Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

1. Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Luiz Antônio
Luiz_LimpaDiscos

(usa CentOS)

Enviado em 24/06/2019 - 19:06h

Olá internautas, tudo bem?
Eu gostaria de pedir reforços para a criação do Pindorama Linux, distribuição essa que visa ressuscitar o nosso velho Kurumin.
Precisamos de programadores Shell Script, C, C++, Java e Python.
Não pretendemos pagar ninguém, isso é apenas um projeto colaborativo, assim como era o Kurumin.
Se quiserem mais informações, nos chamem pelo email do projeto: pindoramalinux@420blaze.it
Muito obrigado pela atenção.
Sou novo aqui, então não sei se postei corretamente.
Caso queiram ver as propostas de spins, tem esse documento aqui que eu fiz, que mostra a proposta de cada spin.
https://urlzs.com/yupKV


  


2. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Henrique
Henrique-RJ

(usa Outra)

Enviado em 25/06/2019 - 02:45h

Acho que deva procurar logo de início também formas criativas de obter receita pois vai precisar com certeza ( autossustentável financeiramente ).

Que tal saber como foi o projeto do Morimoto e assim dar uma direção mais calçada ? Talvez pudesse usar boa parte dessa distro antiga ...

Afinal, era uma distro brasileira de sucesso que só não continuou por desistência do Morimoto e que talvez pudesse ser adaptada a smartphones já que os desktops tendem a desaparecer.

Isso vai dar muito trabalho ...

Podem entrar em contato com o pessoal que desenvolveu o BigLinux e o Kaiana que parece que se orientaram no Kurumin também e, com toda essa bagagem de conhecimento, partir para o novo projeto para que não acabe fracassando como todas.

Pode-se pensar em obter recursos do governo como uma dessas startups e até fornecer versões servidores para instituições públicas e privadas mais pra frente sendo que já se fala em computação quântica etc etc etc

Ia me referir á área militar mas acho que pra ela teria que ser um sistema criado a partir do kernel sem vínculo nenhum com o Linux ou o Unix ou qualquer outra coisa estrangeira se isso fosse possível afinal o Linus Torvalds, simples estudante finlandês conseguiu ( talvez não seja possível pois a infiltração estrangeira no Brasil é monstruosa e praticamente só a mandioca seja 100% nacional se colhida na Amazônia, no meio do mato, onde o homem branco nunca chegou ).

Parece que não vale a pena nem começar pois já começa mal ...


3. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Luiz Antônio
Luiz_LimpaDiscos

(usa CentOS)

Enviado em 25/06/2019 - 20:59h


MENSAGEM RESUMIDA
Henrique-RJ escreveu:

>Acho que deva procurar logo de início também formas criativas de obter receita pois vai precisar com certeza ( autossustentável financeiramente ).

>Que tal saber como foi o projeto do Morimoto e assim dar uma direção mais calçada ? Talvez pudesse usar boa parte dessa distro antiga ...

>Podem entrar em contato com o pessoal que desenvolveu o BigLinux e o Kaiana que parece que se orientaram no Kurumin também e, com toda essa bagagem de conhecimento, partir para o novo projeto para que não acabe fracassando como todas.

>Parece que não vale a pena nem começar pois já começa mal ...


>Acho que deva procurar logo de início também formas criativas de obter receita pois vai precisar com certeza ( autossustentável financeiramente ).
É para ser um hobby nosso, nada para dar renda ou retorno financeiro.

>Que tal saber como foi o projeto do Morimoto e assim dar uma direção mais calçada ? Talvez pudesse usar boa parte dessa distro antiga ...
Nós vamos fazer ela com base RPM, e não usando a base do Kurumin.
Mesmo assim, nós vamos pegar a ideia dos "Ícones Mágicos" e implementar aqui.

>Podem entrar em contato com o pessoal que desenvolveu o BigLinux e o Kaiana que parece que se orientaram no Kurumin também e, com toda essa bagagem de conhecimento, partir para o novo projeto para que não acabe fracassando como todas.
Boa ideia, vamos tentar até chamar alguns deles para a equipe.

>Parece que não vale a pena nem começar pois já começa mal ...
Não custa tentar lançar pelo menos uma alfa.



4. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Henrique
Henrique-RJ

(usa Outra)

Enviado em 25/06/2019 - 22:51h

Acho que se tiver uma versão enxuta que caiba em um CD e que possa ser usada em PCs velhos como o meu vai ter grande aceitação é só conhecer a antiX e ter como exemplo.

Essa antiX ocupa só uns 4GB de HD e uns 200MB de memória que sobe para 300MB com o Firefox aberto e olha que é a versão mais pesada e carrega rápido.

Agora, isso costuma dar trabalho o que consome muito tempo ou seja, custos ...

