openSUSE 13.1 em UEFI

Publicado por rafael oliveira em 13/10/2014

[ Hits: 5.503 ]

 


openSUSE 13.1 em UEFI



Pessoal, uma rápida dica para quem está usando openSUSE 13.1 em UEFI.

Após atualizar meu sistema e dá reboot, recebi uma mensagem informando que não havia dispositivo de boot. Depois de bater muito a cabeça, descobri uma forma de resolver e também vi que a entrada referente ao meu bootloader (opensuseHDD500) no firmware UEFI, havia sido apagada (motivo pelo qual ainda não sei).

Toda distro GNU/Linux que suporte UEFI em sua instalação ou após, deve ser criada uma partição com file system em FAT e com ponto de montagem em /boot/efi, para que o sistema coloque o GRUB/LILO que termina com .efi (ex.: no openSUSE = /boot/efi/EFI/opensuse/grubx64.efi), assim como arquivos relacionados ao security boot, se habilitado (ex.: shim.efi).

* Importante fazer backup com o comando: dd

Exemplo:

# dd if=/dev/sdXY of=backup_efi.img

Onde:
  • x :: HDD que está a partição com o /boot/efi.
  • Y :: número da partição com ponto de montagem em /boot/efi.

Passos

1. Para resolver o problema citado acima, dê boot com o CD/DVD do openSUSE e escolha a opção de rescue.

2. Monte a partição que tem file system FAT e verifique se os arquivos do grubx64.efi e os demais constam no diretório, caso não esteja, use a imagem de backup e restaure sua partição:

# dd if=backup_efi.img of=/dev/sdXY

3. Após isso, vamos criar a entrada do nosso boot EFI que foi removido do UEFI firmware:

# efibootmgr -c -d /dev/sdX -p Y -L "opensuse" -l "\EFI\opensuse\grubx64.efi"

Onde:
  • -c :: cria nova VAR bootnum;
  • -d :: disco com partição FAT para EFI;
  • -p :: partição que tem como ponto de montagem /boot/efi;
  • -l :: caminho de seu GRUB EFI. Obs.: as barras são para o lado contrário mesmo, não está errado!

4. Execute:

# efibootmgr -v

E verifique se a entrada foi criada e consta no bootloader.

5. Altere a ordem de boot:

# efibootmgr -o 0005,0003 ....

Obs.: os valores de -o são hexadecimais e você deve colocar a entrada referente ao bootnum criado de nome opensuse como 1º na ordem de boot, e após isso, execute mais uma vez efibootmgr -v e observe o BOOTORDER.

Logo depois, reinicie o sistema e tudo estará resolvido.

Outras dicas deste autor

Auditando acesso de usuários no Linux

Script de backup + envio de e-mail

Visão geral do Nmap

Configurando parâmetros ajustáveis do sistema de arquivos ext*

Leitura recomendada

Gerenciar dispositivos bluetooth com o Blueman

Trocar senha do SAMBA via estações Windows pelo próprio usuário

Acessar compartilhamento Windows

Clonando partições/HDs com o dd

Montando arquivos NTFS editando o /etc/fstab

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts