Script para conversao de video compativel com PS3

Publicado por M4iir1c10 (última atualização em 10/03/2012)

[ Hits: 4.234 ]

Homepage: https://github.com/mauricioph

Download ps3.sh




Esse script e parte do meu artigo sobre criando um programa para converter videos com mencoder para ser reproduzido no Playstation 3, leia o artigo aqui http://www.vivaolinux.com.br/artigo/MEncoder-Criando-Programa-Grafico-Para-Conversao/ e analize e download o script aqui ;)

  



Esconder código-fonte

#!/bin/bash
#Os programas que serão usados e onde eles se encontram
 
MENCODER="$(builtin type -P mencoder)"
ZEN="$(builtin type -P zenity)"
LAME="$(builtin type -P lame)"
PLY="$(builtin type -P play)"
 
# A resolução ou o tamanho do vídeo, embora eu coloquei algumas opções para vídeos em HD lembre se que no PS3 você vai ter problemas para rodar qualquer vídeo com resolução superior a 720x576.
 
RESOLU="$(${ZEN} --list --text "Selecione a resolução do vídeo final" --column "Resolução" --radiolist --column size A "640x480" B "640x360" C "720x404" D "720x416" E "954x544" F "1280x720" G "1920x1080" | tr x :)"
 
# Agora vamos basear o bitrate do video de acordo com o tamanho do video
BITRATE="$(echo $RESOLU | sed 's/:/ /g' | awk '{print $1}')"
 
# Vamos selecionar o vídeo a ser convertido
INFILE="$(${ZEN} --file-selection)"
 
# Só para ter certeza que o usuário sabe oque esta escolhendo e não clicou sem querer em um arquivo que não é um vídeo, vamos olhar que tipo de arquivo foi selecionado se não for um vídeo damos uma bronca nele.
 
ENTRADA=$(file -bi "$INFILE" | awk '{print $1}'| grep video | awk 'BEGIN{FS="/"}{print $1}')
echo $ENTRADA
function intro(){
while [ "$ENTRADA" != "video" ]
do ${ZEN} --error --text "Voce não escolheu um arquivo de vídeo válido"
INFILE="$(${ZEN} --file-selection)"
ENTRADA=$(file -bi "$INFILE" | awk '{print $1}'| grep video | awk 'BEGIN{FS="/"}{print $1}')
 
echo $ENTRADA
done
}
intro
 
# agora que estamos certos que é um vídeo vamos definir o nome dele como a variável de entrada
ENTRADA="$(echo $INFILE)"
 
LOC=$(basename "${ENTRADA}")
 
#vamos criar uma pasta temporária para colocar todos os logs e arquivo usados durante a conversão, definindo os nomes para os mesmos
TEMPO="$(mktemp -d /tmp/mauricio.XXXXXXXXX)"
SAIDA="$(echo ${LOC} | sed 's/ /_/g')"
LOGI="$(echo ${TEMPO}/${SAIDA}.log)"
 
#Primeira função de conversão, colocamos os atributos necessários para o mencoder e jogamos a saída de dados para o zenity com o awk filtramos as informações do mencoder e criamos uma função que da um refresh no zenity para que o mesmo possa indicar a porcentagem da conversão junto com as demais informações.
 
function primeiropasso(){
${MENCODER} "${ENTRADA}" -ovc lavc -lavcopts vcodec=mpeg4:vpass=1:vbitrate=${BITRATE} -oac mp3lame -lameopts cbr:br=128:mode=0 -vf scale=${RESOLU},harddup -ffourcc XVID -o "$HOME/${SAIDA}.PS3.avi" -passlogfile ${LOGI} 2>&1 | awk -vRS="\r" '$1 ~ /Pos/ {gsub(/Pos:/," ");gsub(/%\)/," ");gsub(/ \(/," ");print $3"\n#Convertendo o vídeo para pasta do usuário \\nPosição :\\t"$1"\\nQuadros :\\t"$2"\\nPorcentagem :\\t"$3"%\\nMédia de Quadros :\\t"$4"\\nTempo Restante :\\t"$6; fflush();}' | ${ZEN} --progress --title "Convertendo ${LOC} 1 passo" --text "Convertendo ${LOC}" --auto-close
}
 
# fazemos a mesma coisa para o segundo passo, o motivo pelo qual estou colocando os passos em funções separadas é porque se algum dia você perdeu um usb com o vídeo convertido e quer converter do original para outro vídeo para o PS3 o programa vai identificar que você já converteu esse vídeo uma vez e vai lembrar dele fazendo assim só uma vez o segundo passo, quer dizer não precisa assistir o vídeo que ele já assistiu.
 
function segundopasso() {
echo "Second Stage" | text2wave -o ${TEMPO}/audio.wav
lame -V3 -b 192 ${TEMPO}/audio.wav ${TEMPO}/audio.mp3
play ${TEMPO}/audio.mp3
${MENCODER} "${ENTRADA}" -ovc lavc -lavcopts vcodec=mpeg4:vpass=2:vbitrate=${BITRATE} -oac mp3lame -lameopts cbr:br=128:mode=0 -vf scale=${RESOLU},harddup -ffourcc XVID -o "$HOME/Desktop/${SAIDA}.PS3.avi" -passlogfile ${LOGI} 2>&1 | awk -vRS="\r" '$1 ~ /Pos/ {gsub(/Pos:/," ");gsub(/%\)/," ");gsub(/ \(/," ");print $3"\n#Convertendo o vídeo para pasta do usuário \\nPosicao :\\t"$1"\\nQuadros :\\t"$2"\\nPorcentagem :\\t"$3"%\\nMedia de Quadros :\\t"$4"\\nTempo Restante :\\t"$6; fflush();}' | ${ZEN} --progress --title "converting ${LOC} 2 passo" --text "converting ${LOC}" --auto-close
echo "The file is ${SAIDA}.PS3.avi, You will find it on your home folder" | text2wave -o ${TEMPO}/audio.wav
lame -V3 -b 192 ${TEMPO}/audio.wav ${TEMPO}/audio.mp3
play ${TEMPO}/audio.mp3
}
 
# vamos lembrar do vídeo que foi convertido criando nossa pasta de "memória"
 
if [ ! -d $HOME/.videologs ]
then mkdir $HOME/.videologs
fi
LOGTWO=$(basename "${LOGI}")
 
function usedsecondpass() {
${MENCODER} "${ENTRADA}" -ovc lavc -lavcopts vcodec=mpeg4:vpass=2:vbitrate=${BITRATE} -oac mp3lame -lameopts cbr:br=128:mode=0 -vf scale=${RESOLU},harddup -ffourcc XVID -o "$HOME/Desktop/${SAIDA}.PS3.avi" -passlogfile "${HOME}/.videologs/${LOGTWO}" 2>&1 | awk -vRS="\r" '$1 ~ /Pos/ {gsub(/Pos:/," ");gsub(/%\)/," ");gsub(/ \(/," ");print $3"\n#Convertendo o vídeo para pasta do usuário \\nPosição :\\t"$1"\\nQuadros :\\t"$2"\\nPorcentagem :\\t"$3"%\\nMédia de Quadros :\\t"$4"\\nTempo Restante :\\t"$6; fflush();}' | ${ZEN} --progress --title "converting ${LOC} 2 passo" --text "converting ${LOC}" --auto-close
echo "Mission Acomplished, your file is at the Desktop. The name is ${SAIDA}.PS3.avi" | text2wave -o ${TEMPO}/audio.wav
lame -V3 -b 192 ${TEMPO}/audio.wav ${TEMPO}/audio.mp3
play ${TEMPO}/audio.mp3
}
 
# Lembra desse vídeo? então pula para o segundo passo.
 
if [ -f ${HOME}/.videologs/${LOGTWO} ]
then echo "I remember this, lets do it again." | text2wave -o ${TEMPO}/audio.wav
lame -V3 -b 192 ${TEMPO}/audio.wav ${TEMPO}/audio.mp3
play ${TEMPO}/audio.mp3
usedsecondpass
else primeiropasso
segundopasso
fi
 
# vamos limpar a bagunça que essa conversão fez
rm -f ${TEMPO}/audio.wav
rm -f ${TEMPO}/audio.mp3
 
# mais não vamos apagar tudo, esse programa tem que se lembrar desse vídeo para a próxima vez que for necessário, caso você decidir limpar o seu sistema um dia para economizar espaço, essa pasta ~/.videologs deve ser um das que você definitivamente deve dar uma olhada, em uma semana ou um mês não acumula muito mais depois de uns 6 meses pode ultrapassar a marca dos GB de arquivos.
 
for i in $(ls ${TEMPO}/*.log | xargs )
do mv $i $HOME/.videologs/
done
 
#agora acabamos com todo o lixo.
cd ~/
rm -fr ${TEMPO}

Scripts recomendados

tilremove

Debian Admin

Kill gráfico com gdialog

Script de compilação automatica do GCC

Gerenciador de contas de usuários


  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts