contra?

25. Re: contra?

Luiz Taborda
jborda

(usa KUbuntu)

Enviado em 09/10/2007 - 08:26h

Saaaaaaaaaaaúde!!!


  


26. Re: contra?

Robert Lucas
robertlucas

(usa Ubuntu)

Enviado em 09/10/2007 - 10:42h

contrabando

cara, muito obrigado pelo apoio. É de gente assim que o mundo necessita... ;] Bom coração, caridoso e tal.

Obrigado mesmo cara... Salvou minha vida... =]

Abraços


27. Re: contra?

Luiz Taborda
jborda

(usa KUbuntu)

Enviado em 09/10/2007 - 11:00h

robertlucas,

Denada, sempre que precisar de ajuda é só dar um grito(ou espirro né).

Depois das farpas que foram trocadas neste post, é bom dar umas risadas.

Huahauhauhauahau!

Abraços!


28. contra?

Edwal F. Paiva Filho
nicolo

(usa Ubuntu)

Enviado em 09/10/2007 - 11:38h

Com todo respeito, não vejo nada de imoral no windows. Ele é claramente feito para o usuário plug and play que não tem tempo e nem saco para escovar bits. Depois o naïve user (usuário ingênuo) sifu porque não sabe bem o que é um trojan horse. Apenas um probleminha de comunicação.
Para quem precisa levar a sério as coisas, por exemplo: fazer transações bancárias via internet o buraco é mais em baixo. Usar o confortabilíssimo windows ou encarar os CLI do Linux não é mais uma questão de gosto, mas de necessidade. Vai ter que encarar a encrenca de qualquer jeito. Muita gente acha que o Windows é mais fácil. Depende ...
Se a única coisa que o cara faz com o computador é jogar joquinho pode ficar no Windows mesmo. Um virus, spyware ou um key logger a mais ou a menos não vai fazer diferença.
Se há qualquer coisa mais séria, por exemplo: as lições do colégio ou da faculdade, é bom pensar melhor.O Windows para ficar quase seguro é tão encrencado ou mais encrencado que o Linux. E não adianta atualizar.
Depois de milhares de patches no XP (o melhor windows até agora) vem o Vista com novos erros e novas trapalhadas (Eu não sei quais são mas confio na criatividade dos autores).Pra joquinho ele é muito bom.
Resumindo: Quanto lhe vale a informação que você guarda?
Não tem essa de facilidade se a informação é preciosa.


29. Re: contra?

Andi
upc0d3

(usa Gentoo)

Enviado em 09/10/2007 - 11:49h

nicolo:
falou bonito, apesar de eu discordar de algumas coisas, por exemplo, o windows é um sistema inseguro realmente isso não posso negar, mas quem faz a segurança do sistema?

tu lé reportagens sobre segurança?
bem diz os especialistas que 80% ou mais das falhas de segurança é por parte do usuario mesmo, e o exemplo do trojan horse que tu falou, trojan horse nenhum executa-se sozinho, o usuario tem que que executa-lo.

falou!


30. contra?

Edwal F. Paiva Filho
nicolo

(usa Ubuntu)

Enviado em 10/10/2007 - 08:28h

Quem faz a segurança do sistema?
Em primeira instância é o usuário, desde que tenha habilidades para isso. Esse é o ponto.
Segundo os experts a vulnerabilidade do windows é o registro, um mega aquivo, mega complicado e delicado. Uma alteração equivocada é fatal.
Isso é uma vulnerabilidade estrutural, que nenhum usuário consegue superar inteiramente, por mais hacker e geek que seja.
O remendo é um back up automático que restaura o problema anterior.
Se a informação é realmente preciosa, o usuário deveria, minimamente, dominar o registro.
Aí o Linux parece brinquedo de criança de tão fácil.
O problema é que todas as aplicações escrevem no registro , um "clube da mãe joana" (desculpe a vulgaridade) que não tem dono.

O conceito de trojan horse é vasto. Ele se aloja no sistema e é executado junto com alguma outra coisa, mas esse não é o ponto. O ponto é que o usuário faz o que ele quer, e o windows faz muitas outras coisas à revelia do mestre (do usuário), que invariavelmente é o último a saber.

Não há como negar que este multi automatismo é bem intencionado, e visa encantar o usuário. Mas que não há como prever a criatividade de milhões, como o tempo o sistema adquire vida própria, e encrenca própria.
A solução acaba em formatar e reinstalar.

É visível que as empresas que usam windows e se preocupam com segurança oferecem aos usuários um computador com sistema "porta de cadeia" (tá sempre fechado). Mesmo assim a coisa funciona com aplicativos padrões. Quando é necessário instalar um programa mais sofisticado, começa a confusão. As centenas de trancas trabalham contra, e aparece um douto comitê da TI para dar um jeito no Frankstein. É assustador a incidência de reformatação do drive C, pelo douto comitê de experts.
Penso que esse é realmente o ponto nevrálgico.
Bye



31. Re: contra?

Andi
upc0d3

(usa Gentoo)

Enviado em 10/10/2007 - 10:51h

tah ai uma coisa que eu não sabia ao certo, as aplicações do windows escrevem direto no registro.. hehhee... nem sabia disso... jah tinha ateh ouvido falar mas naum tinha certeza disso...hehe....



32. Reactos

antonio
antonioandrade

(usa Gentoo)

Enviado em 10/10/2007 - 10:59h

Hoje temos uma distribuição tentando ser baseada na M$crosoft (O REACTOS, www.reactos.org), qual a chance deles conseguirem isso, naum seria mais facil o investimento em um linux ao ficar gastando tempo com uma solução que provalmente será um problema....


33. Re: contra?

Luiz Taborda
jborda

(usa KUbuntu)

Enviado em 10/10/2007 - 11:21h

antonioandrade,

Desculpa a intromissão, mas, acho que um outro tópico só sobre o Reactos seria bacana.

Falow.


34. Re: contra?

Eunir Carolino
Nick

(usa Debian)

Enviado em 10/10/2007 - 15:06h

1+1=2


35. Contra!²

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 10/10/2007 - 15:21h

No_NaMe, Serei mais criativo...

Não gosto do windows porque ele é PODRE!

Satisfez?


36. Re: contra?

Andi
upc0d3

(usa Gentoo)

Enviado em 10/10/2007 - 15:25h

rodrigo.capelini:

claro, pq naum né? tu acabou de provar que naum conhece sistemas operacionais e que é mais um modista... claro que satisfaz, não espera uma respostar melhor do que essa que tu falou....

aah falta tu dizer que o windows é caro....

ou jah disse?

flou!






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts