os pacotes instalados não encontrados na(s)
base(s) de dados de sincronização [filtro]
-n, --native lista pacotes instalados encontrados apenas nas
base de dados de sincronização [filtro]
-o, --owns <arquivo> consulta qual o pacote que contém <arquivo>
-p, --file <pacote> consulta arquivo de pacote ao invés da base de dados
-q, --quiet mostra menos informações nas consultas e pesquisas
-r, --root <caminho> define um diretório raiz de instalação alternativo
-s, --search <regex> pesquisa nos pacotes instalados por strings
correspondentes
-t, --unrequired lista de pacotes não exigidos (opcionalmente) por
qualquer pacote (-tt para ignorar optdepends) [filtro]
-u, --upgrades lista os pacotes desatualizados [filtro]
-v, --verbose mostra informações adicionais
--arch <arquitetura>
define uma arquitetura alternativa
--cachedir <diretório>
define um local alternativo para cache de pacotes
--color <quando> exibe saída colorida
--config <caminho> define um arquivo de configuração alternativo
--confirm sempre solicita confirmação
--debug mostra mensagens de depuração
--disable-download-timeout
usa tempos limites relaxados para download
--gpgdir <caminho> define um diretório alternativo para GnuPG
--hookdir <dir> define um local alternativo para hook
--logfile <caminho>
define um arquivo de log alternativo
--noconfirm não solicita qualquer confirmação
--sysroot opera em um sistema convidado montado (como root)

com "pacman -Qd" mostra os instalados como dependência (descritos lá em cima como implícitos), "pacman -Qe" explícitos, "pacman -Qm" extrangeiros que podem ser do aur ou qualquer outra origem menos a oficial, "pacman -Qn" apenas os existentes nos repos oficiais.
para filtrar o que procura isso é mais do que suficiente.


2. Como pesquiso, por meio de alguma sintaxe ou script no Terminal, onde ele me retorne o que é do AUR e o que é do pacman?

respondido no item 1.


3. em caso de uma futura instalação, o que vocês me dizem? Opto por não disponibilizar o AUR como repositório, e deixo disponível somente o que vier dos repositórios oficiais? Ou isso seria bobagem, é exagero?!

isso é algo bem pessoal, mas como opinião pessoal: bobagem e exagero. é quase impossível não usar o aur, seria o mesmo que gerenciar (resolver dependência e atualizar) um slackware current apenas manualmente. a distro é projetada para usar pkgbuild, e o aur disponibiliza eles já prontos para construção de pacotes, para instalação e atualização. se não usar, logo teria problemas de dependências não compatíveis por conflito de versões, e resolver manualmente seria demorado e doloroso.
se quer apenas "estabilidade", prefira pacotes oficiais (se não tiver usa o aur), não habilite repos teste e só.


Curiosidade: A sintaxe usada pelo pacman é a mesma usada pelo yay? Tem o mesmo propósito? (porque como uso o AUR, tudo que leio e tem pacman etc. etc... prontamente substituo por yay etc. etc...

respondido acima.


Excelente.!!!!



01 02 03



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts