Engordamento do sistema por snap e flatpak

1. Engordamento do sistema por snap e flatpak

Gabriel Calizario
gabrielcalizario

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 08/11/2020 - 23:38h

Porque snap e flatpak engordam tanto o sistema? Fui instalar um app que no windows pesa uns 10MB e aqui no flatpak ele baixa 1GB, porque isso acontece?


  


2. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 09/11/2020 - 00:52h

gabrielcalizario escreveu: .... Fui instalar um app ....

Qual app?



3. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Matheus Brandão (aka James)
Wiltzer

(usa Outra)

Enviado em 13/11/2020 - 13:55h

Porque a vida é injusta.


4. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 13/11/2020 - 14:30h

Por que usar snaps?
Por que usar flatpack?
Por que usar Linux?
Por que não usar Windows?




5. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Glaulher Ramalho Medeiros
GRM

(usa Void Linux)

Enviado em 13/11/2020 - 21:47h


clodoaldops escreveu:

Por que usar snaps?
Por que usar flatpack?
Por que usar Linux?
Por que não usar Windows?



kkkkkkkkk muito bom

Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem


6. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Bilufe
bilufe

(usa XUbuntu)

Enviado em 17/11/2020 - 21:06h

Os flatpaks e Snaps tem seu próprio sistema de infraestrutura para garantir que os aplicativos possam rodar em qualquer distribuição Linux suportada.

Não é que eles engordam o sistema, é que eles baixam tudo o que necessitam para que o aplicativo rode sem problemas. Se um aplicativo usa bibliotecas QT, o Flatpak e o Snap vão instalar o QT Framework, se é um aplicativo do Gnome também serão instaladas as bibliotecas do Gnome.
No entanto, se você instalar dois aplicativos que usam o QT, ele só será baixado uma única vez. O mesmo com o GTK, Wine, Gnome e outros.

Se você pegar distribuições que só usam Flatpak (sim, elas existem), vai perceber que o consumo de espaço em disco é apenas um pouco maior se comparado a um sistema DEB/RPM com os mesmos aplicativos.

Se você usar bastante Snaps e Flatpaks, não vai sentir esse "engordamento" como algo tão relevante.


7. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Mauricio Ferrari
mauricio123

(usa Slackware)

Enviado em 17/11/2020 - 22:16h


bilufe escreveu:

Os flatpaks e Snaps tem seu próprio sistema de infraestrutura para garantir que os aplicativos possam rodar em qualquer distribuição Linux suportada.

Não é que eles engordam o sistema, é que eles baixam tudo o que necessitam para que o aplicativo rode sem problemas. Se um aplicativo usa bibliotecas QT, o Flatpak e o Snap vão instalar o QT Framework, se é um aplicativo do Gnome também serão instaladas as bibliotecas do Gnome.
No entanto, se você instalar dois aplicativos que usam o QT, ele só será baixado uma única vez. O mesmo com o GTK, Wine, Gnome e outros.

Se você pegar distribuições que só usam Flatpak (sim, elas existem), vai perceber que o consumo de espaço em disco é apenas um pouco maior se comparado a um sistema DEB/RPM com os mesmos aplicativos.

Se você usar bastante Snaps e Flatpaks, não vai sentir esse "engordamento" como algo tão relevante.


De fato eles foram criados como soluções alternativas e que, no meu ponto de vista, não se faz relevante em distros Deb e Rpm que possuem um repositório bem completo. Se não estou errado quem tira proveito bem dos flatpack é o EndlessOS. Ele só usa flatpack e deu. Aí ele acaba não dando tanta diferença. A última vez que eu entrei no site tina uma ISo de um pouco mais de 2GB e uma de 14GB, mas a última prometia vim com o combo completo, como um repositório flatpack offline. Então nem é tanta coisa assim.

Mas ainda assim, prefiro não usar.

___________________________________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento



8. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Mauricio Ferrari
mauricio123

(usa Slackware)

Enviado em 17/11/2020 - 22:18h


gabrielcalizario escreveu:

Porque snap e flatpak engordam tanto o sistema? Fui instalar um app que no windows pesa uns 10MB e aqui no flatpak ele baixa 1GB, porque isso acontece?


Eu prefiro compilar o programa a baixar 1GB de desgraça. Ajuda a deixar o PC Limpo.

___________________________________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento



9. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 18/11/2020 - 08:41h

Se alguém quer usar snap e flatpak mas sofre de falta de espaço em disco tem duas opções
1- comprar HD maior
2- não usar snap e flatpak



10. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 18/11/2020 - 09:12h


Eu não gosto desse conceito "tudo em um" que foi herdado do Windows.

Isso leva à duplicidade de arquivos, especialmente bibliotecas, tornando o sistema mais vulnerável a malware.

Melhor ter uma única biblioteca compartilhada por todos os aplicativos que a utilizam do que uma para cada aplicativo, instalada pelo próprio aplicativo, potencializando riscos.


11. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Giovanni  M
Giovanni_Menezes

(usa Void Linux)

Enviado em 18/11/2020 - 10:06h

Uma questão que ninguém faz, além do tamanho em sí, quanto se usa de memória cache (ram) nessa brincadeira ei ?!


12. Re: Engordamento do sistema por snap e flatpak

Bilufe
bilufe

(usa XUbuntu)

Enviado em 18/11/2020 - 10:33h

pinduvoz escreveu:


Eu não gosto desse conceito "tudo em um" que foi herdado do Windows.

Isso leva à duplicidade de arquivos, especialmente bibliotecas, tornando o sistema mais vulnerável a malware.

Melhor ter uma única biblioteca compartilhada por todos os aplicativos que a utilizam do que uma para cada aplicativo, instalada pelo próprio aplicativo, potencializando riscos.


Snaps e Flatpaks compartilham runtimes entre si. No Windows, você não precisa instalar o .Net Framework para cada aplicativo que o utiliza, nos Snaps e Flatpaks você não precisa baixar o runtime do Gnome/Kde/Qt/Gtk para cada aplicativo, o sistema baixa uma única vez e todos os aplicativos que usam o mesmo runtime vão compartilhá-lo entre si.

Sobre o sistema se tornar mais vulnerável a malware, isso é uma inverdade. Snaps e Flatpaks geralmente rodam em contêiner, caso isso não ocorra você é aviso disso. Além de rodar em contêiners, o que isola o aplicativo do restante do sistema, os Snaps e Flatpaks também trabalham com a questão de "permissões" individuais para cada aplicativo, é possível impedir que os aplicativos tenham acesso ao hardware e ao sistema de arquivos. Isso torna o uso de Snaps e Flatpaks bem mais seguros que usar um aplicativo sem isolamento e sem nenhuma restrição de acesso.

Ah, mas eu não dou acesso root para qualquer aplicativo! Sim, eu sei, mas onde estão os seus arquivos importantes? Em /usr ou em /home/user? Tenho certeza que é em /home/user, e se ocorrer um problema de segurança, seus arquivos pessoais serão os primeiros a serem acessados pelo agente externo. Há relatos de invasão de servidores Linux em que os hackers conseguiram criptografar os arquivos nas pastas dos usuários. Aplicativos rodando em contêiners podem ajudar a impedir que falhas de segurança tenham um alcance maior e mais relevante, por exemplo: um aplicativo não isolado tem acesso total a pasta do usuário e todos os seus arquivos, mas um aplicativo isolado pode ter acesso apenas uma pasta específica e nada mais fora dela.

Flatpaks e Snaps estão em constante evolução. Já foi feito testes que comprovaram que o Snap do Chromium executou mais rápido do que o Chromium instalado por RPM no Fedora.




01 02 03