Se puder gerar renda para seus colaboradores acho que se tornaria mais interessante a não ser que seja mantido seu desenvolvimento por universidade pública ou centro de pesquisa público que aí eleva muito de nível e pode vir a atender vários setores da sociedade ...

Estou deixando o passarinho verde amarelo da criatividade voar ...

Cuidado que esse passarinho pode voar muito alto ... rsrs


5. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Luiz Antônio
Luiz_LimpaDiscos

(usa CentOS)

Enviado em 26/06/2019 - 00:07h


MENSAGEM RESUMIDA
Henrique-RJ escreveu:

>Acho que se tiver uma versão enxuta que caiba em um CD e que possa ser usada em PCs velhos como o meu vai ter grande aceitação é só conhecer a antiX e ter como exemplo.

>Agora, isso costuma dar trabalho o que consome muito tempo ou seja, custos ...

>Se puder gerar renda para seus colaboradores acho que se tornaria mais interessante a não ser que seja mantido seu desenvolvimento por universidade pública ou centro de pesquisa público que aí eleva muito de nível e pode vir a atender vários setores da sociedade ...

>Acho que se tiver uma versão enxuta que caiba em um CD e que possa ser usada em PCs velhos como o meu vai ter grande aceitação é só conhecer a antiX e ter como exemplo.
Sim, estamos pensando em uma Spin baseada no Devuan OpenRC chamada "São Jorge", com a mesma proposta do antiX e do Ubuntu MRT inclusive.

>Agora, isso costuma dar trabalho o que consome muito tempo ou seja, custos ...
Creio que se nós fizermos apenas como hobby e divulgarmos, o projeto vai crescer e nem vamos sentir o peso dele nas costas.

>Se puder gerar renda para seus colaboradores acho que se tornaria mais interessante a não ser que seja mantido seu desenvolvimento por universidade pública ou centro de pesquisa público que aí eleva muito de nível e pode vir a atender vários setores da sociedade ...

Renda em projeto de código-aberto pode dar muito rolo, preferimos fazer algo mais colaborativo mesmo. A parte de levar para uma Universidade realmente é interessante, nós podemos tentar quando o projeto sair da Alfa.




6. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Henrique
Henrique-RJ

(usa Outra)

Enviado em 26/06/2019 - 01:18h

Luiz_LimpaDiscos escreveu:


MENSAGEM RESUMIDA
Henrique-RJ escreveu:

>Acho que se tiver uma versão enxuta que caiba em um CD e que possa ser usada em PCs velhos como o meu vai ter grande aceitação é só conhecer a antiX e ter como exemplo.

>Agora, isso costuma dar trabalho o que consome muito tempo ou seja, custos ...

>Se puder gerar renda para seus colaboradores acho que se tornaria mais interessante a não ser que seja mantido seu desenvolvimento por universidade pública ou centro de pesquisa público que aí eleva muito de nível e pode vir a atender vários setores da sociedade ...

>Acho que se tiver uma versão enxuta que caiba em um CD e que possa ser usada em PCs velhos como o meu vai ter grande aceitação é só conhecer a antiX e ter como exemplo.
Sim, estamos pensando em uma Spin baseada no Devuan OpenRC chamada "São Jorge", com a mesma proposta do antiX e do Ubuntu MRT inclusive.

>Agora, isso costuma dar trabalho o que consome muito tempo ou seja, custos ...
Creio que se nós fizermos apenas como hobby e divulgarmos, o projeto vai crescer e nem vamos sentir o peso dele nas costas.

>Se puder gerar renda para seus colaboradores acho que se tornaria mais interessante a não ser que seja mantido seu desenvolvimento por universidade pública ou centro de pesquisa público que aí eleva muito de nível e pode vir a atender vários setores da sociedade ...

Renda em projeto de código-aberto pode dar muito rolo, preferimos fazer algo mais colaborativo mesmo. A parte de levar para uma Universidade realmente é interessante, nós podemos tentar quando o projeto sair da Alfa.



Olha que esse tipo de hobby acaba virando trabalho e até dor de cabeça e prejú na justiça que o diga o Gabriel Torres do Clube do Hardware como me passou um moderador do fórum de lá que nego chega a entrar com ação por coisas aparentemente banais e lá vai grana ...

Se alguma Universidade Federal ou Estadual ou instituição de pesquisa do governo na área de TI entrar nessa empreitada então aí sim a coisa ganha riqueza ( know how e outras formas de capital ) a meu ver, em benefício da sociedade ( pessoas físicas, jurídicas públicas e/ou privadas e do próprio planeta ) e claro que beneficiando a própria instituição de alguma forma ( a coisa tende a se tornar complexa para que se retroalimente de modo saudável ou autossustentável ).

É a tal coisa, em terra fértil em se plantando tudo dá ainda que apareçam algumas ervas daninhas pelo caminho ...

Essa experiência do finlandês, Linus Torvalds, quando aluno, foi exemplar, mostrando que é possível se criar algo novo, único e soberano ( LIBERDADE ). Só que aparentemente o cidadão mais tarde foi cooptado ... que história é essa de ter ele obtido a cidadania norte-americana depois ...

Já viu como é a coisa, o Livro do Apocalipse do Apóstolo João foi escrito e não o foi á toa.

Então acaba sendo pura ilusão essa ideia de LIBERDADE.

O capiroto segue fazendo a festa e a humanidade parece até criança sendo feita de gato e sapato pelo maldito.

Desculpa aí ficar botando água no teu chopp ... rsrs





7. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 26/06/2019 - 02:33h

Linus Torvalds foi trabalhar nos EUA e por isso ganhou um visto de residente e depois a cidadania.

Não vejo nada de errado ou suspeito nisso, pois quando ele foi para os EUA já era famoso e muito requisitado. O fato de tê-lo no quadro de colaboradores seria uma honra e um tremendo marketing para qualquer empresa de TI.



__________________________________
Linux Registered User nº 439378
Ubuntu Forum Member Since Nov/07/2006
VOL Member SInce Jul/01/2008



8. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Henrique
Henrique-RJ

(usa Outra)

Enviado em 26/06/2019 - 06:12h

pinduvoz escreveu:

Linus Torvalds foi trabalhar nos EUA e por isso ganhou um visto de residente e depois a cidadania.

Não vejo nada de errado ou suspeito nisso, pois quando ele foi para os EUA já era famoso e muito requisitado. O fato de tê-lo no quadro de colaboradores seria uma honra e um tremendo marketing para qualquer empresa de TI.



Pois é, pindu ...

Eu já prefiro dizer ...

Vai saber ...

Só te lembrando que temos em torno de 500 anos de país basicamente extrativista ou de terceiro mundo assim como tantos outros no mundo.

Acho muito melhor eu cuidar da minha FÉ e torcer pelo Botafogo/RJ ( ou Flamengo, Vasco etc etc ) que ganho muito mais ... rsrs





9. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Cézar Augusto
Cizordj

(usa Debian)

Enviado em 27/06/2019 - 16:45h

Isso é uma dúvida boba mas que eu sempre tive ela desde o começo, por que toda essa galera que faz distribuições (especialmente as brasileiras) não se junta e faz uma coisa só?


10. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 27/06/2019 - 18:13h

Cizordj escreveu: ....

A pergunta certa na hora exata.

O autor do tópico, a uma primeira vista, jogou uma ideia mas não apresentou um projeto.




11. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Henrique
Henrique-RJ

(usa Outra)

Enviado em 27/06/2019 - 18:17h

Cizordj escreveu:

Isso é uma dúvida boba mas que eu sempre tive ela desde o começo, por que toda essa galera que faz distribuições (especialmente as brasileiras) não se junta e faz uma coisa só?


Isso deve dar um trabalhão sem falar na responsabilidade que vem junto.

De graça não dá, tem que gerar recursos senão fica inviável ou alguma forma de retorno como em centros de pesquisa.

Poesia não dá, botem os pés no chão e só pra começar já vai exigir muitos contatos e mais contatos até ter uma noção clara do que tem ocorrido com todas essas distros para então ter uma ideia do que fazer, penso eu a partir das experiências dos outros.

Não é moleza, nem da noite pro dia, dá trabalho e leva tempo pelo pouco que já li das dificuldades de gente como o Big Bruno do Big Linux e do Kaiana, eu que estou do lado de fora e que chego a ter dificuldade com coisas simples como ajustar o crontab ou usar o conky, firulas recreativas.

Eu nem deveria estar aqui dando palpite nesse assunto pois nunca criei nenhuma distro, só as usei e quase sempre nacionais pelas quais sempre dei preferência.




12. Re: Pindorama Linux, a nossa tentativa de reviver o espírito Kurumin de uma distribuição brasileira!

Luiz Antônio
Luiz_LimpaDiscos

(usa CentOS)

Enviado em 28/06/2019 - 21:28h

Cizordj escreveu:

Isso é uma dúvida boba mas que eu sempre tive ela desde o começo, por que toda essa galera que faz distribuições (especialmente as brasileiras) não se junta e faz uma coisa só?


Porque uma distribuição não pode ser uma coisa única, ela tem suas diferenças entre si. E as pessoas também pensam diferente, enquanto eu e os meus amigos queremos reviver o Kurumin, outros querem copiar o Linux Mint e ainda tem quem quer copiar o Deepin.